Conteúdo marcado como bondade

Os bons, os maus, ou quase isso

Os bons, os maus, ou quase isso
Ariovaldo Ramos Os maus quando atacam alguém, ou a uma ideia, acabam se sobressaindo, porque os bons se omitem. Os bons parecem acreditar que o bem sempre vence e, portanto, ficam imóveis, esperando para ver o que acontecerá. Os bons precisam se dar conta de que, assim como a maldade, para acontecer, precisa do concurso dos maus, a bondade, para se estabelecer, precisa do compromisso ativo dos bons. Quando os […]

‘Coragem é característica essencial para que haja bondade’

'Coragem é característica essencial para que haja bondade'
Ariovaldo Ramos Muitas vezes, os maus triunfam por causa da covardia dos aparentemente bons! Daí, a gente fica sem saber se estes são os bons, ou se são só os acomodados, isto é, gente tão má quanto, mas que não agita.De fato, coragem é a característica essencial para que haja bondade. Pois, a bondade, por definição, se opõe à maldade, logo, o ser humano, que é bom, tem a coragem […]

A divina perfeição humana

A divina perfeição humana
Ed René Kivitz “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente’. Mas eu lhes digo: Não resistam ao perverso. Se alguém o ferir na face direita, ofereça-lhe também a outra. E se alguém quiser processá-lo e tirar-lhe a túnica, deixe que leve também a capa. Se alguém o forçar a caminhar com ele uma milha, vá com ele duas. Dê a quem lhe pede, e […]

Cajadada?

Felipe Costa, no Mero Cristianismo Desde que comecei a frequentar uma igreja evangélica ouço o termo cajadada incluso na seguinte expressão: O pastor deu uma cajadada em fulano. Sempre entendi que essa frase queria dizer que o pastor havia repreendido alguém por ter cometido algum erro. Mas com o tempo percebi que muitos dos que levavam uma cajadada se distanciavam dos outros irmãos, por vergonha ou porque os irmãos passavam a evitar alguém […]

Você cansou da bondade?

Caio Fábio Nós, humanos, temos enorme facilidade de mudarmos para o mal; está na nossa natureza caída esta tendência; e, entregues a nós mesmos, é da nossa perversa natureza a inclinação mutante para o que não seja aquilo para o que fomos criados. Difícil mesmo é mudarmos dia a dia para o melhor de nós; para a semelhança de Deus; para o amor, a alegria, a paz, a bondade, a […]