Depois de posar em NY, Nana Gouvêa fará ensaio sensual em Auschwitz

publicado impagavelmente no Sensacionalista

A modelo Nana Gouvêa inova mais uma vez. Depois de posar em frente a destroços do Furacão Sandy, ela já prepara um novo ensaio sensual, dessa vez em Auschwitz. A assessoria da modelo divulgou um release informando que “Nana traz para o Brasil o conceito do Sensual Tragedy, no qual modelos pousam (sic) em lugares onde aconteceram grandes tragédias da humanidade. Para isso, nada melhor do que ir até Auschwitz”.

De acordo com o texto, o “estilo” celebra a alegria de viver. “O Sensual Tragedy mostra que viver é bom. E a sensualidade faz parte da vida”. A modelo seguirá em seguida para Chenobyl, lugar do acidente atômico que fez com que crianças nascessem sem cérebro. A assessoria esclarece que Nana não nasceu lá.

dica do Sidnei Carvalho de Souza

Leia Mais

Nana Gouvêa: fotos da subcelebridade em desastres históricos fazem sucesso nas redes sociais

Nana Gouvêa mostrou os danos causados pelo furacão Sandy em NY (Arquivo pessoal)

Definitivamente, na internet não há limites, principalmente quando o assunto são os memes. Ontem a pseudocelebridade Nana Gouvêa divulgou fotos dos desastres em Nova York, dizendo que “adora hurricanes – furacões”.

Nana deixou o apartamento onde mora com o produtor musical Carlos Keyes, em NY, para fotografar os danos que o furacão Sandy causou na cidade americana. Árvores derrubadas, carros destruídos e ruas vazias. O curioso não é o desastre propriamente dito, mas, sim, a falta de noção as poses e os lugares inusitados que a atriz moça escolheu para as fotos.

Nana Gouvêa em NY (Arquivo Pessoal)

O resultado não poderia ser outro: os internautas aproveitaram as poses micadas de Nana e, bingo, surge um novo meme: “Nana Gouvêa em Desastres”.

As fotos – montagens, é claro – mostram a Sebastiana (nome verdadeiro dela) em vários desastres históricos do mundo. Até um tumblr foi criado em ~homenagem~ a ela: nanagouveaemdesastres.tumblr.com/.

Confiram algumas imagens:

Guerra do Vietnã (1972)
Tsunami, Japão (2011)
Bomba Atômica, Hiroshima (1945)
Rebaixamento do Corinthians, Porto Alegre (2007)
Campo de concentração, Auschwitz (1943)
Titanic, Newfoundland (1912)

 

Leia Mais

Falsas fotos do furacão Sandy e memes circulam pelas redes sociais

Ricardo Fraga, no Tech Tudo

Com o avanço do furacão Sandy pela Costa Leste dos Estados Unidos e com o surgimento dos primeiros estragos causados pela intempérie, começaram a surgir diversas imagens falsas sobre supostos incidentes envolvendo a tempestade nas redes sociais.

Estátua da Liberdade

A primeira foto que mais circula pelas redes sociais é da Estátua da Liberdade com uma tempestade gigante se formando em sua cabeça. O site Mashable apurou que a foto é, na verdade, uma montagem sobre uma imagem de uma tempestade em New York, tirada em 2004 pelo fotógrafo Mike Hollingshead.

Foto fake mais compartilhada pelas redes sociais do furacão Sandy (Foto: Reprodução)
Foto original da tempestade em 2004 (Foto: Reprodução/Mike Hollingshead)

Um dos principais cartões postais dos Estados Unidos, a Estátua da Liberdade é, sem dúvida, o alvo preferido para a elaboração dessas imagens falsas. Além da mostrada acima, nesta outra foto a estátua estaria sendo atingida por ondas gigantes, quando, na verdade, é apenas uma cópia alterada da imagem utilizada na promoção do filme “The Day After Tomorrow” (“O Dia Depois de Amanhã”, em Português).

Em falsa imagem, Estátua da Liberdade é atingida por ondas gigantes (Foto: Reprodução/Mashable)
A imagem original faz parte da campanha promocional do filme The Day After Tomorrow (Foto: Reprodução/Mashable)

Ponte George Washington

Outra imagem que tem circulado no Twitter sobre o furacão Sandy mostra nuvens extremamente carregadas supostamente sobre a Ponte Brooklyn. A mesma imagem encontra-se à venda no Getty Images desde 2009 sob o título “George Washington Bridge” (“Ponte George Washington”).

Imagem de 2009 utilizada como sendo do furacão Sandy (Foto: Reprodução/Mashable)
Foto oficial disponível no Getty Images (Foto: Reprodução/Getty images)

McDonald’s inundado

Nem o McDonald’s se salvou do furacão Sandy. Ao mesmo é esta a ideia que uma imagem divulgada no Twitter quer passar. Mostrando diversos alimentos e móveis boiando na água, a mensagem afirma que a foto foi tirada em Virginia Beach.

Imagem mostra uma suposta lanchonete do McDonald’s sendo inundada após a passagem do furacão Sandy (Foto: Reprodução/Mashable)

No entanto, a imagem é apenas uma captura do vídeo “Flooded McDonald’s” (“McDonald’s Inundado”, em Português), que mostra uma réplica de uma lanchonete da rede sendo inundada lentamente pela água.

A foto do tubarão “famoso” nadando ao lado do carro, com as ruas inundadas voltou a tona também. A Galileu já havia feito uma matéria desvendando a “farsa” sobre o mesmo tubarão que foi publicada na época do furacão Irene.

Foto falsa do tubarão nadando ao lado de um carro em uma avenida inundada em New York (Foto: Reprodução/Instagram)

Memes

Não é só de imagens falsas sobre o furacão que as redes sociais estão cheias. Como o pessoal não tem muito o que fazer, aproveitou para criar diversos memes sobre a tempestade que está afetando os Estados Unidos.

Um dos filmes mais falados e controversos da atualidade, “Ted” foi utilizado em um dos memes sobre Sandy. Na imagem, os protagonistas, que não gostam muito de trovão, dizem ao furacão “Dane-se, Sandy!” (em uma tradução não muito literal).

Protagonistas de “Ted” mandam um recado ao furacão Sandy (Foto: Reprodução/Mashable)

A música do “Gangnam Style”, febre no mundo todo, também não foi poupada de virar um meme sobre o furacão. Na imagem, pode-se ler “’E se o Gangnam Style era uma grande dança da chuva e nós trouxemos esse furacão para nós?’”.

“Gangnam Style” vira meme sobre o furacão Sandy (Foto: Reprodução/O Globo)
Fotos de usuários no Instagram brincam com o furacão Sandy (Foto: Reprodução/Instagram)
A Estátua da Liberdade recebeu uma edição no Photoshop simulando o vento em sua “saia” (Foto: Reprodução/Instagram)

Confira abaixo um vídeo de um rapaz com uma máscara de “cavalo” na cabeça:

Papo sério

Obviamente não é só imagens falsas e memes que os usuários encontram nas redes sociais. A equipe do Twitter divulgou, no blog da empresa, uma listagem de perfis importantes que os usuários podem seguir para obter mais informações sobre o furacão Sandy.

A empresa criou, ainda, uma lista em seu perfil para assuntos governamentais @gov com informações de emergência e perfis locais para facilitar o acompanhamento das informações. Além disso, o Twitter deu dicas de como utilizar o serviço em situações de emergência, ensinando os usuários a como enviar mensagens via SMS e a seguir novos perfis também via mensagem de texto.

Leia Mais

“Furacão Sandy é culpa dos gays”, afirma pregador norte-americano

Publicado originalmente no Huffington Post

A Costa Leste dos Estados Unidos está tendo sua pior experiência com a fúria  do furacão Sandy, mas um pregador cristão fundamentalista está culpando a passagem da tempestade às lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT).

Em seu blog, o capelão John McTernan afirma que o motivo da passagem do furação Sandy (e uma série de outros acontecimentos recentes relacionados ao clima e a tendências de desastres naturais) seria culpa da comunidade LGBT e do apoio recente de Barack Obama À união homoafetiva.

“Deus está destruindo sistematicamente a América”, disse McTernan. “Basta olhar para o que está ocorrendo neste ano.”

E acrescenta: “Sandy é o furação mais poderoso já registrado, que pode causar danos catastróficos para todo o nordeste do país. Obama está 100% por trás da irmandade muçulmana, que jurou destruir Israel e tomar Jerusalém. Ambos os candidatos à presidência são pró-homossexuais e promovem a agenda gay. A América está sob julgamento político e a igreja não está percebendo disso.”

No início do ano, McTernan ligou o furacão Isaac com a comunidade LGBT, apontando para o fato de que a tempestade que trouxe altos riscos à população americana tenha coincidido com a suposta decadência de Nova Orleans.

“Nova Orleans continua escolhendo a decadência, com a homossexualidade aberta manifestada pelas ruas da cidade”, escreveu. “Pode ser que Deus esteja colocando um fim a esta cidade e sua maldade. A passagem do furacão Isaac é um sinal de que a paciência de Deus com os pecados da América está chegando ao fim.”

dica do Alexandre Melo Franco Bahia

Leia Mais