Arquivo da tag: Cyndi Lauper

Famosos revelam empregos bizarros que tiveram antes da fama

Jamie McCarthy/WireImage.com

Jamie McCarthy/WireImage.com

Francis Whittaker, no MSN

Nicolas Cage

Nicolas Cage teve que traçar o próprio caminho para chegar ao topo de Hollywood. Seu primeiro emprego na indústria de filmes não foi nem um pouco glamuroso. Ele costumava vender pipocas nos cinemas.

Steve Granitz/Wireimage.com

Steve Granitz/Wireimage.com

Naya Rivera

Naya brilha nas cenas em que é líder de torcida, cantando e dançando no seriado Glee. Mas foi um tipo diferente de uniforme que ela usava no começo da carreira; ela era garçonete do famoso restaurante norte-americano chamado Hooters.

John Shearer/Wireimage.com

John Shearer/Wireimage.com

Rod Stewart

Rod Stewart passou a sua carreira injetando vida nas pistas de dança. O que pouca gente sabe é que ele foi coveiro por vários anos no Cemitério de Londres.

Steve Granitz/Wireimage.com

Steve Granitz/Wireimage.com

Cyndi Lauper

Uma das estrelas mais famosas da década de 1980, Cyndi Lauper construiu seu nome cantando músicas que dizem que as garotas só querem se divertir. Mas ela não se divertia tanto assim em seu primeiro emprego: dar banho em cachorros.

Steve Granitz/Wireimage.com

Steve Granitz/Wireimage.com

Warren Beatty

Warren Beatyy, a lenda do cinema (muito feliz casado com a atriz Annette Bening), teve um começo de carreira cheio de rumores de que ele seria um ‘rato’ em matéria de relacionamentos amorosos. Isso é muito irônico, pois seu primeiro emprego era como exterminador de ratos.

Kevin Mazur/Wireimage.com

Kevin Mazur/Wireimage.com

Whoopi Goldberg

Antes do sucesso estrondoso de filmes como ‘Ghost’ e de ter ganhado prêmios importantes como Emmy, Grammy, Oscar e Tony, Whoopi Goldberg era pedreira. Continue lendo

Dez melhores faixas gringas de dor-de-corno

Publicado originalmente por Folha.com

Publicamos aqui várias listas do melhor da música de dor de cotovelo do Brasil. A famosa dor-de-corno, se é que você me entende, amigo.

Ao ler aqui no blog a crônica musical “Só o chifre humaniza o homem”, na qual cito as dores de cachorro molhado do Tom Waits, o leitor Arthur Lara Moreira, jornalista de Belo Horizonte, propôs a relação do fino da fossa gringa.

Seja Odair José ou a garota perdida dos Ramones, só uma boa trilha sonora cura e salva um(a) desalmado(a).

E lembre-se também do velho mantra deste cronista vira-lata: Se a vida dói, drinque cowboy.

Aí estão as dez mais da cornitude. Com links para a radiola do yotube.

O amigo certamente vai sentir falta de alguma outra música. Manifeste-se agora ou cale-se até a próxima lista.

Eu encaixaria ai umas faixas do Elvis Costello, mas tudo bem, Arthur fez bonito. Grande lista. Garçom, um gin tônica!

01) The KKK Took Muy Baby Away (The Ramones).

02) Angie (The Rolling Stones)

03) Busy Being Fabulous* (The Eagles) – Essa canção que me lembra uma ex-namorada. Uma ignorante soberba, mas que tinha muita pose.

04) You’re Breaking My Heart (Nilsson)

05) His Latest Flame (Elvis Presley)

06) You’ve Lost That Loving Feeling (Elvis)

07) Two Timer (Kiss)

08) My First Night Without You (Cyndi Lauper)

09) Go Your Own Way (Fleetwood Mac)

10) When A Blind Man Cries (Deep Purple).