Terrorista analfabeto vê cartaz com a foto dele e vai até a polícia para ‘resgatar o prêmio’

Terrorista analfabeto se entrega sem querer achando que ia ganhar um prêmio

Publicado originalmente no Extra

Mohammad Ashan, um comandante talibã, suspeito de liderar dois ataques terroristas no Afeganistão, teve sua foto divulgada por toda a cidade de Sar Howza, em cartazes com o valor da captura estipulado em US$ 100, oferecido àquele que o entregasse.

Mas, para surpresa da polícia, o próprio Ashan acabou vendo um desses pôsteres com sua foto e, inacreditavelmente, dirigiu-se até a embaixada americana. Para quê? Resposta: pedir os 100 dólares de recompensa!

Analfabeto ‘de pai e mãe’, Ashan simplesmente pensou que estavam procurando-o para lhe dar um prêmio. Acabou preso. Lógico!

As informações são do site The Huffington Post.

Leia Mais

Absurdo: pastor é preso acusado de estuprar crianças e adolescentes no RJ

Publicado originalmente no Terra

Um pastor de 28 anos foi preso acusado de estuprar crianças e adolescentes que frequentavam a igreja em que ele atuava, no Jardim Primavera, em Duque de Caxias. A prisão ocorreu na terça-feira, sendo que o suspeito era investigado pela 60ª Delegacia de Polícia havia um mês.

De acordo com o titular da 60ª DP, delegado Felipe Curi, para cometer os abusos, o pastor promovia encontros com as vítimas com a justificativa de realizar estudos bíblicos. O crime ocorria em um quarto nos fundos da igreja.

Ainda segundo o delegado, alguns jovens recebiam valores entre R$ 30 e R$ 70, além de alguns presentes, enquanto outros eram ameaçados de morte caso contassem sobre os encontros.

Leia Mais

Noiva usa vestido com cauda de 520 metros

Margarida Telles, no Mulher 7×7

Muitas noivas investem alguns metros de tecido para criar uma bela cauda. Mas uma chinesa levou essa ideia ao extremo, e casou-se usando uma cauda de 520 metros. O casamento ocorreu na província chinesa de Hubei, e a foto acima foi divulgada pelo China Daily.

Segundo a noiva, a  metragem tão absurda tem um motivo romântico. A pronúncia da palavra “520” em chinês soa quase com “eu te amo”.

Você acha que ela entrou para o Guinness Book, o Livro dos Recordes? Não! A maior cauda do mundo foi criada em Bucareste, na Romênia, e tinha quase 3 km de comprimento.

Não sou casada, mas imagino que evitaria em meu vestido qualquer tipo de cauda, pois sou muito desastrada e certamente me enroscaria rumo ao altar.

Leia Mais

“Beavis e Butt-Head” volta à TV brasileira após hiato de 14 anos

Beavis e Butt-Head voltam à televisão brasileira

Mayra Maldjian, na Folha.com

A dupla “Beavis e Butt-Head” está de volta – genial e idiota como nunca.

Retrato fiel da juventude dos anos 1990, a clássica série de animação criada por Mike Judge para a MTV em 1993 estreia sua oitava temporada no Brasil, após 14 anos sem capítulos inéditos.

Os roqueiros, no entanto, não mudaram nada. Ainda vão à escola, usam camisetas de banda, dão aquela risadinha asquerosa e aprontam presepadas inacreditáveis para pegar garotas.

O que muda, na verdade, é o universo em torno deles.

No primeiro episódio, após ver as meninas suspirando por Edward e Jacob, da saga multimilionária “Crepúsculo”, eles decidem entrar para o mundo dos vampiros e lobisomens.

Agora, a parte surreal: eles são mordidos por um mendigo –um lobisomem, na cabeça deles– e se dão muito mal.

No sofá, enquanto esperam pela metamorfose, comentam, como de praxe, clipes de artistas do momento, entre eles MGMT e Skrillex.

Não fossem os temas atuais, as aventuras inéditas da dupla se encaixariam perfeitamente na década de 1990. E é esse o maior trunfo da nova temporada. Alívio para os fãs.

Leia Mais

Não é obrigatório caçar para ser ‘moderna’

Juliana Dacoregio

Não queremos fazer o papel de mulheres passivas em nenhuma área de nossas vidas, incluindo os relacionamentos. Dizemos que já não engolimos mais a ideia do príncipe encantado. Sabemos que assim como nós, os homens também são imperfeitos e não nos dão a garantia de uma vida segura, feliz e protegida. Só quem pode garantir isso somos nós mesmas, não restam dúvidas. Mas sempre há certa idealização quando se trata de encontrar o cara legal que se encaixe em nossos anseios.

Inevitavelmente, com o tempo aprendemos: idealizações sempre geram decepções. E é nessa de nos decepcionarmos que acabamos virando a mesa e paramos de ficar esperando. Resolvemos ir à caça.

Tudo bem, sou da opinião de que a mulher pode e deve tomar a iniciativa quando está a fim de um cara. Mas será que muitas vezes isso não é motivado por amargura pura e simples e acaba gerando ainda mais dor? Claro, não há como se proteger constantemente de desapontamentos. Caçadoras ou não, podemos quebrar a cara. O problema é quando entramos de cabeça nessa de tomar iniciativas, não porque realmente queremos escolher nossos parceiros sem ter que ficar à espera de um convite, mas para tapar o buraco da solidão ou para sermos “modernas”.

Não existem padrões. A mulher tem todo o direito de convidar um homem para sair, mesmo que queira apenas um lance de uma noite. Nossos hormônios também pedem por sexo e não apenas romance. Mas quando essa atitude é fruto de simples desespero e medo de ficar sozinha os resultados são desastrosos.

Quantas mulheres já não tomaram para si o papel de predadoras e foram para a cama, sozinhas, noite após noite, depois de várias conquistas, com um vazio enorme no peito? Querendo ser acariciadas, se decepcionando por não receberem uma ligação no dia seguinte… Não dá para ser assim. É preciso estar pronta para “agir como homem”, como muitos diriam. Decidiu ir atrás de sexo e não ficar sentada esperando? Ok. Mas banque sua decisão. Sim, talvez você encontre o homem de sua vida em uma dessas transas que a princípio são de uma noite só.

Apesar de ainda existir preconceito por parte de alguns homens, a maioria já deixou para trás as ideias de que mulher que transa no primeiro encontro e toma a iniciativa não é confiável ou “não serve para casar”. Aliás, homem que pensa assim nem vale a pena mesmo, a não ser que você queira ser uma escrava do machismo para sempre.

Mesmo assim, se você quer sexo, quer escolher seus parceiros sem esperar convites, quer tomar à frente no jogo da conquista, esteja preparada. Deixe de lado o romantismo e guarde-o para quem realmente merecê-lo. Ficar se apaixonando a cada “pegada” não dá certo. E se você sabe que corre esse risco ou já aconteceu algumas vezes e você ficou a ver navios, largue mão de querer parecer moderna. Não existe isso de “mulher moderna”. Você é uma mulher e ponto. Não há nada de desabonador em ser seletiva e escolher apenas o que você acredita que pode ser um relacionamento de longo prazo.

Seja o que você for. Não se sinta na obrigação de caçar e transar sem compromisso. Pode ser bom? Claro que pode. Mas pode também causar abalos na sua autoestima? Com certeza! Então deixe de lado os padrões. Seja você mesma: talvez a gatinha manhosa que espera o macho fazer a corte, talvez a leoa que pega, mata e come. Ou, quem sabe, às vezes… uma alternância das duas. Por que não?

fonte: Heresia Loira

Leia Mais