Vinte anos depois, elenco de ‘Os Batutinhas’ recria cenas do filme

batutinhas

publicado no EGO

Vai ter muita gente que foi adolescente nos anos 1990 dando suspiros de nostalgia ao ver as fotos abaixo. A produtora 22 Vision, de Los Angeles, reuniu o elenco de “Os Batutinhas”, sucesso em 1994, para recriar o pôster e algumas cenas do filme. A produção das imagens, feitas por Bradford Rogne, foi assinada por Brian Pocrass, com co-produção de Joey Lauren Koch.O figurino é de Erin Micklow.

batutinhas2 batutinhas3 batutinhas4

batutinhas5

 

Leia Mais

Uso abusivo de descongestionante nasal pode causar arritmia, pressão alta e até trombose

01descongestionante

publicado no extra

Basta a temperatura cair para muita gente sacar de bolsos e gavetas os frascos de descongestionantes nasais. Com a chegada de noites mais frias, a incidência de gripes, resfriados e alergias respiratórias aumenta. Um prato cheio para apelar para tais medicamentos. No entanto, o hábito de pingar continuamente o remédio no nariz, além de viciar, mascara um enorme perigo para a saúde do coração.

A longo prazo, os efeitos dos descongestionantes elevam o risco de trombose e formação de coágulos. Na mucosa nasal, o uso abusivo provoca uma reação inflamatória, fazendo com que seja preciso quantidades cada vez maiores do remédio para se obter bem-estar.

– O alívio da congestão nasal é imediato. Por isso, a pessoa acha que está fazendo um grande negócio. Mas é só um paliativo – diz o otorrinolaringologista Jair de Carvalho e Castro, do Hospital Samaritano do Rio.
Segundo o médico, o correto é buscar ajuda para descobrir e tratar a causa do entupimento das narinas, que pode ser sinusite, desvio de septo ou pólipo nasal, entre outras.

Lavar as narinas com soro fisiológico ou solução de água com sal e bicarbonato é uma boa alternativa para aliviar a congestão sem remédios, ensina Jair de Carvalho e Castro. Para quem já se viciou nos descongestionantes, o tratamento é feito com medicamentos orais e injetáveis que visam à recuperação da mucosa do nariz.

03su140a_web

Leia Mais

A criação dos bichos

publicado no IdeaFixa

O ilustrador Ricardo Solis imaginou a criação dos animais e de seus padrões e cores de pele de uma forma lúdica e fantasiosa – e transformou tudo em ilustração.
Ricardo Solis nasceu em Guadalajara, México. Desde jovem Ricardo se sentia atraído pela a arte e pela natureza. Agora, como um artista profissional, ele tenta expressar em sua obra a beleza e a perfeição de ambos, juntamente com sua crença na existência de um criador.

Ricardo vive atualmente em Guadalajara com sua esposa e quatro filhos, que eles ensinam em casa.

Ricardo-Solis-animal-paintings-12 Ricardo-Solis-animal-paintings-3 Ricardo-Solis-animal-paintings-14 Ricardo-Solis-animal-paintings-1 Ricardo-Solis-animal-paintings-2 Ricardo-Solis-animal-paintings-4 Ricardo-Solis-animal-paintings-7 Ricardo-Solis-animal-paintings-8 Ricardo-Solis-animal-paintings-9 Ricardo-Solis-animal-paintings-10 Ricardo-Solis-animal-paintings-13 Ricardo-Solis-animal-paintings-11 Ricardo-Solis-animal-paintings-6 Ricardo-Solis-animal-paintings-5

Leia Mais

Padre exorcista polonês diz receber SMS do demônio

smscapetapolonia

publicado no Vi na internet

O padre Marian Rajchel, da cidade polonesa de Jaroslaw, está tendo problemas inusitados com a tecnologia: o religioso está recebendo mensagens de texto malcriadas de ninguém menos que o demônio. Tudo começou quando o padre realizou um exorcismo em uma adolescente e o procedimento não foi bem sucedido. Desde então, o exorcista recebe SMS no celular da garota enviados por Satanás, segundo ele.

Em entrevista ao jornal inglês Daily Mail, Rajchel afirma: “O autor dessas mensagens é um espírito mau”. Muitas vezes, os donos de telefones celulares nem têm noção de estarem sendo usados desse modo. No entanto, isso é muito claro nesse caso, disse o padre ao site do jornal inglês. De acordo com ele, o demônio não faz cerimônia em usar as novas tecnologias para assediar as pessoas.

Veja o conteúdo de uma das mensagens recebidas pelo padre polonês: “Ela não vai sair deste inferno. Ela é minha e qualquer um que rezar por ela vai morrer”. Rajchel respondeu que rezaria pela garota e obteve outra resposta malcriada: “Cale a boca, pregador. Você não pode salvar a si mesmo. Idiota. Seu patético e velho pregador”. E aí, você já recebeu algum SMS maligno?

Leia Mais

Empresa japonesa esclarece confusão e diz que Hello Kitty é, sim, uma gata

Hello

publicado no O Globo

Nesta quarta-feira, a internet ficou em polvorosa com a revelação de que Hello Kitty não é uma gata, e sim um ser humano. Mas, nesta quinta, o site “Kotaku” entrou em contato com a empresa japonesa Sanrio, criadora da personagem, para buscar mais esclarecimentos. Em resposta, a Sanrio disse que a história não é bem essa: Hello Kitty é, sim, uma gata, só que antropomorfizada – ou seja, com características humanas.

“A Hello Kitty foi feita com a ideia de ser uma gata. Dizer que ela não é uma gata é ir longe demais. Hello Kitty é a personificação de um gato”, disse um porta-voz da empresa.

A informação de que a personagem não era uma felina veio à tona depois que a antropóloga Christine R. Yano disse ao jornal “LA Times” ter sido corrigida pela Sanrio enquanto escrevia os textos para uma exposição que fará sobre Hello Kitty, que ao longo de décadas se tornou um ícone cultural em todo o mundo. Mas, segundo o “Kotaku”, a palavra usada na correção foi “gijinka”, que originalmente significa “antropomorfização” ou “personificação”.

Embora toda uma história de vida tenha sido criada para Hello Kitty, incluindo o detalhe de ela ter um gatinho como bicho de estimação, o site esclarece que as palavras “menino” ou “menina” nunca foram usadas para se referir à personagem. Inclusive, nas histórias da Disney, Minnie Mouse também possui um gato de estimação – o que não a transforma automaticamente numa pessoa.

Leia Mais