Arquivo da tag: empresa

Empresa faz sucesso com produto que tira álcool do sangue em 2 horas

Reprodução/Facebook(Out Alcohol)

Reprodução/Facebook(Out Alcohol)

Fernando Moreira, no Page not Found

Uma empresa uruguaia disse ter criado um xarope, batizado de Out Alcohol, capaz de eliminar do sangue qualquer sinal de álcool em até 2 horas.

De acordo com o site do fabricante, a Embotelladora Serrana, a pessoa precisa tomar o produto 30 minutos antes de consumir bebida alcoólica. Out Alcohol é eficaz para eliminar totalmente do sangue o álcool de três taças de vinho ou duas doses de uísque.

“Assim que o produto entra no sangue, começa a eliminar o álcool, já que acelera o metabolismo e faz com que ele seja expulso mais rapidamente pela urina”, explicou Tabaré Burgueño, presidente da Embotelladora Serrana ao jornal “República”.

A Embotelladora Serrana garante que a novidade no mercado do Uruguai não tem como objetivo ajudar os consumidores de álcool a passar incólumes pelo teste do bafômetro em blitz da lei seca. A ideia, diz a empresa, é eliminar os efeitos indesejados da ressaca.

A página do Out Alcohol no Facebook tem sido bastante visitada pelos jovens uruguaios. O produto tem feito sucesso na noitada de Montevidéu:

out1out2dica do Gerson Caceres Martins

Empresa norte-americana cria bicicleta que reflete a luz de carros para prevenir acidentes

Publicado no Estadão

Acidentes com ciclistas e debates sobre a implantação de ciclofaixas tomaram conta da agenda pública das grandes cidades nos últimos anos. Mas a fragilidade e a vulnerabilidade dos adeptos da bicicleta frente aos veículos de maior porte, principalmente à noite, pode estar com os dias contados. Pelo menos no que depender de iniciativas como a da empresa Mission Bikes, sediada em San Francisco, que criou a Lumen, um modelo de bicicleta que reflete a luz de carros, ônibus e caminhões.

Bicicleta_Lumen_Divulgacao

De acordo com o site Springwise, responsável por encontrar negócios inovadores ao redor do mundo, a tecnologia utilizada foi inspirada nos olhos dos gatos. Durante o dia, a invenção funciona como uma bicicleta cinza-carvão, com um leve brilho.

À noite, é ativado um mecanismo retro-reflexivo que faz com que o revestimento da Lumen se ilumine quando ela é atingida pelas luzes do farol dos carros. Assim, o motorista desatento conseguirá ver que há um ciclista à sua frente, já que a luz emitida por seu veículo o atingirá de volta.

A bicicleta utiliza ao todo centenas de milhares de minúsculas esferas transparentes, que podem refletir a luz a até 300 metros. As rodas também possuem o mesmo revestimento.

A Lumen vem em cinco tamanhos e duas versões, com e sem marcha. O projeto ainda está em fase de financiamento no Kickstarter, mas deve estar disponível para os consumidores em breve.

Supostos funcionários do Burger King tomam banho em caixa d’água em SP

Publicado na Época Negócios

Unidade do Burger King na Av. Faria Lima, em São Paulo (Foto: Divulgação)

Unidade do Burger King na Av. Faria Lima, em São Paulo (Foto: Divulgação)

Um vídeo que mostra pessoas tomando banho na caixa d’água de um prédio da Av. Faria Lima começou a circular na internet e chamou a atenção por sua legenda.

A descrição afirma que a brincadeira ocorre em cima de uma unidade do Burger King – localizado no cruzamento da Av. Faria Lima com a Rua Tabapuã, em São Paulo – e supostamente envolve funcionários e um gerente da rede. O vídeo, que já contabiliza 5.400 visualizações, foi publicado na última sexta-feira (7/3) com a seguinte legenda: Funcionários do Burger King da Av. Faria Lima tomando banho na caixa d’água do restaurante no dia 05/03/2014, devidamente acompanhados pelo gerente!

O vídeo não é muito esclarecedor e parece ter sido gravado do alto de um prédio localizado na rua oposta ao Burger King.  Mostra três pessoas divertindo-se e brincando  ao lado da caixa d’água, jogando muita água para cima. Um quarto homem surge, entra na brincadeira, mas logo sai.  As pessoas que fazem a filmagem divertem-se com a cena: “Olha lá, ele mergulhou”, comenta uma mulher rindo. “Está um mormaço lá fora”, afirma um homem.

Procurado, o Burger King ainda não se manifestou oficialmente sobre o vídeo.


dica do Deiner Urzedo

Garota de 17 anos cria empresa de US$ 250 milhões

Bella Weems fundou a Origami Owl para comprar um carro usado e hoje conta com rede de revendedores nos EUA

Publicado na revista PEGN

O investimento inicial de Isabella Weems foi de US$ 350 (Foto: Divulgação)

O investimento inicial de Isabella Weems foi de US$ 350 (Foto: Divulgação)

Todos os negócios surgem por uma motivação. A da americana Isabella Weems, conhecida como Bella, era comprar um carro usado. Com a Origami Owl, plataforma online de joias, ela conseguiu bem mais que isso: em 2012, a empresa ganhou US$ 25 milhões. Neste ano, a expectativa é de um faturamento de US$ 250 milhões.

A Origami Owl foi criada em 2010. Na época, Bella tinha 14 anos e decidiu que um carro seria um presente apropriado para seu aniversário de 16 anos – nos Estados Unidos, essa idade tem uma aura parecida com a das debutantes brasileiras. Só que, em vez de pedir o carro de presente, ela decidiu que juntaria dinheiro. Seus pais sugeriram que ela abrisse sua própria empresa.

O investimento inicial na Origami Owl foi de US$ 350, dinheiro ganho por Bella em trabalhos como babá. Ela começou a fazer joias e contou com a ajuda de família e amigos para vendê-las para conhecidos. Em 2010, durante a Black Friday, ela conseguiu abrir um quiosque no shopping de sua cidade natal, Chandler, no Arizona. “A partir daí, o produto começou a vender sozinho”, disse ela à revista Forbes.

No ano seguinte, já na internet, a Origami Owl começou a trabalhar com consultores, que compram as joias e as revendem. A principal forma de venda das joias é em “bares de joias”, nome dado pela empresa a festinhas na casa dos revendedores.

Por enquanto, Bella não está administrando a empresa sozinha. Ela conta com a ajuda de sua mãe, Chrissy, alguns parentes e executivos com passagem por grandes empresas do setor de beleza. Por outro lado, Bella já realizou aquele sonho de três anos atrás, já que Bella é a feliz proprietário de um carro da Jeep novinho.

Após pedir desconto à Claro, homem tem conta em nome de ‘Otário Chorão’

Cliente, de MS, desconfia que atendente da empresa alterou seu cadastro.
Empresa diz que esse tipo de conduta não faz parte de seus princípios.

Foto endereçada a Otário Chorão (Foto: Gabriela de Moraes / VC no G1 MS)

Foto endereçada a Otário Chorão (Foto: Gabriela de Moraes / VC no G1 MS)

Publicado no G1

A conta do mês de novembro da televisão por assinatura do empresário de Campo Grande César de Medeiros, 42 anos, veio com uma surpresa que ele considerou desagradável. A fatura, gerada pela Claro TV, estava em nome de “Otário Chorão”. O cliente desconfia que um atendente da empresa alterou o cadastro depois que ele ligou pedindo desconto no plano.

Por meio da assessoria, a empresa disse que esse tipo de conduta não está de acordo com os princípios e valores da companhia e por esse motivo adota todas as providências para solucionar a questão.

De acordo com o empresário, ao pegar a correspondência na caixa de correio junto com várias outras, o nome ao qual estava destinada passou batido. “Acabei lendo Otávio no lugar de Otário”, conta. No entanto, ao olhar com mais atenção, percebeu os adjetivos e em seguida, pelo endereço, viu que estava destinada a ele. “Eu achei que fosse brincadeira, mas depois fiquei indignado”, disse ao G1.

Foi então que Medeiros lembrou-se da ligação que fez pedindo redução na mensalidade. Ele viu uma propaganda oferecendo o mesmo tipo de assinatura que ele contratou, mas com valor menor.

Assinante da Claro TV há dez anos, o empresário questionou o motivo de não poder pagar valores menores e foi informado que teria que cancelar e depois recontratar o plano, pois assim teria o desconto dado aos clientes novos. “Começou tudo aí. Paguei pelo cancelamento e depois pela ativação”, relata.

Medeiros diz que ao comentar o caso com amigos, todos pensaram que ele havia forjado o boleto. “A primeira coisa que se pensa é isso, que é montagem”, comenta.

O empresário diz que ficou indignado, sentiu-se desrespeitado e por isso entrou em contato com a Claro TV há 15 dias para reclamar da situação. “O que eles fizeram afeta minha honra como pessoa, como pai de família”, relata.

“Tentei resolver direto com eles. Liguei, questionei e eles me pediram quarenta e oito horas para resolver o problema, isso na semana retrasada. Eu queria a certeza de que o problema foi resolvido, uma carta de retratação, um simples respeito, mas nem resposta da empresa eu tenho”, afirma.

A princípio, o empresário diz que não pretende processar a empresa. “É uma situação que chateia. Talvez se um processo contra eles for impedir que outros clientes passem pelo que eu passei, eu até entro [com a ação]. E se ganhar dinheiro de indenização eu entrego pra doação. Graças a Deus não preciso de dinheiro dessa forma”, afirma.

Medeiros diz ainda que não guarda ressentimento do atendente que ele suspeita ter feito a alteração. “Nós aprendemos a relevar, mas não tem como ignorar”, conclui.

Cliente acredita que atendente tenha alterado cadastro após solicitação de desconto (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)

Cliente acredita que atendente tenha alterado cadastro após solicitação de desconto (Foto: Gabriela Pavão/G1 MS)