Arquivo da tag: Jesus

Pastor evangélico é preso no interior de Goiás; Ele dizia que seu pênis era ‘abençoado’

pastor_3

Publicado originalmente na Folha do Sertão

O pastor Valdecir Picanto Sobrinho, de 59 anos, foi preso no interior de Aporé, interior de Goiás, sob a acusação de que abusava sexualmente das mulheres da cidade utilizando o pretexto que teria o pênis abençoado.

“Ele nos convencia de que Deus só entraria em nossa vida pela boca e por isso nós deixávamos ele fazer o que fazia”, relata a jovem M.R., de 23 anos, que prefere não se identificar. “Muitas vezes, após os cultos, o Pastor Valdecir nos levava para um terreno nos fundos da igreja e pedia para a gente fazer oral nele até o espírito santo aparecer por meio da ejaculação”, completa a jovem desolada.

Valdecir, que chegou a abusar também de algumas idosas, se defende falando que teve um encontro com Jesus num bordel e que Ele lhe deu a missão de “distribuir o leite sagrado” por todo o estado, começando pelos fiéis da Assembléia de Aporé, do qual é responsável.

“Vocês estão prendendo um servo do Senhor e ainda se arrependerão disso. Espero poder continuar com meu belíssimo trabalho dentro da prisão”, reluta o sacerdote.

Denise Pinheiro, delegada responsável pela região, diz que Valdecir foi pego em flagrante enquanto esfregava seu membro no rosto de uma comerciante local, em que prometia ter mais vendas em seu negócio caso deixasse ser derramada pelo líquido divino.

Denise ainda completa: “quando autuamos o senhor Valdecir, ele não ofereceu resistência e ainda perguntou se eu queria fazer parte do reino dos céus durante o trajeto para a delegacia. Ele não tem vergonha de tais atos e acha tudo a coisa mais normal do mundo”.

Valdecir pagou fiança e foi liberado após prestar 3h de depoimento.

dica do Weuller Rogerio P. Faria

atualização (11h)

FALSA PUBLICAÇÃO SOBRE “PASTOR” GERA POLÊMICA EM APORÉ (GO)

Publicado no site Aporé em Foco

img-fxdf1097122012a01

Foto de local “inexistente” em Aporé

Uma informação falsa publicada no blog “jesusmanero.blog.br”, que traz por título Pastor que dizia ter “membro abençoado” é preso no interior de Goiás, na data de 26 de outubro de 2012, tem gerado enorme polêmica em Aporé e tem levado as pessoas a motivo de chacota. É TUDO FALSO, FANTASIOSO E ORIGINÁRIO DE MENTE DESOCUPADA.

A matéria refere-se a um sujeito denominado Valdecir Picanto Sobrinho, que dizia ser pastor e foi preso sob a acusação de que abusava sexualmente das mulheres da cidade utilizando o pretexto que teria o pênis abençoado. Há ainda a menção do nome de uma delegada responsável pela região, Denise Pinheiro, também falso.

Indignados e inconformados com esta FALSA INFORMAÇÃO e com o transtorno causado a todos Aporeanos pela publicação da mesma, este site fez contato com as autoridades policiais responsáveis por Aporé/GO, Itajá/GO e também Jataí – GO, e passamos a esclarecer o seguinte:

  • Este blog é humorístico e ainda traz a seguinte afirmação: “se você é muito religioso e acha desrespeitosas as piadas que brincam com sua fé, aconselhamos que aperte lá em cima o X do navegador  ao invés de ficar reclamando. Seu Deus é muito mais poderoso que um simples blog, então não precisa ficar agindo com insegurança. Amém.” E mais, “o conteúdo da coluna Polemicristo é meramente fantasioso e não condiz com a realidade” diz o blog.  Sendo assim, antes de publicarmos algo devemos agir com responsabilidade e averiguar se a fonte é confiável, pois no blog a fonte mencionada também é falsa.
  • Referido blog traz a imagem de um Cristo montado em um Tiranossauro Rex, portanto, nem merece nossos comentários acerca;
  •  A imagem colocada na matéria é de um local totalmente abandonado, não tendo nada parecido com aquela imagem em Aporé ou região;
  •  O Delegado do 2° DP de Jataí, Dr. Éderson Bueno Garcia, afirmou que jamais efetuou qualquer prisão de pessoas relacionadas à este tipo de fato; e,
  • a delegada mencionada na matéria, Denise Pinheiro, é da 5ª Região de Minas Gerais; o Delegado Regional de nossa região é Dr. André Fernandes.

Observando os fatos e o teor da matéria nota-se que falta pudor e respeito em quem a escreveu, mesmo sendo totalmente fictícia.

Pedimos a todos os órgãos de imprensa responsáveis e que zelam pela moral e informação de qualidade e séria que, por favor, publiquem este esclarecimento.

Fonte: da RedaçãoAporé em foco (colaborou: Sgto Ruiter, Esc. Fausto e Deleg. Dr. Ederson Bueno).

Carlinhos Cachoeira está se convertendo, diz pastor evangélico que o casou

Chico Felitti, no blog Digo Sim [via Folha de S.Paulo]

O pastor que realizou no último dia 28 a cerimônia religiosa de casamento de Carlinhos Cachoeira, 49, diz estar se encontrando com o empresário para sessões de oração desde que ele saiu da prisão, em 11 de dezembro.

“Nós temos nos reunido com eles semanalmente. A maior parte das vezes na casa deles mesmo [no condomínio Alphaville, em Goiânia]. Oramos. Acredito que ele esteja se convertendo”, diz Vitor Hugo Queiroz,  pastor da igreja Nova Vida de Anápolis (GO), que a noiva Andressa Mendonça, 30, frequenta.

O líder religioso disse ao blog por telefone que a cerimônia foi “sucinta e objetiva”. Depois de abençoar a união por cerca de dez minutos, ele reservou espaço para que o casal fizesse seus votos.

“A noiva falou brevemente, o noivo em vez de falar se ajoelhou e beijou os pés dela.” Foi a cena que Cachoeira repetiu para a imprensa que esperava no portão da mansão, depois que a celebração e o casamento civil haviam terminado.

O trecho bíblico escolhido para a celebração religiosa foi Mateus 7. “A passagem é sobre construir sua casa sobre rocha ou sobre areia. A pedra é Jesus, em que devemos basear nossas vidas, e em que o casal se baseou”, diz Queiroz.

A palavra proferida por Vitor Hugo também versou sobre períodos difíceis do casal, diz ele. “Jesus sempre esteve no casamento, mas houve momentos em que faltou vinho, que é a alegria. Espero que não falte mais.”

dica do Bruno Barak

Entre crentes que não conhecem a Deus e ateus que também não conhecem a Deus

Caio Fábio

O QUE FOI QUE JESUS DISSE: bem-aventurados os que não viram e creram; ou: bem-aventurado os nunca me conheceram, mas que apesar disso me representaram de modo fanaticamente canino?

Um homem não conhece a Deus, mas diz crer Nele; o outro não conhece a Deus, e, por isto, diz que Ele não existe.

Qual a diferença entre eles considerando que o Conhecimento de Deus é uma revelação, uma Graça?

O primeiro não O conhece e não O viu — pois Ninguém, exceto o Filho, jamais o viu — mas crê porque é um dogma intrínseco da saúde humana, ou da cultura, ou da perplexidade ante a Sublimidade da criação, confessa-Lo entre os homens.

Ora, o diabo crê e treme. E se um dia conheceu a Deus, hoje somente o conhece como Realidade/Verdade/Amor/Contraste.

O Diabo crê, treme, e continua indesdiabrável.

Mas o homem que crê sem conhecer [...] crê-na-fé; visto que não conhece a Deus, por isto tem fé no poder da fé em Deus. Isto é religião.

Ora, o que não conhece e por isto diz que Ele não existe, será visto sempre pelos “de-mais” como um ateu, que é ouvido/interpretado por ouvidos religiosos como alguém/algo semelhante a um anti-Deus, ou ainda como um “algo/alguém que ofende a Deus”; ainda porque também provoca insegurança nos que dizem crer sem conhecer. E, por isto, são dogmáticos e fazem do homem que não conhecendo a Deus [que na carne só se conhece por revelação] um ateu anti-theo, um inimigo de Deus, que odiaria a Deus até se Deus a ele se revelasse, sendo, portanto, um diabo.

De modo contrário, quem conhece a Deus tem um único Dógma: o amor. Por isto são seguros e nada temem.

Os ateus não conhecem a Deus, não porque se dizem a ateus, mas sim, porque não O conheceram ainda [pois dizem não crer em Deus, pelo menos não como a religião constrói “Deus”]. Afinal, sendo Deus invisível, disseram que Ele não existia. Embora, a maior parte dos ateus sejam apenas traumatizados pela religião, ou por sua história sem Deus, ou e por decepções amarguradas ou sofrimentos atrozes ante os quais “o Deus prometido não apareceu nem por ´dever moral´– e, por isto, se dizem sem Deus, ou que Ele não existe.

A bem da verdade um ateu não é um anti-Deus, mas um a-Deus, a-theos.

Deus só é conhecido se Ele próprio se revelar; e Ele se manifesta de muitos modos e formas, incluindo também a criação, mas somente se revela como iluminação do coração para percepções que transcendem as logicas e intelecções por um ato misterioso no coração, pelo menos agora, nos limites da carne.

Ora, um homem não conhece a Deus, mas diz crer Nele; o outro não conhece a Deus, e, por isto, diz que Ele não existe.

Qual a diferença entre eles considerando que o Conhecimento de Deus é uma revelação, uma Graça?

E se a vida do homem que não conhece a Deus for mais abundante de fruto de amor, paz, bondade, honestidade, misericórdia e humildade do que a vida do homem que não conhece a Deus, mas diz crer Nele, embora não carregue os traços divinos do amor, da paz, da bondade, da honestidade, da misericórdia e da humildade?

Pense nisto!

fonte: site do Caio Fábio