Arquivo da tag: novela

Venda de flautas aumenta até 17 vezes com músico de Em Família

Gabriel Braga Nunes e Ronny Kriwat tocam flauta em cena de Em Família; venda de instrumento disparou

Gabriel Braga Nunes e Ronny Kriwat tocam flauta em cena de Em Família; venda de instrumento disparou

Paulo Pacheco, no Notícias da TV

Vivido por Gabriel Braga Nunes, o personagem Laerte de Em Família, um flautista de renome internacional, está impulsionando o comércio do instrumento que ele toca. Em uma rede de lojas de instrumentos musicais, as vendas aumentaram impressionantes 17 vezes.

A loja Eclipse & Arte Som, no centro de São Paulo, vendeu quase tantas flautas no primeiro mês de exibição da novela das nove da Globo quanto em todo o ano de 2013. O comércio saltou de de 20 por mês para 340 em fevereiro, com modelos que custam entre R$ 40 (doces) e R$ 110 (transversais).

“Costumamos vender em datas especiais, como aniversários, Dia dos Namorados. Por ser no começo do ano, foi uma surpresa”, comemora Jean Carlos Ribeiro, vendedor responsável pelas estatísticas da loja.

O estoque da empresa está vazio, e a demanda ainda está aquecida. “Em fevereiro, a venda de flautas aumentou muito. Há clientes que encomendaram 20 flautas”, afirma o vendedor.

Na loja virtual Musical Brasil, as flautas transversais, modelo usado por Laerte na trama de Manoel Carlos, estão esgotadas. Desde o início da novela, o crescimento foi de 187,5%. Os preços variam de R$ 32 a R$ 853.

“Apostamos que o crescimento chegará em 1.000% até o final da novela. Continuamos com a mesma logística, temos capacidade de escalonamento. No caso de produtos esgotados avisamos ao cliente quando estão disponíveis”, diz Diego Ivo, presidente da Conversion, empresa que administra o posicionamento da loja virtual.

Na trama, Laerte decide viajar para a Europa estudar música após ser preso por quase matar Virgílio (Nando Rodrigues). Vinte anos depois, ele se torna um talentoso flautista e se apresenta com seu filho, Leto (Ronny Kriwat).

Bolsonaro sobre beijo gay na novela: “Atores vão se arrepender”

Reprodução Cenas do último capítulo de Amor à Vida

Reprodução
Cenas do último capítulo de Amor à Vida

Deputado não viu cena da novela “Amor à Vida” em que Mateus Solano e Thiago Fragoso se beijaram, mas garante que arrependimento virar por “ajudarem a desconstruir a família”

Nivaldo Souza, no IG

A cena do último capítulo da novela “Amor à Vida” em que os personagens Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) dão o primeiro beijo entre dois homens em telenovela brasileira não foi vista pelo deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), mas o parlamentar acredita que os atores se arrependerão da cena que na noite da última sexta-feira (31) foi a mais comentada nas redes sociais. “Acho que no futuro eles vão se arrepender por contribuir para desconstruir a família”, diz.

Polêmico na Câmara, onde já bateu boca com manifestantes de movimentos LGBT contrários a presidência da Comissão de Direitos Humanos exercida pelo deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), Bolsonaro é um dos expoentes do Congresso que ao lado da bancada evangélica tem se oposto na Câmara contra leis favoráveis aos homossexuais.

Luis_Macedo Jair Bolsonaro

Luis_Macedo
Jair Bolsonaro

O deputado diz que “filho gay bonito é o dos outros” depois de ter deixado escapar entre risadas que Niko e Félix fizeram um par “bonito”. Bolsonaro corrige a escorregadela dizendo que os atores “têm potencial muito grande [de beleza]”, embora afirme que não assiste novelas. “Eu não vejo novela porque tenho mais o que fazer, mas só tenho a lamentar isso [o beijo gay] porque a nossa sociedade caminha para essa desconstrução da família”, diz.

Homem assiste mais novela do que futebol

O sãopaulino Bruno Viterbo, 24 anos, que grava capítulos de Além do Horizonte, novela das sete da Globo

O sãopaulino Bruno Viterbo, 24 anos, que grava capítulos de Além do Horizonte, novela das sete da Globo

Daniel Castro, no Notícias da TV

Novela é coisa de mulher, certo? Errado. É coisa de homem também. Ranking do Ibope, obtido com exclusividade pelo Notícias da TV, mostra que o gênero mais visto por homens na televisão aberta, em todo o país, são as telenovelas. O futebol aparece em segundo lugar, seguido por minisséries, filmes e humorísticos (veja quadro abaixo).

A audiência das telenovelas entre mulheres, no entanto, é quase o dobro do que entre homens. Minisséries e filmes também têm grande aceitação pelo público feminino, E, curiosamente, as mulheres dão mais audiência ao futebol do que aos reality shows.

As novelas são os programas mais vistos por todos os segmentos de sexo e faixas etárias. Entre as crianças, têm mais do que o dobro da audiência dos programas infantis. Escassa nas grandes redes abertas, a programação infantil é apenas a quinta na preferência das pessoas com 4 a 17 anos, de acordo com o Ibope.

O ranking do Ibope expõe uma dura realidade: televisão é entretenimento, e ponto. Os programas jornalísticos não aparecem em nenhum top five. Nem mesmo entre as pessoas com mais de 50 anos, grandes consumidoras dos gêneros de saúde e de auditório.

O ranking foi feito com base na audiência média de todos os programas de cada gênero e/ou formato nas cinco redes abertas, mais a Record News. Isso, em parte, explica o fato de as novelas serem mais vistas por homens do que o futebol: há muito mais novela do que bola rolando na televisão.

Veja o ranking do Ibope e, a seguir, depoimentos de três homens que não trocam um bom dramalhão por um jogo de futebol.

generos-2 (1)Torvano(1)Analiso cada capítulo como se fosse o esquema tático de um time’

“Sou jornalista esportivo, repórter de rádio, e faço cobertura diária do São Paulo Futebol Clube. Mas amor mesmo eu tenho por novela. Como sempre falo, o Brasil não é mais o país do futebol, e sim da novela. Admiro as grandes atuações dos mais variados atores. Gosto de analisar tramas, entender porque uma novela vai bem e outra vai mal. Analiso cada capítulo como se fosse o esquema tático de um time de futebol. Lembro que mamãe assistia a poucas novelas. Meu pai era meio bravo, e ele também gostava mais de ver filmes e séries de bang-bang. Acho que por isso gostei mais ainda desse produto quase nacional. A curiosidade era enorme. Hoje me delicio com a obra desses autores maravilhosos. Silvio de Abreu é o meu favorito. Só preciso assistir mais como telespectador, e menos como um técnico (que não sou). Que o mundo tenha mais Fernandas Montenegros, mais Glórias Pires, mais Tonys Ramos, e um ou outro Neymar.” (Marcio Roberto Torvano, 35 anos, jornalista)

Bruno7‘As novelas estão tentando encontrar um caminho’

“Novela e futebol são duas paixões que sempre estiveram presentes na minha vida. Nasci corintiano, mas sou ovelha negra. Torço para o São Paulo. Foi pelo tricolor paulista que eu realmente comecei a gostar de futebol e ir aos estádios. Já as novelas são um caso antigo. Minha primeira lembrança é de Xica da Silva. A partir daí, peguei gosto pelo gênero. Atualmente, acho que as telenovelas estão tentando encontrar um caminho. Depois de alguns anos com uma tremenda falta de criatividade dos autores, vejo uma mudança. Avenida Brasil mudou completamente a forma de produção e a forma de contar uma história no formato telenovela. O ritmo e, principalmente, a fotografia, são elementos que marcaram uma ruptura no gênero. Não à toa, é sucesso em todo o mundo. Cheias de Charme é outra novela que conseguiu captar o espírito do tempo ao conseguir unir, de forma precisa, TV  e internet. Um caminho sem volta que agora a Globo e as outras emissoras tem que voltar os olhos.” (Bruno Viterbo, 24 anos, radialista)

MarconeExiste o antes e o depois de Avenida Brasil’

“Sempre gostei de novelas e acho de alguns anos para cá as produções melhoraram bastante. Acredito que existe o antes e o depois de Avenida Brasil. O telespectador, após o sucesso de Avenida Brasil, ficou mais exigente. Amor à Vida está aí para nos mostrar isso: mesmo com audiência considerável, a novela é muito criticada. Sou cruzeirense, porém não sou de ir a estádios.” (Marcone Ferreira, 32 anos, consultor de viagens)

Aline Barros teria negado participação na novela Amor à vida na noite de Réveillon

Publicado no The Christian Post

aline-barros

(Foto: Divulgação/Aline Barros)

A cantora gospel Aline Barros teria negado participação na novela Amor à vida, transmitida às 9 horas pela TV Globo, segundo informações da assessoria de comunicação da sua gravadora MK Music. O anúncio foi uma resposta à coluna Telinha, publicada no jornal Extra e assinada por Carla Bittencourt, que disse, na quarta-feira (18), que a estrela iria participar de ‘emocionante culto evangélico’ na ‘noite de réveillon’.

A cena teria a participação do núcleo cristão da novela, composto pelos personagens Efigênio (Glaucio Gomes), Gina (Carolina Kasting), Maristela (Vera Mancini) e Verônica (Miriam Lins). Eles iriam falar a “importância do rito na religião”. O Extra ainda publicou que a crente Maristela iria elogiar Aline Barros: “Ela é uma serva muito abençoada”.

O portal GNotícias analisou o caso. Silvio Costa opinou: “Quer quais foram os motivos de Aline, em minha opinião ela foi feliz na posição. Se a cantora realmente manter a decisão, e não nos surpreender aparecendo em cena da novela global, ela surpreenderá principalmente o pessoal da Globo que não é acostumado a ter ‘não’ como resposta de seus convites”.

Costa concluiu: “Parece que em 2013 o namoro de evangélicos e a Globo, deu uma esfriada, um tempo talvez; mas por certo esse ainda não foi o capítulo final, novas retomadas estão por vir. O mundo gospel nacional tornou-se numa tentação comercial, por seu potencial de consumo e entretenimento (hoje muito secularizado). As emissoras de TV já perceberam o tamanho da fatia deste mercado, e como ponto de atração e estratégia de simpatia; lançaram mão dos maiores nomes da ‘música evangélica’, para fisgar o maior pedaço do bolo, o da música e shows gospel”.

O cancelamento da premiação do Troféu Promessas foi um dos episódios que retrataram um início de mudança na relação entre mundo gospel e televisão.

A cantora esteve na tela da Globo no dia 15 de dezembro, participando do Festival Promessas.

‘Amor à vida’: Aline Barros participa da novela na noite de réveillon em emocionante culto evangélico

aline_barros

Foto: Terceiro / Agência O Globo

Publicado no Jornal Extra

A mais importante cantora gospel do país vai participar de uma emocionante sequência de “Amor à vida”. Aline Barros foi convidada para cantar no culto de réveillon do núcleo evangélico da novela, no qual Efigênio (Glaucio Gomes), Gina (Carolina Kasting), Maristela (Vera Mancini) e Verônica (Miriam Lins) vão falar sobre a importância do rito na religião. Na cena, que vai ao ar no último dia do ano, a estrela da música gospel é elogiada por Maristela. “Ela é uma serva muito abençoada”, diz.