Juiz legaliza parcialmente a poligamia em estado americano

Juiz legaliza parcialmente a poligamia em estado americano
Kody Brown pode viver legalmente com suas quatro esposas – Reprodução

Mórmons fundamentalistas de Utah podem ter quantas esposas quiserem, desde que não casem formalmente

Publicado em O Globo

UTAH – Os mórmons fundamentalistas que praticam a poligamia em Utah conseguiram uma vitória legal na última quarta-feira, quando um juiz federal deu razão a uma conhecida família em seu litígio contra o Estado. As leis estaduais proíbem o matrimônio múltiplo e a coabitação, mas o juiz Clark Waddoups decidiu que poligamia é legal, desde que não exista o casamento formal, informa o “El País”.

A decisão encerra uma batalha legal de três anos entre o estado de Utah e Kody Brown, conhecido por protagonizar o programa de TV “Sister Wives”, que mostra como Brown vive com suas quatro esposas e 16 filhos. Quando o programa começou, em 2010, a família vivia na cidade de Lehi, em Utah, e o estado iniciou uma investigação contra Brown. Apesar de nunca ter sido denunciado, o mórmon fundamentalista processou o estado por impedir a prática de sua religião.

Em sua decisão, Waddoups determina que a proibição da coabitação vai contra a proteção das liberdades individuais, presente na Constituição americana. Com isso, Brown pode continuar vivendo com suas quatro mulheres, desde que não casem formalmente.

Em dezembro do ano passado, Brown já havia conseguido sentença favorável, mas ela estava suspensa até a decisão do valor a ser pago pelo estado pelos danos causados. Entretanto, a família renunciou ao direito de ser ressarcido, cobrando apenas os custos processuais.

A promotoria do estado de Utah informou que irá recorrer à Corte de Apelações, mas até o momento nada foi feito. Em comunicado, a família Brown agradeceu o trabalho dos advogados e pediu respeito à prática religiosa.

Os casamentos múltiplos são ilegais nos EUA desde o século XIX. Os próprios mórmons condenam a prática há mais de um século, mas alguns membros da comunidade mórmon fundamentalista em Utah continuam com a prática. As estimativas apontam que 38 mil mórmons pratiquem a poligamia no estado.

- Agora não somos criminosos. É um grande alívio. Não precisamos temer que alguém bata na porta e leve os seus filhos. Espero que esta decisão elimine o estigma de viver sobre um princípio que é uma forte crença religiosa – disse Anne Wilde, cofundadora do grupo Principle Voices, que defende a poligamia, à agência AP.

Leia Mais

Bilhões de criaturas marítimas invadem praias dos EUA

euavelella-velellacostatwitter

publicado no Terra

Um ‘mistério’ tem causado curiosidade em banhistas americanos: milhares de vellelas (uma espécie de hidrozoário marítimo) invadiram as areias das praias americanas, sendo encontradas do sul da Califórnia até British Columbia. As informações são do Daily Mail.

Bilhões destas criaturas marítimas apareceram nas praias – e ainda não se sabe o que teria causado este fenômeno. O professor de Biologia da Faculdade da Península de Monterey disse que o número de Velellas que se encontram nas areias ainda é incerto, mas seus alunos contaram mais de milhares por metro quadrado. “Estes números crescem rápido demais”, disse.

Estas criaturas são semelhantes à água-viva, liberando uma substância para atordoar suas presas – embora não seja capaz de causar muita dor em seres humanos.

O guia de viagens, Michael Ellis, disse que velellas são comuns e se encontram em todos os oceanos do mundo, mas pouco se sabe sobre suas vidas.

Leia Mais

Brasileiros estão no topo de ranking de pirataria de seriados

imagem (1)

Publicado no Olhar Digital

O brasileiro é campeão de pirataria de programas de televisão. Um estudo feito pela empresa Tru Optik diz que entre abril e junho deste ano, 7,2 milhões de endereços de IP brasileiros recorreram aos sites de distribuição de arquivos por P2P para download de seriados de TV.

O país está no topo do ranking dos “pirateiros”, mas sem muita folga em relação ao segundo colocado, os Estados Unidos, que tem tiveram 6,7 milhões de IPs recorrendo aos torrents para download de seriados. O pódio é fechado pela Austrália, bem atrás, com 5,3 milhões de IPs.

O levantamento também leva em consideração quais são os principais alvos de pirataria no mundo. Sem grandes surpresas, o maior fenômeno da atualidade é Game of Thrones, que recebeu teve quase 300 milhões de downloads no período, quase cinco vezes mais do que o segundo colocado, o humorístico The Big Bang Theory.

Confira abaixo a lista completa das séries mais baixadas no período:

1) Game of Thrones: 298,9 milhões de downloads
2) The Big Bang Theory: 63,2 milhões
3) Orange is The New Black: 60,8 milhões
4) Mad Men: 55,7 milhões
5) Arrow: 53,2 milhões
6) How I Met Your Mother: 51,5 milhões
7) The 100: 50,1 milhões
8) Fargo: 46,8 milhões
9) Modern Family: 44,7 milhões
10) 24: Live Another Day: 43,8 milhões

Leia Mais

O que aconteceria com o seu corpo se você fosse para o espaço sem um traje espacial?

Você já se perguntou o que poderia acontecer com você caso fosse jogado no espaço sem uma roupa própria para tal? Seria como nos filmes? Quão rápido você morreria? Seu corpo explodiria? Você teria uma chance de sobreviver?

timthumb

publicado no Garotas Geeks

Obviamente, todo mundo já sabe que coisas boas não aconteceriam com a gente se ficássemos no vácuo (literalmente… metaforicamente também), mas o que exatamente aconteceria? Fiz esse post pois existem diversos mitos até hoje espalhados por aí que muita gente ainda acredita que sejam verdades (inclusive alguns diretores de cinema).

Cena de “O Vingador do Futuro” em que os olhos do personagem de Arnold Schwarzenegger explodem por ele estar sem um traje espacial.
Cena de “O Vingador do Futuro” em que os olhos do personagem de Arnold Schwarzenegger explodem por ele estar sem um traje espacial.

Os principais perigos de se estar no espaço sem proteção seriam a falta de oxigênio e o ebulismo (tradução não oficial de “ebullism”, mas como não achei a tradução oficial, vou usar esta palavra mesmo). Ebulismo é quando os fluídos corporais começam a ferver (e consequentemente a formar bolhas) devido a pressões baixas ou nulas, como é no caso do *espaço sideral*. O limite absoluto de altitude para o homem desprotegido pode ser colocado em 18.900 metros, altitude na qual a pressão barométrica é igual a 47 mmHg. A tensão de vapor d’água à temperatura corporal é também 47 mmHg. Ocorre a ebulição quando a tensão de vapor de um líquido se iguala, ou se torna maior, à pressão atmosférica. Por esse motivo os líquidos do nosso organismo ferveriam.

Obs: MAS ATENÇÃO! O sangue não se inclui nesses líquidos pelo fato de estar nas veias, ele apenas não circularia ~~~> “APENAS”… HU3

Bom, o resultado do ebulismo seria uma visão terrível! Nosso corpo poderia chegar até a duas vezes o seu tamanho normal, mas não explodiria, já que nossa pele é elástica o suficiente para suportar esta situação. Sem falar que deve doer pouco, né.

Além disso, tem a questão da falta de ar (claro, é vácuo, dert). Após aproximadamente 15 segundos, seu corpo teria usado todo o oxigênio presente dentro dele e você perderia a consciência. “Mas e se eu prendesse a respiraçããão, tia? Eu consigo segurar por mais de 1 minuto” Eu diria que você é um idiota um pouco ingênuo, pequeno gafanhoto.

A situação no espaço é “um pouco” diferente” daqui na Terra. Considerando que não teríamos a pressão atmosférica, o ar dentro de nós se expandiria rapidamente, fazendo com que nossos pulmões explodissem. Ou seja, não é uma boa ideia. Já anota no seu caderninho aí para coisas que você deve lembrar em situações de emergência: se alguém te jogar algum dia no espaço, pelo amor de Jesus, Maria e José, não tente prender a respiração.

traje-espacial-nasa-600x398

Voltando, após perder a consciência, você provavelmente duraria um ou dois minutos no máximo antes de morrer. E claro, enquanto você tá lá apagadão, ainda tem os raios UV que vêm do Sol que te causariam queimaduras ter-rí-veis. Os raios ultravioleta junto a outros fótons de alta energia (raio-x e radição gama) também causariam um dano terrível ao seu DNA, levando a mutações que muito provavelmente te causariam câncer (se você sobrevivesse, HU3).

Algo que as pessoas se confundem muito é achar que nós congelaríamos rapidamente, já que o espaço é ‘extremamente gelado’ (total ausência de calor), mas isso não aconteceria, porque nosso corpo perderia calor muito lentamente, quando chegássemos no ponto de congelar, já estaríamos mortos há muito tempo.

Em suma, você incharia, queimaria, mutaria, desmaiaria e seus pulmões poderiam explodir. Mas não se preocupe (muito), se você for resgatado rapidamente, há grandes chances de sobrevivência. Como aconteceu com o astronauta (cujo nome não é divulgado) durante um treinamento da NASA em 1965. O seu traje se rompeu e, após 14 segundos, ele desmaiou, mas logo em seguida desligaram o aparelho de simulação e ele pode ser recuperado. Então força, galera!

Leia Mais

Menina consegue arrecadar fundos para levar à Disney o pai, que tem câncer terminal

ruby-myles-1

publicado no Extra

A reação de Ruby Myles, de 5 anos, à notícia de que seu pai, vítima de um câncer terminal, tinha poucos meses de vida surpreendeu sua família. A jovem rapidamente decidiu que queria ir com Damian Myles, de 42 anos, ao complexo de parques de diversão da Disney. Eles ficaram tristes de constatar que não poderiam bancar o passeio, já que tinham usado suas economias no tratamento do pai. Foi então que a menina conseguiu o apoio de um pub de sua cidade, Southport, na Inglaterra, para arrecadar fundos, de acordo com o jornal local Southport Visiter.

Os moradores da pequena cidade britânica se uniram para ajudar a menina em sua única chance de realizar a viagem de seus sonhos ao lado do pai. Em apenas uma semana, o pub The Wellington conseguiu arrecadar 4.130 libras esterlinas, cerca de R$ 16 mil. Pai, mãe e filha já estão com as passagens compradas para os Estados Unidos, na próxima terça-feira.

ruby-myles-2

Uma das funcionárias do The Wellington Annie McTaggart organizou as doações. “Foi tão emocionante. Eles são uma família muito linda e o Damian é uma das melhores pessoas do mundo”, afirmou. “A Ruby chegou para ele e disse: ‘Papai, vou te levar à Disney antes que os anjos venham te buscar’”, lembrou a funcionária.
A família de Damian recebeu o valor em uma festa temática de princesas da Disney, promovida por uma casa de festas local, a Part of Your World. “Acho que todos ficaram com lágrimas nos olhos quando Ruby viu as princesas. Ela começou a chorar, foi muito emocionante. Fazer parte disso é incrível”, celebrou o dono da casa de festas, Mike Parks.

Leia Mais