Arquivo da tag: Tem Data

Câmara paulistana homenageará Rota por atuação na ditadura

O projeto é de autoria do vereador evangélico coronel Telhada (PSDB)

205_548942511794799_174225228_n

Clarissa Oliveira, no iG

A Câmara de São Paulo aprovou a concessão da Salva de Prata — homenagem da Casa cedida em sessão solene pelos relevantes serviços prestados a sociedade – ao batalhão das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota).

O projeto de decreto legislativo 02-00006/2013, de autoria do vereador coronel Telhada (PSDB), justifica a homenagem, dentre outras coisas, pelas “campanhas de guerra”, como os feitos da companhia chamada Boinas Negras que atuou durante a ditadura militar perseguindo guerrilheiros da esquerda como Carlos Lamarca e Carlos Marighella.

Na justificativa, Telhada diz que a Rota se destacou no que a Polícia Militar chama de campanha do Vale do Rio Ribeira do Iguape, em 1970, “para sufocar a Guerrilha Rural instituída por Carlos Lamarca”.

O texto de Telhada aprovado pelos vereadores, retirado do portal da PM, também conta a história da origem dos Boinas Negras.

A sessão em que será feita a homenagem ainda não tem data marcada.

dica do André Tadeu de Oliveira

Microsoft encerrará MSN no dia 15 de março

Publicado por Olhar Digital

Serviço será integrado ao Skype

Divulgação

Divulgação

O MSN Messenger já tem data de sepultamento: 15 de março. A Microsoft começou a enviar email a seus usuários nesta quarta-feira, 9, avisando que o serviço será encerrado e integrado ao Skype.

O único local em que ele ainda continuará funcionando será na China.

“Atualize para o Skype e entre utilizando uma conta da Microsoft (a mesma de seu login no MSN) e todos os contatos de seu Messenger estarão em suas mãos. Você poderá falar por mensagens instantâneas e chat de vídeo assim como antes, além de descobrir novas maneiras de utilizar o Skype em seu smartphone ou tablet.”, diz o comunicado.

O Skype está disponível para Android eiOS. Para Windows Phone 8 ainda há só uma versão de preview.

A  Microsoft comprou o  Skype em maio de 2011 por US$ 8,5 bilhões.

A decisão foi tomada porque, para a empresa, não fazia mais sentido manter dois serviços semelhantes funcionando.