Fotos mostram filmes Antes e Depois dos Efeitos Digitais

CinePop-11-650x400

Publicado no Cine Pop

O ano era 1975, quando Tubarão, de Steven Spielberg se tornou o primeiro blockbuster da história. Coincidentemente, ou não, o filme fazia uso de muitos efeitos técnicos, para criar o visual do vilão mecânico que movia a trama. Em 1977, Star Wars, de George Lucas, chegava para mudar de vez o jogo, nos transportando completamente para uma nova dimensão. Um mundo novo e mágico era criado do zero. No ano seguinte, em 1978, não menos importante para história técnica da sétima arte, o cineasta Richard Donner fazia você acreditar que um homem podia verdadeiramente voar, em Superman – O Filme.

Com a chegada da década de 1980, os blockbusters se consolidaram na indústria do cinema criando o que conhecemos de Hollywood. Daí seguiram verdadeiros clássicos modernos adorados, cujos efeitos especiais eram necessários para a trama. Filmes como Indiana Jones, De Volta para o Futuro, E.T. – O Extraterrestre, Poltergeist, Tron: Uma Odisseia Eletrônica, Os Caça-Fantasmas, O Exterminador do Futuro, Gremlins e tantos outros. Os chamados efeitos práticos (tudo o que é criado fisicamente e usado durante as filmagens) já começavam a dar lugar ao Chroma Key – efeitos colocados durante a pós-produção.

Na realidade, a técnica citada não é nova e era muito utilizada nos filmes de Alfred Hitchcock, por exemplo – no geral apenas sobrepondo imagens, com uma localidade externa. No fim da década de 1980 e início da década de 1990, os efeitos visuais criados por computadores já eram uma realidade. Cenários, objetos, localidades e personagens eram criados artificialmente pelas máquinas e inseridos em cena posteriormente. Assim, dinossauros voltavam à vida, robôs de metal líquido se desfaziam e recompunham-se, e encontros atemporais de personalidades falecidas eram possíveis.

Na década passada, ainda existia certa resistência, no sentido de que os filmes “virtuais” eram a minoria. Jogo que foi mudado com a chegada da nova década, na qual a tecnologia paira em tal patamar onde é difícil encontrar uma superprodução que não faça uso de cenários que não estão verdadeiramente lá. O fundo verde se tornou uma realidade tão presente no cinema atual de Hollywood quanto qualquer outro elemento pertencente a um filme. A praticidade veio junto com a artificialidade, e os profissionais da velha guarda, que valorizam mais os efeitos práticos, são cada vez mais raros. Nos EUA, é difícil encontrar um ator que ainda não tenha atuado com uma tela verde e precisado fingir um encontro com algo ou alguém que não está presente, ou estar em um lugar o qual apenas imagina.

O processo da captura de movimento também é uma realidade moderna e inovadora, na qual o ator é usado apenas como molde para a criação virtual. A atriz Zoe Saldana não aparecia em carne e osso na mega produção Avatar, por exemplo, embora seja a segunda em destaque na trama. O mesmo ocorre com o veterano na técnica, Andy Serkis, muito mais um ator virtual do que real. Há muito se fala em trazer atores de volta à vida para novas produções. A ideia é usada como tema central no importante O Congresso Futurista. Imaginem assistir a um novo filme estrelado por Audrey Hepburn ou Marilyn Monroe. Ou ao menos suas cópias digitais. Enquanto isso não acontece, veja abaixo imagens de produções recentes que usaram a técnica da já essencial tela verde.

CinePop-16
O macaco Caesar do reboot de Planeta dos Macacos é mais um personagem icônico criado por Andy Serkis, e computadores, é claro.
CinePop-14
O exterior da nave é todo criado em computador, na ficção Prometheus, de Ridley Scott.
CinePop-13
Outra cena toda criada apenas no computador, em Os Vingadores.
CinePop-9
Um helicóptero cai, ou será? O efeito foi usado em Duro de Matar: Um Bom Dia para Morrer.
CinePop-7
A captura de movimento cria robôs com movimentos bem reais, realizados por atores, no remake de RoboCop, do diretor brasileiro José Padilha.
CinePop-51
Outro exemplo de filme adulto que utilizou fundo verde foi Caçadores de Obras-primas, filme dirigido por George Clooney.
CinePop-8
Nem só os blockbusters utilizam a técnica. The Homesman, faroeste dirigido por Tommy Lee Jones, criou um cenário diferente para uma cena.
CinePop-10
Nenhum ator foi explodido realmente durante as filmagens de Os Vingadores.
CinePop-6
O astro Hugh Jackman não precisou levar um corte no rosto de verdade, em Wolverine – Imortal.
CinePop-42
Muitos não sabem, mas o tigre Richard Parker é uma criação digital, no filme As Aventuras de Pi.

 

CinePop-22
A eletrizante cena da ponte, no sucesso Godzilla.

Leia Mais

Google decide tirar Orkut do ar até o fim do ano

orkutrip

Bruno Romani, na Folha de S.Paulo

Maior rede social do mundo até 2011, o Orkut está perto do fim. O Google decidiu acabar com o serviço nos próximos seis meses.

A Folha apurou que a partir desta segunda (30), novos perfis não poderão ser criados e usuários antigos terão um período para poder exportar seus dados, como fotos e scraps. Uma ferramenta também permitirá converter o perfil do Orkut em perfil no Google+, rede social criada em 2011, mas que ainda tem pouquíssimos usuários.

O processo de desligamento deverá ser concluído até o final do ano, com a extinção completa do serviço.

Depois de 31 de dezembro, nem mesmo o endereço “orkut.com” deverá ser mantido pela empresa, visto que Orkut Büyükkökten, engenheiro turco criador da rede, deixou o Google há quatro meses e pretende manter controle sobre o domínio.

Atrativo do Orkut, as comunidades terão tratamento diferenciado. Ao menos parte delas não será apagada –ficará mantida de forma estática, “congelada”, como uma espécie de museu do serviço.

Em relação a perfis e comunidades suspeitos de envolvimento em crimes, como pornografia infantil, os dados de casos com investigação em curso serão preservados também até o final do ano.

Em julho de 2008, Google e Ministério Público firmaram um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) sobre o tema como resultado da CPI da Pedofilia.

No documento, o Google se comprometeu a comunicar os casos em que o material ilícito fosse divulgado e a preservar dados necessários à investigação do crime por um prazo de 180 dias, prorrogável por mais 180 dias.

JUSTIÇA

Em fevereiro, o MPF-SP (Ministério Público Federal em São Paulo) denunciou dois diretores do Google –segundo o órgão, desde 2010 deixaram de ser cumpridas ao menos 14 ordens judiciais em ações destinadas à apuração de casos de pornografia infantil envolvendo usuários do Orkut.

A companhia considera as acusações “ultrajantes” e diz que colabora com as autoridades brasileiras em investigações e cumpre “à risca todas as ordens judiciais que estão ao seu alcance”.

Leia Mais

Uma lista com os animais mais famosos (e fofos) de toda a internet

Publicado no Somente Coisas Legais

É difícil alguém que não goste, de jeito nenhum, de bicho. Este aqui,, por exemplo, é o Esqueminha, gato mascote do SCL. Ou seja, nós não fugimos à regra e também nos ligamos num animalzinho.

Sendo assim, e por conta da imensa quantidade de bichos famosos da internet, fizemos aqui uma lista com os que consideramos os mais engraçados, peculiares e, por que não dizer, fotos animais que apareceram por aí!

01. Booboo, a porquinha-da-índia modelo fotográfica

Porquinho-da-índia-3 worlds-cutest-guinea-pig-booboo-41

Megan van der Elst, uma jovem holandesa que adora fotografia, produziu um verdadeiro “book” para sua porquinha-da-índia Booboo. Foi ela publicar as imagens em seu site para que seu animal de estimação repercutisse. Era de se esperar, a internet adora um bichinho fofo.

02. Biddy, o porco-espinho que viaja mais do que você

porco-espinho-do-instagram-1porco-espinho-do-instagram-3

Eu não sei se Biddy, o porco-espinho, sabe disso, mas ele viaja muito mais do que eu! Seus donos estão sempre o levando para passeios e registrando tudo em fotos no Instagram. Claro que Biddy já é sucesso por lá!

03. Dash e Jumpy, dois cães skatistas

Cachorro-skatista

Clique aqui  e veja vídeos desses dois sobre skates, emendando algumas manobras inacreditáveis – especialmente se considerarmos que eles são cachorros!

Cachorro-skatista-2

04. A cadelinha que pensa ser um gato

Cão-que-parece-gato-6
Tally é uma cadela da raça husky siberiano que tem certeza absoluta de que é um gato. Criada em uma casa com vários felinos, ela gosta de fazer coisas que pensamos ser tipicamente reservadas para gatos, como se esconder em pequenos espaços e sentar com as perninhas dobradas sob o corpo. Veja mais sobre ela aqui.

05. Shyba, o cão que dorme com seu amigo Theo todas as tarde

theoandbeau10
Não falha uma, esses dois dormem juntos todas as tardes. A mãe do garoto, fotógrafa, começou a registrar a sesta dos dois e o resultado fez muito sucesso na internet. Veja mais fotos aqui.

06. A coruja que empoleira na mão de seu dono mesmo quando ele está desenhando

Untitled-91
Ele movimenta a mão para lá e para cá, mas a coruja não faz nem menção de abandonar o posto. Assista ao vídeo aqui.

07. Harlow e Sage, os amigos inseparáveis

harlowindi2
Conheça o fotogênico Harlow e o seu grande amigo canino Sage. Os dois cães são estrelas do Instagram. Lá eles aparecem fazendo brincadeiras no sofá, poses no carpete e até mesmo na mesa de jantar esperando para devorar um delicioso frango. Veja várias outras fotos da dupla aqui.

08. O cão que tira fotos com acessórios de moda

tumblr_n3isy1VQN11tw6rhwo1_r1_1280

Uma lista com os animais mais famosos (e fofos) de toda a internet
Zoey, o cão, usa os mesmos acessórios que Jasper, o garotinho, em inúmeras fotografias divertidas. Veja mais aqui.
09. Daisy, a gatinha fotogênica

Bowl Cat
Prepare-se para uma explosão de fofura – mais uma, né, considerando o teor desse post! As fotos que Ben Torode tirou de sua gatinha bem legais. Veja algumas delas aqui!
10. Koda, o minicavalo

article-1205022-05FC04C8000005DC-589_634x4681
Ele é tão pequeno que algumas pessoas acreditam se tratar de um brinquedo. Com 59 cm, Koda é uma miniatura viva de cavalo que leva uma vida de animal de estimação nos EUA, como um cão ou gato. Veja mais fotos.
11. Sam, o gatinho com “sobrancelhas de dó”

Sam-gato-com-sobrancelha-11 Sam-gato-com-sobrancelha-3

Sam não está triste ou deprimido, ele apenas nasceu com duas manchas pretas em seu pelo branco exatamente no local e no formato de sobrancelhas – e tristes. Além das fotos que selecionamos na galeria acima, há várias outras nesta conta do Instagram.

12. Estopinha, a cadela popstar

10003478_779739535392923_243557059_n1 1012085_775250635841813_2046938449_n1

Da internet brasileira, a Estopinha talvez seja a cadelinha mais famosa. Seu dono é Alexandre Rossi, que ficou conhecido pelo programa Dr. Pet, que era transmitido pela TV Record. Atualmente ele continua apresentando ou participando de diversos programas de rádio e televisão – e a Estopinha não perde a oportunidade de uma aparição.

13. O urso, o leão e o tigre que são praticamente uma família

leão-tigre-urso-amigos-1
Apesar de parecer improvável, esses três mantêm uma forte ligação desde filhotes. Já crescidos, essa “família” é uma das principais atrações do Zoológico que habitam. Veja mais aqui.

Leia Mais

As melhores fotos de 2014 feitas com um iPhone

Publicado no Hypeness

O que faz um bom fotógrafo: a câmera, a técnica, a criatividade ou o momento? As três últimas opções podem funcionar de forma sincronizada na receita, mas será que uma câmera poderosa é realmente indispensável? Estas fotos provam que não.

As imagens que você vê abaixo são as ganhadoras do iPhone Photography Awards, que elege as melhores fotografias que foram tiradas com nada mais que um iPhone. A premiação já está em seu oitavo ano e aceita qualquer imagem tirada com iPod, iPhone ou iPad. As regras proíbem qualquer alteração no Photoshop ou em programa de edição de imagens no desktop, mas o uso de apps para melhorar as imagens é permitido.

Entregue uma câmera não tão poderosa quanto a de um smartphone da Apple à pessoa certa e com técnica, criatividade e, claro, uma ajudinha da sorte (leia-se: luz, timing e personagens), ela irá lhe devolver fotos incríveis como essas:

Fotógrafo do Ano – Primeiro Lugar – Julio Lucas

iphone-photography-awards1Fotógrafo do Ano – Segundo Lugar – Jose Luis Fernandez

iphone-photography-awards2Fotógrafo do Ano – Terceiro Lugar – Jill Missner

iphone-photography-awards3Categoria Animais – Primeiro Lugar – Michael O’Neal

iphone-photography-awards4Categoria Crianças – Primeiro Lugar – Danny Van Vuuren

iphone-photography-awards6Categoria Arquitetura – Primeiro Lugar – Yilang Peng

iphone-photography-awards5Categoria Flores – Primeiro Lugar – Jenny Anderson

iphone-photography-awards7Categoria Alimentos – Primeiro Lugar – Alexa Sedl

iphone-photography-awards8Categoria Notícias/Eventos – Primeiro Lugar – Gerard Collett

iphone-photography-awards10Categoria Natureza – Primeiro Lugar – Felicia Pandola

iphone-photography-awards9Categoria Outros – Primeiro Lugar – Terry Vital

iphone-photography-awards11Categoria Estações do Ano – Primeiro Lugar – Coco Liu (mais…)

Leia Mais

Redes de fast food nos EUA aceitam desafio de fazer lanches iguais aos das fotos

McDonald’s, Burger King, Jack in the Box e Wendy’s participaram das provocações feitas pelo canal do Youtube Mediocrefilms

LANCHES FICAM PARECIDOS COM AS IMAGENS PRODUZIDAS EM ESTÚDIO (FOTO: REPRODUÇÃO / YOUTUBE)
LANCHES FICAM PARECIDOS COM AS IMAGENS PRODUZIDAS EM ESTÚDIO (FOTO: REPRODUÇÃO / YOUTUBE)

Publicado na Época Negócios

Não é nenhuma novidade que as refeições de fast food não são nada parecidas com as mostradas em suas propagandas. Mas um canal de vídeos do Youtube, o MediocreFilms, resolveu pedir aos gerentes de grandes lanchonetes que tentassem fazer lanches parecidos com os dos anúncios divulgados e o resultado foi, digamos, positivo. O canal registrou tudo em um vídeo (em inglês).

O MediocreFilms visitou quatro locais: o McDonald’s, o Burger King, a Jack in the Box e a Wendy’s. Primeiro, o comediante e ator Gregory Charles Benson, que apresenta o vídeo, pede a comida como um consumidor tradicional. Depois, ele a compara com o anúncio divulgado na internet e volta ao balcão para perguntar se um novo lanche, igual ao da imagem que está na caixa do produto, pode ser feito. Todos os funcionários topam o desafio.

Depois de pedir um Big Mac parecido com o da propaganda na maior e mais famosa rede de fast food do mundo, o apresentador pergunta ao vendedor, que ri com a situação, se alguém já havia feito o mesmo pedido e ele responde que não.  “Eu nunca ouvi isso antes”, afirmou o funcionário do McDonald’s. O sanduíche feito na segunda tentativa é mais parecido com a imagem que ilustra a comida na caixa de papelão.

As provocações também foram aceitas e tiveram ótimos resultados na redes Burger King, Jack in the Box e Wendy’s. No Burger King, o vendedor afirmou só cumprir ordens e que as imagens publicitárias não se parecem em nada com o que eles fazem no dia a dia. Ao fazer a refeição semelhante ao do comercial para Benson, a funcionária da Jack in the Box afirma: “Apenas para você”. A vendedora da rede Wendy’s justificou o visual do primeiro lanche oferecido ao apresentador afirmando que a imagem nem sempre é o que importa para o cliente, já que os lanches servem para matar a fome. Veja:

Leia Mais