Mentores e candidatos do “The Voice EUA” cantam “Hallelujah” em homenagem às vítimas do massacre em Connecticut

Kavad Medeiros, no POPline

A última sexta-feira (14) ficou marcada nos Estados Unidos pelo horror causado por um massacre em escola na cidade de Newtown, no estado de Connecticut.

Não só os Estados Unidos ficaram em choque com o acontecido, mas o mundo inteiro.

No primeiro episódio dos dois que marca a final da terceira temporada do “The Voice EUA”, os quatro mentores e seus pupilos se juntaram para homenagear as vítimas do massacre e cantaram a música “Hallelujah”.

Veja o vídeo:

Leia Mais

Primeira morena do É o Tchan, Débora Brasil agora é missionária e cantora gospel

Com Carla Perez e Jacaré, na época do É o tchan e atualmente, com 41 anos
x
Publicado originalmente no Extra

Depois que largou o É o tchan, no auge do sucesso, em 1996, e fracassou na carreira como cantora de axé, Débora Brasil está de volta aos palcos. As roupas curtas deram lugar as saias longas e ternos, e a dança cheia de insinuações virou uma performance contida, em clima de “adoração”. Assim como algumas outras personalidades midiáticas, a ex-dançarina teve a música gospel como destino, ou “missão”, como ela mesmo afirma. Há 8 anos, convertida à igreja Missão Mundial do Trono de Deus, Débora diz ter preenchido o vazio existente. “Durante um certo tempo, senti falta de algo que me preenchesse e acabei entrando em depressão por isso. Até conhecer Jesus”, diz a ex-morena do É o tchan.

Participando do cd do pastor Ivan Dias

A nova fase veio acompanhada de novas oportunidades. Débora hoje é cantora gospel (ela se prepara para gravar seu próprio CD) e viaja pelo brasil “pregando a palavra”. Hoje, ao se considerar uma “pessoa melhor”, diz não se arrepender do tempo em que dividiu os palcos com Beto Jamaica (com quem teve um relacionamento conturbado de cinco anos), Cumpadre Whashington, Jacaré e Carla Perez (a única com quem mantém contato). “Não fiz nada que prejudicasse a minha integridade, mas foi um círculo que se fechou e que não sinto falta”, explica.

Morando em Salvador e “aguardando a providência divina” quando o assunto é amor, recentemente, Débora gravou um DVD ao lado de outros cantores gospel, que, por sinal, também são proveniente da música “profana” baiana, como Ivan Dias (ex-vocalista da banda Laranja mecânica). Da época do Tchan, um único aprendizado: “O dinheiro, a fama e o sucesso passam. O que fica é a glória divina. Hoje sou completa”, conclui.

Assista ao vídeo de Débora cantando na igreja.

Com Carla Perez, na época do É o Tchan

Leia Mais