Fotógrafo captura beleza de ondas invisíveis ao olho nu

Publicado no Catraca Livre

Em seu mais novo ensaio fotográfico, o fotógrafo francês Pierre Carreau registra a beleza escondida nas ondas. Com uma câmera de alta velocidade, Pierre captura momentos que revelam curvas e formas invisíveis a olho nu.

“Aquaviva” foca de uma maneira inusitada a atenção em ondas menores que crescem e se quebram com ondas maiores.

iGoQIqm - Imgur CWwkzmr - Imgur 8D1X8oo - Imgur LvPZEmI - Imgur jjowTFF - Imgur 8gQ9C1r - Imgur

Leia Mais

Artista controla sua obra com o poder da mente

Eunoia_interna

Publicado no Hypeness

Que a mente tem poderes incríveis já todos sabíamos, mas a artista conceitual Lisa Park elevou a fasquia: ela criou uma obra em que o movimento da água é manipulado a partir das suas ondas cerebrais. Eunoia, o grego de “belo pensamento”, é o nome desta incrível performance.

Pra conseguir este resultado, a artista utiliza o dispositivo NeuroSky EEG, que ajuda a transformar a atividade do cérebro em fluxos de dados que podem ser manipulados para fins de pesquisa –neste caso, Park preferiu criar uma obra de arte. De seguida, foram colocadas cinco caixas de som em baixo de tigelas com água, as quais vibram conforme a atividade cerebral da artista.

Uma vez que o sistema não funciona como uma ciência exata, a artista focou seus pensamentos durante um mês em pessoas específicas, com quem ela possui fortes relações emocionais. Park então relacionou cada uma das cinco caixas de som com uma certa emoção: tristeza, raiva, ódio, desejo e felicidade. Veja o resultado no vídeo abaixo:

Eunoia6 Eunoia4 Eunoia3 Eunoia2 Eunoia1

Dica do Sidnei Carvalho

Leia Mais

Vinicius de Moraes: Dia da Criação (Porque hoje é sábado)


x
Trecho retirado da abertura do show/CD de Vinicius de Moraes Ao Vivo no Canecão, de 1977, em que o Poeta recita o poema Dia da Criação, com acompanhamento musical em jazz.

I

Hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, como o mar
Os bondes andam em cima dos trilhos
E Nosso Senhor Jesus Cristo morreu na Cruz para nos salvar.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Não há nada como o tempo para passar
Foi muita bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo
Mas por via das dúvidas livrai-nos meu Deus de todo mal.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Amanhã não gosta de ver ninguém bem
Hoje é que é o dia do presente
O dia é sábado.

Impossível fugir a essa dura realidade
Neste momento todos os bares estão repletos de homens vazios
Todos os namorados estão de mãos entrelaçadas
Todos os maridos estão funcionando regularmente
Todas as mulheres estão atentas
Porque hoje é sábado. (mais…)

Leia Mais

Um terço dos americanos acredita que os desastres naturais estão relacionados com o Apocalipse descrito no Novo Testamento

Área devastada em Breezy Point após a passagem do furacão Sandy em 31 de outubro. Foto: Mehdi Taamallah/AFP

Reportagem da AFP MÓVEL publicada na CartaCapital

Título original:  Um terço dos americanos culpa Apocalipse por desastres naturais

Um terço dos americanos acredita que a intensidade dos desastres naturais recentes está relacionada com o Apocalipse descrito no Novo Testamento, segundo pesquisa publicada na quinta-feira 13.

No entanto, muitos outros cidadãos culparam o aquecimento global pelo fenômeno, acrescentou a consulta.

Tentando explicar as inundações, o extremo calor e as ondas de frio, 36% dos americanos e 66% dos cristãos evangélicos se referiram ao fim do mundo, segundo o levantamento realizado pelo Instituto Público de Pesquisa Religiosa.

No entanto, 63% dos entrevistados culparam as mudanças no clima e 67% afirmaram que o governo deveria fazer mais para enfrentar este problema.

Por outro lado, cerca de 15% dos entrevistados disseram pensar que o mundo acabará durante seu tempo de vida e só 2% consideraram que o fim do mundo ocorrerá no próximo 21 de dezembro, como muitos acreditam que os maias previram.

Um total de 1.018 adultos participaram da pesquisa, realizada entre 5 e 9 de dezembro com margem de erro de 3,2%.

Leia Mais

Surfista de 180 quilos ‘desafia a gravidade’ e encara ondas gigantes

Publicado originalmente no Extra

O americano Jimbo Pellegrine, de 40 anos, é um exemplo para as pessoas superarem seus limites. Mesmo pesando 180 quilos, ele se dedica ao esporte que mais adora: o surfe. E, surpreendendo a todos, consegue se manter em pé em cima da prancha, encara ondas gigantes e tubos nas melhores praias do Havaí e da Califórnia. Em um vídeo gravado em 2009, Pellegrine aparece pegando altas ondas, e se mantendo em pé em todas elas.

Filho de pai surfista e formado em Harvard, Pellegrine começou a surfar com apenas quatro anos. Em entrevista ao site “Chubstr”, o americano contou que as pessoas ficam com medo quando ele sobe na prancha.

– As pessoas estão sempre com temor, especialmente quando vou a lugares que eu não nunca tinha surfado ainda.Normalmente, as pessoas ficam com olhares estranhos, desconfiadas. Depois não acreditam no que veem – disse.

Pellegrine contou ainda que ganhou esculturas e cartazes em algumas praias.

– Há lugares onde você pode encontrar o meu nome esculpido em cimento e cartazes sobre mim. É engraçado – afirmou.

Leia Mais