Garoto de 10 anos faz sucesso como CEO de marca de cookies

size_810_16_9_mrcory
publicado no PME

Cory Nieves administra uma popular marca de cookies nos Estados Unidos, vendendo os biscoitos a 1 dólar. Cory estima que em um único final de semana possa faturar até mil dólares com os cookies. A diferença desta história para a de outros empreendedores é que Cory tem apenas 10 anos de idade.

Com mais de 30 mil seguidores no Instagram, o garoto já participou do popular programa de TV da Ellen Degeneres. Ele está chamando a atenção do mundo com sua história de empreendedorismo que começou em 2009.

Em uma tarde fria, Cory estava cansado de esperar o ônibus quando disse para a mãe que eles precisavam comprar um carro. Para juntar dinheiro, eles passaram a vender chocolate quente. Empenhado em fazer o “negócio” crescer, o garoto incluiu limonada e biscoitos na barraquinha na porta da sua casa, tudo a 1 dólar.

Caseiros e totalmente naturais, os biscoitos começaram a ganhar mercado e hoje eles são vendidos em um carrinho, em Nova Jersey. Para Cory, o segredo do sucesso está no preparo. “Eles são feitos com amor. E são totalmente naturais, sem nenhum conservante”, disse o garoto em entrevista à rede CBS News.

Para fazer o negócio funcionar, ele conta com a ajuda da mãe na operação, mais precisamente para assar os cookies. “Eu cuido das finanças”, disse Cory. Apesar do sucesso, Cory não precisou comprar um carro para a mãe. Durante sua participação no programa de TV, ele ganhou 10 mil dólares e um carro novo. Quando crescer, quer estudar em Princeton e ter ainda sua própria grife de roupas, segundo a Entrepreneur.

Leia Mais

Mulher liga para a polícia para pedir pizza e atendente percebe pedido de socorro; leia a conversa

pizza

publicado na Marie Claire

Uma mulher ligou para a polícia para pedir uma pizza de pepperoni, mas o que ela queria mesmo era ser socorrida após sofrer violência doméstica. A atendente, do outro lado da linha, percebeu a emergência e enviou uma viatura à casa da vítima. A conversa foi publicada na internet e, também, no jornal “Metro”.
“911 (número da polícia dos EUA), onde é a emergência?”
“123 Main St.”
“Ok, o que está acontecendo?”
“Gostaria de pedir uma pizza.”
“Senhora, você ligou para o 911.”
“Sim, eu sei. Gostaria de pedir uma pizza de pepperoni, com cogumelo e pimenta”
‘Ummm… sinto muito, você sabe que ligou para o 911, né?’
“Sim, você sabe quanto tempo vai levar para chegar?”
“Ok, senhora, está tudo bem aí? Você tem uma emergência?
“Sim, eu tenho.”
“E você não pode falar porque há alguém no local com você?”
“Sim, isso mesmo. Sabe quanto tempo vai demorar?”
“Tenho um policial a pouco metros de sua localização. Há armas na casa?”
“Não.”
“Pode ficar no telefone comigo?”
“Não. Até mais, obrigada”
A atendente, após desligar o telefone, verificou que no endereço já havia sido registrado outros casos de violência doméstica.
Quando os policiais chegaram na casa, descobriram que a mulher havia sido agredida violentamente pelo namorado, que estava bêbado.
Depois do incidente, a atendente falou: “acho que ela foi muito esperta em usar este truque. Definitivamente foi uma das ligações mais memoráveis”.

Leia Mais

Nenhuma cidade brasileira deu a Aécio votação maior que em Miami

publicado na Folha de S. Paulo

A cidade em que Aécio Neves (PSDB) teve o maior percentual de votos não está no Brasil, mas nos Estados Unidos. Em Miami, o tucano atingiu 91,79% dos votos válidos, contra 8,21% de Dilma Rousseff (PT). Lá, Aécio teve no total 7.225 votos, enquanto Dilma registrou 646.

A presidente Dilma venceu a eleição em segundo turno neste domingo (26), somando 51,64% dos votos válidos, ante 48,36% do tucano.

Em nenhum município do Brasil Aécio teve um percentual tão expressivo de votos quanto na cidade americana. Sua melhor votação em termos percentuais aqui foi em Nova Pádua (RS), com 88,14%.

Já Dilma obteve seu melhor desempenho em Belágua. No município amazonense, ela conseguiu 93,9% dos votos válidos. No primeiro turno, havia conseguido 92,13%.

Em Caracas, na Venezuela, Aécio teve 70,86% (462 votos); Dilma atingiu 29,14% (190 votos).

miami

RESULTADO DA ELEIÇÃO 2014

A diferença entre os dois é a menor observada entre dois finalistas de uma eleição presidencial desde o fim da ditadura militar e a redemocratização do país. E pela terceira vez seguida, brasileiros reelegem um presidente.

O novo mandato de Dilma representa um triunfo de ordem pessoal e outro de natureza política. Criticada por ministros do seu governo e dirigentes do próprio partido, o PT, a presidente venceu apesar do desempenho ruim na economia e ao final de uma campanha marcada pelo desejo de mudança da maioria do eleitorado.

Leia Mais

Reino Unido dará dinheiro ou presentes para quem perder peso

reino-unido-dinheiro-emgracer

Publicado no Extra

O serviço de saúde do Reino Unido planeja combater a obesidade dando dinheiro ou presentes para quem perder peso. Mas, para isso, será preciso estar empregado. Mais de dois terços dos adultos no Reino Unido são clinicamente obesos ou estão com sobrepeso, representando um gasto de R$ 20 milhões por ano com o tratamento de doenças relacionadas com a obesidade.

A medida tem gerado polêmica no país. Segundo o médico Clive Peedell disse ao “Mirror”, a política não ajudará os desempregados e, por isso, não funcionará. Já o executivo do sistema de Saúde, Simon Steven, explica que a medida foi um sucesso nos Estados Unidos. “Os empregadores em muitos países dão dinheiro para os funcionários que, por exemplo, participem do Vigilantes do Peso ou façam regimes”, contou.

Segundo Steven, os incentivos podem variar dependendo da quantidade de peso que o trabalhador perdeu, e as pessoas seriam desafiadas a competir umas com as outras. A medida faz parte de uma reformulação do sistema de saúde, que já paga aulas para pacientes obesos. Contou, essa seria a primeira vez que o sistema receberia ajuda das empresas para combater a obesidade.

Leia Mais

Casados há 73 anos, marido e mulher morrem com 28 horas de diferença

casados-73anos-morrem-28horas

Publicado no Extra

Os americanos Helen e Joe Auer passaram mais de sete décadas juntos e até a morte só conseguiu separá-los por algumas horas. Na última semana, Helen morreu sentada em sua cadeira, em casa, aos 94 anos. Assim que percebeu a situação, Joe deu um beijo de despedida na mulher e sussurrou no ouvido dela: “Helen, me leve para casa”. Apenas 28 horas depois ele morreu, aos 100 anos de idade.

A família disse ao Cincinnati.com que sabia que o veterano da Segunda Guerra Mundial não conseguiria passar mais de uma noite sem seu grande amor. Os corpos do casal foram velados juntos, na mesma igreja em que eles se conheceram e casaram, em 1941.

casal-morre-junto

O casamento de 73 anos gerou 10 filhos, 16 netos, 29 bisnetos e um tataraneto. Sobreviveu aos 3 anos em que Joe passou em batalhas na Segunda Guerra Mundial. Quando o marido embarcou rumo aos conflitos na Europa, Helen estava grávida do segundo filho do casal. Durante a Guerra, ela conseguiu enviar uma foto dela com os dois filhos, Barry e Judy, que ele mantinha guardada na carteira. Joe só conheceu Judy quando ela tinha 3 anos de idade. “Essa foto nunca saiu da carteira dele. Na verdade, ela ainda está lá”, contou Jerry Auer, o filho caçula.

“É um momento de alegria. Mamãe e papai tiveram uma vida abençoada. Ela amava a família e os amigos. Amava se manter ocupada com a família”, disse Mary Jo Reiners, uma das filhas do casal. “Papai acreditava que seus filhos eram um presente de Deus, essa era uma grande responsabilidade para ele. Ele nos ensinou a servir a Deus e cuidar do planeta. Ele estava fazendo reciclagem no dia em que morreu”, recordou.

Por conta da grande quantidade de filhos, o casal sempre viveu com orçamento apertado e só conseguiu comprar o primeiro carro quando Joe se aposentou. Assim que o filho mais novo foi para o colégio, Helen começou a trabalhar como merendeira em uma escola da região, onde servia os lanches sempre cantando com as amigas. “Eles eram pessoas simples e humildes. Eles não queriam nada e tiveram tudo em troca. Se alguém estiver pensando em se casar, deveria se espelhar nos meus pais”, afirmou Jerry.

Leia Mais