Arquivo da tag: twitter

Após ofensa no Twitter, Justiça bane usuário

Twitter-Bird

Publicado no Estadão

A 4.ª Vara Cível de Brasília condenou um usuário a parar de usar a internet para divulgar ofensas a uma mulher e chamá-la de “gorda”. Ele terá ainda de pagar R$ 15 mil, a título de danos morais, por causa das tuitadas com comentários agressivos acerca da imagem e da vida sexual dela.

A mulher narrou ter sido vítima de diversos tipos de ofensa a sua honra no Twitter, o que lhe causou vexames e constrangimentos. O processo começou há dois anos e a autora da ação pleiteava até R$ 80 mil de valor compensatório.

Até agora, a Justiça determinou o fim dos comentários e a obrigação de retirar as mensagens já postadas contra a mulher da internet, sob pena de multa diária. E propôs um valor de indenização menor, que ainda é discutido.

O acusado alegou que os fatos se deram por culpa exclusiva da vítima, que proferiu ofensas em relação a ele e a sua mulher. O juiz Giordano Resende Costa decidiu que “sua defesa não negou que tenha sido o responsável pelas mensagens grosseiras e ofensivas proferidas em desfavor da autora”. O magistrado ainda escreveu que não detectou qualquer conduta ofensiva à honra do réu por parte da vítima e que as mensagens na internet, “como é notório, rapidamente se espalham, alcançando proporções incontroláveis”.

Depois de Dilma Bolada, Aécio Neves ganha versão ‘Boladasso’

Perfis no Facebook e no Twitter do senador Aécio Neves, pré-candidato à Presidência em 2014, foram criados nesta quinta-feira

Cássio Bruno no O Globo

Sátira do senador Aécio Neves no FacebookFoto: Reprodução

Sátira do senador Aécio Neves no FacebookFoto: Reprodução

RIO – Aécio Neves também está bolado. Quer dizer, “boladasso”, com dois S mesmo. Pré-candidato à Presidência em 2014, o senador mineiro ganhou um perfil fake na internet nesta quinta-feira nos moldes de Dilma Bolada, uma sátira da presidente Dilma Rousseff e sucesso nas redes sociais. A comunidade “Aécio Boladasso”, que derrapa no português, está no Facebook e no Twitter. Na apresentação, a mensagem para os seguidores e simpatizantes: “Sou lindo, sou tucano, sou futuro presidente dessa nação por um Brasil melhor!”

No Facebook, o único post até a tarde de hoje é “#AécioPresidente2014”, com publicação feita em Juiz de Fora (MG), e tem apenas uma curtida. No Twitter, Aécio Boladasso é seguido por apenas 25 pessoas. Nas duas redes sociais há fotos de Aécio Neves e, ao fundo, a bandeira do Brasil.
O perfil de Dilma Bolada, com 800 mil seguidores, é feito pelo estudante de publicidade Jeferson Monteiro, de 23 anos, que já recebeu prêmios e foi destaque na imprensa nacional e internacional. Há um mês, Monteiro se encontrou com a presidente Dilma Rousseff, a verdadeira, no Palácio do Planalto. No caso de Aécio, o criador, por enquanto, ainda não se identificou.

Não há qualquer informação sobre o autor dos perfis.- É estranho, parece campanha política. Eu nunca postei “Dilma, presidente em 2014”. Prefiro não fazer campanha eleitoral. Mas se for um personagem de humor e de ficção, é sempre bem-vindo. A internet é um espaço democrático para a Dilma, Aécio, Eduardo Campos e Marina Silva. Até prefiro que todos tenham um personagem – afirmou Jeferson Monteiro ao GLOBO.As assessorias de imprensa de Aécio Neves e do PSDB ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Jovens preferem Twitter a Facebook

Estudo mostra que adolescentes norte-americanos estão em busca de redes sociais onde os pais não estejam tão presentes

Publicado no Meio e Mensagem

A utilização de mídia social está amadurecendo e, à medida em que mais plataformas surgem e ganham força, anunciantes e profissionais de marketing começam a se planejar para estratégias baseadas nos novos cenários deste mercado. Para isso, uma das maneiras mais efetivas de identificar as tendências é olhar para um grupo demográfico extremamente conectado com o universo digital: os adolescentes. Para mapear as preferências dos jovens norte-americanos, a Piper Jaffray realizou um estudo com mais de 8,5 mil adolescentes, com média de 16 anos, que aponta mudanças no cenário da mídia social. De acordo com a pesquisa, pela primeira vez, os internautas nessa faixa etária elegeram o Twitter como a rede social mais importante, desbancando o Facebook.

Crédito: Divulagação/eMarketer

A ascensão do Twitter e o declínio do Facebook mostra que os jovens estão em busca de novas redes sociais e, com isso, mudam seu comportamento online. A pesquisa mostra também que o Instagram e “outras redes” aumentaram em mais de 10% a preferência com os internautas em relação ao ano anterior. Em outras palavras, esses resultados dizem menos sobre a disputa entre Facebook e Twitter, e mais sobre o novo comportamento dos adolescentes na busca por redes sociais onde os pais não estão presentes.

Crédito: Divulagação/eMarketer

Os dados do estudo não deixam qualquer dúvida de que o uso do Facebook está em declínio entre os adolescentes. De acordo com outra pesquisa, a RBC Capital Markets, neste ano, 41% dos usuários da rede social, entre 16 e 18 anos, gastaram menos tempo no site em relação ao ano anterior. Além disso, o estudo mostra que 35% destes internautas disseram que utilizarão cada vez menos a plataforma no próximo ano. Apesar da mudança de comportamento entre os mais jovens, relatórios do eMarketer mostram que o percentual de internautas, entre 12 e 17 anos, que utilizam o Facebook, permanecerão na rede social até 2017. E, durante esse período, o Twitter apresentará crescimento constante dentre esta faixa etária de internautas.

“Continuarei orando pela Sandy”, diz Marco Feliciano, após ser criticado pela cantora na TV

 

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) usou sua conta do Twitter para rebater as críticas feitas por Sandy no programa “Eliana”

Publicado no F5

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) usou sua conta do Twitter para rebater as críticas feitas por Sandy no programa “Eliana” (SBT), deste domingo (27).

Participando do quadro “Rede da Fama”, a cantora foi questionada se aceitaria o pastor e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara como amigo em uma rede social.

Sandy, então, afirmou não ser boazinha a tal ponto e que tudo tinha um limite.

“Falei que eu sou ‘facinha’ de lidar, mas nem tanto. Não aceito. Ele é um político. Ele deveria resolver coisas pelo Brasil. É um cara que pode colocar a mão na massa e resolver os problemas do povo. Mas, ele tem uma cabeça muito atrasada e retrógrada. Não tem nada a ver com o momento em que estamos vivendo. Ele está muito atrasado. O preconceito tem que ficar para trás. Fora Feliciano”, afirmou.

“Sobre as declarações de Sandy no programa da Eliana sobre mim, infelizmente não pude assistir, estava em viagem, trabalhando. Sandy e seu irmão [Junior Lima] sempre sofreram preconceitos e sempre que li sobre isso orei por eles”, escreveu o deputado no seu perfil do microblog.

“Parte da família dela é evangélica. Um tio da Sandy é evangélico fervoroso. Com certeza, ela é como a maioria, lê na internet e vê na mídia, e não busca conhecer a verdade”, seguiu o parlamentar.

“Continuarei orando pela Sandy e pela Eliana, que nunca me esquece nas enquetes de seu programa. Ambas são talentosas e de família.”

Marco Feliciano disse ainda que “amo a todos, independente do que sejam ou como sejam”.

“Sou cristão e pai de família. E não me importo com o que a mídia diz. Um dia a verdade virá a tona. Sucesso pra vocês sempre! E que Deus proteja Sandy e Eliana em nome de Jesus! Abraço.”

dica do Deiner Urzedo

Santander e Itaú fazem “duelo” de rimas por cliente, que fecha com Bradesco

Publicado no Terra

Um consumidor resolveu fazer uma campanha no Twitter na quinta-feira para escolher seu próximo banco. Na disputa, convocou o Itaú e o Santander a atendenderem a uma solicitação: fazer uma boa rima para garantir a abertura da conta. Os dois bancos entraram no jogo e responderam com bom humor para conseguir o cliente.

“Santander é um Banco manero, bom lugar p/ poupar dinheiro. Aqui vc não perde nada, escolha sua conta combinada”, começou o Santander. “Você pode conhecer outros bancos e tem a opção de escolher, mas lembre que só o Itaú foi feito para você”, respondeu a outra instituição bancária. Na “tréplica”, o Santander afirmou no microblog. “Se é pra escolher, o Santander vai responder: Free, Flex, Light, Fit. Decida a que mais combina com você”.

Ao final da disputa, o consumidor respondeu que quem venceu a batalha de rimas foi “a internet inteira”, mas que ele abriria a conta no Bradesco, o banco que ainda não tinha aparecido na história. Ainda assim, o Santander agradeceu a interação com o potencial cliente.

Interação com o consumidor
O designer Vyktor Berriel, que fez a provocação aos bancos, afirmou que teve ideia da abordagem quando percebeu que os perfis institucionais no Twitter têm ficado mais “bobos e descontraídos”. “Resolvi fazer isso pra ver até onde eles iam. Eu propus a brincadeira achando que eles iam se ofender e pra minha surpresa os dois bancos começaram a rimar. Fiquei surpreendido com as respostas e o esforço dos responsáveis pela mídias sociais dos dois. Achei legal terem entrado na brincadeira”, comenta.

Ele afirmou que escolheu um favorito, mas prefere não divulgar. “Ainda estou no aguardo se algum outro queira participar da brincadeira e me impressionar”. Ele ficou surpreso com a repercussão da história, que até essa sexta tinha cerca de 600 compartilhamentos no Twitter.

“Eu não esperava que fosse repercutir dessa forma. Acho que é porque a imagem que todo mundo tem dos bancos são aqueles funcionários e gerentes de cara fechada e mal humorados. Quando você vê dois bancos concorrentes brincarem de batalha de rimas na internet, é de se espantar mesmo. Independente da brincadeira,acho que quem ganhou no fim das contas foi a internet”, diz.

Segundo Eduardo Tracanella, superintendente de marketing institucional do Itaú, o banco gostou da interação do cliente e buscou responder de uma forma mais próxima, ressaltando o “humor inteligente” da instituição que está presente nas redes sociais. “O banco responde no Twitter e nas outras redes sociais de forma mais próxima, sem perder a essência e sem perder a identidade. (…) As pessoas estão mudando muito e muito rápido e o que a gente percebe é que as marcas tem que seguir esse movimento”, comenta.

De acordo com Clau Duarte, superintendente executiva de comunicação externa do Santander a instituição monitora tudo o que é falado do banco nas redes sociais e busca interagir na mesma linguagem que as pessoas usam nesses meios. Esse contato com o consumidor também está em consonância com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (Sac). A resposta “rimada” no Twitter ontem foi uma conjunção dessa estratégia.

“O caso de ontem foi muito feliz, conseguimos mostrar proximidade com o consumidor e que somos uma marca legal com a qual os consumidores querem interagir. O número de pessoas que são “curtem” a marca nas redes só aumenta”, diz Clau.

itau-santander-twitter