Arquivo da tag: pessoas

Estátua de ‘Jesus Sem-Teto’ assusta moradores de bairro rico nos EUA

Publicado no UOL

Uma estátua religiosa na cidade de Davidson, na Carolina do Norte (EUA), é diferente de tudo que você possa ver em uma igreja. A escultura retrata Jesus Cristo como um morador de rua dormindo em um banco de praça. A Igreja Episcopal de St. Alban instalou a obra em sua propriedade no meio de um bairro nobre repleto de sobrados bem conservados.

Jesus está encolhido debaixo de um cobertor com o rosto e as mãos escondidos. Apenas as feridas da crucificação nos pés descobertos denunciam a sua identidade. A reação foi imediata. Alguns adoraram a intervenção, outros ficaram apavorados.

“Uma mulher da vizinhança chamou a polícia quando o viu, pensando ser um morador de rua real”, assinala David Boraks, editor do site DavidsonNews.net. “Isso mesmo: alguém chamou a polícia para prender Jesus!”, exclama o jornalista. Um outro vizinho, que vive a duas casas da igreja, escreveu para a redação pedindo que levassem o indigente para longe do bairro.

A estátua de bronze foi comprada por cerca de 50 mil reais por uma paroquiana, Kate McIntyre, que aprecia a arte em locais públicos. Mesmo assim, alguns vizinhos sentiram que era uma representação insultosa do líder religioso, por parecer mais com um vagabundo enrolado em um cobertor do que com um ícone.

O reverendo David Buck, de 65 anos, se mostra um pouco avesso à polêmica. ”Isso dá autenticidade à nossa igreja”, assinala. “Esta é uma instituição relativamente influente e precisamos lembrar que a nossa fé se expressa na preocupação ativa com os marginalizados da sociedade”, reitera.

A escultura é concebida como uma tradução visual da passagem no Livro de Mateus, em que Jesus diz aos seus discípulos: “como você fez isso a um de meus irmãos, você fez isso para mim”. “Além disso, é uma boa lição da Bíblia para aqueles acostumados a verem Jesus representado na arte religiosa tradicional como o Cristo de glória, entronizado em elegância”, lembra o reverendo. ”Acreditamos que esse é o tipo de vida que Jesus tinha. Ele era, em essência, um morador de rua”, completa.

Apesar das críticas, o reverendo informa que a estátua ganhou mais admiradores do que detratores. “É comum ver as pessoas sentarem no banco e rezarem, com as mãos sobre os pés de Cristo”, aponta.

Esta cidade é a primeira a ter em exibição a obra “Jesus Homeless”. Católicos de Chicagoplanejam instalar também sua estátua, assim como a Arquidiocese de Washington, na capital federal do país. Timothy Schmalz, criador da obra, é um canadense que também é um católico muito devoto. De seu estúdio, em Ontário, Schmalz admite que entende que seu Jesus é provocativo. ”Isso é essencialmente o que a escultura tem de fazer, desafiar as pessoas”, reforça.

Ele aponta que ofereceu os primeiros moldes para a Catedral de St. Michael, em Toronto, e para a Catedral de St. Patrick, em Nova York. Ambas não tiveram interesse. Um porta-voz da igreja canadense indica que a apreciação da estátua “não foi unânime”. Além disso, a igreja estava sendo restaurada e uma nova obra de arte estava fora de questão. Já o porta-voz da igreja deNova York diz que gostou do Jesus sem-teto, mas a sua catedral também estava sendo reformada e eles não puderam arcar com a despesa.

A próxima instalação do Jesus de bronze em um banco de parque pode ser na Via della Conziliazione, a avenida que conduz à Basílica de São Pedro – se o Vaticano aprovar. Schmalz viajou para lá em novembro passado para apresentar uma miniatura para o próprio Papa Francisco. ”Ele caminhou até a obra e foi simplesmente arrepiante quando ele tocou o joelho da escultura, fechou os olhos e orou”, lembra. “Isso é o que o papa está fazendo em todo o mundo: chegar aos marginalizados”, diz o artista.

4125911349-estatua-de-jesus-sem-teto-assusta-moradores-de-bairro-rico-nos-eua-2850487899 3350760664-estatua-e-de-bronze-2392112957 1852861192-papa-francisco-caminhou-ate-a-obra-tocou-o-joelho-da-escultura-fechou-os-olhos-e-orou-2138948181 3060450079-alguem-chamou-policia-para-prender-jesus-assinala-jornalista

Lista reúne ‘Sr. Cocaína’ e mais casos de pessoas com nomes curiosos

Publicado no G1

‘Sr. Cocaína’ preso com drogas
Um americano deixou um juiz incrédulo durante uma audiência na Flórida, nos EUA, ao se apresentar como Edward Cocaine enquanto era acusado de posse de substâncias controladas. Um oficial do tribunal chegou a verificar a informação a pedido do juiz, e confirmou o dado ao olhar a carteira de habilitação de Edward.

Juiz John Hurley ficou impressionado ao interrogar suspeito com sobrenome 'Cocaína' (Foto: Reprodução/YouTube/Jim Browski)

Juiz John Hurley ficou impressionado ao interrogar suspeito com sobrenome ‘Cocaína’ (Foto: Reprodução/YouTube/Jim Browski)

Cansado de piadas

O jovem chileno Shakespeare Mozart Armstrong Correa Pérez nunca imaginou que cumprir seu dever cívico e votar o trariam tanto constrangimento. Ele entrou com uma queixa na Justiça por causa das piadas feitas com seu nome nas redes sociais

sem-titulo-1

‘Batman filho do Super-Homem’ é preso

Um homem chamado Batman bin Suparman foi condenado em 2013 a dois anos e nove meses de cadeia em Cingapura. O homem, cujo nome significa Batman filho do Super-Homem no idioma malaio, foi preso por vários crimes, incluindo ter roubado o cartão de seu irmão para realizar saques em caixas eletrônicos

sem-titulo-5

‘Harley-Davidson’ dirigindo bêbada

Já em outubro de 2013, uma mulher que estava dirigindo bêbada foi parada pela polícia da Flórida (EUA) e, quando os oficiais viram sua habilitação, constataram que a americana tinha o sobrenome de uma empresa norte-americana que fabrica motocicletas. Heather Dawn Harley-Davidson acabou detida por dirigir embriagada e levada à cadeia do condado de St. Johns.

harleybebada1

Sobrenome longo

O Departamento de Transportes do Havaí (EUA) decidiu aumentar o espaço para nomes em carteiras de motorista e identidade depois que uma mulher, Janice Keihanaikukauakahihuliheekahaunaele, ficou revoltada por não ter o nome completo impresso em seus documentos. A americana entrou na justiça ao se negar a voltar a utilizar o nome de solteira, já que o sobrenome longo era do marido, que faleceu em 2008.

sobrenomelongo1

Solo de bateria

Em agosto de 2013, um homem de 32 anos voltou a ser preso nos EUA por posse de drogas, e chamou a atenção novamente por seu nome: Beezow Doo-Doo Zopittybop-bop-bop, com uma pronúncia que se assemelha a um solo de bateria. Segundo a polícia, foi o próprio homem que mudou seu nome para a mistura de onomatopeias. Antes, ele se chamava Jeffrey Drew Wilschke.

sobrenomesolo1

Desfile do Super-Homem

O americano Joseph H. Horn, cujo nome legal é “Superman J.H. Horn”, costuma sair fantasiado de “Super-Homem” e, em abril de 2013, o “Super-Homem” foi fotografado em estádio antes de um jogo beisebol entre Chicago White Sox e Cleveland Indians, em Chicago (EUA)

indians-white-sox-bas_fran

‘Bart Simpson’ julgado por ‘Mr. Burns’

No tribunal de Warwick Crown, na Inglaterra, um réu chamado Barton Simpson, de 56 anos, foi julgado por juiz com nome “Mr. Burns”, deixando as pessoas presentes no julgamento espantadas com a semelhança dos nomes com personagens do famoso desenho animado norte-americano.

aeroportosimpsons1

Bebê Hashtag

Nos EUA, um casal que aparentemente adorava o Twitter teria batizado em novembro de 2012 a filha de “Hashtag” Jameson, termo utilizado para definir tópicos ou palavras-chave na rede social, que são precedidas por uma cerquilha (#). ““Hashtag Jameson nasceu às 10h da noite passada”, escreveram os pais da criança.

bebehashtag

EUA acusam a TelexFree de fraude e congelam seus bens

cropped-telexfree1Isabel Fleck, na Folha de S.Paulo

Autoridades americanas congelaram milhões de dólares em bens e entraram com uma ação contra a TelexFree nos EUA nesta semana acusando o grupo de promover “esquema ilegal de pirâmide” financeira.

Segundo a SEC (Comissão de valores mobiliários dos EUA), autora da ação na Corte Distrital de Massachusetts, a TelexFree opera por meio de “oferta fraudulenta e não registrada de títulos”, que tem como principais alvos brasileiros e dominicanos que vivem nos EUA.

A própria empresa diz ter arrecadado mais de US$ 1 bilhão, segundo o documento apresentado pela SEC ao tribunal, mas não torna pública nenhuma documentação comprovando a receita.
No Brasil, as operações da Telexfree foram bloqueadas em 2013, por tempo indeterminado, a pedido do Ministério Público do Acre.

A decisão da comissão americana veio depois que, na segunda-feira passada, a TelexFree LLC, a TelexFree Inc. e a TelexFree Financial Inc., subsidiárias e afiliadas da TelexFree, pediram concordata em uma Corte de Nevada.

Segundo a acusação apresentada pela SEC, as três empresas declararam dever até US$ 600 milhões, mas possuir não mais que US$ 120 milhões.

De acordo com a SEC, os títulos são oferecidos pela TelexFree aos investidores com a promessa de até 250% de retorno do valor pago, por ano.

É possível escolher entre um “pacote” que custa US$ 289 e inclui um kit de publicidade, ou o de US$ 1.375, que vem com cinco kits. Segundo a própria TelexFree, 88% dos investimentos feitos em Massachusetts foram do segundo pacote, de US$ 1.375.

Em março, a TelexFree alterou seu plano de compensações, tornando muito mais difícil aos investidores atingir metas para receber seu pagamento. A mudança gerou reclamações e colocou o esquema mais em evidência.

A ação do SEC foi movida contra a TelexFree e oito de seus integrantes.

Um deles, o brasileiro Sanderley Rodrigues de Vasconcelos, conhecido como Sann Rodrigues, convocou para hoje, por meio de sua página no Facebook, uma reunião em Orlando, na Flórida, com os “líderes” que participam da empresa para “entender tudo o que aconteceu, está acontecendo e possivelmente vai acontecer com a TelexFree agora”.

Em post na quarta, ele escreveu: “Infelizmente, eu fui surpreendido e soube do ocorrido da mesma forma que vocês: pela internet”.

Segundo ele, é possível “identificar falhas e até analisar tudo o que aconteceu de forma crítica, especialmente em relação às abruptas mudanças”. Procurado pela Folha, ele não respondeu ao pedido de entrevista.

O advogado americano Gerald Nehra, citado na acusação, disse à reportagem que não responderia sobre a ação movida pela comissão.

Os diretores não foram encontrados para comentar as acusações ontem, e a página “telexfree.com” estava “em manutenção” durante o dia.

10 ideias “faça você mesmo” de Páscoa que deram totalmente errado

Publicado no BuzzFeed

1. A ideia: fazer esses lindos pãezinhos em formato de coelho.

enhanced-21704-1397772669-27

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado: bolotas disformes.

enhanced-9792-1397772671-3

(Gostaria de acrescentar que eu comeria assim mesmo).

O resultado parte 2: um cruzamento de coelhinhos e Jabba the Hutt.

enhanced-27316-1397772674-8

2. A ideia: uma simpática panqueca com cara de coelho. 

enhanced-10309-1397772675-16

O resultado: tirem as crianças da sala.

enhanced-21965-1397772681-2

 3. A ideia: rosquinhas estilizadas de coelho.

enhanced-15275-1397832514-2

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado: A Coisa, aquela massa que se expandia e matava pessoas no filme dos anos 80.

edit-14726-1397831504-3

4. A ideia: cake pops em formato de pintinhos.

enhanced-2912-1397830600-7

 

O resultado: um pintinho atropelado.

enhanced-29848-1397830617-9

5. A ideia: cestinhas de cupcake com miniovinhos de confeito.

enhanced-16857-1397830945-4

O resultado: caos.

enhanced-14205-1397830970-11

6. A ideia: morangos decorados como cenouras.

enhanced-10693-1397772681-8

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado: bom, deixa pra lá.

edit-26850-1397832664-3

7. A ideia: docinhos decorados com coelhinhos.

enhanced-10345-1397772683-9

O resultado: melhor sorte da próxima vez, ok.

enhanced-21906-1397772684-16

8. A ideia: ovos cozidos recheados com decoração de pintinhos.

enhanced-10433-1397772685-3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado: fantasminhas com chapéu de ovo.

enhanced-9597-1397772686-13

9. A ideia: biscoitinhos em formato de galinha.

enhanced-11586-1397831045-21

 

 

 

 

 

 

O resultado: pintinhos transgênicos.

enhanced-14038-1397831064-6

10. A ideia: nail art de coelho, ovinho e pintinho.

enhanced-10197-1397772689-16

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O resultado: arte abstrata.  

edit-31755-1397832627-3

Sete coisas que você não deve dizer a alguém com ansiedade

Publicado no Brasil Post

Se você já sofreu de ansiedade grave, provavelmente conhece muito bem o modo como ela pode controlar sua vida.

Os transtornos de ansiedade e pânico podem causar sensações intermináveis de medo e incerteza — e esse sofrimento muitas vezes provoca comentários que são mais prejudiciais que úteis. Segundo o psicólogo clínico Scott Bea, professor-assistente de medicina na Clínica Cleveland, embora geralmente venha de pessoas amadas, a incompreensão dos outros pode tornar incrivelmente desafiador superar uma crise de pânico.

“Por isso, muitas coisas que você poderia dizer acabam tendo um efeito paradoxal e agravam a ansiedade”, diz Bea a The Huffington Post. “A ansiedade pode ser como areia movediça — quanto mais você tenta resolver a situação imediatamente, mais você afunda. Dizer às pessoas coisas como ‘fique calmo’ pode realmente aumentar sua sensação de pânico.”

Apesar de tudo, existem maneiras de ainda dar apoio sem causar mais perturbação. Aqui estão sete comentários que você deve evitar fazer para alguém que sofre de transtorno de ansiedade — e como você pode realmente ajudar essa pessoa.

1. “Não dê importância a essa bobagem.”

o-ANSIEDADE-COPO-LEITE-DERRAMADO-570

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A verdade é que o que você considera bobagem pode não ser tão insignificante no mundo de outra pessoa. Embora você tente projetar uma luz positiva sobre uma situação tensa, pode querer reduzir algo que é muito maior para outra pessoa.

“Você precisa entrar no sistema de crença da pessoa”, aconselha Bea. “Para [alguém com ansiedade], tudo é importante.” Para ajudar, tente aproximar-se dela com uma perspectiva de incentivo, em vez de implicar que ela “surtou” por causa de algo sem importância. Lembrar à pessoa que ela já superou esse pânico antes pode ajudar a confirmar que sua dor é real e ajudá-la a empurrar para longe os sentimentos arrasadores, diz Bea.

2. “Acalme-se.”

o-ANSIEDADE-570

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O problema debilitante dos transtornos de ansiedade e pânico é que você simplesmente não consegue se acalmar. Encontrar a capacidade de relaxar — especialmente por ordem de alguém — não é fácil para a maioria das pessoas, e certamente pode ser mais difícil para alguém que sofre de ansiedade.

Em um blog em “Psychology Today”, o psicólogo Sean Smith escreveu uma carta aberta para uma pessoa amada do ponto de vista de alguém com ansiedade, afirmando que, mesmo que haja boas intenções, dizer para a pessoa se acalmar provavelmente terá o efeito contrário:

“Vamos reconhecer o óbvio: se eu pudesse conter minha ansiedade, já o teria feito. Isso pode ser difícil de entender, já que provavelmente parece que eu escolhi [entrar em pânico, me coçar, acumular coisas, andar de um lado para outro, me esconder, ruminar, verificar, limpar, etc.]. Não. No meu mundo, fazer essas coisas é apenas ligeiramente menos doloroso do que não as fazer. É difícil explicar, mas a ansiedade coloca uma pessoa nessa posição.”

Segundo Keith Humphreys, professor de psiquiatria na Universidade Stanford, suas palavras não precisam ser seu método mais poderoso — oferecer para fazer algo com a pessoa talvez seja a melhor maneira de ajudar a aliviar seus sintomas. Humphreys diz que atividades como meditação, dar um passeio ou fazer exercícios são maneiras positivas de ajudar.

3. “Apenas faça isso.”
Quando alguém com ansiedade enfrenta seus medos, um pouco de “amor duro” pode não ter o efeito que você espera. Dependendo do tipo de fobia ou transtorno que a pessoa enfrenta, o pânico pode atacar a qualquer momento– ao embarcar em um avião, falar a um grupo de pessoas –, ou mesmo surgir do nada. “Obviamente, se elas pudessem superar isto o fariam, porque seria mais agradável”, diz Humphreys. “Ninguém escolhe ter ansiedade. Usar [estas frases] as faz sentir-se na defensiva e sem apoio.”

Em vez de dizer a alguém para “aguentar”, praticar empatia é o segredo. Humphreys aconselha a trocar a linguagem incentivadora de time esportivo por frases como “É horrível sentir isso” ou “Que pena que você se sinta assim”.

“O paradoxo é que [uma frase empática] ajuda a acalmá-las porque elas não sentem que têm de lutar por sua ansiedade”, diz Humphreys. “Demonstra certa compreensão.”

4. “Tudo vai dar certo.”
Embora seja de modo geral um apoio, Bea diz que as pessoas com ansiedade não vão reagir de fato a palavras reconfortantes da maneira que você gostaria. “Infelizmente, dizer a alguém [que está enfrentando ansiedade] que tudo vai dar certo não ajudará muito, porque a pessoa não vai acreditar”, ele explica. “A tranquilização às vezes pode ser um método ruim. Ela as faz sentir-se melhor durante 20 segundos e depois a dúvida pode retornar.”

Bea sugere que se continue encorajando, sem usar declarações vagas que podem não ter valor naquela situação. Às vezes, diz ele, até permitir que a pessoa abrace sua preocupação — em vez de tentar afastá-la — pode ser a única maneira de ajudar. “Ela sempre pode aceitar a condição”, disse Bea. “Encorajá-la dizendo que é bom sentir o que ela está sentindo — também pode ser um bom remédio.”

5. “Também estou estressado.”

o-ANSIEDADE-570 (1)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Semelhante a “Acalme-se” e “Não dê importância a essa bobagem”. Você pode estar acidentalmente banalizando a luta de alguém ao criar uma comparação. No entanto, se você estiver estressado ou sofrendo de um transtorno leve de ansiedade ou pânico, Humphreys adverte que a camaradagem depois de certo ponto pode ser perigosa. “É importante não ficar obcecados um pelo outro”, aconselha. “Se você tem duas pessoas ansiosas, elas podem se alimentar mutuamente. Se as pessoas têm dificuldade para controlar sua própria ansiedade, tente não se envolver nessa atividade mesmo que você pense que pode ajudar.”

Pesquisas demonstraram que o estresse é uma emoção contagiosa, e um estudo recente da Universidade da Califórnia em São Francisco descobriu que até os bebês podem captar esses sentimentos negativos de suas mães. Para promover pensamentos mais saudáveis, Humphreys aconselha que se tente reorientar a narrativa, em vez de lamentar-se juntos.

6. “Tome uma bebida — vai distrair sua mente.” 

o-CERVEJA-570

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esse coquetel pode diminuir a tensão, mas quando lidar com transtornos de ansiedade existe um problema maior para se preocupar, diz Humphreys. Médicos e tratamentos prescritos são mais adequados quando se trata de lidar com os problemas que causam o pânico. “A maioria das pessoas supõe que se alguém tomar alguns drinques sua ansiedade desaparecerá”, disse ele. “Em curto prazo, sim, talvez desapareça, mas em longo prazo pode ser um caminho para a dependência. É perigoso em longo prazo porque essas substâncias podem reforçar a ansiedade.”

7. “Eu fiz alguma coisa errada?”
Pode ser difícil quando uma pessoa amada está constantemente sofrendo e às vezes pode até parecer que seus atos de alguma forma estão provocando isso. Humphreys diz que é importante lembrar que os transtornos de pânico e ansiedade derivam de algo maior do que apenas uma instância particular. “Aceite que você não pode controlar as emoções da outra pessoa”, ele explica. “Se você tentar isso, se sentirá frustrado, a pessoa que você ama e que está sofrendo pode se sentir rejeitada e vocês dois se ressentirão. É importante não levar a ansiedade do outro para o plano pessoal.”

Humphreys diz que também é crucial deixar a pessoa amada saber que há uma maneira de superar qualquer transtorno de ansiedade ou pânico — e que você está lá para ajudar. “Há maneiras de ser mais feliz e mais funcional”, diz ele. “Existe com certeza uma razão para ter esperança.”