Arquivo da tag: AIDS

“A cura da Aids poderia estar naquele avião”

Joep Lange morre em queda de avião na Ucrânia (Foto: Divulgação/Reprodução)

Joep Lange morre em queda de avião na Ucrânia (Foto: Divulgação/Reprodução)

Rennan A. Julio, na Galileu

A queda do avião da Malaysia Airlines ocorrida nesta quinta-feira, 17, reservou tristes notícias para o mundo da ciência. No voo, estavam cerca de 100 cientistas e ativistas a caminho da Conferência Internacional sobre a Aids, prevista para começar neste domingo (20) na Austrália.

Dentre os mortos, estava o holandês Joep Lange, de 60 anos, reconhecido como um dos maiores especialistas sobre a doença no mundo. O cientista dedicou cerca de 30 anos da sua vida às pesquisas sobre o vírus HIV e à Aids. Ele ficou mundialmente conhecido por defender a diminuição dos custos do tratamento para os países mais pobres. Em anuncio, um professor da Universidade South Wales que havia trabalhado com Lange disse: “Joep tinha um compromisso absoluto com os tratamentos contra o HIV na Ásia e na África”.

Ex-presidente da Sociedade Internacional da Aids (IAS), o cientista estava trabalhando como professor de medicina na Universidade de Amsterdã e era diretor do Instituto de Amsterdã para a Saúde Global e o Desenvolvimento. Em declaração, o atual presidente da IAS falou: “O movimento HIV/Aids perdeu um gigante”.

Pioneiro nas terapias mais acessivas da doença, Lange estava voando para Kuala Lumpur, onde encontraria sua mulher para um voo de conexão à Austrália. Junto dele, estavam cerca de 100 pessoas que seguiam em direção à conferência. Em entrevista a uma rede australiana, Trevor Stratton, um consultor sobre a doença, disse: “A cura da Aids poderia estar a bordo daquele avião, simplesmente não sabemos”.

Bono ataca Apple por falta de apoio à sua ONG contra a AIDS: ‘Eles são como um culto religioso’

foto: Getty Images

foto: Getty Images

Publicado no Virgula

O clima ficou tenso na parceria entre Bono e a Apple nesta terça (24) na fala dele durante o Cannes Lions, em estival voltado para o mercado publicitário.

Bono estava em busca de marcas que pudessem vincular seu nome ao (Red), projeto liderado pelo vocalista do U2 que tem como objetivo uma próxima geração livre da AIDS. Procurando novos parceiros, ele aproveitou para alfinetar um antigo.

A Apple doou 75 milhões de dólares para a causa, mas Bono acusa a empresa de não querer vincular seus produtos à ONG de Bono. Durante a apresentação, ele apontou que os produtos lançados em parceria entre ambos camuflam a marca da (Red), dando destaque maior para a empresa.

Ele exibiu para o público um iPad oficial da (Red), mostrando que a marca estava apenas na parte interna do produto, ainda assim obscurecida pela marca da Apple. “Cadê a marca da (Red)?” ele perguntou para Jony Ive, design da Apple, presente no local. “Ninguém consegue ver aquilo. Isso é um pouco enlouquecedor. Esse é o jeito da Apple. Eles são como um culto religioso”.

Depressão é a doença mais frequente na adolescência, segundo OMS

Os três principais motivos de morte no mundo – entre jovens de 10 a 19 anos – são os acidentes de trânsito, a Aids e o suicídio

Psiquiatria: com a publicação do DSM-5, o luto passará a ser considerado como um sintoma da depressão. Com isso, volta o debate sobre o que são os sentimentos naturais do homem e o que é uma doença mental (foto: Thinkstock)

Psiquiatria: com a publicação do DSM-5, o luto passará a ser considerado como um sintoma da depressão. Com isso, volta o debate sobre o que são os sentimentos naturais do homem e o que é uma doença mental (foto: Thinkstock)

Publicado na Veja on-line

A depressão é a principal causa de doença e de inaptidão entre os adolescentes com idades entre 10 e 19 anos, anunciou a Organização Mundial da Saúde (OMS). O documento divulgado pelo órgão destaca que os três principais motivos de morte no mundo nesta faixa de idade são “os acidentes de trânsito, a Aids e o suicídio”.

Em 2012, 1,3 milhão de adolescentes morreram no mundo. Esta é a primeira vez que a OMS publica um relatório completo sobre os problemas de saúde dos adolescentes. Para elaborar o documento, a organização utilizou os dados fornecidos por 109 países. Os problemas nesta faixa de idade estão relacionados, com o cigarro, o consumo de drogas e bebidas alcoólicas, a Aids, os transtornos mentais, a nutrição, a sexualidade e a violência. “O mundo não dedica atenção suficiente à saúde dos adolescentes”, declarou a médica Flavia Bustreo, subdiretora geral para a saúde das mulheres e das crianças na OMS.

Os homens sofrem mais acidentes de trânsito que as mulheres, com uma taxa de mortalidade três vezes superior. A morte durante o parto é a segunda maior causa de mortalidade entre as jovens com idades entre 15 e 19 anos, depois do suicídio, segundo a OMS. Entre 10 e 14 anos, a diarreia e as infecções pulmonares representam a segunda e quarta causas de falecimento.

O documento destaca ainda que pelo menos um adolescente em cada quatro não realizam exercícios físicos suficientes, pelo menos uma hora por dia, e que em alguns países um em cada três é obeso.

Estuprador pode ter contraído vírus HIV da vítima no Reino Unido

Resultado dos exames deve sair nesta sexta-feira. Apesar de já conhecer a mulher, ele não sabia que ela tinha Aids.

publicado no G1

O britânico Richard Thomas, condenado a cinco anos e quatro meses de prisão na última segunda-feira (2) por estupro, pode ter sido contaminado pela vítima soropositiva, diz o jornal Daily News. O resultado dos exames deve sair na sexta-feira.

Segundo policiais, ao ser informado sobre essa possibilidade, durante o interrogatório, Thomas entrou em choque e pediu para ser levado para fazer os testes.

O homem confessou ter invadido a casa da vítima na noite do dia 20 de julho e cometido o estupro. Apesar de não se lembrar do fato por estar sob efeito de álcool, cocaína e ecstasy, ele diz que “a mulher não iria mentir, ela diz a verdade. Se ela diz que eu fiz isso, eu fiz isso”, de acordo com a advogada Virginia Hayton.

Estuprador e vítima já se conheciam, entretanto, Thomas afirma não saber que ela é portadora do vírus HIV. “Mas isso tudo é culpa dele. Se ele não tivesse cometido o abuso, não teria se colocado nessa posição”, completa a advogada.

HIV-budding-Color

 

Vírus da Aids ajuda enfrentar câncer

Publicado no Catraca Livre

Vítima de leucemia, a menina Emma Whitehead estava prestar a sofrer falência múltipla dos órgãos. Morreria em poucas horas.

No desespero submeteram a menina a uma experiência nos Estados Unidos.

Injetaram nela o vírus da Aids modificado – ou seja, ele não produz Aids, mas poderia ajudar a combater o câncer.

Deu resultado: ela já voltou a estudar.

Veja as imagens de Emma e as explicações do médicos ( com legenda em português) sobre a experiência, que ainda está em fase de análise.

emma_cancer5

emma_cancer_interna

Assista: