Arquivo da tag: divórcio

“Cansei de ser rico”, diz professor ao se divorciar de mulher bilionária

O professor de matemática Tony Hawken, 57, se divorciou da megaempresária Xiu Li, 51

O professor de matemática Tony Hawken, 57, se divorciou da megaempresária Xiu Li, 51

Publicado por InfoMoney [via UOL]

O  professor de matemática Tony Hawken, 57, se divorciou da megaempresária Xiu Li, 51, por estar “cansado” de ser rico.

Segundo o jornal Daily Mail, o casal inglês entrou para a lista dos bilionários do jornal Sunday Times após Li projetar shoppings centers em abrigos chineses espalhados em diversos países, em 2011, o que rendeu uma fortuna estimada em 1,1 bilhão de libras (ou cerca de R$ 4,318 bilhões, de acordo com a cotação do Banco Central do dia 12 de março de 2014).

Desde então, Hawken se sentia “desconfortável” com os novos hábitos da mulher. Li chegou a gastar 900 libras em uma garrafa de vinho, enquanto o marido cultivava a vida simples de antes de ser rico, como comprar livros de lojas de caridade, evitar roupas de grifes e comer em lanchonetes.

“Tudo isso me deixou desconfortável, poque eu não tenho esse hábito. Eu não gosto de gastar muito dinheiro”, disse o professor ao site The Times.

Com a separação, Hawken ficará com “apenas” 1 milhão de libras, mas afirma que será o suficiente para ele. Ainda de acordo com o Daily Mail, o único arrependimento do inglês é não ter se separado antes, decisão que foi adiada pelo filho do casal, William, agora com 17 anos.

Nos mais de 20 anos juntos, Hawken afirma que eles passaram a maior parte do tempo distantes, principalmente quando a mulher se envolveu mais intensamente com os negócios. Atualmente, ela possui 22 centros comerciais e é presidente do time de futebol Guizhou Renhe, que está em terceiro lugar na Super Liga chinesa.

Para 60% dos brasileiros, líderes religiosos que pregarem contra homossexuais devem ser acusados de homofobia

homofobia12

 

Publicado no Ibope

Título original: Para brasileiros, Igreja Católica deve aceitar que padres se casem

Quase sete em cada dez brasileiros (65%) são a favor de que a Igreja Católica passe a aceitar que padres possam se casar e constituir família. É o que mostra uma pesquisa do IBOPE Inteligência/CNT (Confederação Nacional dos Transportes) para a revista Época.

Ainda segundo o estudo, a população se divide com o fato de que mulheres exerçam o papel de padres: 48% são contra e 46%, a favor. Por outro lado, a maioria (74%) é contra a ideia de que a Igreja Católica aceite padres homossexuais/gays e 64% são contra a possibilidade de pessoas que não fizeram seminário celebrar missas.

O estudo também mostra que para 60% dos brasileiros, atualmente, o maior problema da Igreja Católica são os casos de pedofilia, seguidos da corrupção (16%) e do distanciamento da realidade dos fieis (8%).

Quando questionados se um pessoa fere os preceitos de sua religião, independente de qual seja, se fizer aborto, 69% dos entrevistados respondem que sim e 27%, que não. Já para o uso de pílula anticoncepcional ou camisinha, o resultado inverte: a maioria (73%) não considera que os preceitos de uma religião são feridos ao utilizar esses métodos contraceptivos, assim como 61% dizem que sexo antes do casamento não fere os princípios de uma religião. Mas, a população fica dividida quando o tema é homossexualidade: para 45%, ser  homossexual é ferir os preceitos de uma religião, enquanto 49% discordam.

A pesquisa também perguntou se um líder religioso deve ser acusado pelo crime de homofobia se pregar contra homossexuais: grande parte (60%) declara que sim e 55% também acham que o tema homossexualidade deve ser incluído no currículo das aulas de educação sexual.

Casamento - Oito em cada dez brasileiros (80%) são a favor de que divorciados se casem religiosamente de novo, 76% são favoráveis à ideia de que instituições religiosas celebrem matrimônios entre casais que já tiveram relação sexual e 62% apoiam a celebração religiosa de casamentos entre casais que não praticam a religião na qual vão se casar. Por outro lado, 61% são contra a possibilidade das instituições religiosas realizarem a união entre pessoas do mesmo sexo.

Francisco - Depois da escolha do novo papa, a confiança de 37% dos brasileiros na Igreja Católica aumentou, enquanto apenas 4% dizem que diminuiu. No entanto, para a maioria da população (59%), a confiança permaneceu a mesma.

Dos 2.002 entrevistados entre os dias 5 e 9 de dezembro de 2013, em 141 municípios, 61% são católicos, 24% evangélicos e 4% de outras religiões. Mais da metade  (59%) declara ser praticante. Os que não tem religião somam 10%.  A margem de erro é de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

 

 

Lauriete e Magno Malta finalmente assumem o namoro

título original: Deputada e senador Magno assumem namoro em Tocantins

Publicado no site da Agência Congresso

O que todo muito comenta no ES e Brasília há mais de seis meses, acabou sendo confimado em Tocantins, num encontro evangélico.

Lá o senador Magno Malta (PR) e a deputada federal Lauriete Almeida (PSC) assumiram o relacionamento amoroso, conforme noticiam sites de lá:

Foram tratados inclusive como casados.Na última segunda-feira o casal acabou atrasando um vôo da Gol que saia de Vitória porque não apareceram.

Os dois tem viajado juntos constantemente e desenvolvidos ações políticas conjuntas. Magno deve apoiar a reeleição de Lauriete em 2014

Lauriete foi eleita com 69.818 votos, numa eleição dificil para a Câmara Federal. Segundo o site http://musica.gospelmais.com.br, Lauriete se dirvorciou há quatro meses.

Cantora gospel, foi casada por 20 anos com Reginaldo Almeida, político e pastor evangélico. Muito bonita, é dona de uma voz impecável.

Em 27 anos de carreira, já gravou 24 CDs. Lauriete se destaca no meio gospel capixaba, nacional e internacional.

Ao longo de sua carreira, conquistou alguns prêmios como discos de ouro e de platina. Magno anda rindo à toa.

Os dois já pensam em morar juntos e tem feitos diversas visitas a municípios do Brasil – menos ES – O senador admite que deseja concorrer a presidência da República em 2014.

Neste mesmo ano ele pretende apoiar a reeleição do governador Renato Casagrande (PSB-ES).

Mas em 2018 quer concorrer ao governo capixaba, o que mostra que nem ele mesmo acredita em sua eleição para a vaga de Dilma.

O casal foi a Tocantins, dia 10 do mês passado, apoiar o candidato tucano a prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade (foto)

Ele acabou eleito com 10.184 votos, e derrotou o segundo colocado, Paulo Mourao (PT), com 8.312, 29,40% votos e Clyeton Maia (PMDB) com 7969 votos.

Mas a eleição foi tumultuada. Segundo a imprensa local, o candidato eleito foi acusado de compra de votos e até invasão de residências.

dica da Rina Noronha

refrescando a memória:

durante a conturbada separação da cantora-deputada, magno malta chamou o ex-marido dela de “canalha, vagabundo e nojento”. o irmão de lauriete foi contratado no gabinete do pagodeiro, assim como aconteceu antes com músicos de sua banda.

depois é só mandar um “grandioso és tu” na tribuna que fica tudo certo, neam…

Casamento de homem grávido é questionado por juiz em divórcio

Publicado por F5

O transsexual que ficou conhecido como “homem grávido” teve seu casamento questionado pelo juiz que analisa seu pedido de divórcio. Ele anunciou a separação da mulher em abril passado.

As informações são do site “TMZ”.

Thomas Beatie, 38, se casou em 2003 com uma mulher com quem teve três filhos. Ele deu à luz as crianças porque Nancy, sua mulher, não podia engravidar.

Agora, o juiz do Arizona questiona se Thomas, por ainda ter órgãos genitais femininos, teria um casamento homossexual, o que é ilegal no Estado.

Thomas Beatie brinca na piscina com seus filhos Jensen Beatie e Austin (Mike Moore/Getty Images)

Os dois foram casados por nove anos e Beatie acusou a mulher de ser alcóolatra e de ter chutado sua “virilha” durante uma discussão na frente dos filhos.

Justiça concede divórcio à esposa por causa do mau cheiro do marido

Taiwanesa pediu o divórcio por causa do mau cheiro de seu marido. (Foto: Reprodução)Taiwanesa pediu o divórcio por causa do mau cheiro de seu marido. (Foto: Reprodução)

Publicado originalmente no G1

Uma taiwanesa pediu o divórcio por causa do mau cheiro de seu marido e o tribunal da cidade de Hsinchu o concedeu em uma sentença anunciada nesta quarta-feira.

Na decisão judicial, o tribunal assinala que os filhos do casal confirmaram que seu pai não só tinha os pés muito fedorentos, como também não costuma tomar banho com frequência e não contribuía em nada para a manutenção da família.

O marido, de 47 anos e de sobrenome Zhang, só se banhava duas vezes por semana, mesmo nos meses de verão, e quando seus familiares se queixavam do mau cheiro, lhes dizia que utilizassem perfume, relataram seus filhos ao tribunal.

As autoridades consideraram que viver com uma pessoa com mau cheiro e maus hábitos de limpeza representa uma situação intolerável que justifica o divórcio.