Arquivo da tag: redes sociais

Idioma português é o que mais cresce no Facebook

Publicado originalmente no Link

O português é o idioma que obteve o maior crescimento no Facebook em dois anos. Segundo dados da SocialBakers, o número de usuários que optaram por visualizar o site em português saltou de 6,1 milhões (maio de 2010) para 58,5 milhões (novembro de 2012), mantendo o idioma atrás do inglês, com quase 360 milhões de usuários, e o espanhol, com 142 milhões.

Veja a lista completa aqui.

O português cresceu praticamente 10 vezes entre 2010 e 2012. Tamanha ascensão não se repetiu com os demais. O inglês teve um aumento de 1,6 vezes e o espanhol, 2,3. Além do Brasil, o mais notável se dá com a língua árabe, o nono idioma mais usado, que chegou a um número de usuários quase seis vezes maior.

Comparando-se os países, o Brasil é o segundo com maior quantidade de perfis na rede social, que já passa dos 1 bilhão de usuários. O Brasil, à frente da Índia e atrás dos EUA, responde por 61,8 milhões dos usuários (a diferença entre este número e de usuários que visualizam a rede em “português” se dá simplesmente pelo fato de muitos usuários falantes da língua optarem por um idioma alternativo ao seu nativo), mas está em 42º no ranking dos países que mais cresceram no Facebook nos últimos seis meses (o primeiro é o Vietnã; veja).

Facebook lança ferramenta de Social-Reporting para quem não saiu bem na foto

Fabrício Teixeira, no UpdateorDie!

O Facebook acaba de anunciar mais uma funcionalidade envolvendo seus álbuns de fotos no site.

Agora se você foi tagueado em uma foto e não gostou do conteúdo dela, você tem a opção de mandar uma mensagem para o dono da foto e pedir que ela seja retirada. Entre os motivos pré-selecionáveis na interface na hora de denunciar uma foto estão: “saí mal na foto”, “a foto é constrangedora”, “ela mostra um comportamento inadequado” e “acho a foto ofensiva”.

Segundo o vídeo, 65% das mensagens solicitando remoção de fotos acabam sendo bem recebidas pelos usuários que publicaram a imagem indevidamente.

Facebook te deixa gordo e pobre

Carol Castro, na SuperInteressante

Bastam cinco minutos no Facebook (ou em qualquer outra rede social) para você ficar um pouquinho mais descontrolado. Aí fica difícil resistir às tentações, como comidas calóricas e compras desnecessárias. Ou seja, Facebook te faz engordar e se endividar.

A conclusão é de uma pesquisa da Universidade de Pitsburgo e da Universidade Columbia. Dois professores de marketing convidaram 541 pessoas para alguns testes – uma parte delas acessava o Facebook e outras não. E, na sequência, eles tinham de escolher entre comer umbiscoito de chocolate ou uma barra de cereal. O pessoal do Facebook preferia os doces. E eles também se mostravam mais propensos a seguir impulsos consumistas e torrar o dinheiro com uma compra qualquer. Além disso, os fãs de redes sociais desistiam mais rápido na hora de encontrar respostas para problemas de matemática.

Isso só acontece porque quando você tem boas interações com seus amigos pelo Facebook, você fica mais feliz. “Quando as pessoas usam o Facebook elas ficam mais felizes com elas mesmas”, explica Andrew Stephen, co-autor do estudo. “E pessoas que se sentem bem tendem a se controlar menos. Eles se dão permissão para extrapolar em algumas coisas”, conclui.

Os pesquisadores também perguntaram aos participantes sobre o tempo que passam online. Os mais cheinhos sempre gastavam mais tempo, todos os dias, com o Facebook.

Ou seja, meus amigos, fechem aquela aba ali do Facebook e vão aproveitar o dia lá fora.

Nana Gouvêa em NY: ‘Adoro hurricanes (furacões)!’

Nana Gouvêa (Foto: Nana Gouvêa)Nana Gouvêa mostrou os danos causados pelo furacão Sandy em NY

título original: Nana Gouvêa registra em fotos danos do furacão Sandy em NY

Publicado no EGO

Nana Gouvêa deixou o apartamento onde mora com o produtor musical Carlos Keyes, em Nova York, para fotografar os danos que o furacão Sandy causou na cidade americana. Árvores derrubadas, carros destruídos e ruas vazias. Desde sábado, 27, a atriz não saia de casa por causa da supertempestade que causou muitos danos e provocou a morte de mais de 30 pessoas.

Mesmo presa dentro do apartamento com o marido, Nana disse que não sente tédio. Pelo contrário, tem aproveitado os momentos a sós com ele para namorar muito: “O furacão nos aproximou muito mais do que se fosse uma viagem comum com tempo normal e tenho que confessar que adoro hurricanes (furacões)! Nunca temos esse tempo todo pra ficar juntinhos e temos realmente passado a maior parte do tempo na cama! Só saí de casa para ir à academia e hoje, quarta, 30, só deixei o apartamento para fazer essas fotos. Eu amo passar por hurricanes com meu amor! É muito romântico e hoje vou abrir uma garrafa de vinho”, disse Nana ao EGO.

Esse é o segundo furacão presenciado por Nana. O primeiro foi em agosto do ano passado, quando ela se mudou para Nova York. Na época, a tempestade também a ajudou a se aproximar de Carlos Keyes. “O primeiro foi o Irene, justamente quando eu Carlos estávamos começando a nossa relação e era a minha primeira viagem a Nova York para ficar com ele durante uma semana aqui. Passamos a nossa primeira semana juntos trancados no apartamento dele, assistindo filmes, eu cozinhando e, claro, foi uma delícia de lua de mel”.

Nana Gouvêa (Foto: Nana Gouvêa)

Pais castigam a filha envergonhando ela no Facebook

Caretas e poses nada 'descoladas' foram a arma desses pais americanos para punir a filha que os afrontou. Foto: Reddit.com/Reprodução
Caretas e poses nada ‘descoladas’ foram a arma desses pais americanos para punir a filha que os afrontou

Publicado originalmente no Terra

Dois pais em Wisconsin, Estados Unidos, puniram sua filha de um jeito diferente pelo seu comportamento desrespeitoso e desobediente. Segundo o jornal Daily Mail, a dupla confiscou o celular da menina por uma semana e, depois,postou fotos fazendo caretas e poses no perfil dela no Facebook, numa tentativa clara de punir a filha por envergonhá-la.

Quem revelou o ‘castigo’ foi o irmão da menina: “meus pais pegaram o celular da minha irmã e publicaram isso no Facebook dela”, escreveu o garoto no Reddit.

Não foram revelados os nomes, idades ou mesmo o que a irmã do menino fez para merecer o castigo. No total, foram 10 fotos publicadas, e apenas uma delas foi parar no Reddit

Tudo o que o autor do post, identificado como “AustinMac” no Reddit, disse foi que a menina ‘got fresh’ (respondeu ou afrontou os pais, segundo usuários do site, numa tradução livre).

Apesar de parecer uma punição branda, usuários do Reddit apontaram que, para uma adolescente, “ser ‘trolada’ (envergonhada) assim pelos pais pode representar um castigo doloroso”. “Seria a pior coisa da minha vida”, escreveu uma das participantes da discussão no site de murais.

Pesquisa realizada no primeiro trimestre deste ano pelo Common Sense Media, grupo de pesquisas com sede em San Francisco, aponta que 90% dos adolescentes de 13 a 17 anos dizem usar as redes sociais. Três quartos deles têm uma conta em seu nome, principalmente no Facebook, e 51% se conectam pelo menos uma vez ao dia.

Outros 29% dizem que as redes sociais os fazem se sentir mais sociáveis.

Foto: Reddit.com/Reprodução