Evento gospel faz parte do São João de Caruaru (PE) e gera polêmica entre internautas


Jénerson Alves, especial para o Pavablog

Que Caruaru-PE (situada a 130km do Recife) é conhecida como ‘Capital do Forró’ todo mundo sabe. O que poucos sabem é que, em 2012, pela segunda vez, ‘Jesus’ vai se encontrar com ‘São João’ no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, espaço onde são realizadas as maiores apresentações dos festejos juninos. No próximo dia 20 de junho, acontecerá o 2º Chama Viva, evento que reúne cantores gospel no palco principal do São João de Caruaru.

Este ano, as atrações serão o Ministério Brasas no Altar, o cantor Erasmo Miguel (ambos de Caruaru), a Banda Som e Louvor e o cantor Mattos Nascimento. A exemplo do que ocorreu no ano passado, espera-se um público de cerca de 40 mil pessoas. O evento é apoiado por lideranças evangélicas, inclusive pela Associação dos Ministros Evangélicos do Agreste de Pernambuco (Ameape).

Para o organizador do evento, Jaelcio Tenório, essa é uma oportunidade de proclamar o Evangelho através da música regional. “Nosso objetivo é transmitir uma mensagem de paz e esperança para as famílias, por meio da música”, declara Tenório.

No entanto, os ritmos e o ambiente do evento provocam polêmica. Extremistas e liberais entram em controvérsia, sobretudo no ambiente virtual. Pelo Facebook, propagandas extraoficiais do Chama Viva abrem portas, tanto para aplausos quanto contestações. No entendimento de alguns cristãos, o Pátio de Eventos é um lugar consagrado às forças das trevas, por servir para a realização de shows seculares.

Um usuário da rede social, chamado Carlos Eduardo, é um dos críticos com relação ao evento. “ e satanás zomba com DEUS por essas coisas assim feitas dizendo seu nome em vão infelizmente mais o lado bom sinais que a vinda de JESUS ta perto… amem!1 eassim sao os dele ap.14;17”, posta (com esses erros gramaticais, mesmo).

Por outro lado, o internauta Paulo Nailson comenta: “Ritmo é embalagem, letra é conteúdo. Não é o Ritmo que me preocupa e sim a letra. Gosto de dizer que não é o lugar que faz a pessoa e sim a pessoa cheia do Espírito Santo que faz o lugar”.

foto: Diogenes Barbosa

Leia Mais

Brenda, filha do cantor gospel Regis Danese, está em estado grave na UTI

 	Brenda Danese (de vestido) foi diagnosticada com leucemia no final de janeiro

Publicado originalmente na Caras

Com leucemia, a filha do cantor gospel Regis Danese (38), Brenda (2), está internada em estado grave há alguns dias. A menina começou a passar mal e foi levada para a UTI, onde recebe plaquetas e cuidados médicos. “Depois da última quimio, a Brenda teve complicações e começou a vomitar sangue sem parar, está na UTI, é grave, Deus é maior. Ai, está doendo muito, mas Deus está no controle, senhor Jesus, tu tens um plano na vida da Brendinha, eu creio nos teus milagres! Brendinha continua na UTI tomando plaquetas duas vezes por dia”, comentou o artista, nesta segunda-feira, 4, em seu Twitter.

Brenda passou por uma cirurgia no dia 1º de junho para a retirada do cateter da quimioterapia. “A Brendinha entrou para o bloco cirúrgico para retirar o cateter que tinha infeccionado, vamos orar”, disse ele na rede social, logo após ele disse que o procedimento foi bem sucedido.

Agora, com a filha em recuperação, Regis pede orações aos fãs. “Gente, vamos reforçar nossas orações pela vida da Brendinha, vamos jejuar mais pela vida dela em nome de Jesus! Nos ajude, Deus abençoe!”, escreveu o cantor, que iniciará um jejum nesta terça-feira, 5, pela saúde da herdeira. “Vamos começar amanhã um jejum de Daniel pela vida da Brenda, 21 dias só de água, legumes, verduras”.

Leia Mais

Monarco compõe samba gospel, influenciado pelo filho, Mauro Diniz, que virou evangélico

A família Diniz

Sara Paixão, no Extra

A família Diniz é um exemplo de parentes que rezam a mesma cartilha. A começar pela paixão pelo samba, incentivada com rigor pelo patriarca Monarco. Mas alguma coisa acontece na dinastia mais respeitada entre os sambistas. Desde que Mauro Diniz, filho mais velho do líder da Velha Guarda da Portela, converteu-se à Assembleia de Deus, a música gospel entrou na vida deles e não vai tardar para pintar o primeiro samba desta categoria com a assinatura da grife.

— Eu vou com Mauro na igreja dele. E acho bom. Lá dentro ninguém leva bala perdida. Outro dia fiz uma primeira parte de um samba que começa assim “Evangelizei a minha vida / Ela era tão sofrida / Mas agora é feliz / Abri meu coração para o bondoso Deus / Era triste o sofrimento meus (sic) / Hoje vivo bem graças ao Senhor / Ao lado de um verdadeiro amor”, cantarola Monarco, até então, católico.

Mauro está orgulhoso da família. Claudia, mulher dele, mais tranquila. Os filhos do casal, Juliana, Tereza e Matheus, também estão frequentando os cultos.

— Desde que nos convertemos em Cristo, estou tendo uma felicidade que nunca tive. Era o rei da boemia. Gostava de uma cachacinha e parei de beber — comemora Mauro, que também deixou de cantar um verso da música “Meu lugar” (aquela do refrão “Madureira”), que fez em parceria com Arlindo Cruz: — Eu não falo mais aquela parte (“O meu lugar é caminho de Ogum e Iansã”). Mas o público canta. E o Arlindinho entende. Tinha até pastor no casamento dele.

Outro parceiro de samba que Mauro espera ver convertido é Zeca Pagodinho:

— Zeca me chama de reverendo. Ele tem uma fé inabalável. Canaliza para um lado (a umbanda). E é mais fácil levar alguém que acredita em algo do que um ateu.

Gravação de DVD na Cidade do Samba

Na quarta-feira, quando todos eles se reunirão no “templo”, a Cidade do Samba, para a gravação do DVD “Família Diniz, um coração azul e branco”, o público pode esperar ainda a participação de Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e os catedráticos da Velha Guarda da Portela.

— Quando meu avô me viu cantando bossa nova, disse que não era para eu cantar aquilo — lembra a neta Juliana Diniz.

Monarco confirma a história:

— Já pensou se meus herdeiros fossem cantar rock? Fico feliz porque eles vêm na minha trajetória.

O show será aberto apenas para os 200 primeiros fiéis do samba que chegarem a partir das 19h no local, com 1kg de alimento não perecível.

foto: Luis Alvarenga

Leia Mais

João Gordo deixa Ratos de Porão e se converte ao evangelho


x
Publicado impagavelmente no Sem título ainda…

O movimento punk acordou um pouco mais triste nesta manhã. João Francisco Benedam, mais conhecido pelos fãs de rock como João Gordo, anunciou nessa quarta-feira a sua saída da banda Ratos de Porão. A notícia e o motivo não são tão inusitados quanto parece: ele se converteu ao cristianismo evangélico.

João Gordo já havia dado indícios desse caminho ao assinar contrato com a Rede Record, sendo, atualmente, um dos âncoras do programa Legendários, exibido aos sábados e apresentado por Marcos Mion.

Segundo o cantor e apresentador, esse era um caminho natural.

“Ah, cara. Eu já vivi muita loucura. Quem acompanhou minha carreira (e não foram poucas, risos) sabe que se eu estou aqui, nesse momento, dando essa entrevista, é porque alguém lá em cima gosta muito de mim. Não estou traindo o movimento nem nada do tipo, mas chega uma hora em que você escuta o chamado. É algo que você não consegue explicar. Estou seguindo apenas o que o meu coração diz. Espero que os fãs do Ratos de Porão entendam esse momento e me apoiem”.

Nas redes sociais, muitos fãs já começaram a comentar sobre o assunto. Alguns mais exaltados alegam que a conversão de João Gordo seja uma imposição da emissora em que o cantor trabalha atualmente, uma vez que ela é ligada à Igreja Universal do Reino de Deus.

Durante o comunicado à imprensa, João Francisco Benedam (que agora pretende deixar de lado o apelido “Gordo”) disse que está planejando uma “turnê” pelo Brasil para divulgar o seu testemunho, a fim de incentivar outras pessoas se converterem.

“Ao contrário que muita gente pensa, não estou abrindo mão de quem eu fui ou sou. É claro que o passado vai ficar para trás, mas eu quero transmitir uma mensagem positiva às pessoas. Todo mundo pode mudar para melhor, basta apenas o incentivo certo. E, nesse caso, não há melhor incentivo que Jesus”.

O apresentador, atualmente com 48 anos, continuará a fazer parte do elenco do humorístico Legendários.

Saiba mais clicando aqui.

dica do Douglas Negrisolli

a falta de noção em parte dos quase 200 comentários torna a piada ainda melhor. ou não.

Leia Mais