Formspring deixará de funcionar em 31 de março

Site de perguntas e respostas tinha 30 mi de usuários e 4 bi de posts.
Falta de investimento minou startup, segundo presidente-executivo.

fim do formspring

Publicado originalmente no G1

Os usuários do Formspring poderão fazer suas últimas perguntas em 31 de março. Nesse dia o site de perguntas e resposta sai do ar, informou nesta segunda-feira (18) Ade Olonoh, presidente-executivo da empresa.

Lançado em novembro de 2009, a página possuía 30 milhões de usuários registrados e já havia recebido 4 bilhões de postagem.

“Formspring cresceu além dos meus mais selvagens sonhos para se tornar uma importante parte de como as pessoas interagem na internet”, escreveu Olonoh.

Problemas na viabilidade de transformar o Formspring em um negócio foram os motivos para o encerramento.

“Enquanto nós tivemos sucesso em angariar audiência, foi um desafio sustentar os recursos necessários para manter as luzes acesas”, afirmou.

A rede social conseguiu levantar US$ 14 milhões em recursos de fundos de investimento, entre eles a Redpoint Ventures, que atua no Brasil.

Entre 31 de março e 15 de abril, os usuários poderão baixar suas perguntas e respostas do site.

Para exportar o conteúdo:

1 - fazer o login no Formspring (veja site)
2 - clicar a sessão “exportar”
3 - um e-mail de confirmação será enviado
4 - acessar novamente a sessão “exportar” e baixar as perguntas e repostas

Leia Mais

As Testemunhas de Jeová e Paula Fernandes

André Piunti, no Universo Sertanejo

Nas últimas duas semanas o assunto “religião” gerou mais discussões do que costuma gerar na internet. O primeiro motivo foi a entrevista polêmica do pastor Silas Malafaia no programa da Marília Gabriela, o segundo, a renúncia do Papa Bento XVI e as piadas feitas com o assunto.

Na semana passada, vi uma situação curiosa envolvendo religião e o nome da Paula Fernandes.

Paula declarou em uma entrevista ao João Dória Jr que segue o espiritismo, acredita em reencarnação, em continuação da vida em outro plano e etc.

Na quinta-feira da semana passada, por conta da entrevista, começou a rodar no Facebook, entre as Testemunhas de Jeová, um “alerta” a respeito da Paula. Aos que não sabem, as “Testemunhas” condenam o espiritismo e qualquer coisa ou pessoa que tenha relação com ele (interpretação deles da bíblia).

Em menos de 5 dias, a postagem passou dos 15 mil compartilhamentos, chegou até a minha página. As reações das pessoas ao saber que a cantora acreditava no espiritismo são impagáveis (parece engraçado, mas no fundo não é).

cho

pface21

a entrevista completa pode ser vista aqui.

Atualização em 20/2 às 11h

Após a polêmica gerada com declarações de Testemunhas de Jeová “condenando” o espiritismo de Paula Fernandes (entenda mais no texto abaixo), a cantora se manifestou pelo Twitter no início da noite.

“O que a bíblia prega? Respeito ou preconceito????? Viva a liberdade de expressão!”, disse a cantora.

Leia Mais

Show de insensibilidade (2)

tumblr_inline_mhc3avWuBv1qz4rgp
Sérgio Pavarinix

Recorrendo à sigla criada por Stanislaw Ponte Preta, continua o Febeapá (Festival de Besteiras que Assola o País) depois da tragédia no município gaúcho de Santa Maria.

Como ignorância escolhe seus amantes independentemente da religião (ao contrário do que muita gente preconceituosa pensa), ateus e evangélicos babacas beligerantes aproveitam o momento triste para se digladiar. Os que não creem provocam com ataques do tipo “onde estava o Deus de vocês ao permitir essa tragédia?”, questionamento debatido há zilhares de anos com + seriedade e profundidade. Sugiro pesquisar o termo “teodicéia” no pai Google pra começo de papo.

Do outro lado, cristãos ignoram tantas reflexões pertinentes sobre a dor (C.S. Lewis, por exemplo) e registram explicações rasas e equivocadas nas redes sociais. O que falar ao ler uma estupidez como “o diabo juntou tudo e fez a colheita”? Cada bola fora é imediatamente espalhada na tentativa de provar que todos os crentes são evanjegues parvos. Ao contrário do exame de sangue, nesse caso não é possível fechar diagnósticos com base em uma gota.

As sandices perpetradas por cristãos na área de comentários de sites e blogs e nas redes sociais agora têm espaço cativo no Deus perdoa, mas…, tumblr criado recentemente para listar “pérolas gospel”. Como também acontece com as jóias, certamente há muitas pérolas falsas circulando por aí.

A falta de noção sensibilidade de alguns repórteres também foi lembrada numa charge de Latuff.

14943_4366319565266_70100859_n

Tragédias são solo fértil para disseminar “teorias conspiratórias” e a criatividade dos chamados illuminatis sempre fornece adubo nesses momentos. Um blog insinua que o acontecimento foi um “sacrifício” e lista supostas coincidências. Pra ficar em apenas 1 exemplo, o arrazoado de sandices afirma que a última música tocada antes do incêndio foi “Die young”.

Imaginar que a banda Gurizada Fandangueira fez 1 cover “gaúcho” da música gravada por Ke$ha (entre outros) é ridículo irresponsável demais.Basta uma espiada no YouTube para conhecer o repertório dos caras.

Se o sofrimento é o “megafone de Deus” como afirmou Lewis, é hora de o rebanho brasileiro se submeter a uma audiometria para discernir qual é o seu papel na vida da nação.

dicas do Felipe Costa, João Marcos, Sidnei Carvalho de Souza e Vinícius Sena

533700_499162470134786_1056338918_n

Cartaz da Banda "Gurizada Fandangueira" que estava tocando na noite da tragédia em Santa Maria, e o cidadão que soltou o sinalizador é esse que aparece ao lado do cartaz, se você tiver um pouquinho de sensibilidade espiritual, olhe ao redor da caveira tocando, cheio de pessoas em meio ao fogo, isso já estava mais que avisado que alguma coisa iria acontecer. Meu Deus... (post no perfil de um pastor)
Cartaz da Banda “Gurizada Fandangueira” que estava tocando na noite da tragédia em Santa Maria, e o cidadão que soltou o sinalizador é esse que aparece ao lado do cartaz, se você tiver um pouquinho de sensibilidade espiritual, olhe ao redor da caveira tocando, cheio de pessoas em meio ao fogo, isso já estava mais que avisado que alguma coisa iria acontecer. Meu Deus… (post no perfil de um pastor)

Leia Mais

Ministério da Justiça oferece até R$ 70 mil em 10 meses para jornalista de mídias sociais

Publicado originalmente no Comunique-se

A Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça lança edital para jornalista consultor de mídias sociais. O profissional vai atuar na elaboração da linha editorial do Portal ‘Pensando o Direito’, com temas jurídicos.  O trabalho será realizado em Brasília, de fevereiro a novembro. A remuneração total pelo serviço pode chegar até a  R$ 70 mil.

É necessário ter experiência mínima de dois anos em atividades de jornalismo ou comunicação online. A prática na edição de blogs deve ser comprovada pelo profissional, que irá organizar os conteúdos já produzidos, divulgar o projeto nas redes sociais e desenvolver ações de melhoria para o site.

Familiaridade com atividades jurídicas, e-participação, webcidadania ou Governo 2.0 são bem-vindas pela secretaria. Para participar é preciso enviar o formulário de seleção preenchido para sal@mj.gov.br, indicando no assunto da mensagem “Projeto BRA/07004 – Consultor Redes Sociais”. As candidaturas serão recebidas até o próximo dia 27.

Projeto Pensando o Direito
Desde 2007, o projeto Pensando o Direito financia pesquisas jurídicas do país e busca para o desenvolvimento de estudos que estão em debate na sociedade, com a finalidade de qualificar o trabalho da secretaria.

pensandoodireito

Entre as atribuições do cargo, o jornalista deverá divulgar o projeto nas redes sociais
(Imagem: Reprodução/ Facebook)

Leia Mais

Saiba como bloquear tudo sobre o BBB no Twitter e Facebook

Publicado originalmente no CanalTech [via Exército Universal]

Há treze anos, o Brasil é invadido por uma febre chamada Big Brother Brasil. Se você não faz parte dessa legião de fãs, bloquear esse assunto no Twitter e Facebook é uma ótima opção para usuários do navegador Chrome.

Para isso, basta filtrar o conteúdo relacionado ao programa. Mas como, Bial?
O primeiro passo é criar uma lista de palavras que estejam relacionadas ao reality-show. Termos como BBB, Big Brother Brasil, Big Brother, BigBrother, BBB13, paredão, eliminação, prova do anjo, prova do líder, Big Fone, estalecas, casa de vidro, Pedro Bial, Bial, Boninho e os nomes ou apelidos dos participantes são ótimos para a filtragem fazer efeito.

Mas atenção: incluir o nome “André”, por exemplo, irá bloquear qualquer André. Assim como outros termos que podem estar relacionados a assuntos diversos. Avalie se isso valerá a pena.

1. A extensão Open Tweet Filter faz toda a coisa do Big Brother desaparecer da timeline do Twitter e ainda indica quais usuários foram bloqueados. Vá até o topo da página, do lado direito, clique em “Usar no Chrome”. Uma notificação aparecerá na tela e então você deve aceitar. Assim que instalado, vá até sua conta no Twitter, clique em Configurações > Filters e então acrescente os termos que quer bloquear.

2. Já a extensão No BBB promete bloquear o assunto tanto no Facebook quanto no Twitter. Para instalar, basta fazer o download e ir até o topo da página, do lado direito. Clique em “Usar no Chrome”. Uma notificação aparecerá na tela e então você deve aceitar. Depois de instalado, atualize a página. Um ícone da extensão aparecerá no canto superior direito, logo ao lado das Configurações. Clicando no ícone e depois em “Palavras”, você pode adicionar novos termos ao filtro.

Porém, estas extensões só estão disponíveis para o navegador do Google. O Feed Filter costumava ser o filtro de termos usado no Firefox, mas não está mais disponível na página de Add-ons da Mozilla. Alguns sites de download oferecem filtros, mas quem baixa estes programas corre risco de baixar algum malware.

dica do Ronaldo Gratsch

o site da Universal não informa como bloquear “A Fazenda” e “A Fazenda de Verão”, os genéricos do BBB.

Leia Mais