Alckmin importa índios cubanos para fazer dança da chuva

Charge: Sponholz
Charge: Sponholz

Publicado impagavelmente no Sensacionalista

Pelo menos dois mil índios cubanos devem chegar a São Paulo nos próximos dias para tentar fazer voltar a chover. O governo pretende, ainda, aumentar o número de viajantes ao estado. Os índios serão espalhados por pontos de SP e ainda servirão de atração turística.

A receita federal está preparando uma operação especial para evitar que os índios tragam charutos cubanos contrabandeados. Eles virão pelados e não se sabe, ainda, onde poderão trazer os charutos.

Leia Mais

Cabral diz que anda de helicóptero porque o Rio é muito perigoso e o trânsito muito ruim

cabral-helicopteros-rio

Vinicius Antunes, impagavelmente no Sensacionalista

Em declaração polêmica, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, afirmou que costuma, sim, utilizar o helicóptero da frota oficial do governo para seus deslocamentos diários. Ele alega que pessoas de seu nível socioeconômico não devem “dar mole” por um estado perigoso e mal administrado. “Se não bastasse a violência cotidiana, agora ainda tem protestos e vandalismos, toda figura pública precisa ser preservada. Se eu sou assaltado, o prejuízo é muito maior para o Estado. Você sabe quanto custa o terno que eu uso?”

Cabral também recebeu críticas por usar o helicóptero para transportar seu animalzinho de estimação. Porém, ele justificou: “Não teria cabimento  eu ir com a minha família para nossa casa de veraneio de helicóptero e mandar o Tobi de carro, né? Isto deveria ser visto como uma medida de proteção ao animal, inclusive já recebi mensagens de apoio de várias associações e ONGs que defendem os cães. Pena a grande mídia não ver da mesma forma e preferir manipular a população.”

Leia Mais

Feliciano quer liberação para tratar menstruação como se fosse doença

O pastor foi ainda mais longe e disse que absorventes não são cura, são paliativos, o melhor é realmente deixar as mulheres isoladas e usá-las apenas na época da procriação.

Foto: Alexandra Martins / Agência Câmara
Foto: Alexandra Martins / Agência Câmara

Publicado impagavelmente no Sensacionalista

Marco Feliciano uma vez mais desperta polêmica. Após querer tratar a homossexualidade como doença, ele agora disse que quer que a menstruação também seja vista como uma enfermidade. Segundo o pastor: O livro de Levítico é bem claro quanto a enfermidade “a mulher deveria ficar separada por causa da sua imundície  por 7 dias”.  A prova mais concreta que temos disso é que mulheres que trabalham juntas, convivem juntas, geralmente menstruam na mesma época, isso se caracteriza como uma epidemia de menstruação. Em Brasília, por exemplo, a Dilma fica sempre menstruada junto com as senadoras.

O pastor foi ainda mais longe e disse que absorventes não são cura, são paliativos, o melhor é realmente deixar as mulheres isoladas e usá-las apenas na época da procriação. O movimento feminista imediatamente reagiu e ameaçou borrifar água no cabelo com chapinha do pastor. Marco Feliciano é conhecido também porque, seguindo a Bíblia, proibiu que sua esposa emitisse opiniões no culto e só entrasse na igreja de véu.

Vinícius Antunes

 

Leia Mais

Bancada gay lança projeto de lei para proibir casamento de evangélicos

Se aprovado, evangélicos não poderão se casar entre si.

24_PHG_pais_jean_wyllys

Publicado impagavelmente no Sensacionalista

A bancada gay de deputados, liderados por Jean Wyllys resolveu contra-atacar a bancada evangélica e lançou o projeto de lei que visa proibir casamentos entre evangélicos. Se aprovado, evangélicos não poderão se casar entre si. Segundo o deputado Marcelo Almeida a medida é justa: “Eles são contra o casamento gay, então nós também somos contra o casamento evangélico. Evangélico não tem condições de criar um filho, olha no que dá, nasce coisas como Silas Malafaia e Marco Feliciano.”

A medida é polêmica e se aprovada poderá anular, inclusive, os casamentos evangélicos já realizados até agora. Para o pastor Álisson Amorim, a tentativa é absurda: “Eles não podem anular, pois para nós, o sexo só é permitido dentro do casamento e se for anulado, significa que nós não estávamos casados, ou seja, estávamos fazendo sexo fora do casamento com a própria esposa, logo estávamos em pecado!”

Vinícius Antunes

 

Leia Mais