opinião + reflexão

Cunha (e outros) na prisão

Cunha (e outros) na prisão
Das quatro fases que pessoas passam ao serem presas, a depressão é a mais comum Frei Betto, em O Globo Pessoas que possuem formação superior costumam passar por quatro fases ao serem presas: a da indignação, na qual se consideram injustiçadas; a da depressão, quando se dão conta de que a porta do cárcere não se abrirá por milagre, malgrado seus bons advogados; o período da abnegação, quando o preso […]

Compromisso com a vida

Compromisso com a vida
Ricardo Gondim Olho o passado com lascas de nostalgia e pontas de melancolia. Caminhos que jamais ousei trilhar hoje me parecem fáceis. O amor que soneguei por exigir coragem volta a me desafiar. Aventuras que nasceram de narcisismo e falsa onipotência reclamam explicações – como justifico para mim mesmo os delírios que me moveram? Um espinho de tristeza me espeta o coração: noto que já joguei tempo fora com projetos triunfalistas. Não, não […]

“O Brasil sempre foi vítima de si mesmo”

"O Brasil sempre foi vítima de si mesmo"
O historiador norte-americano Benjamin Moser, que em seu livro mais recente defende que a arquitetura pode reforçar a desigualdade, se opõe à especulação imobiliária no país e critica Oscar Niemeyer Bruno Vaiano, na Galileu O cais José Estelita, em Recife, não é apenas um antigo armazém de açúcar e pátio ferroviário da zona portuária da capital pernambucana. É, também, uma vitória da população. O local, espremido entre o Centro Histórico […]

Provável vitória de Crivella no Rio será um marco para movimento evangélico

Provável vitória de Crivella no Rio será um marco para movimento evangélico
Vinicius Mota, na Folha de S.Paulo A disputa, a esta altura quase simbólica, pela Prefeitura do Rio de Janeiro talvez seja o fato sociologicamente mais interessante destas eleições municipais, elas próprias cheias de novidades. Marcelo Freixo, mais querido nas elites, mostra que o PSOL jamais ocupará o lugar deixado pelo recolhimento do PT. A sigla de Freixo ainda vive nas brechas produzidas pelo entrechoque dos grandes partidos, embalada nas paixões […]

A gente nunca mais brigou por futebol

A gente nunca mais brigou por futebol
Gregorio Duvivier, na Folha de S.Paulo No meu tempo, filho, a gente brigava por futebol. Não sei quando foi que aconteceu. Acho que era 2013. Fred caiu na área. “Pênalti!”, gritei. Não tinha sido –mas era tarde demais pra dar o braço a torcer. Continuei: “O juiz sempre rouba pro Flamengo!”. E meu amigo flamenguista: “Mas não é a gente que tá devendo a série B!”. Daí eu falei no […]