Arquivo da tag: Pava

Prece pela paz

Ricardo GondimPaz-Palestina-Israel

Meu Deus, quanto furor. Narinas não cessam de resfolegar ira em teu nome. Não basta o que já se horrorizou em nome de Jesus? Não há como esconder os navios com almas agrilhoadas. Espada e cruz se misturaram com o sangue de inocentes. Negociaram vidas sob o manto da fé. A fama do nazareno deu lucro aos senhores feudais. O silêncio religioso em chacinas, massacres e perversidades fala mais alto que todos os sermões juntos.

Humanos não podem se acostumar quando alguém destila peçonha, alegando te defender.

Por que alguns se sentem convocados a arvorar certezas com tanto ranho? O que falta para que peguem em armas para te advogar? Teólogos tentam te confinar a uma ideia. Nos compêndios, nas sumas, tu não passas de substantivo abstrato. Assim, ao construírem um deus menor, teu altar fica dois pavimentos mais baixo no panteão dos ídolos. Embora saibam que tu não aceitas os limites de suas definições, os áulicos sacerdotes insistem em te diminuir ao tamanho do incitador de contendas.

Rogo: perdoa os que projetam em ti um narciso cósmico.
Peço: anula a influência dos que se fiam em teu furor para justificar a própria perversidade.
Imploro: desconsidera os medíocres que tentam te cooptar como parceiro.
Insisto em suplicar: sê misericordioso com os que acreditam na força do medo e da coerção como caminho para a paz.

Boníssimo,

Transforma a arena em um prado;
a trincheira em uma horta;
o tanque em um arado;
o estrondo da guerra em uma canção de ninar.

Traze à lembrança de homens e mulheres de bem o que pode suscitar esperança;
Ressuscita sonhos mortos, precocemente, no coração da moça e do rapaz;
Reescreve em uma tábua de carne a utopia do cordeiro e do leão deitados na relva;
Para o sol no meridiano até que haja cura entre as nações.
Faze com que justiça e paz se beijem.

Nosso pecado é monstruoso.
Nossa história tem sido feia.
Nosso amanhã não precisa de um milagre teu.
Carecemos de nos tornar o milagre que esperamos.

Soli Deo Gloria

fonte: site do Ricardo Gondim

Filhote conforta cão tendo pesadelos

Planeta_Bicho_cachorro_pesadelo (Foto: Reprodução/YouTube)

publicado no Globo Rural

Cães também sonham! É o caso desse golden retriever, que parece ter pesadelos. Já com focinho branco pela idade, o cão se move, faz barulhos e parece assustado em seu sono.

Mas seu novo melhor amigo, um filhote da mesma raça, está lá para ajudá-lo. Ele acorda com os gemidos e logo vai se certificar se está tudo bem. No começo, ele parece um pouco confuso sobre o que fazer, mas consegue consolar seu companheiro.

Veja esse video maravilhoso:

Artista japonês envia bonsai e buquê de flores para o espaço e capta imagens incríveis da experiência

publicado no Hypeness

Os balões de hélio há tempos têm sido usados para levar objetos inusitados ao espaço. Desta vez foi o artista japonês Azuma Makoto que fez uso deles para ultrapassar os limites da estratosfera com um bonsai e um buquê de flores. A ação, que aconteceu no dia 15 de julho no Black Rock Desert, em Nevada (EUA), foi intitulada “Exobiotanica“.

O artista selecionou um bonsai de pinho branco e reuniu flores das mais diversas partes do mundo em um belo buquê. Cada peça foi acoplada a um balão de gás hélio com uma câmera, equipamento que foi lançado ao espaço em parceria com a JP Aerospace de Sacramento. O balão com o bonsai alcançou os 27,98 km de altura, enquanto que o buquê chegou a 26,51 km.

Para Azuma Makoto, flores não devem ficar apenas em cima de mesas ou no jardim. “Eu queria ver o movimento e a beleza das flores suspensas no espaço”, afirmou.

Confira as incríveis imagens da expedição das plantas ao espaço:

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Azuma Makoto

Todas as fotos © Azuma Makoto

8 tipos de candidatos que você vai ver nas eleições esse ano

publicado no Terra

Passou a Copa e chegou a hora de ver, pelo menos até outubro, aquela infinidade de posts sobre eleição na timeline do seu Facebook e Twitter. E no clima #VaiTerEleições a gente aproveita pra conhecer melhor alguns candidatos engraçados e bizarros que vão aparecer nas urnas esse ano. Enquanto a propaganda eleitoral não é liberada, separamos alguns com nomes curiosos pra você ficar de olho:

1) Os candidatos super heróis:

CORTA pra cenas reais do Batman Capixaba trabalhando no Congresso:

2) Os candidatos que preferem se identificar por algum objeto… ou animal… ou comida…

…que aliás fez uma participação em “Family Guy” esses tempos:

3) As candidatas que resolveram investir no girl power:

…também conhecida pelo nome artístico “Aracy da Top Therm”.

 

4) Os candidatos que resolveram usar da sua semelhança física com alguém pra criar um nome:

#MOZÃO

#SOUMAISEU

 

5) E os que não tem semelhança nenhuma, mas… por que não?

 

 

6) Os candidatos alto astral, que dá vontade de votar só lendo o nome:

 

COUTINHO O NOVO DOLLYNHO!

7) Aliás, “amigo” parece uma palavra frequente nessas eleições:

 

UMA MÃO AMIGA? Hmmm…

8 ) Os candidatos que resolveram juntar duas palavras aleatórias e criar um nome:

Ah, e lembra daquele boy lindo que você encontrou no metrô e nunca mais viu? Pois é, ele também se candidatou:

Tá quase lá amigo!

 

E aí, em qual você (não) votaria?

Cristãos protegem palestinos de Gaza em igreja ortodoxa

“Muçulmanos ou cristãos, somos um mesmo povo. Todos sob as bombas. Todos somos um.”

Crianças palestinas, brincam na Igreja de São Porfírio, na Faixa de Gaza (foto: AP)

Crianças palestinas, brincam na Igreja de São Porfírio, na Faixa de Gaza (foto: AP)

Publicado em O Globo

FAIXA DE GAZA — A Faixa de Gaza possui uma única Igreja Ortodoxa. Diante do extensivo bombardeio das Forças Armadas israelenses, o templo religioso agora tem uma nova função: servir de abrigo para palestinos forçados a abandonar suas casas sob o medo de perderem não só os bens, mas a vida.

Eles poderiam se refugiar em um das 69 escolas da ONU na Faixa de Gaza, mas cada uma delas abriga, na média, 17 mil pessoas.

— Quando escapávamos dos bombardeios encontramos gente da Igreja Ortodoxa e eles disseram que nos refugiássemos no templo —disse Hiyazi ao jornal “El Mundo”.

Como ele, muitos outros vizinhos receberam alertas do Exército israelense avisando que suas casas seriam bombardeadas.

— Nos telefonaram e disseram: vocês escondem gente da resistência palestina, têm cinco minutos para sair de casa — disse Hiyazi, que nega a acusação, sem direito de defesa, feita por Israel.

Na Igreja de São Porfírio o arcebispo Alexios explica sua atitude ao jornal espanhol.

— Necessitavam de ajuda e nós dissemos que daríamos porque, se ofereces amor, vencerás. Damos o mínimo, amor, água, comida, medicamentos — disse o religioso.

Fátima, uma refugiada na Igreja, lamenta não poder ter retribuído a ajuda quando corria para se abrigar.

— Enquanto corríamos, havia gente ferida na rua, jogada no chão, mas nós só podíamos ajudar a nós mesmos. Não podíamos resgatar ninguém e há quatro dias estamos com a mesma roupa — conta ela ao “El Mundo”.

Muitas crianças viram primos, parentes serem literalmente explodidos pelas bombas israelenses. Segundo a ONU, 116 mil delas precisam de ajuda psicológica.

De dentro da igreja é possível ouvir as bombas, o zumbido dos aviões não tripulados de Israel e dos tiros.

— Muçulmanos ou cristãos, somos um mesmo povo. Todos sob as bombas. Todos somos um — diz Hiyazi.