Conteúdo marcado como morrer

Você realmente pode morrer de um coração partido, diz estudo

Você realmente pode morrer de um coração partido, diz estudo
Publicado em O Globo Uma nova pesquisa revela que você realmente pode morrer de um coração partido: após a morte de um ente querido, aumentam as chances de problemas cardíacos. O estudo da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, usou dados populacionais de quase um milhão de pessoas entre 1995 e 2014. Os dados coletados mostram que a morte de um cônjuge pode causar fibrilação atrial, o tipo mais comum de […]

4 descobertas inusitadas da ciência sobre a morte

publicado na Exame A ciência ainda não descobriu como driblar a morte, mas já sabe algumas coisas interessantes sobre o assunto. Você sabia que, por exemplo, que é falsa a afirmação de que pelos e unhas continuam a crescer em cadáveres? Esse e outros três fatos sobre a morte, calcados por pesquisas científicas, podem ser vistos na lista abaixo. Carne humana em decomposição tem cheiro “doce” O cheiro da morte […]

5 descobertas sobre a morte que vão surpreender você

5 descobertas sobre a morte que vão surpreender você
publicado na Galileu Nesse mundo nada é certo, com exceção da morte e dos impostos, como Benjamin Franklin escreveu certa vez. Poucos de nós acham impostos empolgantes, mas a morte – mesmo que estejamos só brincando sobre ela – nos afeta profundamente de diferentes formas. É por isso que pesquisadores de diferentes campos a estudam a partir de suas perspectivas. Abaixo seguem cinco descobertas de pesquisas – bioquímica, médica, genética, […]

30 maneiras de morrer eletrocutado em 1931

30 maneiras de morrer eletrocutado em 1931
publicado no Up date or die O corpo humano é capaz de conduzir eletricidade. Então, se uma pessoa encosta em algo elétrico, está sujeita a levar um choque – que nada mais é do que a sensação provocada pela passagem de elétrons pelo corpo. Morrer por uma descarga elétrica deve ser realmente bem desagradável e há inúmeras maneiras que isso pode acontecer – como bem apresenta essa série de ilustrações […]

Frei Betto: Morte, fenômeno natural

Frei Betto: Morte, fenômeno natural
A morte nos reduz ao verdadeiro eu, sem os adornos de condição social, títulos ou conta bancária Frei Betto, em O Dia Online Hoje é Dia de Finados. Será, no futuro, o dia de cada um de nós. Mas quem encara este destino inelutável? Entre crianças de 6 anos convidadas a escrever cartas a Deus, uma delas propôs: “Deus, todo dia nasce muita gente e morre muita gente. O Senhor […]