Metade dos brasileiros é favorável à realização da Copa do Mundo, diz Ibope

Apesar disso, 39% dos entrevistados declaram que estão ‘frios’ quando questionados sobre seu envolvimento com o torneio

Moradores de Teresópolis já estão em clima de Copa do Mundo: metade dos brasileiros é favorável a realização do evento (foto: Marcelo Piu / Agência O Globo)
Moradores de Teresópolis já estão em clima de Copa do Mundo: metade dos brasileiros é favorável a realização do evento (foto: Marcelo Piu / Agência O Globo)

Leonardo Guandeline, em O Globo

Pesquisa realizada pelo Ibope divulgada nesta segunda-feira mostra que 51% dos brasileiros são favoráveis à realização da Copa do Mundo no país ante 42% contrários. Em fevereiro, 58% dos entrevistados eram a favor do Mundial no Brasil e 38%, contra.

No levantamento divulgado nesta segunda-feira, 36% acreditam que a Copa tem grandes chances de ser bem-sucedida. Outros 28% creem serem médias as possibilidades de êxito e 31% acham que o Mundial está fadado ao fracasso.

Apesar disso, 71% dos entrevistados dizem torcer para que dê tudo certo e 11%, para que o Mundial seja um fiasco. Os indiferentes somam 14% e os que preferem não responder ou não sabem, 4%.

Quando questionados se os brasileiros, no geral, torcem para que a realização do Mundial dê tudo certo, 59% deram respostas positivas ante 22% que acreditam que a população espera que a Copa dê errado. Outros 12% creem ter a percepção que os brasileiros estão indiferentes nesse aspecto e 7%, não sabem ou preferem não responder.

De acordo com o Ibope, os sentimentos negativos em relação ao torneio prevalecem sobre os positivos. Os mais citados são preocupação (para 30% dos entrevistados) e desperdício (29%). Positivamente, os entrevistados citaram alegria (26%) e esperança (para 18% dos entrevistados).

No levantamento, quando questionados sobre o grau de envolvimento com o torneio, tomando por base um termômetro, 39% declaram que estão ‘frios’ e 18%, ‘gelados’. Outros 30% indicam que estão bastante envolvidos e apontam as temperaturas mais ‘quentes’ no termômetro, mas somente 7% e 5% desses, respectivamente, mencionam ‘fervendo’ e ‘muito quente’. Outros 28% disseram que seu envolvimento com o Mundial é ‘morno’.

O Ibope entrevistou 2.002 eleitores de 16 anos ou mais, em 140 municípios do país, entre os dias 15 e 19 de maio de 2014. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

Leia Mais

Mais de 50% dos comprometidos compartilham senhas com o parceiro

(Foto: Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Entre outros dados, pesquisa realizada nos Estados Unidos descobriu que 12% das pessoas têm imagens íntimas ou dados pessoais usados de má fé pelo ex

Publicado originalmente na Época

Hoje em dia, compartilhar senhas virou um sinal de compromisso entre maridos e mulheres ou casais em um relacionamento sério. Mas o que acontece quando a união acaba? Segundo um estudo realizado nos Estados Unidos pela empresa de segurança McAfee – “Amor, relacionamentos e tecnologia: Quando dados pessoais ficam presos no meio de uma relação” (em tradução livre) –, as chances de um dos ex-parceiros se vingar usando informações pessoais é bem grande.

A pesquisa chegou à conclusão de que 12% das pessoas têm imagens íntimas ou dados pessoais publicados pelo parceiro atual ou pelo ex. Além disso, 28% dos entrevistados afirmaram, após o fim do relacionamento, ter se arrependido de enviar imagens quentes durante o namoro, e 32% das pessoas pediram ao ex para deletar estes dados. Ainda assim, enquanto comprometidas, 95% das pessoas acreditam que seus dados ou imagens estão seguros com o amado.

Mas por que se vingar? Entre os entrevistados, os motivos que mais levam um dos parceiros a expor dados pessoais do ex são a mentira e a traição. Segundo a pesquisa, os casais precisam estar informados sobre as consequências de compartilhar tanta informação privada com seus parceiros. Apesar de a opção parecer inofensiva, estes dados podem cair em mãos erradas e acabar em plataformas públicas.

Infográfico - Amor e Tecnologia (Foto: Natália Durães/ÉPOCA)

Leia Mais

Durma de bruços e… tenha sonhos eróticos!

Estudos da Universidade Shue Yan University, de Hong Kong, trazem essa boa nova. Quer ter sonhos quentes? Agora você já sabe o que deve fazer!

De bruços, com prazer! Já escolheu como vai dormir hoje? (Foto: ShutterStock)

publicado na Glamour

A posição que escolhemos para dormir pode fazer tooooda a diferença. Pelo menos quando o que está em jogo é ter bons sonhos – e entenda por bons aqueles com uma pitadinha erótica, tá? Quem revela essa boa nova pra gente são os dedicados estudantes da Shue Yan University, em Hong Kong.

O teste feito por eles e que chegou a essa brilhante conclusão contou com 670 voluntários – a maioria mulheres – e analisou o que apareciam em seus sonhos com mais freqüência de acordo com a posição em que deitavam para dormir. E tchanam: de bruços os sonhos mais recorrentes foram os intensos com perseguição e sexo.

A explicação do autor da pesquisa, Calvin Kai-Ching Yu, é simples: “Nessa posição a respiração fica mais difícil e os estímulos físicos externos são mais intensos, já que os órgãos genitais estão em contato com a cama”. É mais ou menos o que acontece quando temos vontade de fazer xixi e começamos a sonhar com isso. Como os órgãos estão sendo estimulados isso influencia completamente o que passa em nossa mente. O resultado é a garantia de uma noite quente.

Leia Mais