O caminho menos trilhado

caminhando

Ricardo Gondim

Preciso da divina companhia de quem se atreve acompanhar-me por uma rota deserta chamada vida. Firo, magoo e decepciono muitas vezes. Sofro se não expresso gratidão. Afasto gente querida. Atropelo companheiros. Como sei a dor de olhar para trás e ter remorso de não ter celebrado mais instantes, vez por outra luto para não lacrar as janelas da existência.

Contudo, seguir na estrada menos pavimentada parece tanto meu flagelo como minha fortuna. Não é fácil andar comigo. Perseguir horizontes pouco nítidos –  nebulosos – me desafia desde sempre. Mesmo quando acho difícil desvelar os enigmas herméticos, insisto em esmiuçar a sutil revelação da transcendência. Acho tudo complicado e quero saber o porquê.

Solitário – sem escolher a solidão – subo desfiladeiro. Não me interesso por descidas. Minha alma se interessa por conquistar as escarpas das serras. Cavalgo por prados selvagens sem atentar para os buracos perigosos. Nado na contramão da enxurrada que empurra toras de madeira enquanto cava rochas. Perto de mim, canhoto, as pessoas entendem o significado mais profundo de ser sinistro.

Meu corpo pede quietude, todavia, não cesso de espernear por dentro. Sou todo desassossego, todo alvoroço, todo rebuliço. Se recuo diante de acenos inquisitórios é devido ao meu destemor dos patrulheiros dos bons modos. No banquete dos bem comportados, necessito de espaço para os cotovelos. Meu ímpeto de escrever não tolera a cisma de escandalizar. Quero devanear como um poeta: alucinado com a beleza imarcescível, apaixonado pelo mistério inesgotável e alumbrado com a solenidade do sagrado.

Sei que não devo tentar explicar-me. Não por descaso, mas por me faltarem palavras. Como descrever a imensidão submersa de um coração apaixonado? Eu também tenho um caso de amor com a vida.

Minha interioridade é só minha. Mesmo assim continuo estrangeiro de mim mesmo. O homem que me encara de dentro do espelho mal sabe quem eu sou. Meus pensamentos se agitam, insubmissos. Os sentimentos colidem em noites insones. Constantes terremotos misturam medo e ousadia, ternura e raiva, fé e dúvida, empenho e fadiga. Na areia do tempo, me desconheço cada dia mais. Sou ambíguo e lógico, sensível e ríspido, melancólico e cheio de esperança.

Se insisto em não precisar de ninguém, no mesmo fôlego choro por companhia. Procuro o deserto só para morrer de saudade. Entre retroceder e avançar nos afetos, fico tensionado como elástico de estilingue. Acendo os faróis para o futuro e, ao mesmo tempo, lanço âncora. Rasgo mapas, roteiros, bulas, dogmas, contudo, gosto do rito do encontro. A antiga eucaristia do pão rasgado e do vinho tinto me enchem de significados novos. Cafuné, abraço e pequenos parágrafos carinhosos se tornam tão essenciais quanto o vento – o espírito – que me anima com eternidades. Na senda pouco povoada por onde viajo, confesso carência de intimidade.

Soli Deo Gloria 

fonte: site do Ricardo Gondim

Comentários

Leia Mais

Ministro do TSE manda tirar vídeo de Malafaia na internet contra Dilma

pastor-silas-fa-alerta-gravissimo

Publicado no G1

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin determinou nesta sexta-feira (3) que um vídeo publicado na internet pelo pastor Silas Malafaia seja retirado imediatamente do ar por degradar a imagem da presidente da República Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT.

O vídeo insinua que a petista apoiaria ações de grupos terroristas islâmicos com o objetivo de assassinar cristãos. O pastor se refere às críticas da presidente à operação dos Estados Unidos contra o grupo Estado Islâmico na Síria. A intervenção bélica liderada por Washington resultou na morte de 70 pessoas. Dilma disse lamentar “enormemente” o fato. Depois, em discurso na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no último dia 24, reiterou a posição ao condenar o uso de intervenções militares para tentar solucionar conflitos bélicos.

“Lamento a omissão da fala da Presidente Dilma com os assassinatos em massas de cristãos em 2013, que morreram 115 mil, e agora um grupo terrorista facínora que ‘tá’ cometendo massacres a Presidente diz que deve haver diálogo (sic)”, diz Malafaia no vídeo.

Segundo o ministro, o vídeo traz “imagens violentíssimas de verdadeiros atos de guerra praticados por supostos grupos extremistas”.
Na representação, a coligação Com a Força do Povo, liderada por Dilma, sustenta que as manifestações do pastor configuram abuso do direito de liberdade e ofendem direitos fundamentais.

Em decisão individual, o ministro concluiu que, ao tentar vincular a declaração da candidata a um suposto apoio a grupos islâmicos terroristas, Malafaia degrada a imagem de Dilma e incita hostilidade entre grupos de religiões diferentes.

“Há grande distância entre o uso informativo, para fins eleitorais, de falas e discursos de pessoas, algo mais do que legítimo, e a distorção ou infidelidade proposital às palavras e ao pensamento de quem se ataca, algo ilegítimo e ilegal”, destacou o ministro no seu voto.
A decisão determina que o Google suspenda imediatamente a veiculação do vídeo.

Comentários

Leia Mais

Cadê a água? Alckmin cai em “pegadinha” de estudantes

publicado no SPresso SP

Sorridente, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) estava crente que posava para uma foto com suas eleitoras ou simpatizantes, até perceber, só depois da fotografia, o cartaz que elas carregavam. As estudantes afirmaram, na verdade, que apoiam o candidato Alexandre Padilha (PT) e que estão indignadas pelo fato de que o tucano não assume que falta água no estado.

O caso aconteceu nesta sexta-feira (3), durante uma caminhada de Alckmin na região do Largo Treze de Maio, perto de onde fica o cursinho onde as 7 estudantes que posaram com o governador estudam. Elas pediram para tirar uma foto com o tucano que, em campanha, não recusou. Prontamente uma delas tirou da bolsa um cartaz e a imagem foi registrada por vários outros estudantes que estavam no local.

montagem-alckmin-539x377

Comentários

Leia Mais

Câmera nos seios flagra olhar das pessoas em campanha da Nestlé

noticia_93320

publicado no Administradores

A ideia não é exatamente nova. Em 2011, uma campanha da Warner Bros resolveu colocar uma câmera acoplada nos seios de uma moça para flagrar os olhares das pessoas. O objetivo era promover o filme “Passe Livre” (veja abaixo). Agora, a Nestlé utilizou ideia parecida, mas por uma outra causa.

Em parceria com a agência McCann Paris, a marca resolveu promover o outubro rosa, mês em que a luta contra o câncer de mama se intensifica em todo o mundo, para questionar as mulheres utilizando o bom humor. Todos olham para os seus seios, mas qual foi a última vez que você os analisou?

O objetivo é lembrar as mulheres que verificar os seios regularmente pode ajudar a prevenir o câncer de mama. A hashtag #CheckYourSelfie marca a iniciativa nas redes sociais.

Vale ressaltar que a Nestlé Fitness, linha de produtos ligados ao bem estar, apoia instituições de caridade de câncer de mama em mais de 20 países.

Confira o making of:

Comentários

Leia Mais

Aposentado de 82 anos corta cabelo de sem-teto em troca de abraços

12343

Publicado no Catraca Livre

O norte-americano Anthony Cymerys, 82 anos, apelidado de “Barbeiro Joe”, é um executivo aposentado que há 25 anos realiza uma inspiradora ação para melhorar a vida dos moradores de rua de em Hartford, em Connecticut. Toda quarta-feira, ele vai ao Bushnell Parkpara cortar o cabelo das pessoas em troca de abraços.

Após Anthony montar a cadeira e ligar a máquina à bateria do carro, os clientes chegam e fazem fila. O resultado do trabalho é visível nas expressões e sorrisos das pessoas após serem tratadas pelo aposentado, que o abraçam com bastante alegria e empolgação.

cabelo-abraco8

Com essa ação, Cymerys consegue tirar os sem-teto da invisibilidade pela qual passam todos os dias e aumentar sua autoestima. Mesmo após tantos anos, o executivo não economiza dinheiro, paciência e boa vontade para continuar seu projeto.

Assista ao vídeo e veja mais imagens:

cabelo-abraco1

cabelo-abraco2

cabelo-abraco7

Comentários

Leia Mais