O que aconteceria com o seu corpo se você fosse para o espaço sem um traje espacial?

Você já se perguntou o que poderia acontecer com você caso fosse jogado no espaço sem uma roupa própria para tal? Seria como nos filmes? Quão rápido você morreria? Seu corpo explodiria? Você teria uma chance de sobreviver?

timthumb

publicado no Garotas Geeks

Obviamente, todo mundo já sabe que coisas boas não aconteceriam com a gente se ficássemos no vácuo (literalmente… metaforicamente também), mas o que exatamente aconteceria? Fiz esse post pois existem diversos mitos até hoje espalhados por aí que muita gente ainda acredita que sejam verdades (inclusive alguns diretores de cinema).

Cena de “O Vingador do Futuro” em que os olhos do personagem de Arnold Schwarzenegger explodem por ele estar sem um traje espacial.
Cena de “O Vingador do Futuro” em que os olhos do personagem de Arnold Schwarzenegger explodem por ele estar sem um traje espacial.

Os principais perigos de se estar no espaço sem proteção seriam a falta de oxigênio e o ebulismo (tradução não oficial de “ebullism”, mas como não achei a tradução oficial, vou usar esta palavra mesmo). Ebulismo é quando os fluídos corporais começam a ferver (e consequentemente a formar bolhas) devido a pressões baixas ou nulas, como é no caso do *espaço sideral*. O limite absoluto de altitude para o homem desprotegido pode ser colocado em 18.900 metros, altitude na qual a pressão barométrica é igual a 47 mmHg. A tensão de vapor d’água à temperatura corporal é também 47 mmHg. Ocorre a ebulição quando a tensão de vapor de um líquido se iguala, ou se torna maior, à pressão atmosférica. Por esse motivo os líquidos do nosso organismo ferveriam.

Obs: MAS ATENÇÃO! O sangue não se inclui nesses líquidos pelo fato de estar nas veias, ele apenas não circularia ~~~> “APENAS”… HU3

Bom, o resultado do ebulismo seria uma visão terrível! Nosso corpo poderia chegar até a duas vezes o seu tamanho normal, mas não explodiria, já que nossa pele é elástica o suficiente para suportar esta situação. Sem falar que deve doer pouco, né.

Além disso, tem a questão da falta de ar (claro, é vácuo, dert). Após aproximadamente 15 segundos, seu corpo teria usado todo o oxigênio presente dentro dele e você perderia a consciência. “Mas e se eu prendesse a respiraçããão, tia? Eu consigo segurar por mais de 1 minuto” Eu diria que você é um idiota um pouco ingênuo, pequeno gafanhoto.

A situação no espaço é “um pouco” diferente” daqui na Terra. Considerando que não teríamos a pressão atmosférica, o ar dentro de nós se expandiria rapidamente, fazendo com que nossos pulmões explodissem. Ou seja, não é uma boa ideia. Já anota no seu caderninho aí para coisas que você deve lembrar em situações de emergência: se alguém te jogar algum dia no espaço, pelo amor de Jesus, Maria e José, não tente prender a respiração.

traje-espacial-nasa-600x398

Voltando, após perder a consciência, você provavelmente duraria um ou dois minutos no máximo antes de morrer. E claro, enquanto você tá lá apagadão, ainda tem os raios UV que vêm do Sol que te causariam queimaduras ter-rí-veis. Os raios ultravioleta junto a outros fótons de alta energia (raio-x e radição gama) também causariam um dano terrível ao seu DNA, levando a mutações que muito provavelmente te causariam câncer (se você sobrevivesse, HU3).

Algo que as pessoas se confundem muito é achar que nós congelaríamos rapidamente, já que o espaço é ‘extremamente gelado’ (total ausência de calor), mas isso não aconteceria, porque nosso corpo perderia calor muito lentamente, quando chegássemos no ponto de congelar, já estaríamos mortos há muito tempo.

Em suma, você incharia, queimaria, mutaria, desmaiaria e seus pulmões poderiam explodir. Mas não se preocupe (muito), se você for resgatado rapidamente, há grandes chances de sobrevivência. Como aconteceu com o astronauta (cujo nome não é divulgado) durante um treinamento da NASA em 1965. O seu traje se rompeu e, após 14 segundos, ele desmaiou, mas logo em seguida desligaram o aparelho de simulação e ele pode ser recuperado. Então força, galera!

Leia Mais

Astrônomos descobrem uma mega-Terra que pode abrigar vida

O planeta Kepler-10c é muito maior do que todas as super-Terras descobertas até hoje. “Ele é o Godzilla das Terras”, disse o astrônomo Dimitar Sasselov

O planeta Kepler-10c, uma "mega-Terra"

Vanessa Daraya, na Exame.com

Uma equipe de astrônomos anunciou nesta segunda-feira (02) a descoberta de um novo tipo de planeta.

Este planeta é muito maior do que todas as super-Terras descobertas até hoje.

Por isso, os astrônomos dizem que esse planeta é uma mega-Terra.

“Ele é o Godzilla das Terras”, disse o astrônomo Dimitar Sasselov. “Mas ao contrário do filme de monstro, Kepler-10c tem implicações positivas para a vida.”

Kepler-10c orbita uma estrela como o Sol uma vez a cada 45 dias.

Ele está a cerca de 560 anos-luz da Terra, na constelação de Dragão.

Essa distância indica que ele está mais longe do que “Kepler-186f”, o primeiro planeta descoberto fora do sistema solar com um tamanho comparável ao da Terra e em que pode existir água em estado líquido.

O nome Kepler-10c é uma homenagem ao nome do satélite que o detectou pela primeira vez, o Kepler.

Mas foi com ajuda de um instrumento do Telescópio Nazionale Galileo (TNG), nas Ilhas Canárias, que os cientistas mediram a massa desse planeta.

Foi durante essa análise que os astrônomos descobriram que o planeta pesava 17 vezes mais do que a Terra. Isso mostrou que Kepler-10c deve ter uma composição densa de pedras e outros sólidos.

Os astrônomos estimam que a idade do planeta é de 11 bilhões de anos.

Ou seja, Kepler-10c nasceu três bilhões de anos depois do Big Bang, a grande explosão que deu origem ao universo.

Essa é uma prova de que planetas do tipo terrestre também se formaram muito cedo na história do universo.

Essa descoberta faz os cientistas saírem em busca de planetas potencialmente habitáveis em regiões antes ignoradas, como nas estrelas mais antigas do cosmos.

Leia Mais

Nave para ‘turistas astronautas’ é mostrada

Ônibus espacial pertence à companhia comercial Virgin Galactic, do britânico Richard Branson

SpaceShipTwo foi desenvolvido na Califórnia - Divulgação

Rafaela Borges, no Estadão

A primeira nave espacial comercial de transporte de passageiros do mundo, a SpaceShipTwo, foi apresentada nesta segunda-feira, durante o Salão de Nova York, nos Estados Unidos. A nave pertence à companhia espacial comercial Virgin Galactic, do empresário britânico Richard Branson, fundador do grupo Virgin.

A Virgin Galactic aceitou cerca de US$ 85 milhões, aproximadamente R$ 187 milhões, em depósitos de mais de 700 indivíduos, o que é aproximadamente 20% mais do que o número total de pessoas que já foram para o espaço. A nova nave espacial foi desenvolvida para a frota de veículos da Virgin Galactic pela Scaled Composites, em Mojave, na Califórnia. O veículo vai permitir uma experiência de gravidade zero, com vistas do planeta a partir do espaço sideral para “turistas astronautas”.

Leia Mais

Valdemiro Santiago diz que está perdendo espaço para ‘quadrilha’ na TV

foto: Isadora Brant/Folhapress
foto: Isadora Brant/Folhapress

Flávio Ricco, no UOL

Valdemiro Santiago, da igreja Mundial, na quarta-feira, em novo e raivoso ataque a Edir Macedo, insinuou que ele está definhando como um inseto e questionou a origem do dinheiro utilizado na compra da Record.

Reclamou do papel da Justiça, da sua lentidão em relação às denúncias que pesam sobre seu concorrente, entendendo que em outro lugar ele já estaria atrás das grades.

Mas, certamente orientado a não citar nomes, apenas fazendo-se entender para os seus fiéis, repetiu que irá sempre tachá-los de lobos – com direito a vinheta – e de quadrilha.

Agora, instalado no canal 25 UHF, além da Rede TV!, Valdemiro tem procurado testar o alcance da sua programação, apostando que o efeito será o mesmo dos tempos da Rede 21 ou Band, de onde, segundo ele, Edir Macedo tomou o seu lugar.

Valdemiro reclamou também que tem perdido espaço em emissoras de outros países, como Angola, para a Universal – “Entrou uma quadrilha aí, né?”. E, por fim, deixou como desafio no ar – “me tira daqui [do 25]. Quero ver me tirar daqui!”.

O tiroteio, por enquanto, é de um lado só. Até agora, pelo menos, não se ouviu nem Edir Macedo e nem ninguém da sua igreja rebater a esses ataques de Valdemiro.

Outro detalhe
A coluna teve o cuidado de procurar a assessoria de imprensa da Igreja Universal e enviar um email para saber como esses ataques foram recebidos.

Não houve uma resposta até o fechamento. O espaço, de qualquer maneira, continuará à disposição.

Leia Mais

24 imagens que só podem ser vistas do espaço

Publicado no Hype Science

Confira a seguir desenhos tão grandes que só conseguimos enxergá-los por completo graças a imagens capturadas por satélites.

24. Retrato de Genghis Kan em Ulan Bator (Mongólia) – feito durante um festival em 2006

241-600x337

23. Homem Vitruviano (2001) e Asterix & Obelix (2009)

231-600x315

 

Nessa região localizada na Alemanha, havia em 2001 uma versão (extremamente) ampliada do célebre Homem Vitruviano, de Leonardo da Vinci. Anos mais tarde, resolveram trocar a imagem por uma dos personagens de quadrinhos Asterix e Obelix (a segunda foto foi tirada em 2009).

22. O Gigante Nu de Cerne Abbas (vilarejo de Dorset, Inglaterra)

221-600x327

Há poucos dados históricos sobre essa imagem (os registros mais antigos são de 1694). Acredita-se que foi criada na época dos celtas ou dos antigos romanos.

21. Tabuleiro de xadrez gigante próximo Bad Frankenhausen (Alemanha)

213-600x411

Em 2009, a jogadora de xadrez número 1 da Alemanha, Elisabeth Pähtz, foi desafiada por uma comunidade virtual de jogadores. A partida foi “disputada” nesse tabuleiro gigante, que mede 400m x 400m.

20. As Insígnias de Fovant (Inglaterra)

202-600x337

Essas imagens foram criadas por soldados durante a I Guerra Mundial, nos anos de 1916 e 1917. Do total, 19 acabaram destruídas.

19. Figuras gravadas em pedra próximo à província de Palta (Peru)

193-600x254 19--600x337

Essas gravuras foram feitas por nativos entre 500 e 400 a.C.

18. Áreas de lançamento de mísseis em Nevada (EUA) e em La Coloma (Cuba)

183-600x337

17. Violão gigante nos Pampas da Argentina

173-600x300

Com 1 km de comprimento, essa floresta em forma de violão foi feita por Pedro Martin Ureta em homenagem à sua esposa, que faleceu em 1977. É composta por mais de 7 mil eucaliptos.

16. “Uma Ilha no Tempo”, próximo ao aeroporto de Munique (Alemanha)”, criada em 1995 por William Holderid

163-600x379

15. Campina em forma de coração em Wickwar (Reino Unido)

153-600x351

Imagem criada pelo fazendeiro Winston Howes em homenagem à sua esposa, que faleceu há 18 anos. Foi feita com 6 mil mudas de carvalho.

14. O “Homem Alto de Wilmington”

14-2-600x346

Não se sabe com certeza quando essa imagem foi criada – alguns dizem que foi durante a Idade do Ferro (1200 a.C. a 1000 d.C., aproximadamente), outros dizem que foi entre os séculos 16 e 17 d.C.

13. Águia Branca em Whitehawk, subúrbio de Brighton (Inglaterra), feita em 2001 por artistas locais

13-2-600x339

 12. Mulher Nua, localizada na Sicília (Itália). Foto de 2005

124-600x343

11. A maior impressão digital do mundo (38m de comprimento), localizada no Hove Park, em Brighton (Inglaterra)

1110-600x354

 10. Lago em forma de homem em São Paulo/SP

107-600x343

 

9. O maior retrato do mundo, próximo a Erzincan (Turquia)

97-600x334 9--600x424

A imagem do primeiro presidente da Turquia, Mustafá Kemal Atatürk, tem 7,5km² e foi feita por 3 mil soldados e preservada durante um mês.

8. O Cavalo Branco de Alton Barnes, feito em 1812

85-600x363

 7. Imagem de águia próxima ao Camp San Luis Obispo, na Califórnia (EUA)

76-600x340

6. O “maior” poema do mundo (3,15km de comprimento), “Ni pena ni miedo”, escrito no Deserto do Atacama (Chile)

68-600x273

O poema original foi escrito Raúl Zurita, torturado durante a ditadura de Augusto Pinochet.

5. Espiral dourada em Marrocos

510-600x342

Essa imagem foi feita pelo artista Hannsjörg Voth em parceria com o arquiteto Peter Richter entre 1992 e 1997.[io9]

4. Mapa-mundi no Lago Klejtrup (Dinamarca), construído entre 1944 e 1969 por Søren Poulsen

410-600x345 4--600x450

 3. Figura em “estilo pré-histórico” em Oxfordshire (Inglaterra)

310-600x344

2. Rodolfo, a Rena do Nariz Vermelho, próximo a Vashon, Washington (EUA)

212-600x347

 1. Linhas de Nazca, no Peru, desenhadas entre 400 e 650 d.C.

119-600x337 1--600x385 1-1-600x349 1-2-600x413

 

Leia Mais