Conteúdo marcado como fundamentalismo

A religião do medo

A religião do medo
Convencer fiéis a abdicar de recursos para sustentar supostos arautos do divino é explorar os efeitos sem alertar para as causas Frei Betto, em O Globo Muitos cristãos foram educados na religião do medo. Medo do inferno, das chamas eternas, das artimanhas do demônio. E quando o medo se apodera de nós, adverte Freud, transforma-se em fobia. Recurso sempre utilizado por instituições autocráticas que procuram impor seus dogmas a ferro […]

Deus, esse sacana

Deus, esse sacana
Alexandre Vidal Porto, na Folha de S.Paulo Se você olhar um mapa dos atentados do último fim de semana em Paris, verá que eles ocorreram ao longo do boulevard Voltaire. Não sei isso foi intencional, mas a associação do iluminista Voltaire a desatinos do fanatismo religioso confere a esses ataques terroristas uma simbologia adicional. Voltaire foi um dos principais defensores das liberdades individuais, e muito do que entendemos sobre a […]

Submissão

Submissão
O legítimo debate entre progressistas e conservadores não combina com o atual ritmo da Câmara, movida pela intimidação ideológica Publicado na Folha de S.Paulo Num futuro não muito distante, a aliança entre grupos políticos moderados e fundamentalistas religiosos obtém expressiva vitória eleitoral. Logo se estabelece, num país de tradições laicas e liberais, o predomínio da repressão, do obscurantismo e do preconceito. Em “Submissão”, polêmico livro de Michel Houellebecq recém-traduzido no […]

O que me ofende

O que me ofende
Contardo Calligaris, na Folha de S.Paulo Domingo passado, nas páginas da “Ilustríssima”, houve um debate (imperdível) entre Slavoj iek e João Pereira Coutinho. iek começou bem, mas terminou repetindo uma das mais persistentes trivialidades culturais dos últimos dois séculos: o Ocidente é hoje decadente, faltam-lhe valores –por isso, ele só poderia ser salvo por uma nova esquerda radical, animada por ideais fundamentais. Que cansaço. Não precisamos de fundamentalismo, novo ou […]

Viva a falta de respeito, humor não é ofensivo

Viva a falta de respeito, humor não é ofensivo
Gregorio Duvivier, na Folha de S.Paulo Um dos problemas de morrer é esse: vão falar muita asneira a seu respeito. E você já nem pode se defender. Não bastou serem fuzilados, os cartunistas do “Charlie Hebdo” foram vítimas de um massacre póstumo. Pessoas de todas as áreas de atuação lamentaram a tragédia, MAS (não entendo como alguém, nesse caso, consegue colocar um “MAS”) lembraram que o humor que eles faziam […]