Arquivo da tag: Soares

Apóstolo da Igreja Mundial está interessado na compra da MTV

foto: Mastrangelo Reino - 31.ago.2011/Folhapress

foto: Mastrangelo Reino – 31.ago.2011/Folhapress

Publicado por F5

O religioso Valdemiro Santiago está interessado na compra da MTV.

Líder da Igreja Mundial, ele por enquanto segue arrendando a Rede 21, da Band.

Já o bispo R.R. Soares, da Igreja Internacional, conseguiu permissão da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), para comprar três operadoras de serviço especial de TV por assinatura do grupo Abril.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta terça-feira (3).

Fundamentalismo evangélico – ameaça à democracia

Cerca de 8 mil fiéis participam de concentração na Praça do Rádio (Foto: Yarima Mecchi/G1 MS)

Cerca de 8 mil fiéis participam de concentração na Praça do Rádio (Foto: Yarima Mecchi/G1 MS)

Carlos Eduardo Calvani, no Campo Grande News

Campo Grande não merecia, na comemoração dos seus 114 anos de emancipação, o desprazer de assistir a tal “Marcha para Jesus” organizada por pastores-políticos e políticos-pastores reunindo cerca de 40 mil fanáticos para ouvir o “mais do mesmo” – as bobagens retrógradas de Silas Malafaia, Robson Rodovalho e outros.

O movimento evangélico hoje é um dos maiores perigos para a sociedade brasileira e o Estado Laico por seu potencial fundamentalista Malafaia, Feliciano, Rodovalho, Macedo, R.R. Soares e outros nomes menores que estão despontando (e outros que ainda despontarão) são a pior espécie de fanatismo religioso possível. A única diferença entre esse grupo e o fundamentalismo islâmico está nos referenciais religiosos nos quais se apóiam.

É certo que a grande maioria dos muçulmanos não é fundamentalista; mas os poucos que alcançam o poder cometem barbaridades em nome de sua fé. O fundamentalismo evangélico caminha pelo mesmo rumo. Alguém em são consciência e com um mínimo de instrução ou sensibilidade consegue acreditar neles e em seus discursos? Somente os analfabetos funcionais, que pouco lêem (aliás, sequer a Bíblia lêem, ou lêem com olhares medievais) os apóiam.

Não nos iludamos. Os evangélicos têm um projeto de tomada de poder na sociedade brasileira. Os evangélicos têm um projeto político muito perigoso para o Brasil. Utilizam as Escrituras Sagradas do modo como lhes convém, para interferir na Comissão de Direitos Humanos, para propor ou alterar leis e infringir descaradamente as cláusulas pétreas da Constituição Federal. Eles se infiltram nos partidos e conseguem ser eleitos para cargos no executivo e no legislativo.

Mas eles não têm fidelidade partidária nem princípios sociais claros. São mesquinhos e egoístas. Seus princípios são os da promiscuidade “igreja-estado”. A bancada evangélica é, comprovadamente, a mais inútil do Congresso Nacional.

No fundo, seu projeto é acabar com as manifestações religiosas com as quais não compartilham, sejam elas católico-romanas, espíritas, do candomblé, umbanda ou de qualquer outra religião que não a deles; desejam interferir na orientação sexual privada das pessoas “em nome de Deus”; fazem acusações levianas de que o movimento LGBT deseja acabar com as famílias; querem dominar o Ensino Religioso nas Escolas Públicas e, se conseguirem tomar o poder, não hesitarão em se infiltrar nas forças armadas utilizando o potencial bélico brasileiro para seus objetivos.

Sim, matarão se for preciso, invocando textos bíblicos, o “Deus guerreiro” do Antigo Testamento e seus exércitos sanguinários; sim, destruirão o “Cristo Redentor” e qualquer outro monumento de outra religião; sim, se tiverem pleno poder proibirão o carnaval, festas juninas, romarias marianas, terreiros de candomblé e exigirão conversão forçada a seu modelo de vida e à sua religião; o fundamentalismo que os inflama não terá qualquer restrição em proibir shows populares, biquínis nas praias e utilizarão armas químicas para fazer valer seus ideais. Viveremos um “talibã evangélico”, com homens com o mesmo olhar raivoso de malafaia, e gays internados em campos de concentração para que sejam “curados”.

Alguns dirão que estou exagerando. Porém, Malafaia disse ao microfone: “Nós declaramos que vamos tomar posse dos meios de comunicação, das redes de internet, do processo político, nós vamos fazer a diferença, vamos influenciar o Brasil com o evangelho de Jesus”.

Se permitimos que seu projeto vá à frante, preparem as burcas. Nosso futuro será sombrio.

Reverendo Carlos Eduardo Calvani é da Igreja Anglicana no Brasil

dica da Ana Claudia Paiva

“Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos colegas cubanos”, diz presidente do CRM/MG

mais-medicos

Publicado no Bhaz

A contratação de médicos estrangeiros pelo programa Mais Médicos, do Governo Federal, está longe de ter um final em que as duas partes – profissionais e União – cheguem a um acordo. A última grande polêmica gira em torno do anúncio da convocação de cubanos para atender no Brasil.

O Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) já entrou oficialmente na briga contra a medida. Na quinta-feira (22), o presidente da entidade, João Batista Gomes Soares, anunciou que pretende denunciar os cubanos por exercício ilegal da profissão, alegando que o governo autorizou a atividade dos médicos sem que eles passem pelo processo de revalidação do diploma estrangeiro e pelo exame de proficiência em língua portuguesa.

Em entrevista ao jornal Estado de Minas, publicada nesta sexta-feira (23), João Batista garantiu que, se o governo seguir em frente com as contratações, o impasse vai virar caso de polícia. “Se ouvir dizer que existe um médico cubano atuando em Nova Lima, por exemplo, mando uma equipe do CRM-MG fiscalizar. Chegando lá, será verificado se ele tem o diploma revalidado no Brasil e a carteirinha do CRM-MG. Se não tiver, vamos à delegacia de polícia e o denunciamos por exercício ilegal da profissão, da mesma forma que fazemos com um charlatão ou com curandeiro”, afirmou Batista.

presidente-crm-minas

Foto: Divulgação/Conselho Regional de Medicina

O presidente do CRM/MG ainda fez uma declaração polêmica. “Nossa preocupação é com a qualidade desses médicos, que são bons apenas em medicina preventiva, não sabem tirar tomografia. Vou orientar meus médicos a não socorrerem erros dos colegas cubanos”, disse.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) também considera a adoção do programa eleitoreira, irresponsável e desrespeitosa.

Comparado a Louis Armstrong e Tim Maia, cantor evangélico vira hit na web

Publicado no UOL

A capacidade vocal do cantor evangélico Davi Basílio impressionou internautas em um vídeo que virou sucesso na web, gerando comparações de seu estilo de cantar com os de nomes como Louis ArmstrongEd MottaTim Maia e até Tetê Espíndola.

“Nunca fiz aula de canto, eu gosto de cantar, é meu jeito de adorar. E fui fazendo meu estilo próprio, nunca imitei ninguém. Mas não nego, admiro todos esses cantores que as pessoas citam nos comentários”, disse Basílio em entrevista por telefone ao UOL nesta quarta-feira (14).

Evangelista da Assembleia de Deus Primitiva do Amor, em Jacarezinho, zona norte do Rio, Basílio tem orgulho em dizer que é “nascido e criado” evangélico e que não canta outros tipos de música, apesar dos convites que já recebeu, “inclusive na Itália”. “Por que Chorar”, a música interpretada no vídeo que ficou famoso, faz parte de seu primeiro CD, que leva o mesmo nome da canção.
cantor-davi-basilio-ficou-famoso-na-web-por-sua-capacidade-vocal

O vídeo, postado em julho como “cantor gospel exaltado”, foi originalmente gravado há nove anos, na Nova Assembleia de Deus de Agostinho Porto, em São João do Meriti (RJ). “Eu nunca tinha visto, não sei se já estava antes na internet antes, não sei quem postou agora. Eu estava viajando, quando um amigo meu viu e me disse ‘Negão, você tá famoso’”, contou, aos risos.

Apesar de insistir que não tem o costume de ouvir músicas não evangélicas em casa, Basílio acabou revelando ao UOL seu gosto por cantores rapidamente identificados como influências por quem assiste às suas interpretações. “Não costumo ouvir, não. Não paro para ouvir música popular, mas se estou na internet ouço alguma coisa que eu possa usar na minha música”, admitiu.

Além de Armstrong, citou Frank SinatraRay Charles e George Benson como “vozes incríveis”. Entre os mais populares, citou o pagodeiro Belo (“Aquele branquelo loirinho canta bem, viu?”) e Freddie Mercury (“A prostituta do rock”). E suas cantoras preferidas são Whitney Houston (“Acho ela 10!), Alcione (“Apesar de não ser evangélica”) e Elza Soares (“Puxa, essa canta muito, ela tem um timbre perfeito para quem gosta de black music”).

Terno amarelo

Mesmo sem ser questionado sobre o figurino usado no vídeo, Basílio foi logo explicando que “tinha acabado de chegar da África, sem tempo de trocar de roupa”. O terno amarelo – que gerou comparações com o personagem de Jim Carey em “O Máscara” – foi um presente que ganhou quando passou três meses em missão em Luanda, na Angola.

“Costumo usar terno, mas não daquela cor. Mas me chamaram para cantar na igreja e eu fui direto, tinha chegado fazia três horas”, explicou.

O jeito irreverente, sorridente e brincalhão da apresentação, porém, é uma de suas marcas registradas, ele garante. “O louvor tem que ser alegre. A imagem que você tem que passar é de alegria. A música pergunta ‘por que chorar?’, eu não posso cantar chorando”, afirmou o cantor, que mantém um perfil no YouTube com vídeos de outras apresentações, quase todas da mesma “Por que Chorar”.

Vereadora propõe a criação do Carnaval Gospel em Fortaleza

Na justificativa, a parlamentar destacou a importância da música gospel como expressiva manifestação cultural

Vereadora do PHS é a propositora da matéria (FOTO: Genilson de Lima)

Vereadora do PHS é a propositora da matéria (FOTO: Genilson de Lima)

Publicado originalmente na Tribuna do Ceará

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza, o projeto de lei 186/2013, de autoria da vereadora Germana Soares (PHS), que institui o Carnaval Gospel no município. O projeto encontra-se na Comissão de Legislação, aguardando o parecer do relator, vereador Benigno Júnior (PSC).

A matéria estabelece que o Carnaval Gospel seja realizado anualmente durante os festejos carnavalescos. A festa contará com desfile de rua e comemorações em locais públicos da cidade. Para o evento serão convidados músicos e artistas de Igrejas Evangélicas locais e de outros estados.

Importância

Na justificativa, a parlamentar destacou a importância da música gospel como expressiva manifestação cultural. “A ideia de promover o Carnaval Gospel de Fortaleza, a exemplo do que já acontece em cidades como o Rio de Janeiro, Londrina, Olinda e Ouro Preto, é oferecer aos cidadãos fortalezenses uma festa de cunho popular diferente, em meio às comemorações do período de carnaval”, frisou.

dica do Thiago Ceará e do Rogério Moreira