Conteúdo marcado como Deus

Da religião que proíbe à graça que liberta

Da religião que proíbe à graça que liberta
Ricardo Gondim Não nasci quebrado, com defeito de criação. Não herdei o pecado de Adão – ele não me representa. Não aprendi a dar os primeiros passos, a engatinhar, sob o olhar zangado de Deus. Em meus primeiros tropeços infantis não tinha o mau cheiro do perverso. Minha infância foi leve, moleca, solta. Na mesa, meus pais repartiram um pão singelo conosco, seis irmãos.  Vovô e eu escutávamos o rádio […]

Será que Marco Feliciano é, no fundo, um enrustido?

Perguntar não ofende, deputado. Ou ofende? Seu ódio aos gays é suspeito. Ruth de Aquino na revista Época Todo homofóbico, a meu ver, tem algum problema de sexualidade. Porque uma coisa é um homem só gostar de mulher. Bravo, está no seu direito. O homem hetero também pode não se sensibilizar com a causa gay, não ser militante por direitos iguais, ter uma ideia conservadora de família e ser até […]

100% ioga e 100% Jesus

100% ioga e 100% Jesus
Anna Virgínia na Folha de S.Paulo Há alguns meses, falei sobre ioga com um amigo que frequenta igrejas evangélicas. Ele deu um risinho como se dissesse “ai, ai, só você”, ou “isso não é de Deus”, talvez um “Anna, só Jesus me deixa de ponta-cabeça”. Quanto à prática –bem, cristã ela não é muito mesmo, ao menos em suas raízes. A ioga tem uns 7.000 anos (5.000 a mais do […]

“Tenho certeza que quando for prestar contas, Deus vai ficar contente”, diz Maluf

"Tenho certeza que quando for prestar contas, Deus vai ficar contente", diz Maluf
Publicado no F5 Paulo Maluf, 82, é o entrevistado do “Programa Amaury Jr.” (RedeTV!) desta quarta-feira (13). Na gravação, ele conversou com o apresentador durante uma partida de tranca. “Pretendo me candidatar, se Deus quiser, no ano que vem”, afirmou o político. “Para os críticos, eu faço um desabafo: Tenho orgulho de ter feito o que fiz, sou cristão, católico e tenho certeza que quando for prestar contas, Deus vai […]

Pai, o senhor não acredita em Deus, né?

Publicado por Leonardo Sakamoto Um rapazinho estava sentado à mesa de um restaurante com a mãe, o pai e a irmã, menor que ele, neste final de semana, em São Paulo. Do nada, virou para o pai, disparando: “O senhor não acredita em Deus, né?” Eu, que observava na mesa ao lado, achei graça na pergunta. Não foi uma cobrança, mas um simples questionamento, daqueles grandes e sinceros. Não dizem […]