Bispos da Record deixam barba crescer para pagar promessa

Com barba espessa e longa, o bispo Edir Macedo visita obras do Templo de Salomão no último dia 29

Com barba espessa e longa, o bispo Edir Macedo visita obras do Templo de Salomão no último dia 29

Daniel Castro, no Notícias da TV

Barba está na moda na Record. Desde que o dono da emissora, o bispo Edir Macedo decidiu cultivar uma comprida barba, há cada vez mais barbudos na Record. A “moda” tem adeptos principalmente na alta cúpula da rede e segue uma motivação religiosa: trata-se de um “voto” a Deus pelo término das obras do Templo de Salomão, obra faraônica da Igreja Universal na zona leste de São Paulo.

Vice-presidente artístico e de programação da emissora, o bispo Marcelo Silva aderiu ao novo visual. Mesma iniciativa teve seu antecessor no cargo, o também bispo Honorilton Gonçalves, que atualmente faz pregações na Bahia. Também estão cultivando barba o vice-presidente de jornalismo, Douglas Tavolaro, e o vice-presidente executivo, Marcus Vinicius Vieira.

O “voto” é na Igreja Universal o equivalente à promessa na Igreja Católica. A construção do Templo de Salomão está saindo caro para a Record. Segundo fontes na emissora, por causa do investimento na obra, a Igreja Universal reduziu o aporte de dinheiro na Record, levando a cortes de gastos de produção, terceirização de serviços, redução de salários e demissão de mais de 1.000 funcionários.

Em construção desde 2010, o templo é uma réplica ampliada da lendária igreja construída pelo bíblico rei Salomão em Jerusalém, há mais de 2.500 anos, com o interior e o altar cobertos de ouro.

O templo de Edir Macedo está sendo erguido no bairro do Brás, na zona leste de São Paulo. Com 74 mil metros quadrados de área construída e 56 metros de altura, o equivalente a um prédio de 18 andares, comportará 10 mil pessoas sentadas. Será maior do que a Catedral da Sé, em São Paulo, e duas vezes mais alto do que a estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.

O projeto da igreja segue “orientações bíblicas” e incorpora elementos para “resgatar a atmosfera da época vivida por Salomão”, como madeira, pedra e cobre, que “serão usados em larga escala na área da nave”. Edir Macedo decidiu não revestir seu templo com ouro, mas importou pedras de Israel.

O templo já tem 86% das obras concluídas. A inauguração será neste ano _com fé em Deus e na barba dos bispos da Record.

O bispo Marcelo Silva, novo todo-poderoso da Record, fala no lançamento da programação de 2014, em março

O bispo Marcelo Silva, novo todo-poderoso da Record, fala no lançamento da programação de 2014, em março

dica do Fernando Passarelli

Comentários

Uso intenso do Twitter pode levar a infidelidade e separações, diz estudo

Publicado no UOL

Quanto mais os entrevistados diziam ser ativos no Twitter, mais eles passavam por situações de conflito com seus parceiros amorosos (foto: Getty Images)

Quanto mais os entrevistados diziam ser ativos no Twitter, mais eles passavam por situações de conflito com seus parceiros amorosos (foto: Getty Images)

Conflitos entre casais relacionados ao uso intenso do Twitter podem levar a experiências negativas como traições, separações e até divórcio, aponta um estudo da Universidade do Missouri, nos Estados Unidos.

A pesquisa intitulada “A terceira roda: o impacto do uso no Twitter na infidelidade e divórcios” foi conduzida pelo estudante de doutorado Russel Clayton. Ele entrevistou 581 usuários do Twitter com idades entre 18 e 67 anos para saber com que frequência faziam tarefas comuns como tuitar, ler mensagens e responder aos seguidores.

Quanto mais os entrevistados diziam ser ativos no Twitter, mais eles passavam por situações de conflito com seus parceiros amorosos, descobriu Clayton. Essas situações precediam acontecimentos negativos como traição, fim do relacionamento e divórcio.

Segundo o pesquisador, o objetivo desse estudo era comprovar se a descoberta de que o uso do Facebook levava a conflitos entre casais também se repetia em outra rede social – no caso, o Twitter.

No estudo anterior, Clayton descobriu que experiências negativas e conflitos gerados pelo uso do Facebook eram mais frequentes com casais cujo relacionamento tinha começado há 36 meses ou menos.

Ele diz que foi interessante descobrir que usuários assíduos do Twitter passam por experiências negativas independentemente do tempo de duração de seus relacionamentos. “Casais que afirmaram estar em relacionamentos novos passaram pela mesma quantidade de conflitos que aqueles em relações mais longas.”

A recomendação de Clayton é que os casais limitem o uso diário e semanal dos sites de relacionamento para “níveis mais saudáveis e razoáveis”. “Alguns casais compartilham uma única conta nas redes sociais para reduzir conflitos no relacionamento. Também existem serviços, como o aplicativo 2Life, que facilitam a comunicação interpessoal entre casais.”

Comentários

Eduardo Paes, sobre Malafaia: “Vai fazer igreja assim no inferno”

Lauro Jardim, no Radar on-line

Paes: declaração infeliz

Paes: declaração infeliz

A inauguração da maior igreja do pastor Silas Malafaia no Brasil teve direito a uma gafe gigantesca de Eduardo Paes. No último sábado, participaram do evento, além do prefeito, Luiz Fernando Pezão e Lindbergh Farias.

Paes, ao elogiar a agilidade da obra – que durou 19 meses e custou 30 milhões de reais -, saiu-se com essa:

-  Vai fazer igreja assim no inferno.

Inferno não é lá das palavras mais adequadas para serem ditas na frente de milhares de evangélicos.

dica do Rogério Moreira

Comentários

5 hábitos comprovados cientificamente que ajudam a viver mais

n-VIVER-MAIS-large570Publicado no The Huffington Post

Como disse Abraão Lincoln um dia, “não são os anos na sua vida que contam, mas a vida em seus anos”. Concordamos com Abe, mas também nos perguntamos por que não podem ser as duas coisas. Com medicamentos cada vez melhores e mais informação sobre como nos cuidar, hoje vivemos por mais tempo e também com mais saúde. Mas há muitas outras coisas que você pode fazer todos os dias para aumentar sua longevidade.

1. Afaste-se do controle remoto.

o-CONTROLE-REMOTO-570Sejamos francos. Você sabe que quanto mais tempo passar no Netflix, em maratonas de filmes na TV, menor a sua probabilidade de se libertar e encontrar tempo para a academia. Mas aqui estão algumas notícias assustadoras. Um estudo feito na Austrália com 8.800 adultos sem histórico de doença cardíaca encontrou uma correlação entre a quantidade de tempo passada sentado diante da TV e o risco de morte prematura e doença cardíaca. Os participantes que assistiam quatro horas ou mais de TV por dia tinham quase 50% a mais de probabilidade de morrer por qualquer causa do que os que limitavam o consumo de televisão a menos de duas horas.

Ainda não se convenceu? Pesquisadores calcularam que cada hora a mais na frente da TV significa que você tem 11% mais probabilidade de morrer de qualquer causa. Nenhum programa de TV vale esse risco. Nem mesmo “Dançando com as Estrelas”.

2. Coma um punhado de nozes todo dia.

Nos últimos anos, ouvimos tudo sobre os benefícios do ômega 3 e seu efeito positivo para o coração. Mas se você não suporta aquelas cápsulas com sabor de peixe experimente acrescentar nozes a sua dieta.

Em um estudo feito durante 30 anos, pesquisadores de Harvard descobriram que as pessoas que comiam nozes ou castanhas todos os dias tinham 20% a menos de probabilidade de morrer de qualquer causa durante o estudo do que as que não comiam. Quanto maior a frequência com que as pessoas comiam nozes, menor seu risco de morrer.

Especialistas apontam as qualidades das castanhas para o equilíbrio do colesterol como o motivo pelos quais elas são excelentes para sua expectativa de vida. Então experimente acrescentar algumas nozes a seus cereais de manhã, ou amêndoas picadas à salada para ter uma vida mais longa e saudável.

3. Devagar com a carne vermelha.

o-CARNE-VERMELHA-570Tudo bem desfrutar um bifão de vez em quando, ou se regalar com seu hambúrguer preferido — mas não exagere. Um estudo revelou que mulheres e homens que eram inicialmente saudáveis adquiriram maior probabilidade de desenvolver doença cardíaca e câncer ao consumirem regularmente carne vermelha. Uma porção diária de carne aumentava a probabilidade de morte em 13%, enquanto a carne processada aumentava as chances em 20%. Carnes processadas, como salsichas e frios, estiveram frequentemente ligadas a câncer e doença cardíaca.

Mas a boa notícia é que trocar as carnes vermelhas por outras proteínas, como peixe, frango e até laticínios, pode reduzir o risco de mortalidade.

4. Faça uma corrida.

Conhecemos os benefícios imediatos do exercício — a liberação de endorfina, a mente mais clara e pressão sanguínea mais baixa, só para citar alguns. Mas será que as pessoas pensam nos benefícios em longo prazo dos exercícios, além do que podem fazer por nossas cinturas?

Aqui estão algumas boas notícias para os corredores e alguma motivação para todos nós. Pesquisadores dinamarqueses acreditam sem a menor dúvida que correr é a chave para prolongar a vida. “Podemos dizer com certeza que a corrida habitual aumenta a longevidade”, disse o pesquisador Peter Schnohr em um comunicado. “A boa notícia é que você não precisa correr muito para colher benefícios.”

O estudo de Schnohr descobriu que correr pode aumentar a expectativa de vida em mais de seis anos para os homens e mais de cinco para as mulheres que correm apenas duas horas e meia por semana. Isso basta para nos colocar em movimento.

5. Encontre seu lado zen.

o-ZEN-570Todos nós damos valor à luta contra o estresse, à proteção do cérebro e ao bem-estar no corpo todo aqui no Brasil Post e no Huffington Post.

Por isso ficamos realmente entusiasmados ao saber que a conscientização pode ajudá-lo a ter uma vida mais longa e saudável. Um estudo da Universidade da Califórnia em Davis revelou que as pessoas que praticam habitualmente a meditação têm níveis mais altos de telomerase. É a enzima responsável por prolongar os telômeros nas extremidades de seus cromossomos, que afetam o envelhecimento.

De modo semelhante, outro estudo descobriu que os pacientes de câncer que combinaram meditação com outros estilos de vida saudáveis durante vários anos conseguiram prolongar seus telômeros.

Além disso, a meditação é uma excelente maneira de administrar o estresse e a pressão sanguínea, o que por sua vez pode protegê-lo de diversas doenças.

Comentários

Sem-teto tenta sacar US$ 100, mas caixa eletrônico entrega US$ 37 mil

Polícia apreendeu montante de US$ 37 mil que caixa eletrônico com defeito entregou a sem-teto. O dinheiro foi devolvido para o banco

Polícia apreendeu montante de US$ 37 mil que caixa eletrônico com defeito entregou a sem-teto. O dinheiro foi devolvido para o banco

Publicado no UOL

Um caixa eletrônico com defeito de um banco americano fez de um sem-teto de South Portland, no Estado americano do Maine, um homem muito rico –mas por apenas algumas horas. O caso aconteceu na última quinta-feira (3), mas só foi divulgado nesta segunda-feira (7), pelo portal local “Bangor Daily News”.

À publicação, o tenente Todd Bernard, do Departamento de Polícia de South Portland, confirmou a histórica –que mais parece roteiro de filme– e deu detalhes:

“Recebemos um telefonema que ele [o sem-teto] estava dormindo no vestíbulo [hall de entrada da agência bancária] e nós tivemos que removê-lo”, disse o tenente, informando que era por volta da 1h.

Mas, às 5h, ainda de acordo com o policial, o departamento recebeu outra ligação depois que uma cliente quis usar a máquina, mas o sem-teto estava tomando um tempo “anormal” no equipamento. A mulher achou suspeito e acionou a polícia.

Foi quando os policiais entraram no banco pela segunda vez na mesma madrugada e encontraram o homem enchendo uma sacola de compras com o dinheiro do caixa eletrônico –uma bolada. Segundo a polícia, eram US$ 37 mil.

O tenente informou que o homem, cuja identidade não foi revelada, tinha pouco mais de US$ 100 na conta, mas conseguiu sacar milhares de dólares, graças a um defeito na máquina. O restante do dinheiro foi devolvido ao banco pela polícia, e o caixa eletrônico foi colocado em revisão.

“Isso é ilegal. Ele estava tomando o dinheiro que não pertence a ele, e que o banco neste momento optou por não processar, embora o caso ainda esteja sob investigação “, disse Bernard  ao portal ‘Bangor Daily News’. O homem não chegou a ser preso.

Comentários