Arquivo da tag: gospel

Bruna Marquezine frequenta grupo de jovens evangélicos

Entidade é ligada à Igreja Batista

foto: Agnews

foto: Agnews

Publicado no MSN Entretenimento

Quem vê as cenas quentes de Bruna Marquezine na TV, ou a bela gravando com pequeninos biquínis na praia, nem pode imaginar que a atriz agora tem uma atividade mais conservadora.

Há quatro meses Bruna frequenta um grupo de jovens evangélicos do ministério Soul da Esperança. A entidade é ligada à Igreja Batista, de acordo com a revista “Veja”.

Vale lembrar que o ex-namorado da atriz, o jogador Neymar, é evangélico e frequenta também a Igreja Batista há anos. Inclusive, quando namoravam, o atacante do Barcelona chegou a levar Bruna aos cultos.

A atividade espiritual não tem impedido Bruna de abusar de sua sensualidade nas cenas como Luiza, na novela “Em Família”. O fato foi elogiado pelo autor Manoel Carlos.

“Bruna tem um despudor para representar só visto nas grandes atrizes. Além de uma beleza e um frescor incontestáveis”, afirmou.

Evangélico fervoroso e reservado: o irmão Fred dentro da igreja

GloboEsporte.com acompanha culto frequentado por centroavante do Fluminense

Igreja que Fred frequenta tem cadeiras acolchoadas, telão e câmeras para filmar o culto (Foto: Hector Werlang)

Igreja que Fred frequenta tem cadeiras acolchoadas, telão e câmeras para filmar o culto (Foto: Hector Werlang)

Hector Werlang, no Globo Esporte

Fred não é pontual, prefere ser precavido. Chega com antecedência de 24 minutos. Veste-se de forma discreta: sapatos, calça e camiseta polo pretas. A bíblia, carregada pela mão esquerda, chama atenção só para quem é de fora. Afinal, foge à regra da imagem do centroavante do Fluminense e da Seleção que rodou o país através de um vídeo na internet, onde aparece beijando uma desconhecida no meio de uma avenida em Belo Horizonte, no ano passado. A presença na Igreja, no entanto, diz muito sobre a nova fase do jogador, embora não seja capaz de fazê-lo notado ao entrar na sede da Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul (Ceizs), no bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro.

Ele caminha sem ser abordado com pedidos de fotos ou autógrafos. Gritos femininos? Choros desesperados por atenção? Apelo de pais por um agrado aos filhos? Nada. O que é comum em treinos e jogos, seja do Tricolor ou do Brasil, inexistem na igreja. Por cerca de 100 metros até sentar na sexta fileira de cadeiras acolchoadas, mantém o olhar ao palco. Lá acontece o culto que passou a frequentar rotineiramente em janeiro. A cargo do pastor Marco A. Peixoto, o tema abordado na ocasião foi “o Rio de Janeiros sob trevas”. Especificamente: os efeitos, no entender dele, negativos do Carnaval.

Passar praticamente despercebido não impede que um homem se aproxime de Fred. Não é fã. Sim, um irmão de culto. Os dois conversam. O atleta desliga o celular. E rumam à primeira fila. Ficam perto do palco que, antes da pregação, é tomado por uma banda de música gospel. O camisa 9 canta. Sabe as letras de cor. Se mexe como quem quisesse dar uns passinhos – algo feito por todos os cerca de 5 mil presentes. Ele está pronto para o que está por vir.

O GloboEsporte.com acompanhou a reunião da Ceizs na última segunda-feira. E, a seguir, relata como é Fred dentro da igreja. A partir das 19h30m, ele se revelou ainda um evangélico fervoroso. Irmão que canta, presta atenção à pregação, reza e praticamente fecha a igreja, já que só foi embora após conversar com dois pastores em particular por quase 50 minutos, quando o local já estava vazio.

fred ou, simplesmente, irmão

Fred apareceu no treino do Flu nas Laranjeiras usando uma camiseta da igreja (Foto: Reprodução)

Fred apareceu no treino do Flu nas Laranjeiras usando uma camiseta da igreja (Foto: Reprodução)

Entrar na sede da Ceizs dá a impressão de se estar em uma enorme sala de cinema – antes de virar igreja, o prédio de número 72 na Praia do Flamengo era um local de exibição de filmes. O ambiente é amplo. Tem banheiros, masculino e feminino (este geralmente com filas), bebedores, ar-condicionado central, circuito interno de TV. Tudo controlado por funcionários e seguranças. Há, ao lado, um estacionamento, onde Fred deixou a sua caminhonete BMW após treinar nas Laranjeiras.

O “aparato de show” causa inveja. São duas câmeras, uma posicionada naquela grua que a torcida se acostumou a ver atrás dos gols nas transmissões de jogos, e um ensurdecedor sistema de som: bateria, guitarra e demais equipamentos musicais. Sem falar na iluminação e de um telão dignos de casas de espetáculo.

- Ele andou meio sumido nos últimos tempos, mas desde janeiro passou a frequentar de novo. Sempre vem sozinho. Senta na primeira fila. É um irmão exemplar: vem com bíblia em mãos, canta e faz as orações – diz uma frequentadora do local.

Se as pessoas não o abordam, ao menos falam dele. Antes de o culto começar, foi possível perceber que Fred era assunto. Um grupo de jovens, ao falar de uma pelada disputada entre eles, logo lembrou do centroavante.

- Será que ele vem hoje (segunda-feira)?

- Claro, é nosso amigo. Vai aparecer, pode apostar. Ele se converteu e deixou Jesus entrar na sua vida – apostou um deles.

Os fiéis não sabem o motivo de Fred ter entrado para a igreja. Não especulam se foram as lesões: sofreu uma na coxa direita em 2013, que o afastou por quase cinco meses dos gramados, e este ano teve outra no mesmo local, que o impediu de disputar o clássico contra o Flamengo no Campeonato Carioca. Ou se é a falta de gols: tem dois apenas na atual temporada. Aliás, dizem que não existe motivo para “ter Jesus”. E não o veem como jogador.

- Aqui, ele é mais um. E nós, juntos, formamos uma família. Não nos interessa o jogador Fred, mas o irmão Fred – filosofa outro presente ao evento.

Há quem o defenda também. Recentemente, perguntado sobre Fred frequentar a igreja, o treinador Renato Gaúcho duvidou da informação. Disse não acreditar que o camisa 9 é um atleta de Cristo.

- Foi um deboche. Renato fala sem saber, sem conhecer. Deveria vir aqui e ver como funciona… – defendeu um dos participantes.

Fred já o fez: conheceu e gostou. Só não quis comentar o hábito com a reportagem.

- Ele é reservado, não gosta de exposição demasiada. Assuntos pessoais como família, filha… Nem levo a ele. Ele gosta de se preservar. Ele frequenta a igreja desde cedo. Só veio à tona agora – disse Francis Melo, assessor de imprensa pessoal de Fred desde os tempos de América-MG, no início da carreira. Continue lendo

Primeiro grande longa evangélico nacional tenta repetir sucesso gospel

Tuca Andrada como uma versão contemporânea do profeta Elias em cena do filme (foto: Divulgação)

Tuca Andrada como uma versão contemporânea do profeta Elias em cena do filme (foto: Divulgação)

Guilherme Genestreti, na Folha de S.Paulo

Em vez do deserto bíblico, o cenário é a caatinga pernambucana. O profeta Elias vira um pregador do sertão; Eliseu, o que faz a água brotar das terras secas, é um engenheiro atuando na transposição do rio São Francisco.

A trama de “A Palavra” é a aposta para levar fiéis evangélicos às salas de cinema.

O precedente é favorável: em 2012, “Três Histórias, Um Destino”, coprodução Brasil-EUA baseada em livro do pastor R.R. Soares, fez R$ 530 mil de bilheteria só nos primeiros três dias de exibição. Foi visto por 288 mil pessoas.

A empreitada, com estreia prevista para o segundo semestre, juntou uma advogada que nunca havia atuado como produtora, um cineasta ateu que iniciou em pornochanchadas e um elenco global com Tuca Andrada, Oscar Magrini e Luciano Szafir.

“Tem muito filme evangélico importado, muita coisa amadora, mas nada 100% brasileiro”, diz a advogada pernambucana Zitah Oliveira, 45, evangélica, que criou a produtora Anjoluz para tocar o longa.

Frequentadora da Assembleia de Deus, Zitah diz ter contado com a ajuda de fiéis de várias igrejas para filmar. “Não tem uma bandeira, é um filme feito por evangélicos.”

Dirigido, no entanto, por alguém estranho ao meio: o cineasta paulista Guilherme de Almeida Prado (“A Dama do Cine Shanghai”, “Perfume de Gardênia”). “Meu último projeto tinha sido um fiasco de bilheteria. Não estava fazendo nada, aceitei o convite”, diz ele, responsável também pelo roteiro.

“Me deram total liberdade. Só pediram para que fosse sobre os profetas do Velho Testamento”, diz Almeida Prado. Seu último filme, “Onde Andará Dulce Veiga?”, é de 2008.

O diretor escalou parte da equipe técnica. No elenco, chamou Magrini para fazer o papel de um político corrupto, inimigo do engenheiro Eliseu (Tuca Andrada, que também interpreta Elias).

O filme está orçado em R$ 2,3 milhões. “Não tem igreja financiando, mas quem tinha mercadinho contribuiu com alimento, quem tinha equipamento emprestou”, diz Zitah.

A bilheteria de shows gospel, organizados pela produtora, ajudou a bancar custos.

“A comunidade evangélica é forte na música e na TV, mas falta gente especializada em cinema, em geral feito por gente da classe média-alta”, diz Ricardo Mariano, professor de sociologia e pesquisador do tema.

ENSAIO

Segundo Mariano, “A Palavra” é um “ensaio” para testar a fidelidade desse público, “não muito habituado a frequentar salas de cinema”.

Ele afirma, contudo, que o cinema evangélico pode repetir o sucesso do espírita. Em 2010, os longas “Chico Xavier” e “Nosso Lar” somaram quase 8 milhões de brasileiros à salas de exibição.

“Envolveu muita gente que não estava acostumada a ir ao cinema”, diz Mariano.

A Graça Filmes, maior distribuidora de filmes evangélicos do país, espera repetir o feito de “Três Histórias, Um Destino”, que ela produziu.

A empresa, ligada ao pastor R. R. Soares, da Igreja Internacional da Graça de Deus, tem dois projetos engatados: a coprodução “Redeem” ( “redenção”), prevista para 2015, e uma cinebiografia do músico gospel Thalles Roberto.

Moranguinho confirma interesse de Naldo por carreira gospel e diz que é um desejo da sogra: ‘Vai acabar acontecendo’

Naldo e Moranguinho Foto: Instagram

Naldo e Moranguinho Foto: Instagram

Publicado no Extra

Se decidir mesmo trocar a vodca e a água de coco por orações e dizeres religiosos, Naldo Benny contará com o apoio da mulher, Ellen Cardoso. Grávida do primeiro filho do casal, Moranguinho é a principal incentivadora para que o marido se transforme num cantor gospel. “Esse é um desejo da mãe dele e também meu. Sei que isso vai acabar acontecendo um dia, só não sei quando. As coisas estão encaminhando para isso”, diz ela, que foi convertida há quatro anos pela mãe do cantor.

Em tempos, o casal tem frequentado cultos religiosos e até foi visitar um pastor em Minas Gerais na semana passada. Lá, Naldo recebeu oração e “o chamado para o caminho do Senhor”, como mostra um vídeo publicado pelo cantor gospel e amigo de Naldo, Thalles Roberto, na internet.

Por conta da gravidez, Moranguinho conta que deve ficar bem longe da folia no carnaval. “Vou ficar de molho, quietinha e acompanhando o Naldo nos lugares que ele fará show”.

Naldo se converte e pode seguir carreira gospel

O cantor recebeu oração do pastor Job Roberto em Minas Gerais e pode dar uma guinada em sua carreira musical

nal11Publicado originalmente na Caras

O cantor Naldo pode deixar de lado a carreira no funk e se dedicar à música gospel em breve.

Por orientação do cantor Thalles Roberto, o marido de Ellen Cardoso passou alguns dias em Passos, no interior de Minas Gerais, nesta última semana e recebeu uma oração especial do pastor Job Roberto da Silva.

Naldo Benny recebendo de Deus em Passos-MG, terrinha do profeta simples e humilde Pastor Job, um homem que tenho o orgulho de ter como PAI. Isso não pode faltar no processo da volta! Eu passei por isso. A mãozada do pastor Job Roberto da Silva na cachola! Homem íntegro e sério com as coisas de Deus! Naldo, conta comigo no processo de volta! Sem Jesus, sem os 3, a vida não tem graça! Te amo negão! Sejam cheios do Espírito Santo“, escreveu Thalles na legenda do vídeo que mostra o momento exato da conversão do funkeiro.

No vídeo, é possível ver o pastor dizendo: “Deus mudará tudo. E você vai ser um cantor de Jesus. Ele está falando a você, que ainda não tá entendendo. Meu filho, chegou a hora, volta. Eu te quero pra mim“. Naldo aparenta estar muito emocionado e chorando. O cantor também já aparece vestindo a camiseta do ministério de Thalles.

Naldo Benny aqui na minha casa para dias de comunhão e oração! Mudança de vida, Aleluia! Nada é melhor pro Pai do que sentir o cheiro do filho voltando! Deus está fazendo coisas maravilhosas na vida desse homem! Naldo, te amo meu irmão, te amo demais, conta comigo no processo, TE AMO! Deus tem promessas poderosas e tamo junto“, disse o cantor gospel em uma foto que aparece segurando as mãos da Naldo.

naldo-e-thallesNaldo, por sua vez, agradeceu o encontro e as orações ao lado do amigo em Minas Gerais. “Thalles Roberto, maravilhoso estar com você, meu irmão, coisas boas que só Deus faz! É ‘nox’ aqui na casa do meu brother em Passos M-G. Que coisa boa negão viver essas experiências, com sua vivência na vida de Deus e com Deus, cada vez ficando mais forte, obrigado pelo seu abraço com fogo do Espírito Santo, e me acolher como irmão. Deus nos abençoe negão”, escreveu o funkeiro em sua conta no Instagram.

Recentemente, Naldo estava a caminho de um show no Rio de Janeiro e disse que o Espírito Santo o encaminhou para o show de Thalles na cidade. No mesmo dia, confirmou-se a gravidez da mulher, Ellen Cardoso. O cantor deu um emocionante depoimento na internet:

O dia havia sido estranho para mim. Ao acordar à noite para ir fazer meu show que seria na Barra da Tijuca, ao passar em frente ao Barra Music no meu carro, senti um mover diferente. Era o ESPÍRITO SANTO, que me fez dar a volta no caminho e, dentro de mim, dizia bem forte: ‘Se for de Deus, vai dar tudo certo’. Entrei no show do meu amigo, talentoso, homem de Deus Thalles Roberto. Foi incrível, e eu com o tempo apertado por conta do meu show. Mas vinha toda hora na cabeça, ‘fique tranquilo, eu estou no comando’. E para quem sabe, isso é Deus falando e ponto final. Contei isso para o povo de Deus, no palco com o Thalles ouvindo tudo. O povo gritando ‘Volta pra Jesus’, e aos gritos, cantando o refrão de ‘Arde Outra Vez’. Não tenho dúvidas, quem me fez fazer o retorno, e ir ao palco cantar ‘Clareia’ com Thalles foi o ESPÍRITO SANTO DE DEUS. Galera, não se assuste com novidades. É chegado o tempo do mestre na minha vida. Quem está comigo é o Deus de Israel, O SENHOR DOS SENHORES. Ae Negão, TE AMO MUITO, Thalles Roberto. Vai preparando o groove, que o papai está no comando. Tamo junto negão. DEUS NOS ABENÇOE. Vou ser papai de novo. Entrego esse novo momento nas mãos do meu mestre, filho é benção. E Deus é Fiel. Vamo NO FLOWW, cheios do ESPÍRITO SANTO“, escreveu.

O funkeiro também se mostrou feliz com a reaproximação do filho, Pablo, após diversos desabafos públicos do jovem pelas redes sociais.