Silas Malafaia faz piada com violência doméstica e recebe críticas na internet

Malafaia fez comentários polêmicos sobre a violência doméstica (foto: Reprodução/Twitter)
Malafaia fez comentários polêmicos sobre a violência doméstica (foto: Reprodução/Twitter)

Publicado no Extra

Uma “piada” feita pelo pastor Silas Malafaia no Twitter repercutiu mal. Durante o debate com os candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff e Aécio Neves, na noite da última terça-feira, na TV Bandeirantes, Malafaia compartilhou inúmeras mensagens na rede social. Em uma delas, brinca com um tema delicado: a violência doméstica.

Ao falar sobre a postura do candidato Aécio Neves, para quem faz campanha no Twitter, Malafaia comparou a atitude do tucano em relação à Dilma com uma agressão: “Estou desconfiado que vão aplicar a lei Maria da Penha contra Aécio por bater em mulher kkkkkkkkk”.

As mensagens continuaram: “Já esta saindo uma ordem de prisão a caminho da band contra Aécio por espancamento a mulher,pede pra ele não matar DILMA kkkkk”.

Rapidamente, o assunto tomou conta das redes sociais. Homens e mulheres reagiram às mensagens polêmicas, acusando o pastor de usar um tema delicado e sério para falar sobre política.“O falso profeta @PastorMalafaia não tem ideia de como esse tweet é perigosíssimo”, escreveu um homem. Uma usuária chamou atenção do pastor e pediu para que ele leia a Bíblia. “Pastor, eu fico realmente assustada que um homem de Deus do seu naipe se renda à tamanha baixeza de espírito ao tuitar” e “Eu recomendaria que o senhor seriamente voltasse a dar uma lida na querida Bíblia, antes de dar um testemunho tão horrível” foram as duas mensagens direcionadas pela mulher a Malafaia.

A reportagem tentou entrar em contato com Silas Malafaia, mas o celular dele estava desligado.

Usuários do Twitter reagiram às mensagens de Malafaia (foto: Reprodução/Twitter)
Usuários do Twitter reagiram às mensagens de Malafaia (foto: Reprodução/Twitter)

 

Leia Mais

Mais de 200.000 fotos do Snapchat vazam na internet

Hackers acessaram imagens guardadas por meio do serviço de backup Snapsaved

Snapchat enfrenta novo caso de vazamento de informações de usuários (foto: Divulgação/VEJA)
Snapchat enfrenta novo caso de vazamento de informações de usuários (foto: Divulgação/VEJA)

Publicado na Veja on-line

Mais de 200.000 fotos e vídeos de usuários do Snapchat, aplicativo que permite trocar fotos que desaparecem dez segundos após o envio, foram divulgadas na web neste domingo. As imagens, coletadas por meio do serviço de backup de imagens compartilhadas Snapsaved, foram armazenadas ao longo dos últimos meses. Com a promessa de guardar as imagens recebidas no Snapchat, os usuários forneceram suas credenciais de acesso ao site. Ainda não está claro se o Snapsaved foi invadido ou se foi criado com o intuito de acessar as imagens do Snapchat.

Os rumores sobre o vazamento das fotos de usuários do Snapchat começaram na última sexta-feira, quando hackers afirmaram no site 4Chan que estavam organizando o material para divulgar ao longo do final de semana. Logo após a publicação, a equipe do Snapchat negou uma invasão em seus servidores. A empresa culpou aplicativos de terceiros que, contra os termos de uso, armazenam fotos e vídeos trocados pelo Snapchat no aparelho do usuário. “Não somos a fonte desse vazamento”, disse o Snapchat, em comunicado.

No total, um arquivo de 13 GB contendo as imagens e vídeos dos usuários do Snapchat foram compartilhados por meio do 4Chan neste domingo. De acordo com o jornal britânico The Guardian, parte do conteúdo (cerca de 100 MB) seria composto por fotos de adolescentes – que formam a maior parte da comunidade do Snapchat – em cenas de nudez. Há suspeitas de que os hackers por trás do vazamento do Snapchat sejam os mesmos que divulgaram recentemente fotos de celebridades nuas, como Jennifer Lawrence e Kim Kardashian.

Em comunicado divulgado na manhã desta segunda-feira, o Snapsaved, fonte do vazamento das imagens, afirmou que foi alvo de uma invasão de hackers. Os donos do site se defenderam das acusações, publicadas no site Pastebin, de que o serviço teria sido criado com o intuito de roubar fotos e vídeos publicados pelos usuários do Snapchat. “Assim que percebemos a invasão em nossos sistemas, apagamos o site inteiro e todo o banco de dados associado a ele”, disse um representante da empresa, por meio do Facebook.

Essa não é a primeira vez que usuários do Snapchat sofrem com o vazamento de informações. Uma vulnerabilidade permitiu que hackers divulgassem dados, como nome de usuário, números de celulares e localização de 4,6 milhões de usuários do Snapchat em janeiro de 2014. Na ocasião, o vazamento ocorreu porque a equipe de segurança da empresa demorou a responder a um pesquisador da área de segurança sobre como resolveria a falha no serviço. Por conta disso, ele divulgou sua pesquisa sobre a vulnerabilidade na internet, o que permitiu que hackers invadissem o Snapchat.

Leia Mais

Ministro do TSE manda tirar vídeo de Malafaia na internet contra Dilma

pastor-silas-fa-alerta-gravissimo

Publicado no G1

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin determinou nesta sexta-feira (3) que um vídeo publicado na internet pelo pastor Silas Malafaia seja retirado imediatamente do ar por degradar a imagem da presidente da República Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT.

O vídeo insinua que a petista apoiaria ações de grupos terroristas islâmicos com o objetivo de assassinar cristãos. O pastor se refere às críticas da presidente à operação dos Estados Unidos contra o grupo Estado Islâmico na Síria. A intervenção bélica liderada por Washington resultou na morte de 70 pessoas. Dilma disse lamentar “enormemente” o fato. Depois, em discurso na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no último dia 24, reiterou a posição ao condenar o uso de intervenções militares para tentar solucionar conflitos bélicos.

“Lamento a omissão da fala da Presidente Dilma com os assassinatos em massas de cristãos em 2013, que morreram 115 mil, e agora um grupo terrorista facínora que ‘tá’ cometendo massacres a Presidente diz que deve haver diálogo (sic)”, diz Malafaia no vídeo.

Segundo o ministro, o vídeo traz “imagens violentíssimas de verdadeiros atos de guerra praticados por supostos grupos extremistas”.
Na representação, a coligação Com a Força do Povo, liderada por Dilma, sustenta que as manifestações do pastor configuram abuso do direito de liberdade e ofendem direitos fundamentais.

Em decisão individual, o ministro concluiu que, ao tentar vincular a declaração da candidata a um suposto apoio a grupos islâmicos terroristas, Malafaia degrada a imagem de Dilma e incita hostilidade entre grupos de religiões diferentes.

“Há grande distância entre o uso informativo, para fins eleitorais, de falas e discursos de pessoas, algo mais do que legítimo, e a distorção ou infidelidade proposital às palavras e ao pensamento de quem se ataca, algo ilegítimo e ilegal”, destacou o ministro no seu voto.
A decisão determina que o Google suspenda imediatamente a veiculação do vídeo.

Leia Mais

Recém-eleita, Miss Brasil 2014 sofre ofensas na internet por ser nordestina

miss br

Publicado no UOL

Melissa Gurgel, 19, foi criticada ao ganhar o concurso de Miss Brasil 2014, no último sábado (27), por ser nordestina. Na manhã desta segunda-feira (29), a OAB-CE (Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará) assinou representação e notícia-crime junto ao MPF (Ministério Público Federal) para “responsabilizar os autores que teceram comentários de cunho racista ao povo cearense em virtude da eleição da Miss Brasil 2014″.

No Twitter, houve postagens sobre o sotaque cearense, em que uma internauta o define como “sotaquezinho sofrível”, além da comparação dos padrões de beleza do Estado aos de outras regiões do país. Após a repercussão negativa, os perfis apagaram as postagens e um deles restringiu o acesso ao público em geral.

“Não podemos tolerar qualquer discriminação contra o povo do Ceará”, defende o presidente em exercício da OAB-CE, Ricardo Bacelar.

A Miss Ceará 2014, Melissa Gurgel, venceu o concurso realizado em Fortaleza (CE). Melissa vai representar o Brasil no Miss Universo 2014, que vai ser realizado na cidade de Doral (Flórida), Estados Unidos, em 18 de janeiro de 2015. Além da coroa, a bela ainda ganhou um carro no valor de R$ 40 mil por vencer o concurso.

A bela é modelo e estudante de design e moda. Ela se considera uma pessoa esportista, amante de cinema e de livros.

Em segundo lugar, ficou Fernanda Roberta Leme (Miss São Paulo) e em terceiro lugar, Deise Benício (Miss Rio Grande do Norte). Cada uma ganhou uma viagem para o Caribe.

A nova Miss Brasil vai tentar quebrar um jejum de 45 anos sem títulos brasileiros. As duas únicas brasileiras que levaram a coroa de mais bela do mundo foram a gaúcha Ieda Maria Vargas, em 1963, e a baiana Martha Vasconcellos, em 1968.

Leia Mais

Relacionamentos que começam na internet duram menos, aponta estudo

A vasta oferta de parceiros em potencial que o território online dificultaria relacionamentos monogâmicos. (foto: Reprodução)
A vasta oferta de parceiros em potencial que o território online dificultaria relacionamentos monogâmicos. (foto: Reprodução)

Publicado no Extra

Sites e aplicativos de relacionamentos se multiplicam na tentativa de fazer seus usuários encontrarem o amor, mas uma pesquisa das Universidades Estaduais de Stanford e Michigan concluiu que relacionamentos que começam online duram menos do que aqueles cujos os envolvidos se conheceram “na vida real”.

O estudo considerou, além de casamentos (principal alvo de análises deste tipo), os namoros que começaram online e também as taxas de divórcio e rompimento entre as 4002 pessoas entrevistadas.

Os pesquisadores apontaram três fatores que poderiam justificar esta diferença na duração nos relacionamentos:

– A vasta oferta de parceiros em potencial que o território online oferece reduziria as possibilidades de firmar relacionamentos monogâmicos estáveis;

– A logística da comunicação na internet faz com que os relacionamentos que surgem na rede levem mais tempo para se desenvolverem;

– Por conta da variedade de perfis e personalidades que podem ser encontrados na web, as pessoas levam mais tempo para confiar nos outros, por medo de não saber o que esperar do possível parceiro.

De acordo com os cientistas, as intenções de cada um são mais importantes para o sucesso do relacionamento do que a forma como o casal se conheceu. “Para os casados, a qualidade do relacionamento garante a longevidade do casamento, enquanto os solteiros românticos acreditam que é o tempo gasto no desenvolvimento da relação que evita os términos”, diz o estudo.

Leia Mais