Conteúdo marcado como ricardo gondim

Prece de perdão

Prece de perdão
Ricardo Gondim Cometemos crimes contra a humanidade e atribuímos a teus desígnios. Usamos a Bíblia, inclusive as palavras de Jesus, para legitimar guerra, genocídios, pogroms, chacinas. Escravocratas frequentaram a escola dominical e nas invasões colonialistas, pedimos a tua bênção através de capelães. Culpamos a mulher, o estrangeiro, o diferente, por males que nós mesmos somos responsáveis. Acumulamos desnecessariamente o que jamais usaremos. Somos gananciosos e não notamos. Tende misericórdia de […]

O meu salmo 23

O meu salmo 23
Ricardo Gondim Ousei escrever uma versão minha para o Salmo 23. Primeiro vamos ler na tradução mais conhecida da Bíblia. O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás […]

Um marujo em alto mar

Um marujo em alto mar
Ricardo Gondim Nas coordenadas 37 graus a sudoeste e 20 graus a nordeste, mar alto, navega um homem já adiantado em idade. Desatento ao açoite do vento, ele medita. Está só. Vez por outra seus lábios se movimentam. A barba, grisalhada de três dias, mostra há quanto partiu de um porto seguro. Ele conversa com o nada. Mal se dá conta de que ninguém ouve o monólogo. Mas ele insiste, […]

Ricardo Gondim: Carta Aberta ao Presidente da República

Ricardo Gondim: Carta Aberta ao Presidente da República
Ricardo Gondim Senhor Luis Inácio Lula da Silva São Paulo, 6 de junho de 2005 Excelentíssimo Senhor, Permita-me tratar-lhe por você. Não por desrespeito, mas para lembrar-me de suas origens – comuns a mim e a milhões de outros brasileiros. Também preciso me apresentar. Sou pastor de uma fraternidade de igrejas que se espalham por vários estados brasileiros; como você, sou nordestino e resido em São Paulo. Meu pai foi preso […]

Jesus salva – primeiro, os religiosos

Jesus salva – primeiro, os religiosos
Ricardo Gondim Entre as parábolas que Jesus contou, uma inquieta bastante. Eis a narrativa de Lucas 18.9: “Dois homens subiram ao templo para orar; um era fariseu e o outro publicano. O fariseu em pé, orava silenciosamente: ‘Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros homens: ladrões, corruptos, adúlteros; nem mesmo como este publicano. Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho’. Mas […]