Conteúdo marcado como Jesus

Deus foi para a periferia

Deus foi para a periferia
Ariovaldo Ramos Jesus nasceu onde tinha de nascer, em Belém, conforme disse o profeta Miquéias (5.2); a Trindade cumpriu a sua palavra. Uns pastores foram avisados, logo, no dia do nascimento. E houve, a sauda-lo, Simeão, e a profetisa Ana, quando apresentado no Templo, no início de sua vida, e, então, o esquecimento. Depois de cerca de dois anos, uns magos foram avisados, no longínquo oriente. Eles foram avisados da […]

Igreja diz que Jesus foi o 1º tuiteiro da história

Igreja diz que Jesus foi o 1º tuiteiro da história
Publicado no Olhar Digital Há cerca de 2 mil anos, antes de criada a internet – ou mesmo a telefonia -, já existia um tuiteiro célebre. Jesus, na opinião de um cardeal italiano, foi o primeiro tuiteiro do mundo. Gianfranco Ravasi, que preside o Conselho Pontifício, deu o título a Jesus devido “às frases breves e brilhantes” que ele teria proferido. Para o cardeal, “ame ao próximo” é um exemplo […]

Ex-Tiazinha, Suzana Alves vira evangélica e prega em igreja

Ex-Tiazinha, Suzana Alves vira evangélica e prega em igreja
Publicado no Extra Há tempos, Suzana Alves, a eterna Tiazinha, vem compartilhando com amigos e fãs nas redes sociais mensagens sobre Deus e amor ao próximo. A Retratos da Vida, então, descobriu que a bela, hoje casada com o ex-tenista Flávio Saretta, virou evangélica. E não é só isso! Ela anda dando testemunho de vida e de fé em templos religiosos. Neste fim de semana, por exemplo, Suzana, hoje proprietária […]

Ama e faz o que quiseres

Ama e faz o que quiseres
Por Ed René Kivitz, no Facebook Os debates morais têm em suas entrelinhas a discussão a respeito das fontes de autoridade para a normatização do que é aceitável e permitido, o que deve ser coibido e proibido. Existem várias fontes normativas: as escolas filosóficas, a ciência, a racionalidade (modernidade) e a subjetividade (pós modernidade) humanas, a antropologia e as construções culturais, são exemplos de critérios que ao longo do tempo […]

Fundamentalismo evangélico – ameaça à democracia

Fundamentalismo evangélico – ameaça à democracia
Carlos Eduardo Calvani, no Campo Grande News Campo Grande não merecia, na comemoração dos seus 114 anos de emancipação, o desprazer de assistir a tal “Marcha para Jesus” organizada por pastores-políticos e políticos-pastores reunindo cerca de 40 mil fanáticos para ouvir o “mais do mesmo” – as bobagens retrógradas de Silas Malafaia, Robson Rodovalho e outros. O movimento evangélico hoje é um dos maiores perigos para a sociedade brasileira e […]