Conteúdo marcado como linkedin

As profissões menos compreendidas pelos pais

As profissões menos compreendidas pelos pais
70% dos pais entrevistados não entendem o que filhos fazem no dia a dia, segundo pesquisa divulgada pelo LinkedIn Publicado na Época Negócios Designer de Interface de Usuário, Atuário, Cientista de Dados. Você sabe bem o que cada uma dessas profissões faz? Bem, se a resposta já lhe parece um tanto quanto complicada, tente explicar a seus pais. Essas três profissões são as menos compreendidas pelos pais, segundo um estudo […]

Professor que pedia emprego em semáforo é contratado com ajuda das redes sociais

Professor que pedia emprego em semáforo é contratado com ajuda das redes sociais
José Paulo Lanyi, na BBC Brasil Menos de um mês após ter distribuído centenas de cartões de visita no trânsito de São Paulo em busca de emprego, o analista de sistemas Jair da Silva, 61, conseguiu voltar ao mercado de trabalho. Ele começará na segunda-feira (3) como gerente-geral em uma pequena empresa da área de saúde do bairro de Pinheiros, zona oeste da cidade. Silva ficou seis meses desempregado. No […]

Como um chefe ruim pode adoecer os funcionários

Como um chefe ruim pode adoecer os funcionários
publicado no BBC Será que aquele chefe que você odeia pode literalmente te matar aos pouquinhos? Um artigo do LinkedIn publicado pela revista Quartz garante que, em longo prazo, o chefe que você não aguenta mais tem efeitos tão nocivos para a saúde quanto fumar passivamente. E atenção: quanto mais tempo você permanece em um emprego trabalhando para um gerente horrível, maior é o dano a sua saúde física e […]

Social das redes sociais

Social das redes sociais
Gregorio Duvivier, na Folha de S.Paulo O Twitter foi o primeiro a chegar na festa. Disparando humor mordaz, se limitava a frases curtas (muitas vezes roubadas). “Já vi festas melhores, hashtag decadência.” Logo depois, chegou o Instagram, fofíssimo. “Vocês estão a cada dia mais lindos.” O Twitter deu RT. “Vocês estão a cada dia mais lindos.” O Instagram agradeceu, sem perceber que era um RT irônico. O Facebook era o […]

Pessoas conservadoras são menos felizes

Pessoas conservadoras são menos felizes
Carol Castro, no Ciência Maluca Conservadorismo faz mal. Só pode ser. Depois de descobrir que cidadãos governados por partidos de esquerda são mais saudáveis, a ciência concluiu mais uma coisa sobre posicionamento político: pessoas de esquerda são mais felizes. Pois é. Psicólogos da Universidade da Califórnia analisaram milhões de palavras de discursos transcritos das sessões do Congresso e as fotos destes políticos. Avaliaram ainda mais de 47 mil tweets e […]