Descubra quais são os perfumes mais usados por homens e mulheres que traem

Elas preferem cheiros sensuais, eles, fragrâncias mais frescas

Os perfumes mais usados por homens e mulheres que traem (fotos: Divulgação)
Os perfumes mais usados por homens e mulheres que traem (fotos: Divulgação)

Publicado em O Globo

A traição tem cheiro. O site de relacionamento extraconjugal “Gleeden.com” perguntou a mil homens e mil mulheres que traem quais são as suas fragrâncias prediletas. Na ala feminina, o posto mais alto foi ocupado pelo Shalimar, da Guerlain, seguido pelo Coco Mademoiselle, da Chanel, que tem como musa a atriz britânica Keira Knightley.

Entre os homens, o favorito é L’Homme, da Yves Saint Laurent. Na sequência, vem o One Million, de Paco Rabanne. De acordo com o “Daily Mail”, elas preferem cheiros mais sensuais e poderosos, enquanto eles optam por fragrâncias frescas, como Acqua Di Gio, de Giorgio Armani, e Eau Sauvage, de Dior.

Os favoritos das mulheres

1) Guerlain, Shalimar

2) Chanel, Coco Mademoiselle

3) Guerlain, La petite robe noire

4) Dior, Hypnotic Poison

5) Givenchy, Very Irresistable

6) Lancôme, La Vie Est Belle

7) Giorgio Armani , Si

8) Yves Saint-Laurent, Parisienne

9) Lancôme, Trésor

10) Nina Ricci, L’air du temps

Os favoritos dos homens

1) Yves Saint Laurent, L’Homme

2) Paco Rabanne, One Million

3) Chanel, Bleu

4) Dior, Dior Homme

5) Paco Rabanne, Invictus

6) Lancôme, Hypnose Homme

7) Yves Saint-Laurent, La Nuit de L’Homme

8) Jean Paul Gaultier, Le Mâle

9) Giorgio Armani, Acqua Di Gio

10) Dior, Eau Sauvage

Leia Mais

Xico Sá pede demissão da Folha após ser censurado por apoiar Dilma

Xico Sá pede demissão da Folha de S.Paulo depois de ter um artigo censurado pelo jornal. No texto, o jornalista e escritor declarava voto em Dilma neste 2º turno e explicava as suas razões

Xico Sá afirmou ainda que a grande mídia do Brasil só tem interesse em atacar e denunciar um lado (Edição: Pragmatismo Político)
Xico Sá afirmou ainda que a grande mídia do Brasil só tem interesse em atacar e denunciar um lado (Edição: Pragmatismo Político)

Publicado no Pragmatismo Político

O jornalista e escritor Xico Sá pediu demissão da Folha de S. Paulo depois de ter tido um artigo vetado pelo jornal. Na coluna, que seria publicada no sábado 11, no caderno Esporte, ele declarava seu voto na presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição.

No sábado, Xico Sá disparou ataques contra o que chamou de “imprensa burguesa” e contra o candidato Aécio Neves (PSDB) em sua página no Twitter. Ele também declarou seu voto em Dilma na rede social.

“Foda-se o PT, a merda é q ñ há a mínima manchete contra os outros. Aí tá a putaria jornalística e eu, lá de dentro, sei como funciona”, escreveu Xico Sá no Twitter. “Amo encher a boca e dizer IMPRENSA BURGUESA. É q só há um lado a foder, nisso é desonesta, escrota, fdp. Pq ñ investigar todos?”, questionou em seguida.

“Nego acha q por trabalhar na imprensa burguesa desde os 18 anos ñ posso ser contra a orientação política dos chefes. Oxe, aí q devo ser mesmo. Um dia ainda vou contar tudo q a imprensa ñ deixa sair se for contra a orientação política dos grandes jornais. Só podem os reinaldões etc”, ameaçou, citando o colunista Reinaldo Azevedo, de Veja.

Sobre as eleições, publicou: “Façam bonito, vcs são do jogo, mas o governo brasileiro foi muito importante para o meu povo e eu estou com meu povo. Dilma é foda!!!”. E ainda: “se fosse votar por vcs burgueses era Aécio até o talo; mas como prefiro votar pelo meu povo da porra e q necessita, é Dilma, carajo”. Xico Sá criticou Aécio e perguntou: “na boa, do fundo del corazón, como alguém pode votar em Aécio? juro q não vou julgá-lo por nenhuma das 50 escrotidões q poderia julgá-lo”.

Xico ainda fez restrições sobre a cobertura eleitoral: “lindo qdo um menino d hj fala no roubo do PT, sobre o qual há dúvida, e mal sabe q fui repórter d política e provei muitos roubos do PSDB”.

Caso Maria Rita Kehl

O episódio de Xico Sá, em certa medida, lembra o ocorrido há pouco mais de quatro anos, em 6 de outubro de 2010, com a psicanalista Maria Rita Kehl. Ela foi demitida do jornal O Estado de S. Paulo depois de escrever um artigo, publicado na véspera, sobre “desqualificação” dos votos das pessoas pobres. Na ocasião, deu entrevista ao repórter Bob Fernandes, no portal Terra Magazine, e disse ter sido dispensada por um “delito” de opinião.

O artigo, intitulado Dois Pesos…, terminava assim: “Agora que os mais pobres conseguiram levantar a cabeça acima da linha da mendicância e da dependência das relações de favor que sempre caracterizaram as políticas locais pelo interior do país, dizem que votar em causa própria não vale. Quando, pela primeira vez, os sem-cidadania conquistaram direitos mínimos que desejam preservar pela via democrática, parte dos cidadãos que se consideram classe A vem a público desqualificar a seriedade de seus votos”.

Na entrevista, Maria Rita chegou a declarar que considerava um “erro estratégico” do governo queixar-se da imprensa, mas também não conhecia nenhuma ação concreta do governo para cercear a mídia. Por outro lado, acrescentou: “A imprensa, que tem seus interesses econômicos, partidários, demite alguém, demite a mim, pelo que considera um ‘delito’ de opinião”.

 

Leia Mais

Mulher que passou 1 minuto tentando fazer a selfie perfeita se torna novo viral da web

viral

publicado na Revista Glamour

Um aviso: muito cuidado quando passar um certo tempo fazendo selfies em público, porque pode acontecer com você a mesma coisa que aconteceu com a “vítima” desse vídeo. De identidade desconhecida, a mulher gasta pouco mais de um minuto tentando a selfie perfeita num bar (possivelmente na praia, visto que ela estava de biquíni) bem em frente à “pessoa errada”, que filmou tudo.

O autor do vídeo jogou o resultado no Youtube que, adivinha?, tornou-se o novo viral, com mais de 1 milhão de visualizações até o momento. Entre os comentários, estão coisas como “sério que ela passou todo esse tempo fazendo isso? Bem feito ter sido alvo desse vídeo ridículo”. Quer ver? Então aperta o play:

Leia Mais

Chris Brown diz que Ebola é forma de controle da população

Rapper usou o Twitter para expressar suas opiniões sobre o vírus letal

Publicado no Terra

 Chris Brown acredita que o vírus do Ebola foi fabricado (foto: Getty Images)
Chris Brown acredita que o vírus do Ebola foi fabricado
(foto: Getty Images)

Chris Brown vem iluminando o mundo com seus pensamentos a respeito do Ebola. O rapper disse que o vírus letal, que matou mais de 4 mil pessoas na Liberia, Serra Leoa e Guiné, não é uma doença natural. Com informações do site do jornal Independent.

Ele compartilhou sua própria teoria da conspiração, sugerindo que a pandemia foi deliberadamente fabricada para combater o crescimento da população mundial. “Eu não sei…mas eu acho que a epidemia de Ebola é a uma forma de controle da população”, twittou.

Na sequência, ele inseriu mais um post, talvez após ter percebido que anterior havia sido mal recebido. “Deixe eu calar minha b**** preta”.

O rapper foi libertado da prisão no último mês de junho, depois de atacar sua então namorada, a cantora Rihanna, antes do Grammy Awards 2009.

O governo britânico já anunciou a triagem a partir da próxima semana em alguns aeroportos e terminais. “Temos que nos preparar para uma situação cada vez pior”, disse o secretário da Saúde, Jeremy Hunt.

Leia Mais

Menino dança e rouba a cena durante reportagem ao vivo

102_139-blog-diva-live
Fernando Moreira, no Page not Found

A repórter Patranya Bhoolsuwan, da KLAS, estava falando ao vivo de um shopping center que estava sendo inaugurado em Las Vegas (Nevada, EUA) quando ao fundo surgiu a figura de um menino dançando como se fosse uma diva da música pop. Com os seus movimentos e suas caras e bocas, ele roubou a cena! O adolescente virou meme e o vídeo com a sua performance já teve mais de 1 milhão de visualizações desde o último sábado (11/10).

Leia Mais