Conteúdo marcado como Hermès

O que um pastor foi fazer no Rock in Rio?

O que um pastor foi fazer no Rock in Rio?
  Publicado por Hermes Fernandes Depois de dois cultos para lá de especiais, antes da bênção apostólica anuncio ao povo que eu, meu filho e um grupo de pastores da Reina (Pr. Cecílio, meu irmão, Pr. Rodrigo e Pr. Bruno) estaríamos no último show do Rock in Rio, prestigiando a um irmão em Cristo, Nicko Mcbrain, baterista da maior banda de Heavy Metal do mundo, o Iron Maiden. Pedi que […]

Confrontando uma geração de filhos da p#&@

Confrontando uma geração de filhos da p#&@
Hermes C. Fernandes, no Cristianismo Subversivo Não fazia qualquer sentido. Como Deus poderia ter permitido aquilo? Depois de uma vitória tão grande, um fracasso inexplicável. Israel havia sucumbido diante do exército de uma cidadezinha inexpressiva chamada Ai. Ao todo, foram 36 baixas e fuga vergonhosa. Dias antes, Jericó tinha caído ante a fúria Israelita. A cidade fortificada fora conquistada pelo povo nômade que perambulava pelo deserto por quarenta anos. Seus […]

Viagens no tempo registradas na Bíblia?

Viagens no tempo registradas na Bíblia?
Publicado por Hermes Fernandes O texto que se segue é um exercício daquilo que chamo de “Ficção Teológica”. Não deve, portanto, ser tomado como doutrina. Apesar da coerência do que proponho aqui, não me atrevo a classificá-lo desta forma. *** “O que foi, isso é o que há de ser, e o que se fez, isso se tornará a fazer; nada há novo debaixo do sol”. Eclesiastes 1:9 A Bíblia é […]

Um olhar cristão subversivo da Marcha das Vadias

Um olhar cristão subversivo da Marcha das Vadias
Hermes C. Fernandes, no Cristianismo Subversivo O mundo religioso assistiu estatelado a mais uma edição da Marcha das Vadias. Além dos seios desnudos, o que mais chamou a atenção da opinião pública foi o uso irreverente de símbolos religiosos protagonizado por alguns participantes. Imagens foram quebradas. Crucifixos usados como tapa-sexo. Talvez, se acontecesse em outra data e lugar, não teria despertado tanta revolta. Mas o cenário e o momento escolhidos […]

Cadeirante se revolta e constrói rampa de acesso a órgão público de MT

Cadeirante se revolta e constrói rampa de acesso a órgão público de MT
Deficiente físico é morador da cidade de Juína e se disse cansado do descaso. Prefeito disse que tomará providências e pediu desculpa aos cadeirantes. Kelly Martins, no G1 Indignado com a falta de acessibilidade em Juína, cidade a 737 km de Cuiabá, o deficiente físico Samuel Nobile de Oliveira, de 41 anos, decidiu construir por conta própria uma rampa de acesso ao prédio da secretaria municipal de Saúde. Com um balde cheio de […]