Conteúdo marcado como Luiz Felipe Pondé

Política, corrupção e pizza

Política, corrupção e pizza
Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Dito de forma direta, o que quero dizer hoje é: ninguém está nem aí para corrupção em política. Nenhum estrato social. Nem rico, nem pobre, nem culto, nem artista, nem inteligentinho. Pega bem dizer que se está, mas é pura afetação de salão. Coisa de burguês. A prova é que com ou sem Petrobras, no final, será servida uma grande pizza. Escândalos se […]

Por que a religião não é saída?

Por que a religião não é saída?
O budismo light vai bem com vinho branco no calor. Nas redes sociais, a religião combina com Coca Zero Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Por que a religião não é mais uma saída? Afirmei há algumas semanas nesta coluna (“O Impasse Conservador”, de 11 de agosto) que a religião não era mais saída. Muitos leitores me perguntaram o que eu queria dizer com isso. No contexto do pensamento […]

Universal usa Velho Testamento para reviver relação do ‘povo eleito’ com Deus

Universal usa Velho Testamento para reviver relação do 'povo eleito' com Deus
Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Por que os neopentecostais são apaixonados pelo que os cristãos chamam de “Velho Testamento”? O termo, recusado pelos judeus, que usam “Tanach” para o cânone hebraico, ou “Bíblia Hebraica”, no rastro do crítico literário judeu americano Harold Bloom, reúne o conjunto de textos que vem antes do Novo Testamento. Neste, Jesus, o Messias dos cristãos, anuncia a “nova aliança” do Deus de Israel […]

Amarelou

Amarelou
Um dia a seleção brasileira é inspiração para todos, outro dia é alvo de laranja podre; o fã é mesmo infiel Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo Acho excessiva a ideia de que a derrota (merecida) do Brasil para a Alemanha demande cuidados especiais para com as crianças ou os adultos. Afinal, “é só futebol”. Parece-me um tanto ridícula toda essa frescura com o “Mineiraço”. Mas vivemos mesmo num […]

Afetações de um vira-lata

Afetações de um vira-lata
Luiz Felipe Pondé, na Folha de S.Paulo A afetação com vinhos é um sintoma clássico. Chegamos ao ponto de ser melhor não falar sobre vinhos em jantares inteligentes para que não pensem que somos gente que faz curso de enologia. Na verdade, quem entende mesmo de vinhos deve ficar calado quando os outros começam a expor seus cursos feitos por aí. Nunca se deve usar expressões como “amadeirado”. Sim, falo […]