Arquivo da tag: Phoenix

Joalheira “maluca” está usando ossos humanos para produzir peças exclusivas

joalheira-ossos-humanos

Publicado no Jornal Ciência

Você usaria uma joia exclusiva feita com ossos? E se fossem ossos humanos?

A joalheira Columbine Phoenix está usando vários ossos humanos que foram doados a ela para fins educativos e está elaborando peças com joias.

Após receber peças de partes do corpo humano doados por universidades e instituições que manipulam e estudam corpos e restos cadavéricos, Columbine está usando sua arte para celebrar a vida e não a morte, através de peças exclusivas e únicas.

A artista diz que quando era criança se sentia fascinada por tudo que brilhasse. Ainda nesta época brincava com os botões brilhantes de sua avó e tentava fazer pequenas brincadeiras como se estivesse montando colares.

joalheira-ossos-humanos2

Mais tarde, Columbine começou a fazer pulseiras que eram bordadas com miçangas, mas percebeu que não era exatamente o que queria, e não sentia prazer em produzir as peças.

Após começar sua produção de jóias que usavam elementos da natureza como conchas do mar, penas, folhas e outros adereços, a artista recebeu de seu amigo que trabalhava no instituto médico de uma universidade, um convite para adquirir algumas pequenas peças de partes de ossos humanos. Sem titubear, comprou alguns exemplares e resolveu produzir jóias com o que havia comprado. Columbine se surpreendeu com o resultado e ficou encantada, chamando suas peças de Marfim Humano.

Columbine afirma que em nenhum momento pensou algum dia usar peças humanas para produzir jóias, apesar de ter tendências góticas e adorar tudo o que envolva o mundo paranormal.

Ela diz não saber sobre a quem pertencia os ossos, mas se diz feliz por conseguir celebrar a vida através de peças humanas de pessoas que deixaram o nosso mundo.

joalheira-ossos-humanos3

 

dica da Cris Danuta

Mulher reclama do trabalho no Facebook e é demitida no dia seguinte

Postagens nas redes sociais passaram a ser motivos de demissões (Foto: Reprodução)

Postagens nas redes sociais passaram a ser
motivos de demissões (Foto: Reprodução)

Aline Ferreira, no TechTudo

A norte-americana Amy McClenathan mostrou mais uma vez a força das redes sociais. Após postar em seu Facebook que desejaria ser demitida, teve seu desejo foi realizado. A moradora de Phoenix disse “Às vezes, eu gostaria de ser demitida. Seria mais fácil estar em casa do que passar por isso”.

Em entrevista à KTVK, uma TV independente dos Estados Unidos, McClenathan explicou que a postagem foi por causa do aniversário de um ano da morte de sua mãe. “Era uma frase muito pequena, mas foi uma das frases mais poderosas que eu já digitei em minha vida”, disse.

Este não foi o único caso de demissão devido a postagens nas redes sociais. Em novembro do ano passado, uma outra mulher foi demitida na Califórnia depois de postar em seu feed de notícias do Facebook que o recém-reeleito presidente Barack Obama deveria ser assassinado. Já em outubro, um homem foi dispensado do trabalho após postar um comentário racista em seu Facebook.

Via The Daily Dot

Bebê que segura dedo de médico ao nascer vira sensação na web

Foto foi tirada pelo pai da criança, chamada Nevaeh. Mãe descreveu momento como ‘algo para se lembrar para sempre’.

publicado no Planeta Bizarro

Após a cirurgia de cesariana para o nascimento da filha, a americana Alicia Atkins, moradora de Phoenix, no estado do Arizona, publicou uma imagem que mostra a pequena Nevaeh apertando o dedo do médico, Allan Sawyer, assim que sua mão deixa o útero da mãe.

A fotografia, feita pelo marido de Alicia, se espalhou pela rede e, até o momento, possui mais de 1.700 compartilhamentos. “É algo para se lembrar para sempre”, definiu a mulher.

Momento que Nevaeh dedo do médico ao nascer foi registrado pelo marido de Alicia (Foto: Reprodução)

Momento que Nevaeh dedo do médico ao nascer foi registrado pelo marido de Alicia (Foto: Reprodução)