‘Porta dos Fundos’ é o canal do YouTube que mais cresce no mundo

Canal atingiu mais rapidamente média diária de 2 milhões de views, diz Gregorio Duvivier após reunião com o site de vídeos

Primeiro filme do grupo será rodado em outubro

“Porta dos Fundos – O livro”, com 37 roteiros de esquetes, será lançado nesta quinta em livraria do Leblon, no Rio

 O coletivo Porta dos Fundos lançou, nesta quarta-feira (7), o livro homônimo que reúne 37 roteiros de esquetes de humor disponibilizadas no canal do grupo na web. No evento, realizado na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, estiveram presentes Fabio Porchat, Gregorio Duvivier, Antonio Pedro Tabet, João Vicente de Castro e Ian SBF, entre outros (foto: Paduardo / AgNews)

O coletivo Porta dos Fundos lançou, nesta quarta-feira (7), o livro homônimo que reúne 37 roteiros de esquetes de humor disponibilizadas no canal do grupo na web. No evento, realizado na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, estiveram presentes Fabio Porchat, Gregorio Duvivier, Antonio Pedro Tabet, João Vicente de Castro e Ian SBF, entre outros
(foto: Paduardo / AgNews)

Marina Cohen, em O Globo

RIO – Um dia após completar um ano de existência, o canal de humor “Porta dos Fundos” ganhou um presentão do YouTube. De acordo com o ator e roteirista Gregorio Duvivier, o site de compartilhamento de vídeos informou aos comediantes, em reunião nesta quarta-feira (7), que o “Porta” é o canal que atingiu mais rapidamente a média diária de dois milhões de visualizações no mundo todo.

- Há um ano, ninguém poderia sonhar com esse sucesso. Se o próximo ano for tão bom quanto este que passou, seremos o canal do YouTube mais acessado do mundo – comemora Gregorio, um dos criadores do “Porta”, que, hoje, já está entre os cinco mais acessados do mundo.

Para celebrar o ano de conquistas, o grupo lança, nesta quinta-feira, “Porta dos Fundos – O livro” (Editora Sextante, R$ 49,90), com 37 roteiros de esquetes que estão na internet, além de fotos e comentários dos autores contando como surgiram as ideias para cada vídeo. A sessão de autógrafos será na Livraria Travessa do Shopping Leblon, a partir das 19h.

- Um dos maiores trunfos do “Porta” é o texto, mas muita gente não nota. Então resolvemos publicar os roteiros que são tão bons de serem lidos, como vistos. – conta Gregorio, explicando que todos os textos são debatidos (e, na maior parte das vezes, reescritos) em uma reunião semanal entre os quatro autores – Fábio Porchat, Antonio Tabet, Gabriel Esteves, além do próprio Gregorio.

O próximo passo será lançar produtos licenciados, como camisetas, que poderão ser comprados no site oficial.

Já o primeiro filme da trupe começa a ser rodado em outubro. O roteiro, escrito por Gabriel Esteves, já está no segundo tratamento, e a produção ficará por conta de Iafa Britz. A estreia está marcada para meados do ano que vem.

- O longa vai mostrar uma reunião de amigos. Serão várias trilhas diferentes que se cruzam – adianta o ator.

Leia Mais

“Querem que eu vá à praia de burca”, diz Betty Faria após ser chamada de velha por usar biquíni

bettyfaria2

Publicado originalmente no UOL

Com 72 anos, a atriz Betty Faria foi à praia de biquíni recentemente e caiu na boca do povo, que a  consideraram “velha” para usar o traje de banho.

Inconformada ela foi direta: “Velha baranga, sem espelho, e outras ofensas que, passada a raiva, me fizeram pensar na burca. Então querem que eu vá à praia de burca, que eu me esconda, que me envergonhe de ter envelhecido? E a minha liberdade? Depois de tantas restrições alimentares, remédios para tomar, exercícios a fazer, vícios a evitar, todos próprios da idade, ainda preciso andar de burca? E o prazer, a alegria, meu humor?”, perguntou a atriz em entrevista à revista “Lola”, que chega às bancas esse mês.

Betty também comenta sobre a terceira idade, alerta para o fato de que todos vão envelhecer e ainda diz que essa história de ser a melhor idade é mentira.

“Você enxerga mal, opera a catarata se puder, ouve menos, tem menos disposição e vigor. Ainda assim, esse terceiro ato da vida pode ser bem interessante”, afirmou a atriz.

O último papel de Betty na televisão foi na novela das nove “Avenida Brasil” (2012).

A atriz Betty Faria brinca com a neta na praia do Leblon, que fica na Zona Sul do Rio de Janeiro (foto: Andre Freitas / AgNews)
A atriz Betty Faria brinca com a neta na praia do Leblon, que fica na Zona Sul do Rio de Janeiro (foto: Andre Freitas / AgNews)

Leia Mais

Na volta do “Sai de Baixo”, Caco Antíbes critica pobre em aeroporto e grita “Chupa, Feliciano!”

No 1º episódio inédito de "Sai de Baixo", Caco Antíbes (Miguel Falabella) faz piada sobre pobre guardar óleo de fritura (foto: Francisco Cepeda/AgNews)
No 1º episódio inédito de “Sai de Baixo”, Caco Antíbes (Miguel Falabella) faz piada sobre pobre guardar óleo de fritura (foto: Francisco Cepeda/AgNews)

James Cimino, no UOL

O que estariam fazendo Caco Antíbes (Miguel Falabella), Magda (Marisa Orth), Cassandra (Aracy Balabanian), Vavá (Luis Gustavo) e Neide Aparecida (Márcia Cabrita) 11 anos depois do fim do “Sai de Baixo”?

A plateia que esteve no teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, na noite desta terça-feira (4), descobriu que Neide ficou rica e contratou um mordomo que é a cara do Tony Ramos. Exibida, a ex-faxineira do apartamento mais famoso do largo do Arouche manda buscar seus ex-patrões para passar um fim de semana no imóvel que já foi deles e, claro, ir à forra pelas humilhações recebidas.

Desse reencontro, nasceram quatro novos episódios que serão veiculados a partir do dia 11 de junho, às 20h15, no canal a cabo “Viva”, que reprisa o humorístico preferido da presidente Dilma Rousseff. Ela, inclusive, foi alvo de uma das piadas do elitista e impagável Caco Antíbes, que não se conteve e criticou a qualidade dos aeroportos brasileiros. “Dilma, já que você não conseguiu salvar a professorinha, salve os aeroportos!”

Exibido entre março de 1996 e março de 2002, o antigo “Sai de Baixo” não deu oportunidade ao personagem que tinha horror a pobre de vivenciar a ascensão da classe C. Por isso, nessa nova versão dirigida por Dênis Carvalho e escrita pelo jornalista Artur Xexéo, sobraram piadas sobre a nova classe média.

Por exemplo, Cassandra e Vavá ficam impressionados ao chegarem no apartamento de Neide e se depararem com um tomate. A mãe de Magda, que durante esse tempo todo morou na casa de uma tia rica e extremamente sovina, comenta: “O tomate está tão caro que a titia substituiu pelo caviar.”

Já Neide Aparecida conta que ficou rica ao processar uma ex-patroa com base na PEC das empregadas. “Cobrei hora extra, registro, adicional noturno e recebi R$ 3 milhões.”

E sobrou até para o pastor Marco Feliciano. Obrigado a dividir o quarto de empregada com o mordomo interpretado por Tony Ramos, Caco Antíbes não se faz de rogado e diz que no período em que esteve na prisão na Dinamarca teve de aprender a experimentar coisas novas. Ele então pega na mão de Magda e de Tony e diz “Vou pegar esse urso! Chupa, Feliciano!” A platéia, claro, vem abaixo.

Emoções e erros de gravação

Aracy Balabanian é a vítima preferida de Miguel Falabella em cena
Aracy Balabanian é a vítima preferida de Miguel Falabella em cena

Voltar ao mesmo palco onde viveram os cinco personagens durante seis anos emocionou o elenco. Segundo o diretor Dênis Carvalho, todos choraram ao chegar para as duas sessões de duas horas que darão origem a cada episódio.

Só que a emoção deu espaço para a alegria e a sacanagem que sempre imperaram no “Sai de Baixo”. No evento de lançamento do programa, na segunda (3), Miguel Falabella contou que ele e Luis Gustavo nunca decoraram o texto e que Marisa Orth era a única a ter tudo na ponta da língua. Já Aracy Balabanian disse que sua única função era rir dos colegas em cena. Nada disso mudou. Inclusive, a impressão que dava em alguns momentos era a de que o programa nunca se encerrou.

Falabella não perdia nenhuma oportunidade de desconcentrar Aracy com fungadas no cangote e afagos em seus seios. Marisa, como sempre, dava as deixas cada vez que os colegas de elenco se perdiam. E as sacanagens entre os atores eram o ponto alto da performance, como quando Miguel faz piada com a idade de Aracy e ela vira pra ele diz: “Alto lá que o senhor não está com essa bola toda! Cadê aquele tanquinho que fazia sucesso no Carnaval?”

A platéia também dava seu show interrompendo os atores para aplaudir a cada tirada, a cada bordão, inclusive quando Falabella convoca todos a gritar “Cala a Boca, Magda!”

Dani Calabresa, que compunha a lista dos VIPs integrada por Hortência, Zeca Camargo, Negra Li, o cantor Junior e seu pai, Xororó, entre outros, saiu do espetáculo encantada: “Eles são maravilhosos. Eu amei, fiquei muito emocionada, porque eu cresci assistindo o ‘Sai de Baixo’. Eu virei humorista por causa deles. Eu queria fazer o que eles faziam!”

Os quatro episódios foram feitos em comemoração dos três anos do canal “Viva” e ao ar nos dias 11, 18 e 25 de junho e 2 julho às 20h30.

Leia Mais

Depois de polêmica, Lobão e Mano Brown decidem tocar juntos na Virada Cultural de SP; Mano Brown não confirma

Publicado originalmente no UOL

foto: Caio Duran/AgNews
foto: Caio Duran/AgNews

Depois da polêmica sobre declarações de Lobão dadas à “Folha de S.Paulo”, o cantor disse no Twitter, na tarde desta sexta-feira (3), que conversou com o rapper Mano Brown e que eles “conseguiram se entender”. “Atenção, enfim, uma linda notícia,o Mano Brown acabou de me ligar, tivemos uma conversa franca e decidimos que vamos fazer um som juntos”. E acrescentou: “Vamos nos encontrar e vamos tocar juntos na Virada. Queremos mostrar pra galera que podemos divergir e ao mesmo tempo caminhar juntos”.

Mano Brown estará na Virada Cultural de São Paulo com o Racionais MCs no domingo (19) às 15h, no Palco Júlio Prestes. Já Lobão se apresenta no Palco São João, no sábado (18) às 18h.

O perfil oficial dos Racionais no Twitter, no entanto, desmentiu e ironizou durante a madrugada a afirmação de Lobão. “O Lobinho agora está falando que conversou com Brown. Mentiroso!”, escreveram em tuíte que foi compartilhado por Mano Brown na rede social.

Entenda o caso

Na entrevista, Lobão alfinetou o novo rap e disse que o ritmo faz parte de “anseios de intelectuais petistas”. Logo depois, recebeu diversas mensagens de artistas reclamando do conteúdo de suas declarações e de seu novo livro “Manifesto do Nada na Terra do Nunca”. “Você segura o Lobão que vai ter uma fila pra bater! Kkkk até eu fui esculhambada! Vamos cobrar royaltes desse livro!”, escreveu a empresária Paula Lavigne para o rapper Mano Brown, escreveu no Twitter nesta quinta-feira (2).

“Conheci o Lobão em 1996. Cumprimentei e depois disso nunca mais o vi. Sinceramente não tenho o que falar da pessoa dele. Estranho o Lobão falar de mim sem nunca ter me conhecido. Não entendo a postura dele agora. Ele que pregava a ética e rebeldia, age como uma puta para vender livro. Nos anos 80 as ideias dele não fizeram a diferença para a gente aqui da favela. Ninguém é obrigado a concordar com ninguém, nem ele comigo. O Lobão está sendo leviano e desinformado. Tô sempre no Rio de Janeiro, se ele quiser resolver como homem, demorô! Do jeito que aprendi aqui”, escreveu Mano Brown em uma série de publicações.

Outros músicos também foram citados e também se defenderam via rede social.

Depois de atingir a marca de 150 mil exemplares vendidos com sua autobiografia, Lobão volta às livrarias com um livro no qual se propõe a falar sobre o “estado de paralisia” em que acredita que o Brasil se encontra.

dica do Ronaldo Junior

afinal, vão ou não tocar juntos? :-)

Atualização:

O UOL publicou um comunicado de Mano Brown desmentindo a informação passada por Lobão. Segue: 

“Informamos que o Mano Brown não ligou e não conversou com o Lobão. Eles não irão tocar juntos na Virada Cultural como está sendo noticiado na imprensa. Pedimos que os veículos de comunicação que estão noticiando esse fato esclareçam a questão com a verdade, pois o Lobão mentiu e não haverá esse show do Racionais com o Lobão”.

Leia Mais

Ao som de Charlie Brown, Ana Maria Braga começa programa em “clima de festa”

Ana Maria Braga começou o programa feliz por comemorar o aniversário de Louro José Foto: Francisco Cepeda / AgNews
Ana Maria Braga começou o programa feliz por comemorar o aniversário de Louro José Foto: Francisco Cepeda / AgNews

Publicado originalmente no Terra

Ana Maria Braga cometeu uma gafe logo na abertura do programa Mais Você, da TV Globo, nesta quarta-feira (6). Ao som de Te Levar, da banda Charlie Brown Jr., a apresentadora começou a atração animada e disse: “clima de festa hoje no Mais Você“. Isso porque Louro José comemora seu 16º aniversário.

Pouco tempo depois, ela falou sobre a morte do vocalista da banda, Chorão, ocorrida nesta madrugada e conversou com uma repórter que fazia plantão em frente ao apartamento do artista, em São Paulo.

Aos 42 anos, o músico foi encontrado morto, em casa, no bairro de Pinheiros, na zona oeste da cidade. O motorista de Chorão o encontrou desacordado e telefonou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Polícia Militar recebeu um chamado para averiguação de morte natural na residência do cantor às 5h18. O corpo foi encontrado no local e será examinado pela perícia. Inicialmente, o caso seria investigado pelo 14° DP, mas seguirá com o DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa).

As causas da morte ainda são desconhecidas.

dica do Rogério Moreira

Leia Mais