Remédio para artrite faz crescer cabelo – e muito – em homem careca

Em estudo nos Estados Unidos, tratamento reverteu calvície em paciente com alopecia universal

Calvície: o problema atinge cerca de 85% dos homens acima dos 65 anos

publicado na Veja

Pesquisadores da Universidade Yale, nos Estados Unidos, podem ter descoberto um uso off label (isto é, fora da indicação original da bula) para um remédio indicado para artrite reumatoide: um tratamento contra a calvície. Em um estudo publicado online nesta quinta-feira no periódico Journal of Investigative Dermatology, os cientistas mostraram que a droga citrato de tofacitinibe fez crescer fios — e muitos — em um paciente de 25 anos completamente careca.

Trata-se do primeiro caso de tratamento bem sucedido relatado na medicina para alopecia universal, forma extrema da alopecia areata, distúrbio autoimune que promove queda de cabelo. O remédio fez crescer fios não apenas na cabeça do paciente, mas em regiões como sobrancelha, cílio e axila.

“O resultado é exatamente o que a gente esperava”, afirma Brett A. King, professor assistente de dermatologia da Escola de Medicina da Universidade Yale e autor da pesquisa. “Trata-se de um grande passo no tratamento de pessoas com essa doença (alopecia universal). Embora seja apenas um caso, nós prevíamos o sucesso do tratamento com base no que sabíamos sobre a doença e o remédio. Acreditamos que os mesmos resultados se repetirão em outros pacientes, e pretendemos tentar.”

Além de alopecia universal, o paciente tinha psoríase, uma condição autoimune que causa placas avermelhadas na pele. King decidiu tratar as duas enfermidades com citrato de tofacitinibe, um remédio para artrite reumatoide aprovado em 2012 pela Food and Drug Administration (FDA), agência que regula medicamentos nos Estados Unidos — no Brasil, o medicamento aguarda análise na fila de espera da Anvisa.

O citrato de tofacitinibe já havia se mostrado eficiente no combate à psoríase e, em estudo com camundongos, revertido alopecia areata. “Não há boas opções para tratar alopecia universal. O que existia de melhor na ciência parecia ser essa abordagem, e funcionou”, diz King.

​Em oito meses de tratamento, o cabelo do paciente cresceu totalmente, e não houve relatos de efeitos colaterais. Segundo King, a droga parece impedir o sistema imunológico de atacar os folículos capilares, consequentemente estimulando o crescimento dos fios.

Leia Mais

Conheça o homem que não toma banho há 60 anos

publicado no Hypeness

Ele é provavelmente o homem com mais sujeira acumulada no corpo. Amou Haji tem 80 anos e não toma banho desde os 20, numa atitude que justifica com a ideia de que “a limpeza traz doenças”. O record de permanência sem banho pertencia a um indiano, mas é agora deste iraniano, que vive isolado na província Fars, no sul do país.

Haji está tão sujo que poderia se camuflar facilmente por entre a terra ou ser confundido com um homem-estátua. Mas se você pensa que as informações surpreendentes acabam por aqui, preste atenção: Haji odeia água potável e alimentos frescos. Como sobrevive? Comendo carne de porco apodrecida e bebendo água de um canil velho e enferrujado (continua a ser difícil acreditar que ainda esteja vivo, ainda pra mais com 80 anos).

Não se sabe ao certo a origem da decisão radical do velhinho, que, como se tudo isto não bastasse, ainda fuma um cachimbo com fezes de animal no lugar de tabaco no final das refeições e vive numa espécie de cova solitária. Acredita-se, no entanto, que tenha vindo de algum distúrbio antigo.

A verdade é que ele parece feliz com a decisão, olha só:

AmouHaji1

AmouHaji2

AmouHaji3

AmouHaji4

AmouHaji5

Leia Mais

Castelo Rá-Tim-Bum – A exposição

publicado no Istartcoop

MIS-Museu da Imagem e do Som- apresenta a mostra Castelo-Rá-Tim-Bum – A exposição, uma homenagem ao programa infantil da TV Cultura que em 2014 completa 20 anos do início de sua veiculação.

Concebida pela equipe do Museu da Imagem e do Som com apoio da TV Cultura/Fundação Padre Anchieta, a mostra é um tributo ao programa que é considerado um dos melhores produtos audiovisuais da história da televisão brasileira.

A exposição, que ocupará o primeiro e o segundo andares do Museu, é dividida em duas partes. Em uma delas, os visitantes irão conferir peças do acervo, muitas delas recuperadas e restauradas pelo MIS, como objetos de cena, fotografias, figurinos dos personagens e trechos do programa que até hoje são hit, como Lavar as mãos, música de Arnaldo Antunes. Depoimentos gravados pelos atores do elenco original especialmente para a exposição complementam esta parte. Em outra, uma experiência lúdica espera os visitantes, que poderão literalmente entrar no Castelo. Para tanto, mais de dez ambientes, como o saguão e a biblioteca, serão recriados. O público também poderá ver de perto bonecos originais, como o Gato Pintado, o monstro Mau, a cobra Celeste e as botas Tap e Flap.

 O Diretor do MIS ,manda avisar : a mostra não é só para o público infantil. E nem é só para o adulto. Porque os fãs que assistiram o Castelo hoje são adultos, mas não queremos deixar só esse público feliz, queremos também, com a mostra, conquistar novos fãs para o Castelo. A ideia é que mesmo uma criança que nunca assistiu ao programa fique encantada

Programação paralela

Para completar a exposição, o MIS preparou uma programação paralela especial. Nos finais de semana, serão apresentados espetáculos com alguns dos principais atores do elenco, como Rosi Campos (Morgana) e Angela Dip (Penélope). O Núcleo Educativo do Museu oferecerá uma série de oficinas artísticas gratuitas voltadas para o público geral e professores. O MIS também apresenta cursos relacionados ao Castelo, entre eles está Stop Motion: Ratinho Castelo Rá-Tim-Bum (13 de agosto a 5 de setembro), que levará o participante a conhecer a clássica técnica de animação: a massinha.

Sobre o programa

Castelo Rá-Tim-Bum foi um programa de televisão brasileiro voltado para o público infanto-juvenil, produzido e transmitido pela TV Cultura entre 1994 e 1997. O programa foi parcialmente inspirado no também educativo Rá-Tim-Bum, e deu origem a uma franquia televisiva, da qual também faz parte Ilha Rá-Tim-Bum. O Castelo é uma criação do dramaturgo Flávio de Souza e do diretor Cao Hamburger, com roteiros de Dionisio Jacob (Tacus), Cláudia Dalla Verde, Anna Muylaert, entre outros.

Com a colaboração de 250 profissionais entre diretores, atores, equipe de efeitos visuais, cenógrafos, pintores, marceneiros, músicos, professores de português, especialistas em pedagogia, o Castelo Rá-Tim-Bum foi eleito o melhor programa infantil de 1994 pela Associação Paulista de Críticos de Arte – APCA. Ainda em 1994 e 1995, recebeu a medalha de prata na categoria melhor programa infantil do Festival de Nova York; em 1995, ganhou o Prêmio Sharp de Música para o melhor disco infantil; e entre 1999 e 2001 a série foi exibida para toda América Latina pelo canal a cabo Nickelodeon.

A audiência da série foi considerada um sucesso para a TV Cultura, com uma média de 12 pontos, índice jamais alcançado por uma série educativa ou por um programa da emissora

 *** Os ingressos para exposição têm venda antecipada a partir de 8 de julho pelo site Ingresso Rápido

Serviço: 16jul a 12out2014

Terça à sexta: das 12:00 às 21:00

Sábado: das 10:00 às 22:00 

Domingos e feriados: das 10:00 às 20:00

R$ 10 | R$ 5 (meia)

Leia Mais

Segundo pesquisadores, sentir-se feio lhe torna mais propenso a apoiar movimentos de esquerda

manifestacao

publicado no Liberzone

É, isso mesmo que você leu. Pesquisadores de Stanford, uma das mais importantes universidades do mundo, descobriram que pessoas que se sentem “pouco atraentes” são mais propensas a apoiar movimentos contra a desigualdade social.

A professora Margaret Neale e o doutorando Peter Belmi, responsáveis pela pesquisa, pediram aos seus alunos para autoavaliarem suas capacidades de atração física. Depois disso, os alunos foram convidados a assistirem um vídeo curto sobre o Occupy – aquele movimento que surgiu em 2011, em protesto contra a desigualdade econômica nos Estados Unidos.

Resultado: a percepção da própria beleza física possui um efeito maior sobre a nossa mentalidade do que se suspeitava. Perguntados se doariam um bilhete de loteria de $50 para o movimento, aqueles que se viram menos atraentes foram duas vezes mais propensos a doarem. Os pesquisadores chegaram à conclusão que os alunos com auto-confiança sobre a sua aparência se viam como parte de uma classe social de elite e eram menos propensos a doarem a causas de desigualdade social.

A série de cinco estudos realizados por Neale e Belmi, com participantes que incluíam homens e mulheres, tem importantes implicações para estudos sobre a desigualdade. Se você acredita que é atraente, tende a pensar que pertence a uma classe social mais elevada e acredita, portanto, que as hierarquias são uma forma legítima de organização de pessoas e grupos. A pesquisa também mostra que sentir-se feio ou bonito no fim importa mais à percepção de sua posição social do que sentir-se bondoso ou egoísta. Dois estudos testaram se a auto-percepção de outras duas características – empatia e integridade – fazia diferença na forma como as pessoas viam sua classe social. A resposta foi negativa.

Essa é a primeira pesquisa a estabelecer uma conexão explícita entre a percepção de sua própria beleza física e classe social, e suas atitudes em relação à desigualdade. Você a confere clicando nesse link.

Leia Mais

10 lugares que vão estar completamente vazios para você aproveitar durante os jogos

publicado no Hypeness

Uma das coisas boas da Copa, é que durante os jogos do Brasil, a cidade fica vazia como nunca! Que tal aproveitar esses 90 minutos para dar uma variada? Trouxemos hoje uma lista com ideias de lugares vazios para você aproveitar durante os jogos:

1. Os vagões do Metrô

1

Na hora do jogo, alguns vagões vão estar sem ninguém. Vai ser uma cena difícil de encontrar nos outros dias do ano.

2. O escritório da empresa

2

A cadeira do seu chefe é reclinável? A copiadora estará parada, disponível para qualquer impressão? O tapete é macio mesmo? É a hora de descobrir!

3. A piscina do prédio

3

Dificilmente vai ter gente na piscina do seu prédio durante os jogos. Vai lá e faz logo o que você quer.

4. Avenida 23 de Maio

Vai ser fácil encontrar uma sombra debaixo das árvores da 23 de Maio. Difícil vai ser encontrar uma platéia.

5. Parque Ibirapuera

Quando os homens não estão é que os bichos aparecem.

6. Alguma praia famosa

4

Que tal aproveitar a imensidão azul para procurar belas sereias?

7. Vão do MASP

Um teto que não é cercado por quatro paredes pode ser muito mais interessante, já pensou nisso?

8. Ponto de Ônibus

5

Veja se você consegue demorar mais tempo do que o ônibus.

9. A praça perto da sua casa

6

Explorar a natureza como você nunca fez. Desbravar a mata da forma que você quiser.

10. A academia

Essa é a sua chance de usas os aparelhos para se exercitar de uma forma bem menos monótona, e ainda sim perder várias calorias.

Leia Mais