Arquivo da tag: humor

Filha de ‘Chaves’ diz que pai está “muito bem” e posta foto

chaves-bem-foto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado no Terra

Graciela Gomez, filha de Roberto Bolaños, criador do seriado Chaves, postou uma foto do pai deitado em uma cama, respirando com a ajuda de um tubo de oxigênio, na noite desse domingo (4).

“Obrigada a todos pelo carinho. @ChespiritoRGB está muito bem”, escreveu Graciela no Twitter. Ela contou ainda que estava com dificuldades de tirar uma foto do ator. “Ele não  me deixa fotografá-lo, está ocupado demais vendo um jogo de futebol”, reclamou.

De acordo com o jornal Basta!, Bolaños estaria doente desde novembro de 2013, afirmação que foi baseada em declarações de amigos próximos à família do astro. O jornal ainda afirmou que o ator não estaria mais conseguindo se mover e que poderia nunca mais se recuperar.

“O estado dele é grave, mas estável, assim dizem seus médicos, que também já afirmaram que não existe esperança de recuperação. Eles temem o pior e estão até se preparando para isso”, disse um amigo.

Roberto Gómez Bolaños se encontra em repouso absoluto, em Cancún, como seu filho já havia informado em uma entrevista à Televisa Espectáculos. Ele está na cidade porque a casa do intérprete de Chaves fica livre do assédio da imprensa mexicana.

Orgulho hétero

Orgulho HeteroGregorio Duvivier, na Folha de S.Paulo

Caro Gregório-mais-velho,

quem te escreve desse endereço do zipmail é o Gregório de 13 anos de idade. Quero muito ser você quando eu crescer, rsrsrs. Falando serião: não queria que você se transformasse numa pessoa careta. Existe uma patrulha do politicamente correto que não para de crescer. Como eu quero que você seja comediante, eu acho que você tem que lutar contra essa hipocrisia do politicamente correto. Queria que você botasse o dedo na ferida e falasse umas verdades que ninguém tem coragem de dizer. Por exemplo, estou escrevendo um texto bom. Diz assim: todo o mundo pertence a uma minoria. A pessoa ou é negra ou parda ou deficiente ou gay ou mulher ou tudo junto (se for tudo junto é o Michael Jackson, hahaha). Eu, que sou homem, branco, heterossexual, ateu, acabo fazendo parte de uma minoria ínfima. Por que é que não fazemos o dia nacional da consciência branca, hahaha? Ou a passeata do orgulho hétero, kkkkk? Por que toda feminista é feia, rsrsrs? Bom, você já tem material para um stand-up.

Caro Gregório-mais-novo,

eu virei aquilo que você mais odeia. Você ainda não sabe disso, mas você é reacionário. Só que você tem a sorte de conviver com pessoas progressistas. Isso é uma sorte. Mas é, também, uma falta de sorte (nisso a gente se parece: eu também não falo a palavra azar. Merda). Você confunde o mundo com as pessoas ao seu redor: artistas, feministas, humanistas, ativistas. Você acha que ser contra essas pessoas é ser contra a corrente. Más notícias (você talvez ache que são boas). O mundo, assim como você, é machista, racista e homofóbico. Não cabe aqui inserir números e gráficos que provam isso. E eu não quero encher sua caixa do zipmail, que lota tão rapidinho. Mas é bom explicar uma coisa: minoria é um conceito político, e não demográfico. O Senado tem 81 senadores dos quais apenas um se declara negro ou pardo. Nenhum deles se declara gay. Gays são espancados todo dia por serem gays. Você acha que inventou o “Orgulho branco”, mas esse era o slogan da Ku Klux Klan. Suas piadas são mais velhas que o mundo. Ouve o Millôr, de quem você gosta tanto: “Uma coisa é ser o rei dos palhaços, outra é ser o palhaço dos reis”. Quanto às mulheres: você não vai pegar ninguém sendo machista. Você reclama que as mulheres não gostam de você, mas você parece que não gosta delas. Lê um pouco sobre feminismo antes de odiar o feminismo. Ah, e pare de usar onomatopeias de risada.

Lista reúne ‘Sr. Cocaína’ e mais casos de pessoas com nomes curiosos

Publicado no G1

‘Sr. Cocaína’ preso com drogas
Um americano deixou um juiz incrédulo durante uma audiência na Flórida, nos EUA, ao se apresentar como Edward Cocaine enquanto era acusado de posse de substâncias controladas. Um oficial do tribunal chegou a verificar a informação a pedido do juiz, e confirmou o dado ao olhar a carteira de habilitação de Edward.

Juiz John Hurley ficou impressionado ao interrogar suspeito com sobrenome 'Cocaína' (Foto: Reprodução/YouTube/Jim Browski)

Juiz John Hurley ficou impressionado ao interrogar suspeito com sobrenome ‘Cocaína’ (Foto: Reprodução/YouTube/Jim Browski)

Cansado de piadas

O jovem chileno Shakespeare Mozart Armstrong Correa Pérez nunca imaginou que cumprir seu dever cívico e votar o trariam tanto constrangimento. Ele entrou com uma queixa na Justiça por causa das piadas feitas com seu nome nas redes sociais

sem-titulo-1

‘Batman filho do Super-Homem’ é preso

Um homem chamado Batman bin Suparman foi condenado em 2013 a dois anos e nove meses de cadeia em Cingapura. O homem, cujo nome significa Batman filho do Super-Homem no idioma malaio, foi preso por vários crimes, incluindo ter roubado o cartão de seu irmão para realizar saques em caixas eletrônicos

sem-titulo-5

‘Harley-Davidson’ dirigindo bêbada

Já em outubro de 2013, uma mulher que estava dirigindo bêbada foi parada pela polícia da Flórida (EUA) e, quando os oficiais viram sua habilitação, constataram que a americana tinha o sobrenome de uma empresa norte-americana que fabrica motocicletas. Heather Dawn Harley-Davidson acabou detida por dirigir embriagada e levada à cadeia do condado de St. Johns.

harleybebada1

Sobrenome longo

O Departamento de Transportes do Havaí (EUA) decidiu aumentar o espaço para nomes em carteiras de motorista e identidade depois que uma mulher, Janice Keihanaikukauakahihuliheekahaunaele, ficou revoltada por não ter o nome completo impresso em seus documentos. A americana entrou na justiça ao se negar a voltar a utilizar o nome de solteira, já que o sobrenome longo era do marido, que faleceu em 2008.

sobrenomelongo1

Solo de bateria

Em agosto de 2013, um homem de 32 anos voltou a ser preso nos EUA por posse de drogas, e chamou a atenção novamente por seu nome: Beezow Doo-Doo Zopittybop-bop-bop, com uma pronúncia que se assemelha a um solo de bateria. Segundo a polícia, foi o próprio homem que mudou seu nome para a mistura de onomatopeias. Antes, ele se chamava Jeffrey Drew Wilschke.

sobrenomesolo1

Desfile do Super-Homem

O americano Joseph H. Horn, cujo nome legal é “Superman J.H. Horn”, costuma sair fantasiado de “Super-Homem” e, em abril de 2013, o “Super-Homem” foi fotografado em estádio antes de um jogo beisebol entre Chicago White Sox e Cleveland Indians, em Chicago (EUA)

indians-white-sox-bas_fran

‘Bart Simpson’ julgado por ‘Mr. Burns’

No tribunal de Warwick Crown, na Inglaterra, um réu chamado Barton Simpson, de 56 anos, foi julgado por juiz com nome “Mr. Burns”, deixando as pessoas presentes no julgamento espantadas com a semelhança dos nomes com personagens do famoso desenho animado norte-americano.

aeroportosimpsons1

Bebê Hashtag

Nos EUA, um casal que aparentemente adorava o Twitter teria batizado em novembro de 2012 a filha de “Hashtag” Jameson, termo utilizado para definir tópicos ou palavras-chave na rede social, que são precedidas por uma cerquilha (#). ““Hashtag Jameson nasceu às 10h da noite passada”, escreveram os pais da criança.

bebehashtag

Animais selvagens ‘invadem’ metrô de Paris

Dois fotógrafos franceses apresentam em Paris uma exposição com fotomontagens insólitas de animais selvagens no metrô da cidade

140406195223_animetro1Publicado na BBC

Uma girafa que tenta colocar o pescoço dentro do vagão, um leão que passa por baixo da catraca, um avestruz na cabine do maquinista, um macaco que indica o caminho a alguém ou cervos que lotam uma plataforma de embarque são algumas das imagens da mostra “Animetrô”, apresentada na Millésime Gallery, próxima à Torre Eiffel, em Paris.

O objetivo, segundo os fotógrafos Clarisse Rebotier e Thomas Subtil, é fazer com que as pessoas vejam o metrô e também o cotidiano de outra maneira, com surpresa e humor.

“Ninguém hoje em dia vê o metrô como algo que pode dar prazer ou satisfação. Essa série de fotos incita as pessoas a apreciar as coisas que fazem parte do dia-a-dia”, disse à BBC Brasil a fotógrafa Clarisse Rebotier.

“As crianças olham o mundo com curiosidade e surpresa. Fotos de animais fora de seu cenário habitual podem recriar esse mesmo tipo de sensação nos adultos”, afirma a fotógrafa.

Segundo ela, há um “aspecto onírico” nessas imagens feitas no transporte público. “Queremos que as pessoas sonhem e pensem que estão em outro lugar”, diz a fotógrafa.

Algumas fotos se inspiram em situações do cotidiano dos usuários do metrô parisiense e mostram, por exemplo, um músico cercado por macacos ou ainda um esquilo que prende a pata na porta do vagão, uma referência aos avisos colados em todos os metrôs pedindo para as pessoas não colocarem as mãos nas portas, ilustrados com o desenho de um coelho com os dedos presos.

Efeito surpresa

Rebotier afirma sempre buscar uma “defasagem” entre os personagens e o cenário das fotos para criar, com humor, um efeito de surpresa.

Ela é conhecida por utilizar em suas fotos bonequinhos em miniatura, que parecem vivos, em situações inusitadas, como jogadores de golfe em volta de um umbigo ou um operário que passa uma britadeira nos dentes de alguém.

Nos últimos três anos, ela vem trabalhando em uma série de fotos sobre empalhadores de animais para um livro que, segundo Rebotier, mostrará “com poesia” essa atividade de empalhamento de bichos.

Na exposição “Animetrô”, cerca de um terço dos animais mostrados nas fotos são empalhados. O restante são bichos vivos fotografados em seu habitat natural, na savana do Quênia, ou em zoológicos, diz ela.

O fotógrafo Thomas Subtil, co-autor da “Animetrô”, já havia realizado fotomontagens de animais selvagens (que ele fotografou no Quênia) em situações insólitas.

Em seu trabalho anterior, “Hakuna Matata”, ele mostrou elefantes fazendo acrobacias, zebras fazendo fila para ir ao banheiro ou ainda girafas segurando nos dentes um varal de roupas.

Nas fotos da exposição “Animetrô”, os dois fotógrafos realizaram juntos as fotografias de animais, de estações de metrô parisienses e as fotomontagens, diz Rebotier.

Diante do sucesso da mostra, ela foi prorrogada algumas semanas e ficará em cartaz até 22 de maio na Millésime Gallery.

140406195225_animetro2 140406195227_animetro3 140406195229_animetro4 140406195231_animetro5 140406195239_animetro9