Blogueira é condenada por criticar restaurante em post

Segundo juiz, o texto tinha grande relevância nas buscas do Google e prejudicava o estabelecimento

taca-vinho-porto-size-598Publicado na Veja on-line

A blogueira francesa Caroline Doudet tem razões a mais para não visitar o restaurante Il Giardino, em Cap-Ferret, na França. A crítica que ela fez do local, que falava mal do estabelecimento, foi considerada ofensiva pela justiça francesa. Segundo o veredicto de um juiz de Bordeaux, o post da blogueira tinha grande relevância nas buscas do Google e, por isso, prejudicava o estabelecimento. Caroline foi condenada a mudar o título de seu review e a pagar uma indenização ao restaurante.

O título em questão, “O lugar para evitar em Cap-Ferret: Il Giardino”, não agradou o dono do restaurante, que procurou a justiça francesa. Segundo o processo, o texto aparecia em quarto lugar no Google quando um usuário fazia uma pesquisa pelo nome do estabelecimento. Para o proprietário, o review prejudicava o seu negócio injustamente. Carolina discorda. De acordo com a blogueira, o serviço do local, bem como o atendimento do proprietário, foram ruins e não mereciam elogios.

A popularidade de Caroline nas redes sociais influenciou a decisão do juiz. A blogueira, que escreve sobre moda, literatura e gastronomia, tem mais de 2.000 seguidores no Twitter e uma comunidade de leitores bastante ativa. A justiça determinou que ela não use a construção “lugar para evitar” no título do post e pague o valor de 1.500 euros (4.578 reais) para o restaurante. A blogueira acabou tirando o texto do ar.

Crime — Para Caroline, a decisão transformou em disparate aparecer bem nas buscas do Google. A blogueira reclamou: “Esta decisão cria um novo crime: o de ter uma influência muito grande na internet”, disse a crítica para a rede britânica BBC. Para um site local, o proprietário do restaurante se manifestou: “As pessoas podem criticar, mas com respeito”. A blogueira disse que não vai recorrer da decisão.

Comentários

5 questões bem estranhas já feitas em entrevista no Google

Google

publicado na INFO

As entrevistas de emprego no Google já foram recheadas de perguntas bizarras. Esta época parece ter acabado.

Como bem declarou Laszlo Bock, vice-presidente de operações para pessoas do Google, ano passado, questões de quebrar a cabeça ou com pegadinhas não serviam para nada, apenas como mecanismo para que os recrutadores da empresa se sentissem mais espertos do que os candidatos.

Já há algum tempo, têm vez no Google as entrevistas com foco comportamental, essas sim, segundo Bock, muito mais efetivas na qualidade de seleção dos futuros googlers.

Assim, perguntas como estas cinco estão fora do repertório da empresa de Larry Page. Mas estas e mais de uma centena de perguntas bizarras estão reunidas em uma lista no site Impact Interview. Veja uma amostra do tamanho da “encrenca” de que os candidatos escaparam e também as possíveis respostas:

1. Quanto você cobraria para lavar todas as janelas de Seattle?

Esta pergunta, feita a candidatos ao cargo de gerente de produto, é na verdade, uma grande pegadinha. Ao invés de se desesperar tentando imaginar quantas janelas existem na cidade, uma possível resposta seria algo muito mais simples do que possa parecer: 10 dólares por janela. A dica vem do site Business Insider.

2. Porque as tampas de bueiro são redondas?

Engenheiros de software já precisaram responder a esta pergunta. Segundo, o Wikipedia a forma redonda evitaria que a tampa entrasse pelo bueiro em caso de enchente. É que formas quadradas e retangulares quando na diagonal poderiam passar pelo buraco.

3. Quantas vezes os ponteiros de um relógio se sobrepõem nas 24 horas de um dia?

Acertaram os candidatos a gerente de produto – para quem esta pergunta foi dirigida- que responderam 22 vezes. A resposta está no WikiAnswers.

4. Faça um plano de evacuação para a cidade de São Francisco

A intenção dos recrutadores é verificar as habilidades de planejamento dos candidatos a gerente de produto no Google. Assim, a sugestão do Business Insider e a de que a resposta comece com outra pergunta: para qual catástrofe o plano de evacuação será feito?

5. Explique o que é um banco de dados para seu sobrinho de 8 anos

A tarefa proposta para potenciais gerentes de produto testava a capacidade de comunicação deles. Como explicar algo complexo de um jeito fácil e simples de entender? Dizer que um banco de dados é uma máquina que guarda um monte de informação e que é usada para ajudar a lembrar destas informações é uma das sugestões do Business Insider.

 

Comentários

Artista filipino transforma famosos em bonecos perfeitos

publicado no Papel Pop

Será o fim daquelas bonecas medonhas que os famosos costumam ganhar? O artista filipino Noel Cruz te chamado atenção por seu trabalho incrível que transforma grandes personalidades da TV , do cinema e da música em bonecas quase perfeitas.

Ele utiliza bonecas pré fabricadas, modelos conhecidos como Gene, Sidney e Tyler e transforma em verdadeiras obras de arte.

Fica tudo muito lindo!

Noel (2)

Nas fotos de divulgação, a gente pode conferir os trabalhos que ele fez com Harry Potter, Jack Sparrow, Malévola, Michael Jackson, Miranda Priestly, entre outros.

Noel (15)

Harry Potter

Noel (4)

Michael Jackson em “Thriller”

Noel (5)

A Malévola ficou muito perfeita!

Noel (7)

Uau!

Noel (18)

Miranda Priestly

Noel (8)

Olha ele “construindo” o Harry Potter…

Noel (9)

Zombie Man

Noel (11)

Lady Gaga

Noel (13)

Jack Sparrow

Noel (14)

Ian Somerhalder

Noel (16)

Cher!

Noel (19)

A gente tá morrendo com o Michael antes da tranformação. Hahahaha. Olha como o resultado final fica incrível!

Para saber mais sobre o Noel, acesse a página oficial dele.

Ah, ele costuma colocar algumas obras para leilão no Ebay, então se você se interessou, tem que ficar de olho.

Comentários

Fotógrafo usa seu celular para mesclar personagens da cultura pop com cenas da vida real

publicado no Pop! Pop! Pop!

Como seria se o Rei Leão acontecesse em uma montanha perto de você? Ou se Thor estivesse apenas usando seu martelo para pregar direito um prego? Pois é esse o principio do trabalho do fotógrafo francês François Dourlen: usando apenas seu celular, ele mistura cenas de filmes e séries com situações e lugares cotidianos.

Entre os personagens já retratados por ele nesta série estiveram desenhos, heróis de filmes de ação e até personagens de séries de drama, como Breaking Bed. Abaixo, selecionamos algumas das imagens mais legais do fotógrafo — mas você pode acompanhar seu trabalho completo em sua página no Facebook

Confira: 

01

02

03

04

05

06

07

08

09

10

11

12

13

Comentários