Um menino dependente de seu pai

estevao queiroga

A sensibilidade e poesia de Estêvão Queiroga são ingredientes que fazem da sua música uma arte para além dos rótulos e classificações mais comuns.

Com mais de 13 mil cliques em um mês, o vídeo de “Corre atrás do vento” é um bom exemplo do esmero musical do cantor e você pode assistir abaixo.

Conheça mais:

Comentários

Leia Mais

Deputado propõe criação de Museu Cristão em São Paulo

Primeira tenda da Cruzada Nacional de Evangelização, no Cambuci, nos anos 1950
Primeira tenda da Cruzada Nacional de Evangelização, no Cambuci, nos anos 1950

Anna Virginia Balloussier, na Folha de S.Paulo

“Jesus Cristo é o mesmo – hontem, hoje e eternamente.”

A grafia de “ontem” com a letra “h” mudou faz tempos. Os evangélicos brasileiros também passaram por várias transformações após a Cruzada Nacional de Evangelização, que juntou centenas de fiéis sob uma lona na avenida Francisco Matarazzo, zona oeste paulistana, em 1953.

Levantado por dois missionários americanos, o “circo gospel” ajudou a renovar o pentecostalismo no país, com louvores à base de guitarra e conceitos como “cura divina”, aquela que promete fazer andar um cadeirante.

A foto que captura esse “hontem” compõe o acervo do Museu Cristão Brasileiro.

O projeto deu seu primeiro passo para sair do papel, com o lançamento do “primeiro tijolo simbólico” nesta quarta (20), na Assembleia Legislativa de São Paulo. O primeiro piloto da obra tem 10 mil m² (equivalente ao Masp) e capacidade para 1.500 pessoas.

Quatro pilastras gregas sustentam a entrada. No topo, uma cruz. Na fachada, duas Menorás -candelabro judaico comumente visto em igrejas evangélicas como a Universal do Reino de Deus e a Renascer em Cristo. Sobre a porta, a inscrição: “A Deus toda honra e toda glória”.

O deputado estadual Fernando Capez (PSDB-SP), “padrinho” da proposta, diz que correrá atrás de patrocinadores e de recursos da Secretaria da Cultura paulista.

Segundo Capez, o foco do museu seria “histórico e cultural”, e não religioso. “O Estado é laico, não posso mandar dinheiro para a igreja, mas posso me associar a entidades religiosas”, diz.

“Não vai ter culto no museu”, afirma Luciana Mazza, idealizadora do projeto ao lado do também jornalista Marcelo Rebello, seu marido.

O casal pretende recorrer a leis de incentivo fiscal como a Rouanet, do governo federal, para financiar o projeto (ainda não orçado). Eles também estão à frente do Salão Internacional Gospel, uma feira de negócios marcada para setembro, em São Paulo.

Ainda sem endereço, o museu seria particular e sem finalidade lucrativa, diz Capez, que se define como “um cristão que apoia o movimento evangélico” e frequenta igrejas como a Bola de Neve e “aquela que a MC Anitta vai”.

Já Luciana afirma que haverá cobrança “social” para entrar, “com preços bem acessíveis a todos”.

POLÊMICAS

Está nos planos uma seção dedicada a declarações polêmicas de líderes. Entre as pérolas, o dia em que o cantor gospel Thalles Roberto (ex-Jota Quest) mandou a mulherada “segurar a periquita”. Em outra ocasião, um reverendo causou um tsunami no meio evangélico ao chamar um pastor de “bundão”.

Outra mostra reunirá notícias insólitas do universo religioso. A curadoria já selecionou algumas, como a do pastor que simulou “cheirar” a Bíblia no convite para o culto “Quarta Louca por Jesus” e a da pastora e cantora Ana Paula Valadão, que imitou uma leoa no palco e foi criticada pelo “excesso” por fãs.

Para outra ala, uma exposição com os nomes mais curiosos de igrejas. Alguns: Assembleia de Deus Pavio que Fumega, Pentecostal Cristã Ore com Moderação, A Serpente de Moisés Aquela que Engoliu as Outras e Associação Fiel Até Debaixo D’Água.

Comentários

Leia Mais

Com o que os animais sonham?

Com-o-que-os-animais-sonham

Publicado no Hype Science

Eu mesma sempre me perguntei com o que os animais sonham. Quem tem um, sabe que não é raro eles se mexerem e fazerem algumas caretas engraçadas enquanto dormem.
Mas se os animais sonham como nós, como exatamente são esses sonhos? Felizmente, eu não fui a única que perdeu o sono de tanta curiosidade.

Nós certamente não podemos perguntar aos animais com o que eles estavam sonhando, mas a ciência foi mais a fundo nessa questão e chegou a duas maneiras de descobrir a resposta. Uma delas é olhando para o comportamento físico durante as várias fases do ciclo de sono. A segunda é ver se a atividade cerebral dos animais enquanto dormem é semelhante à nossa.

Com o que os animais sonham?

A história de como a ciência começou a estudar os animais dormindo começou na década de 1960. Naquela época, relatos dispersos começaram a aparecer em revistas médicas que descreviam o comportamento de pessoas e seus movimentos enquanto estavam sonhando – o que foi curioso, porque durante o chamado sono REM (movimento rápido dos olhos), nossos músculos ficam normalmente paralisados.
Os pesquisadores perceberam, então, que induzir um estado semelhante em animais poderia permitir-lhes entender de uma vez por todas com o que os animais sonham. Em 1965, os cientistas franceses Michel Jouvet e J.F. Delorme descobriram, por exemplo, que a remoção de uma parte do tronco cerebral do cérebro de um gato impedia que o animal ficasse paralisado durante o sono REM. Os pesquisadores chamaram isso de “REM sem atonia” (ou REM-A). Em vez de ficarem deitados e paradinhos, os gatos ficaram agitados e passaram a se comportar de forma agressiva.

Isso deu a entender que eles estavam sonhando com coisas que faziam enquanto estavam acordados. Outros estudos realizados desde então revelaram um comportamento semelhante. De acordo com o neurologista veterinário Adrian Morrison, os gatos no REM-A movem suas cabeças seguindo estímulos. Alguns gatos também apresentam um comportamento idêntico aos ataques predatórios, como se eles estivessem perseguindo ratos em seus sonhos. Nos cachorros, eles observaram o mesmo tipo de comportamento durante o sono.

O mesmo acontece em alguns seres humanos também. Sabe quando você vê uma pessoa se mexendo enquanto dorme, quase que atuando? Bom, essas pessoas sofrem de uma condição chamada de distúrbio comportamental do sono REM. Socos, pontapés, saltos e outros movimentos bruscos na cama são algumas das coisas que acontecem com quem tem esse distúrbio.
Mas o movimento físico não é a única maneira de saber com o que alguém está sonhando. Pesquisadores agora podem humanamente perscrutar as atividades elétricas e químicas das células cerebrais nos animais enquanto eles dormem.

Em 2007, os cientistas do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos) Kenway Louise e Matthew Wilson registraram a atividade dos neurônios em uma parte do cérebro dos ratos chamada de hipocampo – uma estrutura conhecida por estar envolvida na formação e codificação das memórias.

Eles primeiro registraram a atividade dessas células do cérebro enquanto os animais corriam em seus labirintos, e depois olharam para a atividade dos mesmos neurônios enquanto eles dormiam. Assim, Louise e Wilson descobriram padrões idênticos de disparo durante a corrida e durante o sono REM. Em outras palavras, era como se os ratos estivessem correndo pelo labirinto em suas mentes enquanto estavam cochilando. Os resultados foram tão claros que os pesquisadores puderam concluir a localização precisa dos ratos dentro de seus labirintos de sonhos mentais e mapeá-los em lugares reais dentro do labirinto real.

Os biólogos Amish Dave e Daniel Margoliash, da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, perceberam que a atividade cerebral das aves também segue esse padrão. Os sonhos parecem ser uma simulação da vida real – tanto para humanos quanto para os animais. [BBC]

Comentários

Leia Mais

Discurso secreto de Steve Jobs está escondido em computadores Mac

SteveJobs-reuters6301

Publicado no Estadão

O discurso de Steve Jobs aos formandos da Universidade de Stanford, na Califórnia, em 2005, é lembrado até hoje como um dos discursos mais marcantes da história.

O site OS X Daily descobriu que este discurso está escondido em um arquivo de texto dentro dos computadores Mac que possuem o sistema operacional OS X e o app Pages, como uma surpresa oculta para os usuários. Junto com ele também está gravado no arquivo o texto da campanha “Think Different” (Pense Diferente).

O arquivo pode ser encontrado na janela de busca (finder). Pressione as teclas Command + Shift + G para abrir a caixa de direcionamento a uma pasta. Cole dentro o seguinte endereço: /Applications/Pages.app/Contents/Resources/
O computador exibirá uma pasta dentro da qual haverá um arquivo chamado Apple.txt que contém os dois textos na íntegra.

Não viu a campanha Think Different? Confira o vídeo para conhecer ou relembrar

Comentários

Leia Mais

Lembra deles? Simony e Fofão voltam aos palcos após 30 anos

6jq7pvy2hc12da3qeso9vnwuspublicado no iG

Na noite dessa quarta-feira (20), Simony reuniu famosos na gravação do DVD em comemoração aos seus 30 anos de carreira “Caixinha de Música” , no Teatro Anhembi Morumbi, em São Paulo. A cantora ainda reviveu a parceria com o personagem que participava da “Turma do Balão Mágico” na década de 1980. Aois 8 anos, a artista já se apresentava ao lado do boneco.

Outro parceiro da mesma época, Jair Oliveira, o Jairzinho, também relembrou a dupla com Simony durante o show. Além dele, o cantor Belo fez questão de marcar presença.

Comentários

Leia Mais