#RIP bom senso

abobrinhaTati Bernardi, na Folha de S.Paulo

Provavelmente, quando este texto for publicado muito já terá sido falado sobre o mau gosto e a chatice dos comentaristas de óbitos nas redes sociais. Mas, por amor ao meu fígado, eu não consegui pensar em outro assunto.

A moda agora é colocar a culpa no “2014″. Os dramáticos clamam “pare de levar os melhores” e os jocosos correm, tentando fazer antes a piada boba que todos já fizeram: “e o Sarney continua vivo”. Daqui a pouco a Nike 10K vai patrocinar engraçadinhos do Twitter: ser “zoão” antes do coleguinha virou a maratona do momento.

Gente, 2014 tá aí curando o câncer de muita gente, fazendo muitos bebês nascerem, aumentando as ciclovias, trazendo muitos orgasmos a casais corados, paremos de falar tão mal dele! E só uma dica: desejar a morte de alguém, seja quem for, com esse ardor explícito (ao estilo: era fulano que merecia estar dentro daquele avião!), é coisa pra personagem loira e botocada de novela duvidosa. A gente é melhor que isso, não?

Semanas atrás, alguns amigos, emocionadíssimos, cutucaram o Todo Poderoso: “não, Deus, Suassuna não! Sacanagem!” Ele era mesmo incrível, mas vamos combinar uma coisa: eram quase 90 anos de vida. Poxa, sei lá, não foi exatamente o destino nos apunhalando pelas costas com uma perda precoce, confere? Vale ficar triste, reler um texto, assistir o “Auto da Compadecida” no Viva, mas brigar com Deus? E, pior: brigar com Ele pelo Facebook? Deus, caso exista, tá ocupado demais na Faixa de Gaza e não vendo nossas selfies e tentativas de risoto.

As redes sociais são, depois do convívio íntimo, o meio mais rápido e iluminado para garrar verdadeira ojeriza alheia e transformar, em segundos, nossos ídolos em sacos vazios, voando pelo limbo. Tem sempre aquele super profissional que você admirava postando vergonhosas teorias conspiratórias #foiaDilma, aquele artista misterioso mandando um brega #ficaaobra ou aquele paquera gato e metido a intelectual dissertando, sem medo do ridículo: “luto é marketing”.

Fiquei arrasada com a morte do Fausto Fanti e não resisti. Postei o vídeo (maravilhoso, genial, eu amava esse comediante) do Padre Gato. Sim, também cometo minhas homenagens póstumas. O auge do meu ridículo foi quando poetizei sobre José Wilker. Contei os detalhes de uma antiga entrevista com ele. Eu estava fragilizada pelo término do meu namoro e ele, muito charmoso e elegante, parou a entrevista no meio e me deu conselhos amorosos.

Depois fiquei pensando: teria eu, assim como certos amigos que julgo mal, tirado casquinha da desgraça pra me autopromover? Teria eu, assim como certos colegas que deletei, virado mais uma trovadora de obituário? Quem é que aguenta mais uma foto do Patch Adams tendo seu nariz vermelho apertado e a hashtag “hjtemfestanoceu”? Tá, é muito triste ter morrido o Robin Willians, mas você tem certeza que gosta desse filme ou só quer parecer um “fofo-informado-com-algo-a-dizer-sobre-o-que-estão-todos-dizendo”? Tenho a impressão que nós, jovens tão conectados, estamos virando aquelas vovós carpideiras, pagas pra chorar em velório.

Leia Mais

PSB sela acordo para lançar Marina Silva no lugar de Eduardo Campos

Roberto Amaral e Luiza Erundina, do PSB, no prédio onde Marina Silva está hospedada em São Paulo (foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
Roberto Amaral e Luiza Erundina, do PSB, no prédio onde Marina Silva está hospedada em São Paulo (foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

Bernardo Mello Franco, Paulo Gama e Bruno Boghossian, na Folha de S.Paulo

O PSB superou as divergências internas e selou acordo para lançar Marina Silva à Presidência da República no lugar de Eduardo Campos. Ela concordou com a inversão da chapa e deverá ser anunciada oficialmente na próxima quarta-feira (20).

O novo presidente do PSB, Roberto Amaral, era visto como último entrave ao acerto. Sob forte pressão de correligionários, ele se convenceu a apoiar Marina, que disputou o Planalto em 2010 pelo PV.

O PSB agora discutirá a indicação do novo vice na chapa presidencial. O deputado gaúcho Beto Albuquerque, hoje candidato ao Senado, é o mais cotado para a vaga.

“A candidatura de Marina contempla nosso projeto. Será uma solução de continuidade. O PSB indicará o novo vice”, disse Amaral à Folha.

Depois de uma reunião com Marina, o coordenador da Rede Sustentabilidade, Bazileu Margarido, confirmou à reportagem que ela aceita disputar a Presidência.

“Com o OK do PSB, ela está à disposição para ser a candidata”, disse.

Por respeito à memória de Campos, o anúncio oficial da nova chapa só deverá ser feito três dias depois do enterro, programado para o domingo (17), em reunião da executiva nacional do PSB.

A negociação se acelerou após Marina receber apoio público da família do ex-governador de Pernambuco. Segundo aliados, ela se sentiu revigorada ao conversar com a viúva Renata Campos, que a incentivou a concorrer.

Ex-ministro da Ciência e Tecnologia no governo Lula e considerado próximo ao PT, Roberto Amaral visitou Marina na tarde desta sexta (15). Com seu aval, começou a consultar os governadores do PSB sobre a inversão da chapa.

Ele quer dar caráter coletivo à decisão e agora buscará entendimento sobre o vice até a reunião da executiva. “Vou fazer um trabalho de afunilamento. O ideal é chegar com dois nomes. Ou um”, disse.

Além de Albuquerque, que se aproximou de Marina desde que ela aderiu à candidatura de Campos, são vistos como alternativas o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), o ex-deputado Maurício Rands (PSB-PE) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), ex-ministro da Integração Nacional no governo Dilma Rousseff.

Marina sinalizou ao PSB que respeitará as duas principais exigências do partido: respeitar os acordos regionais fechados à sua revelia, em Estados como Rio e São Paulo, e incorporar o discurso desenvolvimentista.

A ex-senadora disse a pessoas próximas que pretende conduzir a campanha da mesma forma que Campos a conduziria, atuando como líder de uma coligação, e não apenas da Rede, o futuro partido que ela quer criar.

Embora tenha se recusado a falar publicamente sobre política, em respeito ao luto pelo ex-governador, repetiu a aliados que era preciso manter o projeto da chapa.

Ela disse que o PSB foi generoso ao abrigar a Rede em 2013, quando a Justiça Eleitoral negou registro ao partido, e agora é a hora de retribuir.

Leia Mais

Homem finge que Bíblia é arma, tenta assaltar em frente a delegacia em Niterói (RJ) e acaba preso

Carlos Henrique da Silva Viana tentava assaltar nas mediações da 78ª DP (foto: Fabiano Rocha / Extra)
Carlos Henrique da Silva Viana tentava assaltar nas mediações da 78ª DP (foto: Fabiano Rocha / Extra)

Ricardo Rigel, no Extra

Com uma Bíblia na cintura para fingir estar armado, Carlos Henrique da Silva Viana, de 19 anos, tentou assaltar uma pessoa, na manhã desta sexta-feira, nas proximidades da 78ª DP, no Fonseca, em Niterói, Região Metropolitana do Rio. Ele abordou uma pessoa, deu um soco no rosto dela e tentou roubar sua mochila. Para intimidar a vítima, ele mostrou o volume na cintura. Os policiais da delegacia, porém, viram a cena e conseguiram capturar o rapaz.

Segundo o delegado José William de Medeiros, titular da 78ª DP, Carlos Henrique será será indiciado por tentativa de roubo:

- Ele parece estar sob efeito de drogas. Algumas pessoas estão chegando à delegacia relatando tentativas de assalto semelhantes.

Mais cedo, nas proximidades de outra delegacia, em São Gonçalo, também na Região Metropolitana, dois homens numa moto furtaram o celular de uma professora. Ela, que preferiu não se identificar, ficou indignada com a ação perto da 73ª DP (Neves).

- Estou chocada com isso. O pior é que o aparelho era novinho. Nem paguei a primeira prestação ainda – disse a vítima, de 33 anos.

Bíblia que era usada por Carlos Henrique da Silva Viana para assaltar pedestres (foto: Fabiano Rocha / Extra)
Bíblia que era usada por Carlos Henrique da Silva Viana para assaltar pedestres (foto: Fabiano Rocha / Extra)

Leia Mais

Atriz de Adventure Time confirma: Princesa Jujuba e Marceline já foram um casal

timthumb

publicado no Garotas Geeks

Está confirmado que a Princesa Jujuba e a Marceline já foram um casal é notícia quente, QUENTÍSSIMA, e se você é um fã da série, esse é um motivo para ser mais fã ainda. Sem exageros, vou dizer por que.

marceline-e-princesa-jujuba-5-600x337

 

Em um noite de autógrafos do livro The Adventure Time Encyclopedia em Los Angeles, houve um encontro entre fãs e atores/dubladores da série animada Hora de Aventura. Uma das perguntas foi sobre Bubbline (junção dos nomes Princess Bubblegum e Marceline, coisa que estadunidenses gostam muito de fazer) e Olivia Olson, que faz a voz de Marceline, respondeu que foi perguntar algo parecido para Pendleton Ward, o autor do desenho, e ele disse na lata: “você sabe que elas já namoraram, né?” “imaginei pelas fan arts bizarras que eu vi”, disse Olivia (e a plateia vai a loucuuura).

marceline-e-princesa-jujuba

 

Olson ainda perguntou se essa informação entraria no livro, Ward respondeu que no livro ainda não tinha certeza, mas que na série ele não colocaria, pois relação homossexual na TV ainda é algo proibido em muitos países em que Adventure Time é exibido. Tom Kenny (o Rei Gelado) comentou logo em seguida “It was illegal here until 2013, for god’s sake!” (“Isso foi ilegal aqui até 2013, pelo amor de Deus”).

marceline-e-princesa-jujuba-2

Bom, a esse ponto, já deve ter tido alguém aí do outro lado que pensou “Ah, mas isso é notícia? Relacionamentos gays deveriam ser tratados como algo normal”. Sim, deveriam. Mas ainda não são (pelo menos não por muita gente). Se já não é algo muito comum de ser visto em filmes, novelas e séries live action, o que dirá de desenhos? Eu, sinceramente, consigo pensar em pouquíssimos desenhos em que um dos personagens tenha algum indício de ser homossexual/bissexual (o único que me veio à cabeça foi o Bundefora da Vaca e o Frango, desenhos feitos para adultos como Os Simpsons, Uma família da Pesada e American Dad não contam). Então, sim! É uma grande coisa! Essa notícia só me faz amar ainda mais Hora de Aventura.

marceline-e-princesa-jujuba-3

marceline-e-princesa-jujuba-4

Leia Mais

Avião com 280 pessoas cai por 1,5 km enquanto piloto dormia e copiloto usava iPad

15ago2014---a-companhia-aerea-indiana-jet-airways-e-a-segunda-maior-do-pais-1408138921463_300x300

publicado no UOL

Um avião da Jet Airways, que ia de Mumbai a Bruxelas com 280 pessoas, despencou bruscamente por 1,5 km enquanto o piloto dormia e a copiloto checava informações do voo no iPad. Apesar do susto, o controle do avião foi retomado a tempo de evitar um acidente.

O voo 9W-228 estava a uma altitude de 34 mil pés quando subitamente diminui para 29 mil pés, no último dia 8 de agosto. Isso fez com que uma mensagem de alerta fosse emitida pelo controle de tráfego aéreo de Ancara, na Turquia, por onde o Boeing 777 passava naquele momento.

O piloto do avião tirava o chamado “descanso controlado” (cochilo de até 40 minutos, previsto pela Organização de Aviação Civil Internacional para evitar a fadiga dos comandantes). Enquanto isso, a copiloto checava dados no iPad de trabalho e não notou a perda de altitude, informou o “Times of India”.

O alerta do mergulho do Boeing 777 fez a co-piloto acordar seu comandante, que imediatamente retornou ao posto e corrigiu a trajetória do voo. Eles não fizeram o relatório obrigatório de segurança previsto em casos como esse e acabaram suspensos pela Jet Airways, que recebeu uma denúncia anônima.

A Direção Geral de Aviação Civil da Índia considerou o incidente “grave” e vai analisar dados da caixa-preta do avião para apurar a responsabilidade dos pilotos. Uma investigação interna da Jet Airways também está em curso, segundo a companhia.

Leia Mais