Arquivo da tag: namoro

No AM, solteiros adeptos do namoro sem sexo relatam preconceito

Marjorie Leite escolheu esperar por um companheiro temente a Deus (Foto: Girlene Medeiros/G1 AM)

Marjorie Leite escolheu esperar por um companheiro temente a Deus (Foto: Girlene Medeiros/G1 AM)

Evento ‘Eu escolhi esperar’ defende sexo somente após o casamento.
Assumir postura de castidade é desafio para jovens adeptos à mobilização.

Girlene Medeiros, no G1

Jovens solteiros adeptos do “Eu escolhi esperar”, movimento que prega o sexo somente após o casamento, dizem estar satisfeitos em “esperar em Deus” por um relacionamento maduro e que valorize preceitos bíblicos. Apesar disso, alguns jovens relatam ter sofrido preconceito devido à opção de escolher namoro sem sexo. Neste sábado (5), cerca de 1,8 mil jovens e adultos participam de seminário em Manaus para falar sobre castidade.

A estudante universitária Marjorie Leite carrega o testemunho de, aos 23 anos, nunca ter tido relação sexual, beijado ou namorado alguém. A jovem diz “estar esperando em Deus” um homem para casar e ter filhos. Ela se tornou missionária e viaja o Brasil para pregar a importância do sexo após o casamento.

Para Marjorie, a experiência traz amadurecimento para quem espera por um relacionamento onde a relação sexual não é o princípio do relacionamento. “Você não precisa estar com alguém para ser feliz. Estar solteira é uma escolha minha de estar esperando no Senhor”, disse. Na faculdade onde estuda, a jovem diz ter sofrido preconceito e ter sido alvo de piadas devido à escolha. “Já fizeram até apostas e competições para saber quem ia me beijar. Hoje, eles entendem que é a minha opção e passaram a me respeitar como sou”, ressaltou Marjorie.

Os jovens dizem que a prioridade em um relacionamento deve ser a escolha de Deus na vida de cada um. Com 19 anos, o estudante universitário Yuri Bindá disse que escolher ter o sexo somente após o casamento é ainda mais difícil para homens. “Vivemos em uma sociedade que, se o homem não sair com várias meninas, tem algo estranho com ele. Comigo é diferente. Resolvi colocar a razão de Deus à frente de todos os prazeres da carne”, afirmou.

Yuri diz que assumir que quer sexo após o casamento é mais difícil para homens (Foto: Girlene Medeiros/G1 AM)Yuri diz que assumir sexo após o casamento é mais difícil para homens (Foto: Girlene Medeiros/G1 AM)

Yuri também nunca beijou, teve relação sexual ou namorou ninguém. Quando se interessa por uma jovem, busca conhecê-la melhor e tem o costume de orar por ela. “A gente sai junto com outras pessoas para não ter nenhuma brecha e cair em tentação. Atualmente, as pessoas da minha faculdade já entendem minha opção, mas foi muito difícil assumir, como homem, que quero ter sexo somente após o casamento”, relatou Binda.

“Eu escolhi esperar”
O “Eu escolhi esperar” é uma mobilização coordenada pela Organização Não Governamental Mobilizando o Brasil. A iniciativa foi criada em Vila Velha, no Espírito Santo. A campanha cristã orienta adolescentes e jovens para planejarem uma vida sexual após o casamento. Mais de dois milhões de pessoas curtiram a página da campanha no Facebook.

Casais que falam igual se amam mais

foto: flickr.com/dustinjmcclure

foto: flickr.com/dustinjmcclure

Carol Castro, na Superinteressante

Você e seu amor falam de um jeito parecido? As mesmas gírias, interjeições, verbos? Parabéns, amiguinhos. Diz um estudo americano que a chance do namoro de vocês durar por muuuito tempo é maior que entre outros casais.

Psicólogos da Universidade do Texas e Universidade Estadual de Wayne se deram conta disso ao analisarem a conversa de 40 casais heterossexuais nos primeiros encontros. Depois de três meses, eles entraram em contato para ver quem ainda estava junto. E perceberam que os casais que falavam de um jeito parecido tendiam a levar o namoro mais a sério por mais tempo.

É que esses casais são mais parecidos. Segundo a pesquisa, o jeito de falar mostra como as pessoas pensam e em que acreditam. Quanto mais idêntico, maior a chance de concordarem com as mesmas ideias.  Aí eles acabam até se interessando mais pela conversa toda.

(Via Science Daily)

dica da Rina Noronha

‘Fui assassinada’, diz mulher que criou ONG contra ‘vingança pornô’

‘Marias da Internet’ foi criada para ajudar vítimas de crimes pela internet.
ONG completa um ano e já salvou algumas vidas, afirma Rose Leonel.

A jornalista Rose Leonel foi vítima de um crime pela internet, em 2008 (Foto: Arquivo pessoal)

A jornalista Rose Leonel foi vítima de um crime pela internet, em 2008 (Foto: Arquivo pessoal)

Erick Gimenes, no G1

A ONG Marias da Internet existe há um ano e já salvou algumas vidas, segundo a criadora dela, Rose Leonel, que mora em Maringá, no norte do Paraná. O trabalho é feito para ajudar mulheres que foram vítimas de ‘vingança pornô’, ou seja, que tiveram fotos ou vídeos íntimos espalhados pela internet por ex-companheiros.

“Crimes como esses acabam com a vida da vítima. É um crime que não se apaga. A imagem sempre vai estar na internet, já foi espalhada. Posso te dizer que, depois de passar por isso, a pessoa morre, moralmente e até fisicamente, em casos de adolescentes que não resistem a todo esse julgamento da sociedade, por exemplo. Meu objetivo é dar alento, dar a mão, dizer: ‘Olha, eu estou aqui e já passei por isso. Quero ajudá-la a salvar sua vida’”, explica a jornalista.

Rose é uma das muitas mulheres que vivenciaram e sofreram com a exposição causada por homens com quem se relacionam. Há oito anos, o ex-noivo divulgou fotos íntimas dela pela internet porque, de acordo com a jornalista, não aceitou o fim do noivado. Além de divulgar as imagens, ele ainda insinuou em redes sociais que ela era uma garota de programa. Rose entrou na Justiça e, em 2010, ganhou a causa.

“Fui assassinada. Fui morta moralmente. Hoje, eu ainda estou em recuperação, dia a dia. Não vai passar. Eu sofri com isso e decidi criar a ONG no auge da minha dor. Eu sei o que é estar desamparada em um momento desses. Em muitos casos, até a família se afasta e vira o rosto para você”, afirma Rose.

Como funciona

'É a minha bandeira', diz jornalista sobre a ONG Marias da Internet (Foto: Reprodução)

‘É a minha bandeira’, diz jornalista sobre a ONG
Marias da Internet (Foto: Reprodução)

A ONG funciona exclusivamente pela internet, como uma consultoria para vítimas de crimes virtuais. Por meio do site da Marias da Internet ou pelo Facebook, as mulheres contam as histórias pelas quais passaram, em mensagens que chegam diretamente para Rose. A jornalista lê, analisa e entra em contato com a pessoa que precisa de ajuda.

O primeiro passo é sempre o mesmo: oferecer uma palavra amiga, segundo ela. “Faço os primeiros socorros”, define. “Ligo para a pessoa e tento ouvi-la. Conto o que passei e acalmo a vítima. Tento mostrar que existe vida após um crime na internet”.

Depois da primeira conversa, Rose entra em contato com uma equipe de profissionais especializados em crimes pela internet, para oferecer assessoria à vítima. No time há advogados, peritos digitais e psicólogos, por exemplo – todos voluntários.

O grupo se mobiliza e aconselha a vítima sobre o que fazer e como agir a partir do crime. Além disso, os voluntários da ONG, incluindo Rose, também visitam escolas e proferem palestras em locais para os quais são convidados.

“O objetivo é informar, orientar e dar suporte para as vítimas. Sou uma mulher que quer lutar por todas as outras mulheres. Isso me fortalece, me faz caminhar. Me sinto sendo útil erguendo essa bandeira, tendo essa missão”, ressalta Rose. “Que bom seria se eu tivesse a oportunidade de conversar com todas as mulheres que passaram por isso. Quantas vidas seriam salvas, não é mesmo?”.

Onde encontrar
Qualquer mulher pode entrar em contato com a Marias da Internet para pedir ajuda, por meio do site da ONG ou pela página dela no Facebook.

11 sinais de que você está namorando um garoto e não um homem

Publicado no F5

1. Um homem paga pelo jantar.

enhanced-buzz-28761-1384895021-30

Via womenslifestyle.com

E se foi você quem convidou, ele pelo menos faz o gesto de pagar.

Um garoto vai querer dividir exatamente quem pediu o quê.

enhanced-buzz-19700-1384895351-16

Via lifeinbmajor.com

Mesmo que ele tenha comido metade das suas batatas fritas e foi ele quem sugeriu que vocês pedissem uma entrada.

2. Um homem chega no horário marcado.

anigif_enhanced-buzz-4656-1384896217-33_preview

MGM/Colombia Pictures / Via gifrific.com

E se ele estiver atrasado, ele vai te avisar.

Um garoto chega uma hora atrasado, depois de ter perdido a noção do tempo jogando Call of Duty.

enhanced-buzz-9492-1384897165-23

Via giphy.com

3. Um homem pensa à frente e planeja o seu futuro.

enhanced-buzz-20460-1384901347-12

NBC / Via troll.me

O fato de ele apenas querer investir no seu futuro é um bom sinal. Na verdade, ele não precisa ter um fundo de ações, porém, não seria nada mal.

Um garoto faz planos até o horário de almoço.

enhanced-buzz-21240-1384901504-0

Via cheezburger.com

E até esses planos não são definitivos.

4. Um homem não se importa se você sair com os seus amigos homens.

enhanced-buzz-3217-1384901997-0

FOX / Via hdwallpaperszon.com

Um garoto morre de ciumes quando você faz isso.

enhanced-buzz-3753-1384902082-0

Via sodahead.com

5. Um homem vai se engajar com os seus amigos e a sua família.

enhanced-buzz-3906-1384902271-1

Universal Studios / Via fanpop.com

Mesmo que isso quase mate ele.

Um garoto diz que ele “não estou preparado para isso, ainda.”

anigif_enhanced-buzz-3216-1384902671-25

BBC / Via myrnin-in-morganville.tumblr.com

Outras coisas para as quais ele não está preparado: estar num relacionamento, conseguir um emprego, devolver o seu conjunto de DVDs da séria Arrested Development, etc.

6. Um homem tem opiniões sobre onde comer.

anigif_enhanced-buzz-32683-1384902955-5_preview

A&E / Via pandawhale.com

Mesmo que seja um simples “Parece bom para mim.”

Um garoto diz, “Você escolhe.”

anigif_enhanced-buzz-32216-1384903123-2_preview

NÃO NÃO NÃO NÃO

Via imgur.com

E depois procede a discordar de toda sugestão que você faz.

7. Um homem não se leva tão a sério.

anigif_enhanced-buzz-16198-1384903686-0_preview

Se eu fosse um Pokémon, eu seria um Psyduck ou um Jigglypuff.

Via waittheresmore.tumblr.com

Um garoto faz mas não aguenta ser uma piada.

anigif_enhanced-buzz-12336-1384903934-14_preview

Eu quero a sua pele.

BBC / Via evrendebinokta.tumblr.com

Sério, nem tudo é uma afronta pessoal. Tome um calmante, OK?

8. Um homem acha que peidos são engraçados.

anigif_enhanced-buzz-16070-1384904716-0_preview

Via community.allhiphop.com

Um garoto também acha que peidos são engraçados.

anigif_enhanced-buzz-21187-1384904870-13_preview

NBC / Via imgur.com

Isso é meio que uma lavada. Embora, ele ache hilário peidar em você.

9. Um homem sabe o que responder para: “Eu fico gorda nessa roupa?”

anigif_enhanced-buzz-15434-1384905031-0_preview

Via reactiongifs.com

É sempre “não”.

Um garoto sofre da doença de falar besteiras.

anigif_enhanced-buzz-3721-1384905208-24_preview

Bem… sim.

BBC / Via doctorwho.tumblr.com

Eu peço desculpas em nome do meu gênero.

10. Um homem é um amante atencioso.

anigif_enhanced-buzz-20480-1384905298-10_preview

Estou ciente do efeito que eu tenho sobre as mulheres.

NBC / Via wifflegif.com

Um garoto é consideravelmente desatencioso.

anigif_enhanced-buzz-20430-1384905588-27_preview

Nós podemos só tirar um momento para me comemorar?

FOX / Via gurl.com

11. Um homem está perto quando você precisa de um ombro para chorar.

anigif_enhanced-buzz-2017-1384907003-0_preview

ABC / Via 1dfashionandimagines.tumblr.com

Um garoto está longe de ser encontrado.

anigif_enhanced-buzz-13015-1384907403-4_preview

“Você não presta.”

Amor à Vida: Gina vira evangélica, após Ordália proibir seu namoro com Herbert

Amor à Vida: Gina vira evangélica, após Ordália proibir seu namoro com Herbert

Amor à Vida: Gina vira evangélica, após Ordália proibir seu namoro com Herbert

Publicado na Caras

Ordália (Eliane Giardini) procura Herbert (José Wilker) para uma conversa definitiva e afirma que Gina (Carolina Kasting) não é filha dele. O médico fica aliviado e pergunta por que ela não disse logo a verdade.

“Eu estava estarrecida, fiquei sem voz quando te vi lá. Jamais podia pensar que o homem que vinha pedir a minha filha em casamento era você”, explica ela. Hebert fica feliz e diz que irá volta a se relacionar com Gina, mas Ordália o impede. “Gina é uma moça direita, quase inocente, pura. Ela nunca ia querer ter um romance com o homem que foi o amor da minha vida”, diz ela.

O médico acaba desistindo de reconquistar Gina após a declaração da mãe dela. Enquanto isso, a cozinheira continua triste e acaba encontrando Maristela (Vera Mancini), que a leva para o culto de sua igreja.

Gina fica encantada com o lugar logo quando chega e é recebida com o canto dos fiéis.

gina2