‘Show das Poderosas’, de Anitta, ganha versão gospel e bomba nas redes

salma-mendes1Publicado no UOL Música

A cantora gospel Salma Mendes gravou uma versão “cristã” de Show das Poderosas, do fenômeno do funk Anitta, batizada como Culto das Senhoras. A faixa de apenas 1min15, que entrou no ar no último dia 26 até esta sexta-feira (05) havia superado 200 mil visualizações no YouTube.

A paródia diz: “Prepara, que agora é hora do culto das senhoras, que oram e jejuam por horas e horas”. Salma, segundo o portal gospel Gnotícias, disse que a versão é só uma brincadeira: “Esse vídeo não visa ofender, criticar nem a Anitta, nem os cristãos, muito menos as senhoras do culto de oração… É apenas uma paródia que mistura ‘ficção’ com coisas que acontecem no cotidiano”, afirmou.

Veja o vídeo de Culto das Senhoras, versão gospel de Show das Poderosas

Veja o vídeo que a cantora postou para explicar o caso

Você lembra que viu primeiro aqui, neam? :D 

Leia Mais

Show da fé e da glória (versão gospel do Show das Poderosas)

clipe-funk-apóstolo-lima

título original: Show do poderoso Apóstolo Lima (clipe musical)

Rogério Lima, no Bobolhando

Apóstolo Lima é o enviado do Senhor, todo mundo já sabe. Todos sabem, também, que ele, de vez em quando, some sem dar motivo algum. Mas, quando ele retorna, sempre traz uma polêmica ou profundas reflexões para seus fiéis que sempre o acompanham.

Desta vez, Apóstolo Lima fez uma versão abençoada de “Show das Poderosas”, da Mc Anitta. Claro, com as devidas limitações orçamentárias que a Igreja da Busca do Senhor permite.

Então, senhoras e senhores, com vocês, a volta do ungido Apóstolo Lima:

Leia Mais

‘Amor à vida’ traz casal homossexual, vilão que é gay enrustido e ex-periguete que se converte e vira cantora gospel

Marcello Antony e Thiago Fragoso são Eron e Niko, casal gay que deseja ter um filho (Foto: Leo Martins)
Marcello Antony e Thiago Fragoso são Eron e Niko, casal gay que deseja ter um filho (Foto: Leo Martins)

Publicado originalmente no Extra

Além dos encontros e desencontros dos protagonistas Bruno (Malvino Salvador), Paloma (Paolla Oliveira) e Ninho (Juliano Cazarré), “Amor à vida”, de Walcyr Carrasco, que estreia no horário nobre, tem um hospital como um de seus cenários principais, já que a mocinha é médica, e fala sobre as diferentes famílias atuais.

- Das tradicionais às mais modernas, em suas novas formações. Quero falar também sobre o amor por um filho. A questão é quem tem mais direito: quem gera ou quem cria – questiona o autor, referindo-se ao dilema na vida de Paloma e Bruno, quando descobrirem que Paula (Klara Castanho), a menina que o rapaz cria como filha legítima, é a herdeira perdida da mocinha.

Malvino Salvador já vislumbra a confusão:

- Quando isso acontecer, Paloma vai acusá-lo de ter roubado a menina e Bruno não vai entender por que ela deixou que a filha fosse parar no lixo. Os dois vão se separar e brigar pela garota na Justiça.

Além desse drama, a novela traz Marcello Antony e Thiago Fragoso como um casal gay que quer ter um filho e contrata a barriga de aluguel Danielle Winits; um vilão homossexual enrustido e que é casado (Mateus Solano), e Tatá Werneck na pele de uma periguete louca para engravidar de um jogador, que vai se converter e virar cantora gospel.

Walcyr minimiza as previsíveis polêmicas:

- Não estou preocupado. Autor tem que ter coragem. Se não tiver, não pode ser autor.

Leia Mais