Arquivo da tag: mulher

Mulher condenada à morte por se tornar cristã deixa Sudão e é recebida pelo papa

LA47C3BCC9421415F94F3D7360031338E

Publicado no Estadão

Uma mulher sudanesa que foi poupada de uma sentença de morte por se converter do islamismo para o cristianismo, mas estava proibida de deixar o Sudão, voou para Roma nesta quinta-feira em um avião do governo italiano.

Mariam Yahya Ibrahim, cuja sentença e prisão desencadearam uma comoção internacional, saiu da aeronave com seu bebê no colo e foi saudada pelo primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi.

Horas depois, ela, o marido e os dois filhos foram recebidos pelo papa Francisco em um encontro privado, no Vaticano. “O papa a agradeceu por seu testemunho de fé”, disse o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.
Não foram divulgados detalhes sobre o que levou à saída da jovem de 27 anos do país, após um mês com a situação indefinida em Cartum, mas um alto funcionário sudanês disse que sua partida havia sido liberada pelo governo.

“As autoridades não evitaram a saída dela, que era conhecida e foi aprovada com antecedência”, disse o funcionário à Reuters sob condição de anonimato.

Mariam foi acompanhada no avião pelo vice-ministro de Relações Exteriores da Itália, Lapo Pistelli. Ele disse a jornalistas no aeroporto Ciampino, em Roma, que a Itália estava em “constante diálogo” com o Sudão, mas não deu mais detalhes sobre o papel de Roma na remoção da mulher do país africano.

Ele publicou uma fotografia em sua página no Facebook dele com Mariam e seus dois filhos no avião, com a legenda: “A alguns minutos de distância de Roma. Missão cumprida”.

Mariam foi sentenciada à morte em maio sob a acusação de ter se convertido do Islã para a fé cristã e ter se casado com um sul-suldanês com cidadania norte-americana, também cristão.

A condenação foi suspensa no mês passado, mas o governo do Sudão a acusou de mentir para deixar o país com papéis falsificados, e a impediu de partir para os Estados Unidos com o marido e dois filhos.

Ela foi inicialmente detida, e então liberada e alocada na embaixada dos Estados Unidos em Cartum. Pistelli disse a repórteres no aeroporto que a família estava em boa saúde e ficaria na Itália por alguns dias antes de ir para os Estados Unidos.

O ministro, que carregava um dos filhos de Mariam no avião, disse esperar que ela tenha algumas “importantes reuniões” durante seu período na Itália.

Mariam diz ter nascido cristã e criada como cristã por uma família etíope no Sudão, e mais tarde sequestrada por uma família muçulmana sudanesa.

Mulheres muçulmanas não podem casar com homens cristãos sob a lei islâmica no Sudão.

Menino de 9 anos atende pedido de mortos e se casa com mulher de 62

Saneie Masilela, 9, uniu-se a Helen Shabangu, 62, para deixar parentes mortos felizes

Saneie Masilela, 9, uniu-se a Helen Shabangu, 62, para deixar parentes mortos felizes

Publicado no UOL

Um menino de 9 anos atendeu o pedido de antepassados mortos, casou-se com uma mulher de 62 anos e tornou-se o noivo mais jovem do mundo. Saneie Masilela uniu-se a Helen Shabangu, que já é mãe de cinco filhos, com idades entre 28 e 38 anos. Eles celebraram seus votos na frente de cem convidados em Ximhungwe, na África do Sul.

A cerimônia aconteceu na frente daquele que é marido há mais tempo de Helen: Alfred Shabangu, 66. Ao jornal britânico “Mirror“, Shabangu disse que não vê problema na união, e nem ele nem seus filhos se importam com opiniões contrárias ao relacionamento.

O casamento faz parte de um ritual em que se respeita o desejo de antepassados mortos de Saneie, que lhe pediram que se casasse no ano passado. “Escolhi a Helen porque eu a amo. Apesar de nós não vivermos juntos o tempo todo, nós nos encontramos no lixão onde minha mãe trabalha”, contou o garoto. “Quando eu crescer, casarei com uma mulher da minha idade”. A família do menino –o mais novo entre cinco filhos– pagou 500 euros à noiva e outros 1.000 euros pela cerimônia. O amor é mesmo i-nex-pli-cá-vel!

Helen, que trabalha com reciclagem, diz que o casamento é apenas para agradar os ancestrais. “Sanele vai crescer normalmente e, um dia, terá sua própria família e se casar. Toda essa cerimônia é para deixar os antepassados felizes”.

Para a mãe do menino, de 47 anos, caso ele não tivesse atendido o pedido dos ancestrais, algo ruim poderia ter acontecido à família.

Mulher de Felipe Melo comemora por volante não participar de “humilhação”

felipemelo2-1024x612Publicado no UOL Esporte

Roberta Melo, mulher do volante Felipe Melo, usou seu perfil no Instagram para desabafar após derrota do Brasil para a Alemanha nesta terça-feira. Ela chegou a agradecer Deus por seu marido não ter participado deste vexame.

“Durante 4 anos eu não consegui entender o porque do meu marido não estar jogando na seleção brasileira… Jogador de raça, paixão, técnica, força… Tão criticado na última Copa, mas um dos únicos que dá a cara a bater e não se rende em momento algum… Esteve em grande destaque nesses anos e isso não foi suficiente para atrair os olhos do treinador! Clamei a Deus, jejuei por algo que meu coração queria, mas mesmo não tendo alcançado este meu desejo, jamais deixei de agradecer e glorificar o meu Deus maravilhoso!!! Hoje tive a resposta que precisava….Deus não permitiu que ele estivesse passando por essa humilhação!!! E eu quero agradecer ao meu Senhor por essa resposta, por esse cuidado!!! O senhor é fiel…esse é meu testemunho!!!”, escreveu.

Felipe Melo foi titular na Copa de 2010 e chegou a ser expulso no duelo contra a Holanda, pelas quartas de final do Mundial. O volante recebeu o vermelho após entrada dura em Robben.

Nesta terça-feira, o Brasil perdeu a vaga na decisão da Copa do Mundo após sofrer uma goleada por 7 a 1 para a Alemanha. O time de Felipão volta à campo no sábado na disputa de terceiro e quarto.

‘Bebê ariano perfeito’ da propaganda nazista é judeu

Montagem mostra Hessy Taft hoje e a capa da revista nazista: "criança ariana perfeita" era, na verdade, judia

Montagem mostra Hessy Taft hoje e a capa da revista nazista: “criança ariana perfeita” era, na verdade, judia

Publicado na Exame

Uma descoberta e tanto após sete décadas da ascensão e queda nazista na Segunda Guerra Mundial.

Uma criança escolhida pessoalmente por Joseph Goebbels para estampar uma propaganda nazista que mostrava o exemplo de “criança ariana perfeita” é, na verdade, judia.

A mulher é Hessy Taft, de 80 anos, que vive hoje em Nova York e é professora de química.

Recentemente, ela doou uma cópia de uma revista nazista com sua foto na capa ao Memorial do Holocausto Yad Vashem, em Israel.

História

Hessy conta que, em 1935, quando tinha seis meses, sua mãe pediu a um famoso fotógrafo de Berlim, Hans Ballin, para tirar uma foto sua.

Meses depois da sessão de fotos no estúdio, a mãe de Hessy viu uma revista “Sonne ins Haus” (“Sol na Casa”, uma publicação voltada para a família) com a sua foto na capa.

A edição era feita por um amigo direto do nazista Hermann Goering. A foto de Hessy fora escolhida pessoalmente por Goebbels.

A mãe foi atrás de Ballin e questionou o motivo dele permitir o uso da foto, já que sabia desde o começo que ela e a bebê eram judias.

O fotógrafo respondeu: “Queria fazer os nazistas parecerem ridículos”.

“Eu sinto uma espécie de vingança, algo de satisfatório”, conforme reportou o The Independent.

“Estou rindo agora, mas não teria sobrevivido se os nazistas descobrissem a origem da foto”, completou.

Em 1938, o pai de Hessy foi preso pela Gestapo. A família se mudou para a Letônia e de lá foram para Paris.

Quando a cidade foi tomada pelos nazistas, fugiram para Cuba e, depois, chegaram aos Estados Unidos, em 1949.

Mulher nua toma banho de sol na janela de casa, distrai motoristas e causa acidente de carro na Áustria

 Banho de sol polêmico causou acidente de carro na capital da Áustria Reprodução/mirror.co.uk

Banho de sol polêmico causou acidente de carro na capital da Áustria Reprodução/mirror.co.uk

“Eu pensei que estava sofrendo uma insolação quando vi”, diz testemunha

Publicado no R7

A visão de uma mulher tomando um banho de sol na janela de casa distraiu motoristas e causou um acidente de carro em Viena. E não era para menos. A jovem resolveu se bronzear completamente nua no terceiro andar de um prédio na capital da Áustria.

Gregory Shakaki estava passando pelo local e percebeu o que estava acontecendo. “Eu pensei que estava sofrendo uma insolação quando vi”, conta ele, de acordo com o jornal New York Daily News.

O estudante não foi o único a se deslumbrar com a visão da jovem. O motorista Michael Kienast disse à imprensa local que estava atrás de dois veículos que colidiram.

— Eu ouvi o homem que foi atingido gritar ‘você não olha por onde anda’ e o outro motorista respondeu ‘me desculpe, eu estava distraído’ e apontou para a janela onde a mulher estava deitada. O primeiro respondeu, então, ‘ah, certo, eu vejo o que você quis dizer’.

Vários carros estavam bloqueando a rua quando a polícia chegou, mas, neste momento, a jovem já havia entrado e fechado as cortinas.