Arquivo da tag: publicidade

Comercial impactante mostra a importância dos primeiros socorros

John Ambulance

Diego Luís, no Plugcitários

St. John Ambulance é uma organização internacional sem fins lucrativos especializada na prestação de serviços de ambulância, serviços paramédicos industriais, treinamento e formação de saúde e segurança. Para promover seus cursos de primeiros socorros, a filial da instituição em Perth, Austrália, lançou um comercial capaz de gerar muita agonia e aflição em quem o assiste.

O vídeo da campanha apresenta uma mãe desesperada tentando socorrer o filho que é vitima de afogamento. Porém todos os esforços para salvá-lo são em vão, pois uma barreira invisível a impede. O anúncio ainda apresenta a frase “Se você não sabe primeiros socorros, você não pode ajudar”. A ideia é mostrar o quão impotente uma pessoa que não possui formação em primeiros socorros se sente em uma situação de emergência.

A campanha criada e produzida pela The Brandy Agency reforça o posicionamento adotado pelo St. John Ambulance, e tem como objetivo mostrar que uma pessoa que possui a formação em primeiros socorros pode ser a diferença entre uma vida perdida e uma vida salva.

“Se você ainda não tem formação em primeiros socorros, há uma barreira o impedindo de ajudar outra pessoa. Não importa se é um ente querido ou completo estranho, você se sente instantaneamente impotente para prestar assistência” é o que disse James Sherriff, gerente geral do St. John Ambulance

Veja o vídeo:

Sacadas geniais em peças publicitárias

Doces Chupa Chups: Sem Açúcar

Doces Chupa Chups: Sem Açúcar 

Publicado no Desafio criativo

Empresas necessitam ir de encontro a seus consumidores, e uma das estratégias mais bem sucedidas é através da propaganda. Das mais variadas em forma, conteúdo e tipo de mídia, com frequência encontramos campanhas que entram para a História deste rentável porém competitivo mercado de publicidade.

As que listo hoje para vocês são um bom exemplo de propagandas impressas que alcançaram seu objetivo, ou seja, aproximaram a identificação da marca ao seu público. Apesar de estarem escritas em inglês, as peças publicitárias são visuais e, caso não tenha entendido de primeira não desista! Pense um pouco e entenderá o significado da mensagem passada. Divirta-se e lembre de comentar qual a que mais curtiu!

Ecovia: Pare Com a Violência [no trânsito]

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_01

Fio Dental Colgate

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_05

Telescópios Orion

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_012

Lentes Keloptic

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_013

McDonald’s: Wi-Fi Grátis

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_018

‘Curtir’ Não Está Ajudando: Seja Um Voluntário

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_023

Cada folha Produz CO2 – Plante Para o Planeta

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_025

Lego: Imagine

creatives-ads-propaganda-criativa-dcriativo-desafio-criativo_044

 

Internautas fazem piada com propaganda do Dia da Mulher feita pela Prefeitura de Macaé (RJ)

8demarcoPublicado no Extra

A propaganda do Dia Internacional da Mulher da Prefeitura de Macaé, na região Norte-Fluminense do Rio de Janeiro, chamou atenção dos internautas nesta sexta-feira, mas não pela programação cultural organizada, e sim pela arte escolhida para ilustrar a divulgação. Ao lado do desenho, que segundo os internautas teria um formato fálico, aparece o texto “os direitos das mulheres não são uma fantasia”, o que foi encarado como ironia por boa parte dos que compartilham a imagem.

Na página do Facebook “Vem pra rua, Macaé”, o usuário da rede social Vespasiano Luz foi quem alertou os colegas sobre a imagem de gosto duvidoso.

“Coisa linda de ser ver! Olha, podem acusar de machismo, dizer que é tudo culpa da ex-secretária, que a atual não teve tempo de aprovar essa arte(…) . Tá lá no site da Prefeitura pra quem disser que eu estou vendo chifre em cabeça de cavalo” escreveu.

Vários internautas concordaram com a interpretação de Vespasiano sobre a imagem. “Quem cria esses troços gente? Esse cara é um fanfarrão mesmo né? hahahaha.”, disse uma usuária.

Outro internauta também usou o bom-humor para falar sobre a situação política do município. “Rindo muito dessa ‘arte’. Os comentários são melhores ainda. Agora, isso é mensagem subliminar para o povo ir se acostumando que vem mais por aí”.

A imagem também foi compartilhada em outras páginas no Facebook. “Olha só como o prefeito de Macaé ama as mulheres!!!!! Freud deve explicar ou então a galera da arte está sumariamente DEMITIDA!!!!”, publicou Carolina Amaral.

Livia Marques lamentou o desenho. “Homenagem da Prefeitura de Macaé ao Dia Internacional da Mulher. Ao lado da imagem, no site da Prefeitura, está escrito ‘Os direitos da mulher não são uma fantasia’. É sério. Juro.”

macae

dica do Walter Cruz e do Weuller Rogerio P. Faria

Veja esta jovem com poderes telecinéticos assustar pessoas ao redor

telecinese-carrie

Publicado no Gizmodo

Esta pegadinha é incrível e aterrorizante: uma jovem com poderes telecinéticos parece surtar em um café de Nova York, e mover as coisas – e pessoas – ao seu redor. Isto na verdade é um golpe publicitário para o remake do filme Carrie, a Estranha, mas não torna o vídeo menos divertido ou impressionante. Assista-o do começo ao fim, porque ele só melhora.

Como os efeitos foram criados? A equipe ergueu uma parede falsa, e atrás dela há um sistema de polias. O ator, preso por uma corda, é então puxado para cima. As mesas são movidas por controle remoto, e os livros saltam da prateleira usando molas.

Os clientes que visitam o café não têm ideia de que estão prestes a testemunhar uma menina com poderes telecinéticos perder o controle, depois que um desconhecido derruba café no laptop dela. Claro, tanto o “desconhecido” como as pessoas ao redor são atores, mas os clientes aterrorizados não sabem disso.

 

Google diz que usuários do Gmail não esperam por confidencialidade

Gmail

 

Publicado no G1

Google afirmou, por meio de documentos entregues à Justiça dos Estados Unidos, que os usuários de seu serviço de e-mail, o Gmail, não possuem expectativa de que as mensagens enviadas e recebidas sejam confidenciais.

Segundo reportagem do jornal britânico “Guardian”, o grupo que defende o consumidor Consumer Watchdog chamou a afirmação do Google de “admissão chocante”.

“O Google enfim admitiu que não respeita a privacidade”, disse John Simpson, diretor da entidade. “Se você se incomoda com a privacidade de sua correspondência via e-mail, não use o Gmail.”

O documento do qual faz parte a declaração do Google foi apresentado à Justiça em julho. O texto consta da defesa da empresa para encerrar um processo em que a empresa é acusada de acessar o conteúdo dos e-mails para direcionar anúncios aos usuários.

Alegando que isso violaria leis de privacidade, a ação judicial, aberta em maio, afirma que a companhia não só abre e lê os e-mails como também obtém o conteúdo ilegalmente.

“Todos os usuários de e-mail devem necessariamente esperar que seus e-mails sejam sujeitos a processamento automático”, afirma o Google no documento judicial, afirmando que a acusação tenta “criminalizar práticas comuns de negócios”.

“Da mesma forma que quem envia uma carta a um parceiro de negócio não pode se surpreender se a secretária ele abrir a carta, as pessoas que usam e-mail baseado não devem se surpreender se sua comunicação for processada pelo serviço de comunicações eletrônicas do destinatário durante o processo de entrega”, escrevem os advogados do Google.

Desdenhando do argumento, Simpson diz que não espera que o carteiro leia suas correspondências.