Toy Story voltou

Toy-story-dinos-fogo-curta-640x346

publicado no Up date or die

Quem estava com saudades poderá ter o gostinho de vivenciar mais uma história de Woody, Buzz e seus amigos em um curta de animação natalino.

O título será “Toy Story That Time Forgot“, e reunirá todo o elenco original, incluindo os dubladores Tom Hanks, Tim Allen, Joan Cusack, Wallace Shawn, Kristen Schaal, Timothy Dalton e Don Rickes.

A animação será dirigia por Steve Purcell (co-diretor de “Valente”) e sua exibição prevista para o dia 2 de dezembro no canal americano ABC não tem previsão de lançamento por aqui, o que só aumenta a ansiedade dos fãs do filme no Brasil.

Confira o poster e o vídeo do curta:

Toy-Story-That-Time-Forgot-poster-432x640

Leia Mais

7 hábitos que tornam você infeliz e incompleto

noticia_93699
publicado no Administradores

Fazemos muitas coisas para sermos felizes, mas não importa o que fazemos ou o quanto conquistamos, às vezes ainda nos sentimentos miseráveis e incompletos. Ser feliz não é apenas sobre fazer mais, mas fazer as coisas certas.

O site Lifehack listou sete coisas que você (provavelmente) não está fazendo e, por isso, se sente infeliz, miserável e incompleto na maior parte do tempo. Confira:

1. Você não descobriu seu propósito

As pessoas mais felizes e mais satisfeitas são aquelas que acordam sabendo o que vão fazer a cada dia. Elas sabem o que as deixam felizes, o que as excita e isso é o que dá sentido às tarefas do seu trabalho. Se você está se sentindo infeliz e preso ao seu trabalho é porque ainda não descobriu o te move. Não tenha medo de fazer essa incrível descoberta e, se necessário, começar tudo de novo.

2. Você não sabe qual o seu potencial

Não importa qual seja o seu propósito, persegui-lo nem sempre é um mar de rosas. Haverá dias que você não se sentirá com vontade de trabalhar, vai estar desanimado com seus resultados ou a falta deles e é por isso que as pessoas desistem de seus propósitos. Quando você sabe o que pode realizar, também é capaz de se esforçar para atingir o máximo do seu potencial mesmo que apareçam os maiores obstáculos no caminho.

3. Você não está recebendo amor

Muitas pessoas se sentem infelizes porque procuram o amor e aprovação de outras pessoas. Elas buscam afirmação de chefes, colegas e outras pessoas. Elas procuram constantemente por amor nos lugares errados. Abra-se e receba o amor que já está disponível para você e você vai perceber o quão abençoado realmente é. Existem pessoas que te amam mais do que você sabe e eles te amam incondicionalmente. Você apenas tem que olhar nos lugares certos.

4. Você não está dando amor

Ao contrário da maioria de nós, atletas e celebridades não têm nenhum problema de receber o amor de outras pessoas. Mas, muitos deles caem em depressão e dependência. Mesmo no auge de suas carreiras, muitos atletas e celebridades se tornam infelizes. Por quê? Porque assim balões como recebem ar, eles recebem muito amor até que simplesmente estouram. As pessoas não são projetados para apenas receber amor, mas também para dar amor. Elas têm uma profunda necessidade de fazer a diferença.

5. Você não assume responsabilidades

Costumávamos depender de nossos pais para decisões importantes em nossas vidas, como qual escola se matricular em que rumo tomar. Dependemos até mesmo dos nossos chefes para nos dar direção para nossas vidas. Então, perguntamos por que se sentir miserável e culpar outras pessoas! Mas a realidade é que eles não assumem o controle de nossas vidas. Damos-lhes o controle. As pessoas felizes e satisfeitas tomam de volta o controle das outros pessoas. Elas pegam de volta a responsabilidade por suas vidas. Eles fazem suas próprias escolhas e as suas próprias decisões. Eles agem e vivem a vida que eles querem, não o que os outros querem viver. Não permita que ninguém ou nada para impedi-lo de prosseguir com o seu propósito.

6. Você não consegue se livrar de crenças limitantes e responsabilidades auto-impostas

Na maioria das vezes, não são as outras pessoas que estão impedindo você de alcançar a grandeza dentro de você. Na maioria das vezes, é você que impede a si mesmo, desencorajando a conversa interior. Deixe de lado suas crenças limitantes. As coisas podem não ser tão fáceis como parecem ser. Mas, elas não são tão duro como você acha que são. Você provavelmente irá ter sucesso no que você tenta. É só tentar. Além disso, deixe de lado suas responsabilidades auto-impostas. O mundo tem muitos problemas, mas não é você que irá resolver todos eles.

7. Você não está focando no momento presente

Muitas pessoas são infelizes porque estão muito presas no passado ou vivendo muito longe no futuro. Elas estão presos em suas mágoas ou na glória do passado, se preocupando muito com as coisas que provavelmente não vão acontecer, ou com o futuro sucesso, portando não podem desfrutar do que já têm. A única maneira que você pode viver uma vida feliz e realizada é vivê-la ao máximo um dia de cada vez.

Leia Mais

Produto com dois preços poderá ser levado para casa de graça em todo o país

2012052884545-1

publicado no O Globo

A exemplo do que já vale para os supermercados do Rio desde janeiro, com a assinatura de um acordo entre a Defensoria Pública e a associação de supermercados do estado, a Câmara analisa um projeto de lei que garante a gratuidade ao consumidor do produto com diferença entre o preço da prateleira e o do caixa em estabelecimentos comerciais. Pela proposta, somente o primeiro produto adquirido será gratuito. Para os demais produtos idênticos, o consumidor pagará o menor valor, de acordo com a Lei 10.962/04, que trata sobre preços e ofertas em produtos e serviços.

Uma novidade com relação ao acordo assinado no Rio é que a proposta federal prevê que o estabelecimento reincidente na prática de preços diferentes deverá pagar multa de R$ 1 mil por cada produto com erro. Pelo texto, os Procons também deverão publicar anualmente relação com os nomes dos estabelecimentos onde houve preços diferentes para o mesmo produto.

Segundo o deputado Severino Ninho (PSB-PE), autor da proposta, o consumidor brasileiro vem sendo frequentemente lesado nas compras em supermercados, farmácias e grandes lojas de departamentos em razão desta prática.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Leia Mais

Mudanças climáticas podem acabar com macarrão ‘al dente’

publicado na Folha de S. Paulo

As mudanças climáticas podem trazer problemas também para a culinária italiana que pode deixar de ter o macarrão “al dente”, revela o estudo “Projeto Ager: pesquisa agroalimentar” realizado na Itália.

O buraco na camada de ozônio poderá alterar o ponto de cozimento do macarrão, ou melhor, o aumento dos gases do efeito estufa estimado em 30% a 40% nos próximos anos.

maca

O aumento de CO2 age como um fertilizante para as plantas, e entre elas o trigo, produto básico do macarrão. Com as taxas atuais de poluição teremos plantações de trigo mais ricas, com um aumento de até 20% na produção, mas pobres em proteínas, fator determinante para manter o macarrão “al dente”, quando a massa está cozida sem ficar mole, mostra o estudo realizado entre 2012 e 2013.

Os dados da pesquisa são resultado da análise de 12 tipos de trigo duro crescidos em condições com uma atmosfera contendo cerca de 570 ppm de gás carbônico, nível que se projeta para o ano de 2050.

O resultado mostra um aumento da biomassa vegetal e de produção, mas com menor conteúdo proteico. Para manter a massa “al dente” é necessário uma redução das emissões ou um grande trabalho genético”, conclui a pesquisa.

O estudo foi realizado pelo Centro de Pesquisa italiano de genética do Conselho para a pesquisa na agricultura (CRA) da localidade de Fiorenzuola d’Arda em colaboração com o Instituto de Biometeorologia do CNR de Florença.

Leia Mais