Arquivo da tag: guibonny

23 desesperos tecnológicos que você vivenciou na década de noventa

publicado no BuzzFeed

1. Esperar o momento exato da música começar na rádio para dar o play e gravar.

2. Calcular quanto tempo tinham as músicas para caber nos 30 minutos de cada lado.

3. A fita enrolar.

4. O discman pular e parar a música na melhor parte.

5. A pilha do discman/walkmen acabar do nada.

6. Tela azul no Windows.

7. ​Abrir um disquete e ver que o arquivo mais importante da sua vida estava corrompido.

8. O disquete embolorar.

9. E​sperar até meia noite para entrar na Internet.

10. ​A bolinha do mouse emperrar.

11. ​Baixar música ​no Kazaa ​e vir pornô.

12. Bug do Milênio​.

13. ​A conversa mais importante do mundo ser interrompida no ICQ porque a internet caiu.

14. E​sperar o retorno do BIPE.

15. ​Levantar o celular para ter sinal.

16. ​Errar a discagem do telefone e ter que começar tudo de novo.

17. ​O pavor de ter seu celular clonado​.

18. Esperar o celular fazer a primeira carga por 24 horas antes de usar.

19. Soprar o cartucho do videogame.

20. Soprar o Videocassete quando a fita travava.

21. Lembrar de rebobinar a fita para não pagar multa.

22. Rebobinar a fita dupla do VHS do Titanic.

23. ​​Alguém gravar algo em cima do seu videoclipe preferido.

Jovens estagiários ganham fortunas para trabalhar no Vale do Silício

Vale do Silício

publicado na INFO

Michael Sayman, de 17 anos, havia acabado de se formar no colégio e morava em Miami quando recebeu um convite por e-mail para voar até a Califórnia e conhecer Mark Zuckerberg. O adolescente foi contratado para uma vaga de estágio de verão e, acompanhado pela mãe, foi se encontrar o CEO do Facebook para falar sobre seu trabalho. Ele contou sua história em reportagem para a Bloomberg.

Isso mostra que as empresas do Vale do Silício definitivamente querem garantir os melhores talentos da tecnologia, oferecendo salários bem acima da média e inúmeros privilégios – mesmo que o jovem não tenha frequentado uma universidade.

De acordo com a reportagem, o fato de muitos jovens profissionais começarem a abrir suas próprias startups faz com que o Vale do Silício tenha dificuldade para encontrar novos talentos nas companhias. Desse modo, a solução passou a ser a contratação de adolescentes ainda no ensino médio para trabalhar.

E encontrar bons profissionais ainda nessa idade não é uma tarefa difícil. Os adolescentes entram cada vez mais cedo no mundo da tecnologia, pois contam com uma série de tutoriais e comunidades colaborativas online para qualquer um aprender a programar e produzir seus próprios aplicativos. Foi o caso de Nick D’Aloisio, que ficou milionário aos 17 anos após vender seu aplicativo para o Yahoo!.

A Bloomberg ainda afirma que um dos primeiros investidores do Facebook, Peter Thiel, paga até 100 mil dólares para que jovens com menos de 20 anos abandonem o colégio ou a universidade para seguirem suas paixões por dois anos.

Em uma tabela feita pela Glassdoor com os salários informados pelos próprios profissionais, a companhia Palantir, empresa de software para agências de inteligência, lidera o ranking com a melhor remuneração, chegando a pagar 7 mil dólares para estagiários.

Confira abaixo quanto os jovens podem ganhar nas principais empresas do Vale do Silício:

Glassdoor

Projeto quer transformar estádios da Copa 2014 em moradias

publicado no Terra

Uma dupla de arquitetos da França quer transformar os 12 estádios do Brasil na Copa do Mundo de 2014 em casas para desabrigados.

O projeto, chamado Casa Futebol, quer aproveitar espaços nos estádios do Mundial para preenchê-los com pequenas moradias. Desta forma, os locais poderiam continuar recebendo partidas de futebol, enquanto desabrigados por grandes obras poderiam morar em partes do local.

“Não é uma questão de questionar o interesse do povo brasileiro pelo futebol, mas de propor uma alternativa ao déficit de moradias”, diz o site do projeto, um dos que integram o programa 1week1project (“Uma semana, um projeto”). “Os estádios continuarão a ser usados, recebendo partidas de futebol. Uma parte dos lucros será usada para financiar a construção e a manutenção das casas”, acrescenta.

Segundo o plano da dupla, casas pré-fabricadas de 105 m² seriam encaixadas em vãos dos estádios possibilitando a moradia. O projeto é semelhante ao que já é aplicado em países da Europa, onde painéis de propaganda (outdoors) ganham anexos habitáveis.

Para ocupar ex-MTV, Valdemiro Santiago deixa de pagar outros canais

publicado Na Telinha

Sofrendo bastante com a concorrência da Igreja Universal do Reino de Deus, o apóstolo Valdemiro Santigo tem se virado para recuperar terreno na televisão aberta.

Valdemiro, conforme já noticiado pelo NaTelinha, locou toda a grade da antiga MTV Brasil, que foi vendida para o grupo Spring. Atualmente com o nome de Ideal TV, a Igreja Mundial do Reino de Deus fechou contrato até o fim do ano.

O porém é que, para comprar as 24 horas da Ideal TV, que tem exposição na Sky, Net, Claro TV, Oi, além de vários canais abertos por todo o país, o apóstolo deixou de pagar vários credores.

Segundo informações obtidas pelo NaTelinha, Valdemiro atrasou o aluguel da frequência que usa para transmitir seus programas pelas Antenas Parabólicas por todo o país. O dinheiro, que é pago para a RedeTV!, ainda não foi depositado. Com isso, a emissora acabou tirando o sinal da IMPD TV das Parabólicas. Além disso, o pastor está devendo alugueis de horários para a Rede NGT de Televisão, pequeno canal com sinal na Grande São Paulo.

Toda a quantia devida hoje chegaria na casa dos 8 milhões de reais. Para levantar o dinheiro, Valdemiro Santiago tem feito um pedido para os seus fiéis nos cultos das últimas semanas: doar 20% de dízimo, em vez dos tradicionais 10%.

As doações, segundo o apóstolo, podem ser feitas com cheque pré-datado, cartão de crédito e dinheiro em espécie. A campanha, segundo os cultos televisionados, é válida até o próximo dia 20 de julho.

Os 9 animais mais raros da Terra

publicado no BlogBlux

O site da Revista National Geographic construiu uma lista com 9 das mais raras espécies de animais do nosso planeta. Confira!

Panthera pardus orientalis: Leopardo-de-Amur

O Leopardo-de-Amur pode ser encontrado na região de Primorye, na Rússia, e é uma rara subespécie de leopardo. Um censo realizado em 2007 datou entre 16 e 20 adultos e 5 a 6 filhotes. Está criticamente ameaçado de extinção pela International Union for Conservation of Nature (IUCN).

Dicerorhinus sumatrensis: Rinoceronte-de-Sumatra

O rinoceronte-de-Sumatra está em perigo de extinção, com uma população estimada em menos de 275 indivíduos. O risco de extinção está fortemente relacionado ao comércio ilegal de seus chifres.

Gorilla gorila gorila

 

Esse primata vive nos bosques montanhosos das planícies do centro-oeste do continente africano.  Pesquisas desde a década de 1980 sugerem que a caça comercial e surtos do vírus Ebola estão por trás de números decadentes da espécie na África.

Burramys parvus: Rato pigmeu australiano

Este é  o único mamífero australiano que vive em ambientes alpinos. Sua população vem diminuindo severamente devido à fragmentação e destruição de seu habitat, por causa da construção de resorts e estações de esqui, principalmente.

Crocodylus mindorensis: crocodilo filipino

Este é um crocodilo de água doce relativamente pequeno. É um réptil que habita lagos, lagoas, pântanos e outros corpos de água doce. Porém, seu habitat vem sendo convertido em plantações de arroz. Além disso, é alvo de pesca e de caça destrutiva, que usa dinamites como método para captura.

Geronticus eremita: ibis-eremita

Esta ave pensava-se estar extinta, até ser redescoberta no deserto sírio perto de Palmyra, em 2002. As principais ameaças à esta espécie são a caça e o declínio de seu habitat.

Agalychnis moreletii: Rã de Morelet

Esta rã pertence a uma das espécie das quais os cientistas preveem o declínio de mais de 80% nos próximos 10 anos. É uma espécie nativa do México e em algumas partes da América do Sul e é ameaçada, principalmente, pela destruição de seu habitat e por doenças causadas por infecção fúngica.

Dryococelus australis: Bicho pau da ilha de Lord

 

Esta é mais uma espécie que se pensava estar extinta, por volta de 1920, em decorrência da introdução de ratos em sue habitat, na Ilha Lord Howe, entre Austrália e Nova Zelândia. Porém, em 2001, essa espécie de bicho-pau foi redescoberta a 22 quilômetros de sua ilha de origem, num paredão de rochas chamado de Ball’s Pyramid.

Addax nasomaculatus: Antílope-branco

Cientistas estimam que existem cerca de 300 indivíduos na vida selvagem criticamente ameaçados. Sua população diminui expressivamente devido à caça, pressão antrópica por parte do turismo. Hoje em dia é encontrado somente em Niger, na África.