Fim da ‘internet gratuita’ no celular gera controvérsia

celular-REUTERS

Publicado no Estadão

A partir desta quinta-feira, 6, clientes de planos pré-pagos da Vivo em Minas Gerais e Rio Grande do Sul não poderão mais usar no celular a internet com velocidade reduzida após estourar a franquia contratada. Como saída, o consumidor poderá pagar R$ 2,99 por um “pacote adicional” com mais 50 megabytes de dados para serem gastos em, no máximo, uma semana. A empresa anunciou ainda que a medida deve se estender para outras regiões do País “nos próximos meses” e para clientes pós-pagos.

O perito criminal mineiro João Henrique Maciel, de 36 anos, prevê mais gastos. “Poderia até reduzir o consumo, mas se extrapolasse a franquia ia acabar adquirindo os pacotes adicionais”, diz. “E se isso se tornasse um hábito frequente, possivelmente pensaria num plano com franquia maior.”

Quadro semelhante é o da também mineira Samira De-Stefano, relações públicas, 25 anos. Cliente de um plano pós-pago, já recebeu contas de R$ 2.400 após usar 300 MB excedentes no exterior. “Uso celular o dia inteiro. É Instagram, Facebook, Waze, WhatsApp e Skype, porque meu namorado mora na Suíça”, diz. “Não controlo meu 3G. Como sou muito frenética, só vou usando, sem hesitar. A questão de redução de velocidade me incomoda.”

Segundo a empresa, dona da maior fatia do mercado de telecomunicações (28,72%), o objetivo de eliminar a velocidade reduzida é não permitir que seu cliente associe uma má experiência com a internet lenta com o serviço prestado pela operadora dentro da franquia. Em nota, a Vivo diz que agora o usuário poderá usar a internet sempre em alta velocidade “sem o incômodo de o desempenho ser reduzido”.

“Antes já existia a opção de pagar para manter a velocidade. Ninguém obrigava o usuário a usar velocidade reduzida, ele usava porque queria”, diz João Paulo Bruder, analista de telecomunicações da IDC Brasil, que acredita que a mudança é um simples gerador extra de receita para a empresa.

Segundo dados da IDC, os gastos dos consumidores com dados devem aumentar 18,8% neste ano em relação a 2013, enquanto os com voz devem crescer menos, 9,2%. “O que as operadoras estão fazendo é aumentar mais ainda essa receita de dados”, diz Bruder. Segundo a Vivo, em um ano, a empresa registrou aumento de 21% na participação de usuários com planos de dados.

Operadoras

As demais operadoras logo se manifestaram sobre o assunto, posicionando-se favoravelmente ao fim da velocidade reduzida, usualmente tratada como uma condição promocional pelas empresas. A Oi disse que “considera o fim da velocidade reduzida, aliada ao novo modelo de cobrança por pacotes adicionais”, o que considera “tendência mundial”.

A Claro se resumiu a dizer que a empresa está sempre avaliando “formas” de entregar boas experiências em internet móvel a seus clientes. Já a TIM disse estar “atenta às tendências de mercado” e, por isso, considera a mudança um “movimento natural”, já que a velocidade reduzida pode gerar uma “percepção negativa do serviço”.

compare-planos-moveis

Defesa do consumidor

Para Veridiana Alimonti, advogada do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), o fim da velocidade reduzida é “reflexo de um problema anterior, que é a falta de infraestrutura de redes” no Brasil. “Se os brasileiros estavam experimentando demais a internet com menor velocidade isso mostra que eles estavam contratando planos com franquias abaixo do seu perfil de uso. O que acontece é que as grandes franquias são muito caras e a infraestrutura não suporta maiores consumos.”

Alimonti afirma que o consumidor que se sentir lesado pela mudança no plano deve procurar a Justiça. Com o Código de Defesa do Consumidor é possível argumentar que a venda do plano não deixou claro que a velocidade reduzida (geralmente vendida como internet “ilimitada”) se tratava de promoção. E então se torna uma condição vinculada ao contrato.

A coordenadora do Proteste, Maria Inês Dolci, fez um pedido formal à Anatel para impedir as mudanças que, para ela, só trarão prejuízos aos clientes. “Hoje, o consumidor já está bastante confuso com os planos que tem. Até porque eles vão mudando de forma unilateral”, diz.
Para o consultor Eduardo Tude, da Teleco, acabar com a oferta de velocidade reduzida, baseada em 2G, é uma “tendência” pois esse tipo de serviço é “muito ruim” para o usuário.

“Não existe almoço grátis, o consumidor tem que pagar porque se não a rede não se sustenta. O importante é que os pacotes dos dados tenham uma diversidade de preços, para garantir que todos tenham acesso.”

Leia Mais

Cliente diz que foi chamado de ‘idiota’ em SMS enviado pela operadora Oi

Ele conta que recebeu mensagem após solicitar suporte técnico para celular.
Companhia afirma que vai apurar o caso e tomar as devidas providências.

Cliente promete entrar na Justiça por danos morais devido a ofensa (foto: Arquivo pessoal)
Cliente promete entrar na Justiça por danos morais devido a ofensa (foto: Arquivo pessoal)

Silvio Túlio, no G1

O analista judiciário Valdemir Gomes Soares, de 53 anos, afirma que foi chamado de ‘idiota’ e ‘imbecil’ após buscar suporte técnico para seu celular na Oi. Ele conta que ligou para a central de atendimento, na última segunda-feira (24), na tentativa de resolver um problema que ele acreditava ter em sua linha telefônica, mas recebeu em seguida a mensagem de SMS ofensiva da operadora (veja imagem acima).

A Oi afirmou ao G1, por meio de nota, que vai  apurar as informações e tomar as devidas providências pelo ocorrido. A empresa diz ainda que “o caso apresentado está totalmente fora dos padrões de qualidade e atendimento nas operações da companhia”.

Valdemir diz que ligou para a operadora, pois precisava de ajuda porque, quando tentava fazer uma ligação, ouvia uma mensagem de outra operadora informando que aquele número não existia. “No fim das contas, depois que já tinha encerrado a ligação, vi que eu mesmo estava digitando o número errado. Mas isso não justifica a ofensa”, afirmou ao G1.

Ele lembra que, em determinado momento da ligação para a central, a atendente que tentava resolver seu problema questionou se ele estava falando do mesmo telefone para o qual queria atendimento. O analista confirmou a informação e, minutos depois, encerrou a chamada.

Logo em seguida, antes de receber a mensagem ofensiva, recebeu um SMS informando o número de protocolo do atendimento. Depois, recorda-se, veio o xingamento também por meio de mensagem, alegando que o cliente não estava com problema, pois ele estava usando o aparelho para falar com a central de atendimento.

Valdemir adianta que já pediu o arquivo contendo a gravação da conversa e que a empresa se comprometeu a enviar o material em até dez dias, prazo estipulado por lei. Ele diz pretende entrar com ação na Justiça por danos morais.

Leia Mais

Um anjo dentro da prisão é visto abraçando o pastor Marcos Pereira. Oi?

anjo5Publicado por Crente Santão

Na época a OAB Ordem dos Advogados do Brasil manifestou dizendo que os argumentos usados pela promotoria são apenas verbais. Um crime que aconteceu em 2006 não pode ser julgado por provas verbais de unicamente uma pessoa. AOB não defende o pastor Marcos Pereira, mas manifestou contra o julgamento respaldado em uma única prova verbal. A entidade também afirma que deveria ser analisado os fatos dos envolvidos na condenação ter contato direto com os acusadores, o promotor e o delegado do caso, tinham interesses na condenação.

Mas enfim, ele foi julgado e condenado. E desde que ficou preso, o pastor realiza culto todos os dias dentro da cadeia, e hoje conta com 250 convertidos que tem o prazer de ouvi-lo pregar. Semana passada por volta das 2h da manhã um varão de branco passeou entre a cela e foi a direção do pastor Marco Pereira e o abraçou.

Cerca de 40 presos que estavam acordados viram toda a cena e ficaram assustados. Um dos carcereiros também viu a cena, mas por medo de repreensão da diretoria do presidio preferiu não comentar o assunto aos seus superiores. Pastor Marco Pereira dormia nesse momento e ficou sabendo do relato por intermédio dos presidiários que presenciaram a cena. Um deles disse aos advogados do pastor “Entrou silencioso, sério, não olhou pra nós, suas vestes não eram brancas eram cinzas, estendeu a mão sobre a cabeça do pastor e desapareceu, todos nós vimos e não dormimos durante a noite, acordamos ele e falamos”

Pastor Marcos respondeu: “Eu fico feliz, Deus sabe do meu coração e sabe que estou aqui inocentemente. Tive falhas no passado, como qualquer homem tem. Mas já que me colocaram aqui, não vou abrir mão de pregar o evangelho, tem gente precisando aqui, Jesus já salvou 250 presos e alguns foram batizados com o Espírito Santo numa vigília que fizemos, Como Jeremias, estou sendo visto como falso profeta e jogado no calabouço. Deixa o plano de Deus se cumprir”.

dica do Sidnei Carvalho de Souza

Uma pesquisa rápida mostra que a notícia não existe no site da Agência Brasil. Obviamente, os e-mails de lá não são da “band”, mas da Empresa Brasil de Comunicação (@ebc.com.br).

A ~notícia~ aparece também no Blog do Vini Silva. Em mensagem no Facebook ele disse que quem postou está tentando se passar por ele com um perfil falso.

Conclusão: #LorotaGospel

Leia Mais

Assim surgiu a brincadeira da Girafa

imagem: Reprodução/DesktopNexus
imagem: Reprodução/DesktopNexus

David Castillo, no Facebook

Diabo: Precisamos pensar em uma nova estratégia para dominar a mente das pessoas.

Sub-Diabo: Hum… deixa eu ver se descubro algo novo no Google.

Diabo: Tá… mas antes deixa eu ver meu face.

Sub Diabo: Isso chefe, o Face!

Diabo: Que tem o Face? Deixei o meu aberto?

Sub Diabo: Não chefe, o que eu quero dizer é que a gente tem q usar o Face pra conquistar a galera.

Diabo: Interessante, fale-me mais sobre isso!

Sub Diabo: Vamos criar uma charadinha com uma mensagem subliminar no meio, aí quem não acertar a gente domina a mente e faz ele fazer coisas imbecis…

Diabo: Ae… curti, pode entrar no meu face pra gente começar.

Sub Diabo: Vou entrar… opa, já tava logado… mas pera aí, esse é o perfil do Rafinha Bastos.

Diabo: Droga, esqueci de sair do meu fake… sai e entra de novo!

Sub Diabo: Beleza chefe, oq a gente faz agora?

Diabo: Antes de mais nada deixa eu cutucar o Feliciano… adorooo.

Sub Diabo: Boa.

Diabo: Bom, escreve ai uma historinha que se passa às 3 da manhã.

Sub Diabo: Mas chefe… assim o senhor está revelando o horário ultra-secreto em que os portais do inferno são abertos para nossos enviados espalhar a impureza sobre as vidas e…

Diabo: Heim?

Sub Diabo: Tá… depois não diga que eu avisei?

Diabo: Escreve aí que às 3 da manhã chega alguém pra tomar café na sua casa…

Sub Diabo: Até parece… a essa hora eu só abro a porta se for meus pais.

Diabo: Boa, escreve aí que quem chega são seus pais!

Sub Diabo: Meus pais?

Diabo: Não sua besta… os pais de quem ta lendo!

Sub Diabo: Ah tá…

Diabo: Diz aí que você tem algumas coisas pra oferecer.

Sub Diabo: Sei como é… charuto, farofa, galinha preta, pinga barata…

Diabo: Nãããoo… assim fica na cara, tem q colocar coisas inocentes tipo mel, geléia, pão, queijo…

Sub Diabo: Vinho?

Diabo: Tá… pode deixar o vinho vai!

Sub Diabo: Legal, e qual vai ser a charada?

Diabo: O que você abre primeiro?

Sub Diabo: O vinho, claro!

Diabo: Ahh… se ferrou trouxa, claro que a resposta certa é o olho!

Sub Diabo: Por que o olho?

Diabo: Porque? São 3 horas da manhã, você ta dormindo palhaço!

Sub Diabo: Tá… se eu tiver dormindo as 3 da manhã quem é que vai abrir o portal místico do inferno?

Diabo: Ah é!

Sub Diabo: Mas beleza, acho que a galera que não cuida do portal do inferno deve ta dormindo a essa hora, então pode ser essa a resposta certa!

Diabo: Legal… quem errar a pergunta vai ter que pagar uma prenda, tem que ser algo bobo, quase infantil, mas que traga uma legalidade nossa sobre a vida espiritual dessa pessoa.

Sub Diabo: E se a pessoa tiver que trocar sua foto de perfil?

Diabo: Pra que?

Sub Diabo: Pra mostrar ao mundo que aquela pessoa é nossa!

Diabo: Tipo marca da besta?

Sub Diabo: É… podia colocar uma foto de um animal bem besta mesmo!

Diabo: Macaco… eu acho macaco muito engraçado.

Sub Diabo: Não, macaco pode gerar piadas racistas, preconceituosas.

Diabo: Pô, meu fake ia curtir!

Sub Diabo: Elefante?

Diabo: Pô, legal… mas vai que a pessoa é gorda, olha o constrangimento que pode gerar.

Sub Diabo: Verdade… precisamos pensar em algo diferente, enxergar mais acima.

Diabo: Enxergar mais acima? Girafa! Esse é o bicho!

Sub Diabo: Boa chefe!

Diabo: Alem disso a girafa é um dos animais símbolos da sexualidade e que mais fazem uso do sexo com um parceiro do mesmo sexo…

Sub Diabo: Pô chefe, vc fica um saco quando assiste Discovery.

Diabo: Beleza… publica aí que ficou bom, publica aí…

Sub Diabo: Tá lá… já to vendo uma galera trocando a foto pra girafa.

Diabo: Finalmente vamos dominar o mundo!

Sub Diabo: Mas chefe, e se alguém descobrir nosso plano?

Diabo: Fácil, é só a gente trocar o avatar pra uma girafinha Tb!

Leia Mais

Princesa de Cristo: “Nordestino adora PT. Sou paulista, filha de europeu. Não consigo viver neste cabresto”

princesadecristo
Na manhã de hoje, a internauta “Princesa de Cristo” (oi?) postou na rede o tuíte acima. Diante da saraivada de críticas, apagou a mensagem e tentou se explicar:

O PT coloca um cabresto na nação desde o governo Lula, principalmente na população carente do norte/nordeste, que muitas vezes é iludido pelo PT. Por falta de consciência política, talvez.

Só quis dizer que o PT “fecha a mente do nordestino” em troca de votos

eu só queria que entendessem que eu não tenho problemas com nenhum povo

Posso ter escolhido palavras erradas e peço desculpa aos ofendidos. Fim.

dica do Bruno Dias

Leia Mais